História Não Pode Ser (Imagine Jimin (BTS) ) - Capítulo 14


Escrita por:

Postado
Categorias Bangtan Boys (BTS), Black Pink, EXO, Got7
Personagens Jackson, Min Yoongi (Suga), Park Jimin (Jimin), Personagens Originais, Suho, Youngjae
Visualizações 40
Palavras 1.978
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Aventura, Crossover, Drama (Tragédia), Festa, Ficção, Romance e Novela, Suspense
Avisos: Álcool, Bissexualidade, Heterossexualidade, Homossexualidade, Nudez
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Notas do Autor


~ Desculpa os erros
~ Boa leitura.
~ Deixe um gostei (se você quiser é claro

Capítulo 14 - Aish!


Fanfic / Fanfiction Não Pode Ser (Imagine Jimin (BTS) ) - Capítulo 14 - Aish!

S/n... - sinto alguém segurar o meu pulso, olho para trás e vejo Jimin, ele está de cabeça baixa como os seus cabelos cobrindo sua testa e os seus olhos, e então vejo escorrer sangue que parece ser de sua testa, solto - me de Hee Young e vou até Jimin.

- Jimin você está bem? - levanto um pouco seus cabelos para ver onde está machucado, vejo seus olhos meio inchados e olho para a ferida e ainda está sangrando, toco tentando fazer algo e o mesmo momento o mesmo segura minha mão onde está o machucado, na mesma hora Hee Young olha para trás e fala:

Hee Young: Jimin amanhã vocês se conhecem mais - fala num tom de ignorância e me força a sair junto a ela. Então ela sai e fecha a porta com força e então ela solta meu pulso - Hoje, você vai me ajudar a preparar e pedir os novos modelos de roupas dos meninos para o evento neste final de semana tudo bem? - assenti. Ela começa a andar um pouco rápido, e eu começo a segui - lá até onde ela vai indo, ela entra em uma sala onde tem várias roupas e uma mesa onde contém vários acessórios e produtos de maquiagem - Então s/n, aqui temos algumas 'regrinhas' e você vai ter que respeita - las - assenti com um pouco de medo - primeira - ela se senta em uma mesa - não cheguei atrasada quase sempre, a não ser por questões de saúde, segunda: na minha ausência, Patric ficará em meu lugar, terceiro: Não faça algo sem que alguém mais responsável que você mande - assenti rapidamente ao ouvir o que ela acabou de falar - Certo - ela abre uma gaveta pegando alguns papéis e me entregando - os - Quero que você passe esses relatórios e esses números para uma pasta daquele computador - ela me amostra o que eu tenho que fazer, me sento em uma mesa e abro a tal pasta no computador, e então vamos ao trabalho.

(...)

* uffar * digo a mim mesma em meus pensamentos, acabei de terminar tudo o que Hee Young me mandou fazer. Até que eram fáceis, algumas eram números de empresas e outros de agência de modas, mas tinha alguns que nem eu sabia se era coreano ou chinês ou sei lá outra coisa. Me levanto organizando os papéis e assim saindo da frente do computador e vou até a sua mesa, onde a mesma está preocupada com algo no computador.

- Sra. Hee, eu já terminei o que você tinha mandado eu fazer.

Hee Young: Que bom - ela me olha e eu entrego os papéis - Certo, você já pode ir almoçar - ela olha o relógio em seu punho.  

- Tudo bem então.

Hee: Se você quiser, pode ir a uma lanchonete ou restaurante. Mas volte as uma da tarde.

- Está bem então - faço uma pequena reverência e pego a minha bolsa que estava na cadeira e saio da sala, ao sair me sinto meio perdida, e então percebo que várias pessoas estão paradas me olhando, começo a caminhar até a saída, paro perto do balcão, onde tem um bebedouro pego um copo...

Xx: S/n? - alguém fala do outro lado do balcão para mim, nesse momento em engasgo - Ei calma. Sou eu Jhope - acarecia minha costa tentando me acalmar por conta do engasgo.

- Ah, oi Jhope.

Jhope: Oi. Você está ocupada agora?

- Não, estou indo almoçar agora.

