1. Spirit Fanfics >
  2. Não se apaixone por vampiros >
  3. Chuveiro em manutenção

História Não se apaixone por vampiros - Capítulo 8


Escrita por:


Capítulo 8 - Chuveiro em manutenção


Depois do jantar, tentei dormir mas não pude evitar meus pensamentos calorosos sobre o toque dele. Aquele beijo mexeu comigo. Me pergunto se foi da mesma forma com as outras...

 

NA MANHÃ SEGUINTE 


Hoje é o primeiro dia de aula com a Lorie, devo esquecer tudo oque aconteceu ontem, mesmo sendo complicado, pelo bem do meu trabalho. Drogo é um garoto complicado e não quero mais problema na minha vida. 


*Caminho em direção ao quarto de Lorie lendo o papel de rotina, porém sem perceber acabo esbarrando com Drogo que acabara de sair do banho, toco nos seus músculos sem querer, e nossos olhos se encontram. Sem graça com um sorriso bobo, ele tenta se explicar por algo que nem teve culpa.

-O meu chuveiro está em manutenção..

-Ah tudo bem, pode tomar banho em quantos outros banheiros quiser, quer dizer...não no meu, quer dizer no seu, afinal a casa é sua e enfim...

Me enrolo toda, afinal aqueles músculos não era para qualquer um. Ele percebendo toda a situação, gentilmente toca no meu ombro

-Relaxa 

Ele entra no quarto dele, totalmente sem graça. Nunca pensei que Drogo Macheroven pudesse ficar sem graça daquele jeito.


*Entro no quarto de Lorie

-Bom diaa!-Abro as cortinas do quarto rosa

-Arg!Sua chata-Afirma Lorie ainda sonolenta 

-Coloque seu uniforme, nossa aula começa 2 horas depois do almoço, mas você precisa ir a escola.

*Lorie coloca o uniforme, eu arrumo seu cabelo, e então descemos para o café, logo afim de partir para o colégio.


O colégio da Lorie não ficava perto do meu, então tia Meg que a deixava.


NO CAFÉ DA MANHà

Drogo chega atrasado na mesa, sem dar explicações, da um beijo em sua irmãzinha.

-Por que não apareceu ontem aqui?-Pergunta Nicolae enquanto toma uma xícara de chá.

Como se já soubesse da resposta, Peter começa a rir. Não deveria, mas fiquei intrigada. Se Nicolae o perguntou ali agora, imagino que eles dois não conversam muito, ah não ser nas reuniões da mesa onde todos estão presentes, ao contrário de Peter que parecia já saber a resposta.

-Trabalhos escolares irmão- Afirmou Drogo evitando olhar para mim

Talvez fosse só isso mesmo, e não por conta do beijo como eu pensava, o beijo nem deve ter tido importância para ele, ele que tem todas as garotas a disposição.

Meg: Obrigada por ter trago a Isa aqui.

Drogo: Ou eu trazia ela aqui ou ela estaria m....

Antes que ele pudesse completar a frase chutei o pé dele, que estava logo na minha frente, ele entendeu o recado, e logo improvisou na frase da pior maneira possibilidade 

Drogo: Muito triste, afinal era quase um sonho dela andar no meu carro, não é isso Isabel?

Arg!ele se aproveitou da situação, não poderia deixar que Meg soubesse oque aconteceu. Com um sorriso forçado, afirmo oque ele acabara de dizer.

Drogo: posso te levar para a escola nele se quiser

Eu não poderia deixar, mas talvez fosse a situação certa a se fazer, pois teríamos tempo suficiente para conversar sobre o ocorrido...era oque eu pensava

Eu: tudo bem, não vejo problema-Aceitei a proposta feita


NA GARAGEM 


Mas na primeira oportunidade, assim que eu consegui entrar no carro e Meg e Peter saíram da garagem, ele me tacou um beijão.

O empurrei, já estávamos dentro do carro

-Drogo....melhor não, eu não quero isso

Dando partida no carro, sem explicação ele vai em direção a escola, pelas longas estradas sem nenhuma palavra.


NO COLÉGIO 


Estávamos em frente ao colégio na vaga, e no caminho todo ele não falou nem mais uma palavra, parecia irritado. Ele estava prestes a tocar no botão de abrir a porta, eu toquei a mão dele rapidamente, e ele virou se para mim, trazendo sua atenção.

-Você está irritado?

-Não Isabel- virando os olhos para o lado, na tentativa de me ignorar

Depois, ele consegue olhar nos meus olhos. Seus olhos estavam chateados.

-Você deveria pensar mais em si, e não nos outros

-Drogo...não é isso, eu gostei do nosso beijo

-Então oque é?oque te impede?-Tocando sua mão a minha, e a levando para seu peito

Retiro rapidamente 

-É que eu não quero ser mais uma na sua lista, e não quero acabar com meu trabalho por conta de uma frustração 

-Eu jamais te machucaria, diferente das outras você me fez um sorriso que eu não tinha a muito tempo, e eu vejo verdade em você, eu me vejo ao seu lado, não resista é você que eu quero.

Aquelas últimas palavras me subiram um calor inevitável. Então sem pensar beijo-o, ele passa suas mãos no meu cabelo, e as descendo cautelosamente, tira meu cinto o trazendo nós dois para mais perto.

O sinal tocou, e mesmo no estacionamento dava para ouvir. Eu pedi que eu fosse na frente, assim ninguém iria suspeitar que estivéramos juntos.


Estava indo em direção ao meu armário, Samantha passou por mim e esbarrou um copo de água, deixando minha camisa branca quase toda transparente, tentei ir ao banheiro, mas acabei entrando no armário dos materiais de faxina da escola. Drogo estava encostado na parede conversando com o Peter, e ele viu oque aconteceu. Ele foi ao pequeno quarto, e então pegou um pequeno pano que estava no armário do quarto, e tentou limpar a sujeira feita por Samantha, eu não estava nem aí que ele visse minha lingerie.

Drogo: Isso não vai funcionar

Rapidamente ele tira seu suéter vermelho e coloca em mim, havia ficado muito grande então ele deu um nó em minha barriga, e dobrou as mangas do meu braço.

Eu: Obrigada

Drogo: Tudo bem, ela fez de propósito 

Era intervalo das aulas, e ainda tínhamos muito tempo até a fila do refeitório se esvaziar, então sem pensar nos beijamos calorosamente.

Drogo: Você quer almoçar comigo?

Eu: Acho que vou ficar com a Rachel, não quero mais um copo de veneno sendo jogado em mim.

Ele riu e logo após fomos em direção ao refeitório, distantes um do outro para não deixar evidências.



Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...