História Não tenho culpa de te amar! -MarkSon, 2Jae, YugBam - Capítulo 7


Escrita por:

Postado
Categorias Got7
Personagens BamBam, Jackson, JB, Jinyoung, Mark, Personagens Originais, Youngjae, Yugyeom
Tags 2jae, Jikook, Markjin, Markson, Namjin, Yugbam
Visualizações 286
Palavras 2.104
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Aventura, Comédia, Drama (Tragédia), Festa, Ficção Adolescente, Fluffy, Lemon, LGBT, Suspense, Violência, Yaoi (Gay), Yuri (Lésbica)
Avisos: Álcool, Bissexualidade, Cross-dresser, Drogas, Heterossexualidade, Homossexualidade, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Mutilação, Nudez, Sadomasoquismo, Sexo, Suicídio, Tortura, Violência
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Notas do Autor


Agora a história vai ficar um pouco triste...

Desculpa demorar bolinhos, estava sem idéias. Amo vcs <3 <3

Capítulo 7 - Sonho... (Cap 7)


Fanfic / Fanfiction Não tenho culpa de te amar! -MarkSon, 2Jae, YugBam - Capítulo 7 - Sonho... (Cap 7)

{Quinta-feira}

_Mark on-

Appa- será que você não me escuta? Quantas vezes eu já avisei? se você tirar nota baixa, pode ter certeza você tá ferrado, filho meu não é burro *ele bate em meu rosto fazendo o mesmo ficar vermelho*

Mark- M-mas appa f-foi 88

Appa- Você não faz nada, não trabalha e sua única obrigação é estudar!! Não sei se bato em você porque é gay ou se é burro, eu tenho nojo de você!! Olha eu sinceramente não sei vai oque fazer…na verdade eu até sei! *ele tira o cinto de sua calça o colocando em minha frente*

Mark- A-appa por favor não faça isso, eu imploro *Começo a chorar* eu não sou burro. Appa eu prometo que vou melhorar só por favor não me bata -Falo ainda chorando isso me machucada muito por dentro, meu próprio pai tem nojo de mim por ser gay e sempre me bate, já chegou a bater em minha omma, caramba eu só queria ser um menino normal...

Appa- Ainda vai me responder?? *ele ergue sua mão e da uma cintada em minhas costas a deixando roxa, eu gemi de dor*

Mark- D-desculpa... *falo rouco por causa da dor*

Ele começa a bater em minhas costas e braços os deixando roxos, nossa isso doí tanto eu já estou cansado disso, ele sempre me bate do nada por causa de qualquer idiotice, minha nota foi boa não sei o por que disso

Appa- Se você não tirar 10 na próxima prova, nunca mais você vai falar com seus amigos, e você sabe que cumpro oque digo. Doente! Anormal! Nojento! Burro! *Cada palavra eram mais cintadas*

Mark- Appa...*falei para mim mesmo no meio das lágrimas e das dores em meus braços e nas costas*

Appa- Agora sobe para seu quarto, irá ficar lá e não sairá de casa, e nem pense em me desobedecer

Mark- Appa por favor não...

Appa- Deveria ter estudado antes de me pedir isso, garoto idiota, você só é um desperdício de tempo nem deveria ter nascido!

Depois dessas palavras eu subo para meu quarto fechando a porta a trancando logo em seguida, prefiro mil vezes ficar trancado em meu quarto do que no mesmo lugar que ele.

Mark- Eu me odeio, deveria ter estudado mais, por que isso sempre acontece comigo? *falo em sussurros e começo a chorar*

Ele tem razão...Sou um burro

Um muleque besta e um idiota apaixonado no qual o menino nem liga pra mim, o Jackson nunca vai gostar de mim, nem ele nem ninguém. Olha só pra mim, além de burro, sou feio, quem iria querer um garoto assim?? Nem deveria ter nascido, seria bem melhor pra minha mãe, e principalmente pro canalha que sou obrigado a chamar de pai.

Tenho certeza que ninguém iria sentir minha falta se eu morresse... Seria até melhor, meus pais não teriam que aturar um encosto como eu, o Jackie poderia ser feliz com alguém, até meus amigos iriam ficar melhor sem mim aqui pra infernizar a vida deles...

Se você não está entendendo, vou resumir, Eu tirei 88 em uma prova, e meu pai me bateu. Poxa, foi mais da metade!

Eu estava chorando muito, não aguentava mais essa dor em meu peito. Não adianta mais fingir que estou bem por fora, sendo que por dentro, estou muito destruído.

Cada dia que passa, mais essa dor aumenta, minha autoestima nem é a mesma de antes...

