História Não tão Distante - SasuHina - Capítulo 24


Escrita por:

Postado
Categorias Naruto
Personagens Hinata Hyuuga, Sasuke Uchiha
Tags Fantasia, Hinasasu, Hinata, Naruto, Sasuhina, Sasuke
Visualizações 176
Palavras 1.450
Terminada Sim
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Ação, Aventura, Comédia, Drama (Tragédia), Ecchi, Fantasia, Ficção, Ficção Adolescente, Hentai, Luta, Magia, Mistério, Romance e Novela, Suspense, Universo Alternativo, Violência
Avisos: Álcool, Heterossexualidade, Insinuação de sexo, Sexo, Tortura, Violência
Aviso legal
Alguns dos personagens encontrados nesta história e/ou universo não me pertencem, mas são de propriedade intelectual de seus respectivos autores. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos criada de fã e para fã sem comprometer a obra original.

Notas do Autor


Uhhhhhh terminei chorando. Meu Deus..
Muito obrigado, muito obrigado pelo 110 favoritos, que marca e esta nossa.
Fizemos isto juntos.
Esta e a nossa historia minha e de vocês, obrigada por acompanharem, lerem, favoritarem, comentarem e um incentivo muito bom.
Desculpem os erros, sempre procurarei estar melhorando.
Boa leitura coleguinhas.

Capítulo 24 - Você pode impor seu jeito de amar que eu aceito


- Não caçador, não se aproxime dele ele esta doente por favor, você não vê.

Hinata fica em choque ao ver Sasuke dentro do esconderijo, pensou tomei tanto cuidando para poupa-los não queria nenhum deles machucado.

 Orochimaru corre em direção ao  Sasuke  tanto um chute em suas costelas, Sasuke avança dando uma sequencias de golpes e por ultimo deferindo um soco em Orochimaru o derrubando.

- Anda Orochimaru levante-se, venha diz Sasuke, acenando com as mãos.

Ela mais uma vez entra na frente chorando pedia aos céus forças e sabedoria para lidar com aquele momento que tanto temia, de qual lado ficaria seu amor ou sua família.

Orochimaru se levanta asperamente mediante aos golpes recebidos, ele a abraça e fala em seu ouvido, filha minha não há nada que eu ou você possamos fazer, terminamos isto logo eu não estou resistindo a esta maldição ela esta a tomar conta de mim, me encontro sem forças para resistir, por favor nunca se esqueça eu amo e lhe desejo toda a felicidade, seja feliz não importe como e perdoe ele sei que cuidara bem de ti.

-  Por favor, por favor vamos sair desta juntos papai, aguenta arrumaremos uma solução. Hinata fala baixinho.

- Não há saída minha princesa amada, minha guerreira, somente faça, diz Orochimaru.

Orochimaru começa a se transformar em uma espécie de cobra, tendo suas feições alteradas, no processo começa a gritar e parece ter uma briga interna consigo mesmo falando coisas estranhas. Ele empurra Hinata para longe deferindo uma tapa forte arremessando ela a para longe. Sasuke tomo uma coloração vermelha em seus olhos, criado uma áurea roxa sobre ele, a cobrindo.

Sasuke a coloca de lado, e os dois começam um empate socos, chutes são deferidos de igual a igual, Hinata esta a observar tudo gritando pedindo para pararem mas não e ouvida.

Orochimaru começa a tomar vantagem na luta investindo golpes sobrenaturais em Sasuke. Sasuke começa a fraquejar e a ficar muito ferido, começando a perder muito sangue sua áurea roxa começa perder  o brilho no momento que golpe parecendo uma mordida de cobra o atinge e começa a corroer um dos seus braços. Os dois se encontram se exaustos, Sasuke toma distancia  Orochimaru, os dois se preparam para um último golpe, correm em direção um ao outro.

- Sasuke grita: Só um de nos vai sobreviver!

Orochimaru cai de joelhos sangrando, respiração ofegante.

Sasuke o olha tudo sem entender o que houve com um dos olhos sangrando o segurando com uma das mãos.

Neste intervalo Hinata retirou a adaga de sua coxa, as veias de seus olhos saltou, sua áurea tomou a coloração  azulada, seus punhos aparecem a imagem de dois tigres, seu coração pulsa, o suor começou a descer pelo seu rosto. Correu em direção a eles e o acertou. Orochimaru se lançou contra ela e com seu instinto de guerreira se defendeu o atingindo no peito.

Ela correu o abraçou de joelhos chorando, gritando por que, por que, não, não, papai fique comigo.

Uma lágrima desceu dos olhos de Orochimaru e falou: - Obrigado filha por ter me libertado, nunca esqueça que eu a amo. Morreu sorrindo para ela.

- Fica, por favor fica, não vá, perdoe-me, te amo, falava entre sussurros e lágrimas.

Hinata fica chorando abraçada ao corpo, lhe beija a testa e fecha os seus olhos. Karin chega e corre ate ela se abaixa os abraçando chorando.

 

No Castelo

 

- Sasuke por um tempo e melhor não nos vermos, lhe peço por favor não insista.

- Mas pequenina, precisamos nos falar.

- Agora não, deixa as feridas cicatrizarem caçador. Hinata fala em tom frio.

Hinata sai  da presença de Sasuke indo aos seus aposentos.

Sasuke abaixa a cabeça e vai embora atônito, sem saber o que fazer. Seus pensamentos a mil o incomodando e o peso no coração de não ter ela por perto. Pensa  " – Será que a perdi para sempre, merda”.

