1. Spirit Fanfics >
  2. Não somos o que parecemos >
  3. Aceita a minha proposta?

História Não somos o que parecemos - Capítulo 8


Escrita por:


Notas do Autor


‧͙⁺˚*・༓☾ 𝒾𝓃𝒻𝑜𝓇𝓂𝒶𝓉𝒾𝑜𝓃 ☽༓・*˚⁺‧͙

*L.U.M.O.S*

❤ Oie! Seja bem vindo a mais um capítulo da fanfic!

❤A tradução das palavras os frases em francês vai vai estar nas notas finais

❤Dica do capítulo: Alguém descobrirá a verdade

❤Capítulo escrito por: AliceHatter

Capítulo 8 - Aceita a minha proposta?


- Eu...Desculpe, mas...Eu tenho que...Ir

A garota começou a correr para o pé da colina em que estavam. Seus olhos já estavam cheios de lágrimas. Como ela pode perder o controle da situação? Lisa já havia lhe dito milhares de vezes para "controlar o seu gênio contando até dez". Mas daquela vez não tinha dado certo.

- Bella, espera! - Gritou Neville, mas ela não parou de correr

Sua cabeça estava a mil. Atacar uma pessoa, por mais idiota que ela seja, é errado. Ela queria esfregar a verdade na cara de Malfoy e de seus amiguinhos ridículos, mas isso só pioraria toda a situação.

- Par Merlin! Si Draco ouvre la bouche, je suis perdu! - Murmurou Bella 

A garota correu sem rumo. Não sabia para onde ir ou o que falar para os outros. A verdade poderia ser embaraçosa demais para explicar. Nunca a perdoariam por ter atacado "Uma pessoa superior a ela". Claro, algumas pessoas ficariam ao seu lado, mas muitas outras não. Finalmente, Bella parou de correr. Ela se encontrava na arquibancada de Quadribol. Não havia ninguém no lugar. Todos provavelmente estavam dentro do castelo, por causa da previsão de chuva.

Ela se sentou e enxugou as lágrimas. O que foi uma boa ideia, já que ela não estava enxergando quase nada por causa delas. O que ela faria? O que pensariam dela? Tudo o que Bella Grace queria agora era desistir, voltar para casa e não sair mais de lá. Não se importava se ficaria com o quinto ano incompleto ou o que fosse. Tudo isso por causa de Draco Malfoy. Se ele não tivesse a irritado...

- Bella chorando? O que está acontecendo com o mundo?

Cedrico estava de pé encarrando Bella. Ele usava o uniforme completo da Lufa-Lufa mais um casaco cinza nos ombro. O garoto se sentou próximo a ela. Bella virou o rosto, não queria conversar nem ver ninguém mas ás vezes, tudo o que você precisa é de um amigo ao seu lado...

- " Mas Bella, porque você não ficou no parquinho junto com as outras crianças? - Perguntou Lisa, que na época tinha 14 anos - Você não quer fazer amigos?"

- "Não - Respondeu. Bella tinha seus 7 anos quando ouviu - Lis, eu não preciso de amigos. Só eu já basta. Além do mais, eu não estou sozinha, tenho você, o Tom e a Aysa para me fazer companhia."

- "Sim Bell, mas as vezes, tudo o que precisamos é de um amigo ao seu lado. Minha professora de transfiguração me disse isso no ano passado. E agora estou falando com você. Aceita esse conselho?"

- "Aceito Lis. Mas..."

- Então volte lá e prove o que você é capaz de fazer. Afinal, a Bella que eu conheço não desiste assim tão fácil, ou desiste?"

- "Não!"

Ela saiu do transe. A lembrança dessa conversa reconfortou Bella. Ela sorriu para Cedrico:

- Tem razão Ced, eu não choro tão fácil assim. Me desculpe

- Não se desculpe Bella. Chorar é normal, só estava brincando com você. Mas agora me fala, o que aconteceu?

- Você não acreditaria se eu te contasse

- Acho que sou capaz de entender

Ela respirou fundo. Toda sua vida, seu segredo mais obscuro, seria revelado pela primeira vez para alguém que não era de sua família. Seria difícil? Seria. Mas Bella Grace não desiste tão fácil.

- Você conhece aquela história da mulher que morreu há muito tempo, porque ela tinha um...Sangue diferente?

- Parléz? Sim, conheço essa história. Ela era uma Sangue de Ouro não é?

- Sim. E acreditavam que essa linhagem estava totalmente exista... Mas não está. Sobrou... Uma pessoa.

- Quem?! Por Merlim é alguém que você conhece ou algo assim?

- Cedrico, a última Sangue de Ouro... Sou eu.