Jhope: Ah que bom, venha almoçar com agente.

- Você e quem?

Jhope: Os meninos.

- Ah sim, claro.

Jhope: Vamos - ela faz uma pequena referência com a mão para irmos, e então saímos do prédio e fui acompanhando ele até um pequeno restaurante perto do prédio, ainda bem que é perto, em poucos segundos chegamos no pequenos restaurante. Entramos e eu o sigo até onde os meninos estão sentados - 'Eae gente, eu convidei a nossa nova estilista temporária para vir almoçar com agente, algum problema? - ele diz e faz uma pequena referência para mim se aproximar mais da mesa.

RM: Sem problemas. Pode se sentar s/n.

- Com licença... - sento entre o Suga e V, que sorriem ao me sentar. 

Suga: Então como está sendo o seu primeiro dia?

- Bem... 

Jungkook: Está com fome?  

- Um pouco.

V: Garçom!! - ele diz meio alto, e em menos de poucos segundos o garçom aparece. 

- Sim? - garçom diz.

V: Dê o cardápio para essa moça - fico com um pouco de vergonha. 

- Claro - ele me entra um pequeno cardápio, bem simples, mas glamuroso. Olho e vejo cada prato, que eu não conheço ou não sei pronuncia - los, mas acho algum que já conheço que já comi muito no hotel e então o digo o prato e ele se retira.

RM: Não se preocupe, pagaremos para você.

- Não precisa...

Suga: Não tem problemas, pagaremos para você - ele diz e pega um pedaço de algo que está comendo. Por que? Está acontecendo comigo? Não que eu esteja reclamando, mas nunca pensei que uma coisas dessas aconteceria comigo. 

V: Abre a boca - ele pega alguma comida com hashi e me ofereci, no momento hesitei um pouco, mas depois experimento.'Hum... que gosto delicioso - Achou bom? - assenti ainda mastigando a o pedaço. V ou Taehyung, sim eu sei o seu nome verdadeiro, o achei auspicioso, acho bom de sua parte. Ainda tímida olho para cada membro, que come tranquilamente, e então vejo Jimin comendo fofo, quando percebo que ele também está olhando para mim, rapidamente desvio o meu olhar e ele sorrie voltando a comer. Poucos minutos depois o meu pedido chega, e parece delicioso, então começo a comer.

Nossa, esse garotos comem muito, eu já acabei de come e eles ainda estão comendo um pouco, sorrio ao pensar nisso. Agora sim todos acabaram, meio estranho, mas acabo de perceber que almocei com os integrantes do BTS, sério ainda não tinha percebido.

Flashblack  - on

Tinha acabado de arrumar algumas coisas na bolsa antes de ir. Pego algumas coisas pessoais dele que precisava levar.

Daniel: Ainda acho que é melhor você não ir - opina ele.

- Mas preciso ir, quero vê - lo.

Daniel: Menina você precisa respeitar os mais velhos - se desencosta da porta e vem até em mim.

- Você só é um ano mais velho que eu.

Daniel: Sabe que daqui exatamente duas semanas dois.

- Sei sim, nunca esqueço. E é mais fácil você esquecer o meu aniversário.

Daniel: Mintira - faz num tom de ironia e eu sorrio - Você quer carona? - assenti sorrindo, mas sem amostra meus dentes - Então vamos - ele coloca sua mãe em meu ombro e faz um pequeno sinal pra irmos e então coloco a bolsa na minha costa e fomos saindo do meu quarto e descendo as escadas e assim saindo da casa, *espero que a senhora fique bem mãe *, fomos indo até o portão e então vejo uma coisa no portão.

- Não creio- falo ao ver a sua moto nov ena dena frente do portão.

Daniel: Pode crer - ele me dá um capacete e ele sobe na moto e eu também e então fomos em direção ao hospital. Chegamos e ele estaciona emb frente do hospital.
- Obrigada por me trazer 

Daniel: Sem problemas. Diga a ele que eu disse para ele ficar bom logo para jogarmos aquela partida de xadrez merecida.

- Pode deixar - sorrio e o abraço em agradecimento e o mesmo me abraça forte, e então separamos e ele liga a moto e vai embora - Vamos lá, você consegue s/n...

