História Não Tem Idade Para O Amor (Romance Gay) - Capítulo 16


Escrita por:

Postado
Categorias Histórias Originais
Personagens Personagens Originais
Tags Amor Gay, Boyxboy, Mpreg, Novela Gay, Romance Gay
Visualizações 291
Palavras 907
Terminada Sim
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Famí­lia, Lemon, LGBT, Romance e Novela, Shonen-Ai, Shoujo (Romântico), Yaoi (Gay)
Avisos: Gravidez Masculina (MPreg), Heterossexualidade, Homossexualidade, Linguagem Imprópria, Sexo
Aviso legal
Todos os personagens desta história são de minha propriedade intelectual.

Capítulo 16 - Capítulo 16


Pov. Alex

- Alex.... Eu estou grávido!

- Sério?.... - perguntei surpreso, vários emoções começaram a surgir dentro de mim.

- Sim! - disse ainda mantendo um rosto sério e me levantei para ir abraçar ele.

- Obrigado! Obrigado, meu amor - falei abraçando ele forte, mais me lembrando do nosso bebê - Desculpa!

- Tudo bem - disse sorrindo e começamos a nos beijar e fomos para o quarto.

Ficamos conversando sobre o nosso filho até as duas da manhã, quando o Giovanni acabou dormindo e eu fiquei mais um tempo olhando para ele.

Acabei dormindo minutos depois, com a minha mão na barriga dele.

Quando acordei, o Giovanni não estava mais do meu lado e me levantei vendo ele fazendo o café da manhã.

- Não se preocupe, eu faço o café da manhã hoje - falei beijando o pescoço dele e forçando ele a se sentar.

Preparei um café da manhã básico e simples.

Eu não conseguia não olhar para o Giovanni e ficar rindo igual a um besta sempre que me lembrava que ele estava carregando o nosso filho.

Eu fiquei um pouco com o Kevin e o Julian antes de levar eles na escola com o Giovanni.

- Quando vamos contar para eles que eles vão ganhar um irmãozinho? - perguntei assim que deixamos os dois na escola.

- Não sei, talvez quando eu tiver com uns três meses?! Mais também temos que contar para as nossas famílias - o Giovanni disse enquanto nós afastavamos da escola dos meninos.

- Verdade, por que não marcamos um jantar? Assim contamos logo - falei agitado.

- Tudo bem, mais primeiro eu quero marcar o pré-natal - disse sorrindo gentilmente.

- Ok... Eu quero contar para todo mundo que vamos ter um filho.

Depois de alguns minutos, chegamos na minha casa.

- Tchau - disse sorrindo enquanto eu estava saindo, mais antes dei um selinho dele. 

- Tchau, qualquer coisa me liga, toma cuidado - falei pegando a mão dele.

- Não se preocupe, está não é minha primeira gravidez - disse sorrindo pequeno.

- Eu sei, mais...

- Qualquer coisa eu te ligo - o Giovanni falou tentando me tranquilizar e concordei com ele.

- Ok!

Entrei em casa feliz, que meus pais até estranharam e perguntaram o que tinha acontecido, mais não falei nada.

Duas semanas depois, fomos fazer o pré-natal, e como ele estava de dois meses e meio, conseguimos ouvir o coraçãozinho do bebê batendo, eu claro que me emocionei, chorando.

- Calma! Calma! - o Giovanni disse depois que saímos do consultório.

- OK! - falei parando de chorar e abraçando ele.

Depois marcamos com a mãe do Giovanni para um jantar na casa dele e no dia seguinte teríamos um almoço com a minha para falarmos da gravidez do Giovanni.

Mais primeiro iríamos contar para as crianças.

- Eba, tem todos os nossos pratos favoritos - o Kevin e o Julian disseram juntos animados e começando a comer.

- Eu tenho uma coisa para falar para vocês....

- O que papai?

- O papai está grávido! Vocês vão ter um novo irmãozinho ou irmãzinha

- Mais não se preocupem, que nada vai mudar. Vamos continuar amando vocês, vocês vão o final de semana para a casa do pai de vocês como sempre, e também nada vai mudar aqui - falei apressadamente, eu tinha ouvido algumas coisas dos meus amigos que eram filhos mais velhos e como agiram quando ganharam irmãos, e eu não queria que eles se sentissem deixados de lado ou com ciúmes.

- Eu vou ser irmão mais velho?! - o Julian gritou animado - Cadê meu irmãozinho?

- Ele ainda está na barriga do papai, ele vai ficar aqui até estar grande - o Giovanni disse sorrindo para ele.

- Vai ser menina ou menino? - o Kevin perguntou calmo e os três começaram a conversar esquecendo completamente de mim, e acabei ficando confuso no meio da conversa deles.

Eles não estavam reagindo como eu pensei.

Algum tempo depois, colocamos eles para dormir e a campainha tocou.

- Mamãe, chamamos você aqui para contar uma notícia - o Giovanni contou animado.

- O que?

- Eu estou grávido. Vou ter mais um filho - o Giovanni contou animado, de primeira a mãe dele ficou surpresa, mais logo se recuperou e deu os parabéns, eu esperava que minha mãe fosse assim também.

No dia seguinte, fomos para a casa da minha mãe.

- Não se esqueçam que é segredo o papai esta grávido, ok - falei para o Kevin e o Julian que concordar entusiasmados.

Quando chegamos, todos os meus irmãos já tinham chegados, só estava faltando a gente.

- Oi! Oi! - falei enquanto entravamos no quintal.

- Então, que surpresa você tem para a gente? - um dos meus irmãos perguntou.

- Vamos esperar até todos estarem juntos - falei me sentando junto com eles na grande mesa que tinham colocado no quintal.

Alguns minutos depois, minha mãe colocou a comida da mesa.

- Já que está todo mundo está aqui, vou falar por que chamei vocês aqui... O Giovanni está grávido! - falei animado e demorou um pouco até eles começaram a reagir também.

Meus irmãos começaram a dar parabéns e minhas cunhadas e cunhados começaram a perguntar sobre a gravidez dele.

- Isto é alguma brincadeira? - minha mãe disse de repente calando todo mundo e todos ficaram em um silêncio desconfortável.

Continua.....



Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...