1. Spirit Fanfics >
  2. .não queria estar mais aqui >
  3. Motivos;

História .não queria estar mais aqui - Capítulo 1


Escrita por:


Notas do Autor


Bem, eu escrevi isso no Natal do ano passado. A intenção não era postar isso, só queria desabafar de alguma forma.

Capítulo 1 - Motivos;


Não tenho ninguém pra conversar. E de certo modo isso é uma escolha minha. Eu tenho medo... De mim, de perde ele e tudo mais.

Pra falar a verdade, eu queria chamar ele e desabafar, mas tenho medo de incomodar, fora que falar esse tanto de merda no Natal não é agradável.

Eu tenho medo dele perder o interesse em mim, de não ser suficiente, dele achar alguém melhor.

Eu tenho medo de mim. Meus pensamentos suicidas vem aumentando. A primeira vez que eu tentei não deu certo e se eu tentar outra vez vai ser pra valer. Eu queria continuar, mas a minha vida não tá fazendo mais sentido. Eu me sinto destruída. Eu odeio isso, eu odeio sentir isso. Eu queria que as pessoas fossem mais compreensíveis, mas esse é um dos meus menores problemas.

Eu venho tentando me distrair com outras coisas. Estudando, lendo e tudo mais, mas estou perdendo o interesse em tudo.

Eu ainda queria fazer muita coisa, afinal, eu sou nova. Não queria morrer agora, mas nada faz sentido. Me vejo no fundo do poço, tô tentando melhorar de todas as formas, mas parece que não tem mais volta.

As vezes eu penso em como ele ficaria se eu me fosse. Ele se culparia? Choraria? Sentiria falta? Ele é uma das poucas coisas que eu ainda tenho esperanças de dar certo. Quando eu penso nele… Tudo parece mais calmo e tranquilo. E depois vem o medo. Se ele não me quiser mais? Ele vai querer alguém doente mentalmente? Alguém que não queria mais estar aqui? Que precisa de alguém pra tentar entende-la o tempo todo e amenizar a vontade de morrer?

Eu de fato quero morrer.

Eu nunca quis morrer e essa vontade tão grande agora me assusta. Tudo vem dando errado. Eu não deveria depositar toda a minha esperança nele, mas de fato, é o que me resta fazer. E se não der certo entre nós… Eu não vou ter mais esperança. Óbvio, ele não vai ter culpa nenhuma nisso.

Tudo o que as pessoas fizeram por mim até agora vai ser jogado no lixo. Mas de certo modo, talvez as pessoas sejam mais compreesivas e minha morte traga o bem. Eu não queria estar convencida disso, planejar tudo isso e tudo mais, mas como citado antes, eu não tenho esperanças.

Eu não tenho ninguém… É foda pensar que até minha própria mãe mandou eu me matar. Não importa a situação, as palavras machucam e acho que jamais vou esquecer isso. Ela nem perguntou porquê eu tinha feito aquelas merdas, já me julgou e tudo mais. Por um lado eu entendo. Ela não teve muita ação no momento, mas dizer que iria me bater ou mandar me matar não aliviaram o que eu tava sentido, na verdade só pioraram. Meu tio ameniza a situação, mas ele também não sabe muito o que fazer. E ele… É tudo incerto e isso me fode.

Essas são sinceramente as pessoas que eu mais me importo, mas infelizmente, até elas me fazem perder minhas esperanças e total vontade de continuar.

É triste tudo isso. É horrível pensar que a pessoa que mais deseja mal pra mim sou eu mesma.

Eu queria que tudo acabasse rapidamente. Num piscar de olhos não estar mais aqui.

Um abraço e conversar com alguém me faria muito bem. Mas conversar de verdade, por tudo pra fora, prometer que eu vou mudar e tudo mais. Me faria feliz, mas não depende de mim. Eu já reconheci que eu tenho problemas, já pedi ajuda e quero ser ajudada, mas parece que ninguém liga.


Notas Finais


É men, o cara da época me decepcionou. Não depositem suas últimas esperanças em alguém, podem te magoar profundamente :/


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...