História Não tente me salvar - Capítulo 4


Escrita por:

Postado
Categorias Fairy Tail
Tags Nalu
Visualizações 178
Palavras 2.626
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Ação, Comédia, Drama (Tragédia), Ecchi, Hentai, Luta, Policial, Romance e Novela, Saga, Shoujo (Romântico), Violência
Avisos: Álcool, Bissexualidade, Drogas, Estupro, Heterossexualidade, Homossexualidade, Incesto, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Mutilação, Sadomasoquismo, Sexo, Suicídio, Tortura, Violência
Aviso legal
Alguns dos personagens encontrados nesta história e/ou universo não me pertencem, mas são de propriedade intelectual de seus respectivos autores. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos criada de fã e para fã sem comprometer a obra original.

Notas do Autor


Buenas noches eu sempre posto capítulos esses horários meu Deus kkkkk
Bom aqui está mais um desta fanfic que espero que vocês estejam gostando
Buenas leituras galerinha hehe

Capítulo 4 - Aliança


Fanfic / Fanfiction Não tente me salvar - Capítulo 4 - Aliança

{Lucy on}


Eu entro em casa com ele no meu encalço,ele consegue ser chato demais,Jude Heartfilia o dono de uma grande empresa de tecnológicas,eu tento ir direto para meu quarto e ele segura meu braço.


- Já falei para você não ficar andando com esses tipos de moleque - O tom irritado e o olhar dele,meu pai sempre foi chato nesses assuntos


- O que? - Agora eu puxo meu braço fazendo ele me soltar - O que quer dizer com "este tipo de moleque"? - Cruzo meus braços


- Daquele jeito,eu conheço ele Lucy - Ele não mudou seu tom - Um moleque que evita o pai e que trabalha cortando cabelo - Ah agora tô entendendo - Fica vagabundando por aí


- Agora eu entendi,não gosta dele porque ele não é da mesma classe que a gente - Ele não responde apenas mantém aquele olhar sério - Nossa Pai,nem parece que você é o adulto da casa - Os empregados passavam fingindo não escutar a conversa - O Natsu é filho de um empresário de sucesso isso é verdade porém,ele não quer isso e está vivendo do jeito dele e você está aqui enchendo o saco porque ele não é rico - Agora eu riu - Você só gosta dos meus amigos se eles tiverem dinheiro


- Você que está andando com quem não presta - O tom dele estava mais irritado - Você é ingênua filha,um moleque daquele jeito deve estar atrás do dinheiro que você tem - Mais aí merda ele tá querendo falar agora


- Preocupado com dinheiro e sempre o dinheiro - Suspiro - Ele já transou com muitas garotas ricas - Vejo ele revirar os olhos - E olha que interessante,estão todas com seus dinheiros certinhos - Sorriu e fechou os olhos


- Você é mais que elas - Tava demorando,bufo e me viro - Deveria continuar andando com aquele tal de Sting porque aí sim você estaria andando com pessoas certas,pessoas ao seu nível - Porra você não sabe de nada mesmo


- O dia que você parar de se preocupar com o dinheiro e se preocupar com a filha que você tem você vem querer me dar sermão sobre com quem eu falo - Falo alto e me viro indo para meu quarto,escuto ele me chamar mas eu ignoro entrando logo no meu quarto e batendo a porta com tudo - PORRA - Eu grito logo após trancar a porta


Jogo minha mochila no chão e me jogo na cama,fico olhando para o teto,"Dinheiro,Dinheiro,Dinheiro é sempre isso" coloco meu braço em cima dos meus olhos,"Mamãe que saudade de você",nem percebo e acabo caindo no sono. Algumas horas depois eu acordo com minha empregada batendo na porta de leve,ando até lá e a abro vendo a mulher a minha frente,cabelos escuros e olhos claros.


- Senhorita - Ela sorri e eu retribuo


- Já disse para me chamar apenas de Lucy - Ela assentiu


- Lucy,uma amiga sua está aí na entrada - Quem será que está aí?


Desço as escadas e ando até o lado de fora,um dos bancos ali na frente vejo Juvia sentada enquanto balançava a cabeça em ritmo de música,ando até lá e tiro o fone dela.