Eu tô cansado, apenas cansado. Sabem, casando de tudo, mesmo sem fazer esforços físicos. Eu estou cansado em me esforçar pra tirar nota altas e meu appa me bater, tô cansado em ser um bom aluno e ninguém reconhecer o meu valor

Eu estava quase pegando no sono, estava muito cansado, mas lembrei que não fiz uma tarefa

Mark- Tá, página 208

Eu procuro a página e copio tudo, mas na hora que eu tava respondendo, meu lápis quebrou a ponta e senti a vontade de fazer uma coisa

Mark- E se... *Para pra pensar um pouquinho* Tá frio mesmo, então não iriam achar estranho eu ficar de moletom

Pego uma faquinha e tiro a lâmina do apontador, logo depois pego um potinho de álcool em gel e passo num paninho pra limpar a lâmina. Só tiro uma foto de como meu braço tá, vai que fica muito diferente.

Mark- Por favor... Que não seja uma dor tão forte... *Passo a lâmina no meu braço bem devagar, tô com medo de doer muito*

Eu senti algo bom fazendo isso, tipo um alívio misturado com dor.

- Não deveria ter nascido... *Começou a chorar*

- Sou burro... *Passo a lâmina mais uma vez*

- Sou feio... *Passo a lâmina um pouco mais rápido*

- Mesmo o Jackson sendo gay, nunca vai gostar de mim *Começo a soluçar por causa do choro*

- Sou um inútil... *Do um tapa no meu rosto o deixando vermelho igual estava do outro lado*

Eu começo a dar tapas e mordidas em mim mesmo. Minha coxa que antes era branquinha, esta vermelha, um pouco roxa mas não muito.

(。;_;。) (。;_;。)

{Sexta-feira}

_Jackson_

∆Sonho on∆

Eu acordei assustado e bati a cabeça no telhado, estava um lugar escuro e pequeno, tinha que engatinhar pra poder sair de lá. Não estava enxergando nada por causa do escuro, derrepente bati a cabeça na parede e aciono um botão sem querer, ele fez abrir uma parte do chão da casinha e cair em um outro cômodo. Havia um berço com um ursinho igual o Puppy meu cachorrinho de pelúcia, ele estava com uma roupinha azul igual a decoração do quarto, o bebezinho é muito fofo, ele me lembra alguém mas não sei quem. Ele está dormindo, sua roupinha tem as letras M-W do lado direito e M-T do esquerdo. Seriam as iniciais dele??

No outro cômodo tem mais iluminação, tinha uma jovem com cabelos escuros como a noite, e um moço, aparentam ter a minha idade pra mais. Eu acho que não podem me ver... Eu estou sentado no balcão observando eles, a moça tá virada pra mim e o senhor de costas.

Eles estavam chorando abraçados, e cochichando coisas um pro outro "Não se esqueça de mim" "Um dia vamos nos encontrar novamente" "Você será mais feliz na China" "Vai ser melhor assim"

Quando o moço se vira de frente, eu vejo quem ele é....

- PAI?!?!

∆Sonho off∆

- PAI?!?! -acordo muito assustado

Mika- Tá bem??

- Eu tive um sonho....

Mika- Você está suando, era um pesadelo?

- Não.... Mas tinha meu pai, uma moça e um bebê.... Ah e tinha o Puppy também

Mika- Calma, seu coração tá acelerado *Pega meu pulso e olha meus batimentos*

- Eu tô com medo.... *Escorre uma lágrima*

Mika- Tá tudo bem, só foi um sonho

- Posso te abraçar??

Mika- Pode

Abraço ela um pouco apertado e depois a smurf limpa meu rosto com um lencinho. Quando estava arrumando meu cabelo usando o espelhinho que guardo no meu estojo, percebi um Mark raivoso falando com a Professora, faltava pouco pra ele voar na Mikaelly e cortar o cabelo dela. Como ela queria testar os limites dele, ela arrumou meu cabelo e depois beijou minha bochecha, o Mark saiu da sala muito bravo kkkk

Mika- Até que sei fingir ser hétero kkkkk

- Né kkkkk

Mano, aquele moço do sonho era meu pai, porém, a moça não era minha mãe, e porque o Puppy tava no berço do neném?? Será que meu pai já traiu minha mãe?? No sonho a moça disse "Você será mais feliz na China" Meu pai é chinês, tô com medo pra caralho, sério, meu cú fechou agora!

Eu perdi metade da aula dormindo, e a outra pensando no sonho. E se aquilo significar algo? O pai e o ursinho são meus, mas a moça e o bebê não tem nada haver comigo.

Já trocou os professores, agora a aula é de ensino religioso. Ou como gosto de dizer "Hora da Mika secar a prof" Sério mano, é só chegar sexta que ela vem toda feliz pra aula, até se tiver triste na hora dessa aula ela fica feliz.

Prof- Galera, quero fazer uma pergunta muito importante pra vocês, mas queria que vocês respondam com sinceridade

Todos concordaram e ela prosseguiu

Prof- Alguém aqui se sente muito triste e esconde isso com um sorriso??

A Mika antes feliz, agora tá olhando pra baixo preocupada. As pessoas que sempre ficam com a cabeça abaixada e tristes estão olhando pra Professora agora.

Jackson- Não entendi a pergunta professora!

Prof- Okay, vou tentar ser mais clara... Alguém aqui sofre de depressão??