 

 

Algum tempo depois

 

 

Esta a passear no Rio para se refresca para pensar em tudo que lhe aconteceu.  Reflete na sua própria dor, que a afogava em tristeza todos os dias, seus sentimentos estão atordoados. Encontrou um amor  ao qual não estaria com ele, se não tivesse se apaixonado e nem fosse naquele rio seria diferente.

Cigana Chyo aparece.

- Menina como vai?

- Hum você, fale.

- Vi tudo o que aconteceu, não deixe que o sacrifício dele interrompa sua historia. Ele fez por amor você, você despertou o que havia de bom dentro daquele homem, ele o fez, se sacrificou para que pudesse ser feliz e pudesse viver o seu amor. A historia já esta marcada.

Hinata a procurou para responder mais a cigana Chyo, já havia desaparecido. Penso “- E tarde demais”.

 Volta ao castelo convoca uma reunião com rei Hiashi.

-Hiashi, preciso lhe falar!

- Sim minha filha, estou a  ouvindo.

- Eu tenho na cabeça a coroa, nas mãos uma espada. Cingirei os lombos com minha força e lutarei pelos meus propósitos, para fazer a diferença por estas terras. Por esta maldição que nos assolou fui chamada de princesa deste reino, mas em meio a esta batalha  eu me feri e perdi.

Meu coração já foi golpeado demais, mas não me renderei as circunstancias, vou levantar minha cabeça, vou usar a minha espada não temerei e não pararei. Estou indo embora.

- Mas minha filha, pretendes partir e teu reino, o teu povo es a princesa perdida, diz Hiashi.

- Não! E o seu reino e o seu povo e estarão todos bem, irei para junto dos meus, os mandas eles precisam de mim, já que ele se foi.

- Es realmente corajosa, es uma Hyuuga forte realmente uma princesa guerreira e não a impedirei de seguir seu caminho. Mas todas as portas estarão abertas para ti, volte quando quiser ou venha nos visitar  de vez em quando. Diz Hiashi com orgulho pela mulher forte e destemida que a filha se tornou e com pesar por ela ter se decidido partir agora por livre vontade.

Hinata caminha ate ele o abraça e diz obrigada papai.

- Não tão distante estarei, obrigada Hiashi. Adeus.

- Princesa amada, sussurrou Hiashi emocionado era primeira vez em que ela o chamava de papai.

Naruto se encontra com Kakashi e narra os fatos que a princesa esta de partida do reino. Naruto rapidamente vai te encontro ao Sasuke e o chama para conversar.

- Ei, encontrei Kakashi e o mesmo contou-me que a princesa esta de partida. Deixaras ela ir, questiona Naruto.

- Se ela quer assim, nada posso fazer, ela que pediu que eu me afastasse. Diz Sasuke magoado.

- E ficaras assim feito um idiota, sofrendo por não ter coragem de lutar pelo amor da sua vida.

- Deixe-me Naruto.

 

 

 

 

Hinata foi embora saindo do castelo sem olhar para trás indo embora daquele lugar que somente trouxe desencontros em sua vida.  Se encontrou com sua família os mandas. Abraçou Karin chorosa e falou.

- Irmã voltei, voltei para ficar.

- Seja bem vinda ao lar. Sentimos sua falta.

Todas as noites riam, dançavam e. comiam em torno da fogueira, viviam felizes mas faltava algo para ela ser completa. Suas lutas e batalhas era ouvida pelo reino Teseingan, punhos leves esta mais viva  e bela do que nunca.

Preparando se para mais uma batalha, estava a caminhar em passos duros, quanto  escuta alguém gritar.

 

- Pequenina!

- Caçador!

- Há quanto tempo. Estas ainda mais bela.

- O que fazes aqui, o que queres?

- Bem escutei os feitos, e suas aventuras de punhos leves.

Hinata sorriu seu coração se esquentou. Que vontade ela tinha de beija-lo naquele momento.

- E veio para...

- Pensou em que eu ia desistir, es mesmo uma guerreira ousada pequenina.

Depois do fictício dia da morte de Orochimaru, já não se viam mais, estão emocionados com este encontro e vozes embarcadas de emoção. Mas  era chegado o tempo.

-  Desde que soube  da sua partida pequenina, não parei de pensar em ti?

- Sim, seguirei avançando sempre em frente caçador.

- Quero ir contigo e estar ao seu lado, percorrer estes caminhos perigosos que quer seguir. Se você o deixar e claro e me quiser ao seu lado.

- Por que?

-  Porque! Amo você.

- Certeza disto.

- Sim. Você pode impor seu jeito de amar que eu aceito.

 - Também o amo caçador.

 Hinata se aproximou dele, entrelaçou seus braços em seu pescoço, e um beijo de amor puro e sincero cheio de saudades. Se afastaram, viraram se de frente e ela disse.

- Pronto caçador! Segurou suas mãos e olharam para frente.

- Por você, sempre.

 Ela gritou:

- Atacaaarrrrr mandas......

Correram com as espadas em mãos.

 

 

 

 

 

 
 


Notas Finais


Para quem gosta da minha imaginação e a maneira como escrevo, tenho mais duas historias lindas sendo desenvolvida.
https://www.spiritfanfiction.com/historia/reencontro-em-paris-13833453
https://www.spiritfanfiction.com/historia/meu-coracao-e-cigano-13476973
Desafio para mim, vocês gostariam de ver eu escrevendo o que, falam aí?
O que acharam do nosso final..
Beijossssssssssssssss....


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...