História Não posso me apaixonar por você! - Imagine Kim-Seokjin (BTS) - Capítulo 2


Escrita por:

Postado
Categorias Bangtan Boys (BTS)
Personagens Jeon Jungkook (Jungkook), Jung Hoseok (J-Hope), Kim Namjoon (RM), Kim Seokjin (Jin), Kim Taehyung (V), Min Yoongi (Suga), Park Jimin (Jimin), Personagens Originais
Tags Jeon Jung Kook, Jung Ho Seok, Kim Namjoon, Kim Seok Jin, Kim Tae Hyung, Min Yoon Gi, Park Ji Min
Visualizações 26
Palavras 910
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Drama (Tragédia), Famí­lia, Festa, LGBT, Romance e Novela, Shoujo (Romântico), Violência, Yaoi (Gay), Yuri (Lésbica)
Avisos: Adultério, Álcool, Bissexualidade, Drogas, Estupro, Heterossexualidade, Homossexualidade, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Nudez, Sexo, Violência
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Notas do Autor


Oi bitches!

🍁 - Vcs pediram e está ai! Mais um capítulo saído do forno!

🍁 - Está curtinho, mas contem infos importantes!

🍁 - Boa leitura!

🍁 - Aaaah! Não se esqueçam! Eu amo vcs!

Capítulo 2 - Está contratada!


S/n estava na sacada de seu quarto, observando a movimentação e deixando seus cabelos secarem ao natural. Ela já sabia que seria um dia difícil, e cansativo. Com gritos e sermões da chefe.

Mas o que ela não esperava era uma ligação, logo cedo de Hae-Min, sua melhor amiga.

Hae: Oi!

S/n: Oi!

Hae: Então... Queria saber se você vai ficar de folga hoje. Você vai?

S/n: Não. Vou ter que aguentar a Young.

Hae: Você vai ter que faltar!

S/n: Ham? Por quê?

Hae: Você não me disse que gostava de crianças? Eu consegui uma entrevista pra você como babá!

S/n: Sério?!

Hae: Sim!

S/n: Já te disse que te amo? Se não, eu digo agora... Eu te amo pra caramba!

Hae: Eu também! A entrevista é hoje, depois do almoço!

S/n: Ok! Te amo!


S/n desliga a chamada e vai tomar seu café da manhã. Depois de fazer, ela segue até sua faculdade.

{...}

Jin tomava café em sua grande mesa, com Chung ao seu lado. Ele vê a irmã descer as escadas contente.

- Ela vai poder ir! - Hae diz.

- Ela quem? - Jin pergunta confuso.

- A garota que você vai entrevista, sonso! - Hae diz e dá um leve tapa na nuca de Jin.

- Ah! Eu liguei hoje de manhã para alguns números de babás, que sejam fixas. Vão ir umas 15 candidatas. - Jin diz, concentrado no jornal em suas mãos.

- Nossa! Mas já arranjou tudo isso de candidata? - Hae diz, arregalando os olhos.

- Sim! Na verdade foi bem fácil! - Jin diz, ainda lendo o jornal e Hae revira os olhos, pois ela sabe que as candidatas só aceitaram, porque seu irmão é rico.

Hae passa por Chung-Hee e dá um beijo molhado em sua testa, seguindo até a cozinha para preparar panquecas.

{...}

Logo depois de um longo e cansativo dia de estudos, S/n, vai até sua casa para tomar um banho gelado e vestir uma roupa apropiada para a entrevista.

- É hoje, S/n! Você tem que conseguir esse emprego! - diz S/n,  se olhando no espelho do banheiro.

S/n veste um macacão listrado e bem confortável, o que daria confiança a ela.

- Tá! Você vai conseguir! - diz ela, saindo de casa - É só respirar fundo!

{...}

- Então quer dizer que nunca yeve experiência? - diz Jin, olhando incrédulo para a mulher de cabelos negros a sua frente.

- Nunquinha, Sr. Jin! - diz ela.

- Ok! Qualquer coisa eu te ligo! - Jin diz, com um sorriso falso e a mulher diz.

- Sr. Jin, a garota que sua irmã indicou já chegou! - diz Anastácia, uma senhora russa de 56 anos.

- Pode avisar pra ela entrar! - diz. Anastácia assente e sai.

Depois de um minuto, uma bela mulher, entra na sala de Jin. O mesmo reconhece a garota. Mas de onde?

- Olá! Eu sou a S/... - a garota para de falar assim que bate o olho em Jin. - Hey! Você é o cara que pagou o meu almoço outro dia!

- Aaah! Então foi dai que eu achei você família! - ele diz.

- Que coincidência! - ela diz.

- É verdade! - os dois se encaram fixamente.

Será que estranharam se encontrar? Se encataram com a beleza um do outro? Se apaixonaram?

- Bom, você tem experiência? - ele pergunta, enquanto ela se sentava.

- Tenho sim! Já trabalhei por 4 anos como babá! - ela diz confiante e Jin a olha surpreso.

- Quantos anos tem? - ele pergunta.

- 23. - ela responde.

- Por que precisa desse emprego? - ele pergunta a encarando.

- Éééé... - ela suspira - O meu emprego atual está me pagando muito mal e eu preciso pagar as contas da faculdade e hospital. - ela diz.

- Que contas de hospital? - ele pergunta curioso.

- Meu pai está com câncer. - ela abaixa a cabeça.

- Eu sinto muito! - ele diz sinceramente. - Estaria disposta a deixar aquele serviço e trabalhar com meu filho?

- Sim! Eu amo cuidar de crianças! Eu sonho em ser professora um dia. - ela diz.

- Hum... Pode esperar lá fora? - diz ele.

- Claro! - ela responde.

Ela sai dá sala de Jin, mas a curiosidade é maior e a mesma decide escutar a conversa na porta.

- E então? O que acha dela? - Jin pergunta ao filho.

- Bonita! - ele diz.

- Eu também acho! - Jin ri. - Mas, gostou dela? Achou ela legal?

- Sim! Ela parece legal, já aquelas outras, chatas! - ele se refere as candidatas como "outras".

- Então está decidido! Ela será contratada! - diz Jin, decidido.

Quando ouve passos, S/n sai de perto da porta rapidamente.

- Está contratada, S/n! - Jin diz e S/n pula em Jin, dando um abraço apertado. Jin estranha, mas sede.


Sentimentos eram transmitidos nesse abraço, da parte dos dois.

- Quando eu começo? - pergunta S/n, desfazendo o abraço confortável.


- Então! Sobre isso,... Eu queria que se mudasse pra minha casa na sexta. - Jin diz.


- Não, não! Será muito incômodo, não posso aceitar morar em sua casa Sr.! - diz ela.


- Não será incômodo nenhum! Você terá que morar em minha casa! Na sexta de manhã eu mando um caminhão buscar suas coisas! - Jin diz autoritário.

- Mas... Tá bom! Eu aceito! - os dois dão as mãos, com um cumprimento.














Notas Finais


🍁 - Se não favoritou, favorite!

🍁 - Comentem bastante para termos o próximo capítulo!

🍁 - Compartilhem!


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...