Flashblack - off

Jungkook: s/n - saio dos meus pensamentos quando Jungkook me chama.

- O que foi?

Jungkook: Você vem? - ele diz eu percebo que todos já estão esperando fora já do restaurante e Jungkook em minha frente.

- Sim - me levanto pegando a minha bolsa e então o acompanho até a saída do restaurante. Percebo que eles estão de máscara e outros de boina e de óculos escuros, fico me perguntado o porque e depois entendo o porque. Eles começam caminhar e eu o acompanho por trás dele, eles estão conversando sobre algo, mas não presto muita atenção no que eles estão falando.

Jimin: Você quer um pedaço? - ele me dá um pequeno espanto, me oferece um pedaço de uma bala de menta.

- Quero - pego um pedaço de sua mão.

Jimin: Não sabia que você seria a nossa estilista temporária que vinha para ficar com agente - ele coloca as mãos em seu casaco.

- Na verdade nem eu. Mas fico feliz por vocês me aceitarem tão bem.

Jimin: Pensamos que vinha uma americana ou algo do tipo - paramos em frente do prédio.

- Mas veio eu - ele ri.

Jimin: Mas gostei mais de você. Vem vamos entrar - entramos no prédio. 

- Vocês que são muito legais.

Jimin: Ah, não é pra tanto assim - olho no meu telefone e vejo que são quase uma hora da tarde.

- Jimin... Eu preciso voltar pra a minha sala.

Jimin: Aish! Porque que toda a vez que quero falar com você, você sempre inventa alguma desculpa para ir embora. 'Heim? - ri ao ele dizer isso.

- Vamo fazer o seguinte, quando eu tiver um tempo posso falar com você?

Jimin: Está bem... - diz meio fofo. Me levanto e estendo a minha mão e o mesmo segura e assim 'balançando, e então me despeço e vou até a sala, bato um ''toc toc'' e então eu abro.

- Com licença.

Hee Young: Sem problemas - disse algo enquanto falava ao telefone - Então vai ficar só duas semanas? - disse novamente - Está bem então - encerra a ligação - Ah, você já voltou. Eu acabei de encerrar uma ligação com a empresa que você trabalha que estamos em parceria, e você vai ficar voluntariado pelos menos duas semanas.

- Ah sim, tudo bem.

Hee Young: Bem, agora vamos ver as vestimentas que os meninos vão usar, me acompanhe - ela disse se levantando de sua mesa e eu deixo a minha bolsa na cadeira que eu estava. E então eu acompanho a sair da sala e a seguir para outra sala, quando chegamos ela abre com as chaves a tal porta e ela entra e em segunda eu, ela liga um receptor que liga algumas luzes - Bem essa é uma sala onde só eu ou os meninos podem entra, e você é uma das primeiras que eu mostro - fico com a boca meia emborqueada - agora vamos fazer o seguinte: Vamos escolher as roupas para eles e depois vamos dar uma reagonizada aqui, está bem? - assenti confiante, já percebo que vamos ter muito trabalho pela a tarde.

(...)

- Até amanhã?

Hee Young: Sim! - diz sorridente - Até - ela faz um 'tchauzinho com as mãos e eu retribuo fazendo o mesmo. E então saio da sala e vou me dirigindo até a saída onde a recepcionista do balcão também despedi. Saio da empresa e logo vejo um táxi e então pego, e assim seguindo para o hotel. Chegando agradeço ao taxista e o pago e então saio do carro e entrando no hotel e rapidamente pegando o elevador e subindo para o meu quarto. Abro a porta e vejo So já dormindo tranquilamente na cama e vejo Chun recolhendo a mesa do jantar. 

Chun: Ah, você já chegou. Bem vinda.

- Obrigada - coloco a minha bolsa na poltrona - Vocês já jantaram?
Chun: Sim, já.

- Ah que bom - passo mão na minha nunca, e realmente está doendo, que caixas pesadas naquela sala.
Chun: S/n...

- Sim?

Chun: Sobre o...


Notas Finais


Tudo o que você acabou de ler é ficção.
Bjs


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...