Mika/Alunos tristes- Posso ir no banheiro??

Prof- Esperem eu terminar de falar!! E aí? Alguém tem?

Mika- Não sou obrigada a responder nada!! A senhora não acha que tá querendo saber de mais não?? Quer saber, não vou ficar nessa aula, se quiser fazer eu assinar uma advertência, assim seja! *Ela saí da sala e bate a porta com força*

Prof- Mais alguém quer sair da sala? Se quiser pode ir, a porta tá aberta! *A ponta pra porta* Vou contar até tr-

Me levanto e vou atrás da Mika...

Ela não estava nos corredores, nem na biblioteca, só falta ter se escondido no banheiro pra mim não achar ela!

Como fiquei muito cansado de procurar ela, voltei pra sala, e a bonita tava lá... Porém chorando muito

Prof- Mikaelly, desculpa tocar em um assunto tão delicado, mas meu trabalho é esse

Mika- D-desculpa professora, não cha-chama minha mãe aqui... ela já prefere meu irmão, se ela descobre que tratei a senhora assim... Vai me b-bater, e me mandar pro Brasil pra morar com meu pai,a naja da minha madrasta e aquelas duas pestinhas fofas filhas dos dois

Prof- Você vai ficar sem recreio hoje, pode ser?

Mika- Sim

Prof- E o Jackson vai ficar junto

Jackson- Tudo bem, pelo menos vamos estar juntos *dou um soquinho nela*

Perdi mais uma aula, vou tomar muito no cú na próxima prova kkkkk

Depois de mais mil horas, chegou o recreio, mas como tô de castigo com a Makaelly, isso não faz diferença alguma

Mika- Minha crush mandou te entregar essa folha, e fazer um desenho que tenha sentimentos envolvidos

- Tá *Peguei a folha*

Mika- Tá com fome?

- Muita

Mika- Toma *Me entrega um pacote de salgadinho*

- Obrigada dongsaeng, as vezes até parece que você é minha noona kkkk

Mika- Também acho kkkk

Eu desenhei um menino se olhando no espelho que refletia um monstro, o menino chorando muito, e comentários negativos em volta dele. A Mika desenhou um braço cortado escrito "SORRY" Sangrando, e uma menina com moletom com um sorriso numa plaquinha na frente da boca, mas a menina estava chorando, e ninguém percebia.

- Mandamos bem na arte da depressão

Mika- Claro, somos sad kkk

- Sim kkk

Depois de uns 5 minutos sem falarmos nada, resolvi puxar assunto

- E sua vida amorosa?

Mika- Aah o de sempre

- Sei

Mika- Faltam 6 minutos pro intervalo acabar, hoje foi mais longo

- Finalmente tá no finalzinho, Minha bunda já tá doendo

Mika- Exagerado?? Nem um pouco

- A próxima aula é de educação física

Mika- Não gosto dessa aula

- De qual aula você gosta? Kkkk

Mika- Pra sua informação, eu gosto da aula de artes, de língua portuguesa, ensino religioso, história, inglês

- Sonsa, estamos na Coréia, não temos aula de Língua Portuguesa

Mika- Aé ;-; *Abre o caderno e começa a rabiscar* ou melhor *pega outro livro*

- Kakakaka

Mika- Deixar eu ler esse livro de agricultura

- Pra?

Mika- Pra saber a hora certa de plantar minha mão na sua cara

- Você é doida

Mika- Sou mesmo

- Noonaaa

Mika- Que? *Guarda o livro e volta a rabiscar*

- Você tá lembrada que te chamei da dormir lá em casa? Então, falou com a sua mãe?

Mika- Ela disse que você é um pivete safado que quer me comer, e depois que me engravidar vai sumir *Fala tudo isso imitando a voz da mãe dela* Então não vai dar sabe *Começa a rir*

- Sua mãe é doida!? Não quero te comer, quero que você me ajude com o Mark!!!

Mika- Diz isso pra ela então

- Ata, se eu a conhecesse, até diria

Mika- Então pera ai *Pega o celular*

- Tá fazendo oque?

Mika- Olha, essa moça de cabelo preto é a minha mãe, esse era o namoradinho dela na época

- A moça?!?! *Me levanto da cadeira*

Mika- Moça??

- Do sonho!!!

Mika- Que sonho??

- Meu pai? A moça? Ahn?

Mika- Fala coisa com coisa

- A senhora da foto, no meu sonho com meu pai, e o Puppy no berço de um bebê... Minha cabeça.... Tô sentindo algo ruim... *Coloco a mão na cadeira como apoio*

Mika- Respira! Quer água? Cheira a flor e assopra a vela!

Eu começo a ficar tonto, minha visão começa a embaraçar e escurecer

Mika- Jackson não *começa a chorar*

Só lembro de cair já com os olhos fechados... 


Notas Finais


Antes que odeiem a Mika, ela não gosta do Jackson!

Oque acharam desse cap? Ficaram com dó do Mark?

Bjss amo vuxes ^-^ <3


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...