A expressão dele estava um misto de surpresa, medo e preocupação. Bella abaixou o olhar para as botas que usava.

- Isso é...Verdade? Não pode ser...

- Mas é - Sussurrou - Mas por favor em nome de Merlim. Me prometa que não vai contar para ninguém.Absolutamente ninguém

- Eu juro - Disse Cedrico - Mas agora... Porque você estava chorando?

- Bem, quando eu fico com raiva...Coisas ruim acontecem. Eu perco o controle da situação, sabe? Agora pouco, o Malfoy e os amiguinhos dele foram irritar a mim e ao Neville e as coisas ficaram terrivelmente assustadora, para mim.

- O que você fez?

- Ataquei Pansy Parkinson e...Ameacei ela...

Cedrico parecia compreender toda a situação. Ele estava pensativo e calmo, bem diferente da reação que Bella esperava. Finalmente, depois de alguns minutos, ele disse:

- Dumbledore sabe disso?

- Ele tentou tirar alguma coisa de mim na noite em que eu desmaiei, mas mantive a boca fechada. Mas agora se eu não tomar cuidado, Draco vai abrir a boca e contar para todo mundo, coisa que eu prefiro evitar.

- Melhor mesmo. Olha, daqui a pouco vai chover. Melhor irmos para o Castelo

- É eu também acho

- Promete que não chora mais?

Bella sorriu 

- Eu prometo

Em seus 15 anos de existência, Bella nunca havia recebido um abraço tão reconfortante como o de Cedrico. Ele a entendia em todos os sentidos. E ela o amava muito por isso. Confiava nele. Muito

(...)

Bella se sentia revigorada. Tudo o que acontecera naquela tarde já não fazia a mínima na vida dela. Caminhava pelo castelo, sorridente, perdida em seus pensamentos. Agradecia a Lisa por todas as palavras que havia falado naquele dia do parquinho. Ela estava a caminho de sua sala comunal. Pretendia ensaiar como diria a Neville sobre o incidente. 

- Ora ora quem eu encontro aqui. Deu um espetáculo hoje a tarde

Vai começar. Bella se controle, você vui o que aconteceu com a Pansy hoje mais cedo! Não deixe que essa doninha te irrite. 

- Malfoy já chega! Eu não tenho absolutamente nada para falar com você!

- Ah! Mais eu tenho umas coisinhas para acertar, sabe? Tipo...Hum... Seu segredinho sujo? Talvez?

- Eu não tenho segredo nenhum 

- Ah! É mesmo? Então seus olhos ficaram dourados porque você quis? Não tente me enganar Grace, sou mais esperto do que você imagina. Uma Sangue De Ouro viva. Isso não é animador? Como será que você ficaria em uma mesa de experimentos? Foi o que aconteceu com a última, não é?

Só de ouvir isso o estômago da garota se revirou. Seus olhos se desfocaram dos de Draco e agora encaravam o nada. Ela tentou falar, mas nenhum som saiu. Ele sorriu vitorioso.

- O Ministério sabe disso? Ou sou eu quem deve contar?

- Não! - Gritou ela - Você não vai contar nada para ninguém!

- E o que vai me impedir?

Seus olhos agora olhavam diretamente para Draco agora. Ele era simplesmente inacreditável! Mas agora a pergunta ficou no ar...O que ele queria com ela? Claro, além de irrita-la?

- O que você quer?

Ele abriu um sorriso malicioso

- Por incrível que pareca, alguns garotos da Sonserina não sabem falar de outra coisa a não ser de você. Eles te acham muito bonita. Eles tem muito mal gosto, se quer saber. Mas enfim, todos estão competindo para ver quem a convidará para o baile primeiro E como eu só fico com o melhor, te faço uma proposta: Você vai comigo ao baile, e eu não abro a boca e nem deixo Pansy abrir a dela. O que me diz?

Os olhos de Bella estavam maiores do que duas laranjas. Esse era o pedido mais incomum que ela já recebera. Draco Malfoy estava subornado ela? Sim estava! Ela respirou fundo e sua expressão ficou cautelosa.

- Como posso saber se isso é verade?

- Palavras de um Sonserino. E Sonserinos são sempre leais ao que prometem. O que me diz?

 

 


Notas Finais


★・・・・・・★・・・・・・★・・・・・・★ ★・・・・・・★・・・・・・★・・・・・・★

Tradução das palavras ou frases em francês

1- Por Merlim! Se o Draco abrir a boca, eu estou perdida!

Bella aceita ou não aceita a tal proposta de Draco?

❤M.A.L F.E.I.T.O F.E.I.T.O❤


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...