- Eai Azulada - Sorrio


- Lucy - Ela me abraça por um curto tempo e logo me solta - Tudo bem?? Juvia viu um vídeo do Sting apertando seu braço e depois seu boy magia aparecendo e te salvando - Sério que gravaram aquilo?


- Calma lá,Juvia - Falo e ela tira os fones - Eu estava esperando o Natsu e o Sting apareceu,eu falei umas coisas ele se irritou e apertou meu braço,Natsu apareceu e ele me largou, e de onde você tirou essa de boy magia?


- Juvia achou o abraço de vocês muito fofo - Sério que ela mudou o assunto para isso? - Aaah Juvia shippa - Ela mostra um print tirado do vídeo,eu com a cabeça encostada no peito dele e meus braços segurando na sua camisa e ele me abraçando com o rosto em meus cabelos


- Merda em - O povo já tá dizendo que estamos namorando,agora sim vou ouvir muita coisa


- É bom ficar atenta em Lu,tem várias garotas na escola que não gostaram disso em - Ela ri - tão achando que o Natsu tem dona agora, espera , mas ele tem né - Ela bate o ombro no meu


- Não inventa,Juvia - Falou balançando as mãos - Natsu e eu?não rola - encaro o Jardim da minha casa


- Deixa disso,Juvia conhece você - Ela abraça meu ombro - Fica de Boa que vai tudo correr bem,logo mais vocês vão tar juntos em uma casa quebrando a cama - Pera aí Juvia


- Olha quem tá falando,e você e o Gray? Não to afim de ter sobrinhos agora não,Juvia - Ela fica vermelha e desvia o olhar


- Juvia e Gray estamos apenas ficando - Percebo o olhar triste dela


- Porém,você queria que fosse algo mais - Ela olha para mim e assentiu - Já conversou com ele?


- Não,mas Juvia já mandou várias indiretas bem diretas para ele e até agora nada - Ela suspira - Acho que ele não gosta da Juvia - Ela abaixa a cabeça


- Mais uma coisa que nós não concordamos - Ela me olha - Ele tá com você desde as férias e não te largou e parece que a cada dia ele tá mais apegado a você - Sorrio - Juvia é o Gray relaxa,em algum momento ele te pede em namoro e vocês ficam algemados sem poder pegar outras pessoas - Ela ri fraco,deve estar imaginando como será namorar com ele,esses dois já não se desgrudam se namorarem então ferro.


- Valeu Lu - Ela me abraça


- Relaxa - Retribuo - Agora tenho que tomar um banho pois cheguei da escola e dormi na hora


- Dá para perceber - Ela aponta para mim que ainda estou com a roupa da escola


- Quer subir? - Pergunto com um sorriso sem graça


- Não,já vou - Ela se levanta - Passei um pouco aqui para te ver,já vou tchau - Ela me da um beijo na bochecha e sai,eu olho para o céu alaranjado graças ao sol  e o vento suave batendo.


- Eu e o Natsu? - Sussurro e fecho os olhos


{Natsu On}


Voltando para casa e ainda pensando no quase selinho que dei na Lucy,"Que droga,estou me envolvendo demais",entro na minha rua e paro na frente da minha casa,paro a moto e a coloco na garagem que estava aberta,fecho ela e entro em casa,coloco a chave em cima do balcão da cozinha,sozinho como sempre em casa,vou para meu banho demorado,o cheiro dela não sai,eu ainda sinto o abraço ou ela encostada em mim,ela passando a mão pelo meu abdômen.


- Droga,Lucy - ligo o chuveiro deixando a água cair em mim


"Nunca imaginei que voltar a falar com ela seria assim,esse tiro de sentimentos tudo de novo" Fico um longo tempo no banho e logo eu saiu apenas com uma calça moletom,meu braço tem uma tatuagem de Dragão e no meu peito tem outras,uma escrito Salamander,eu saio do banho e percebi que tem gente em casa,ando até a sala.


- Que demora em - Ue,o que ele já ta fazendo aqui?


- Tu não tava no trabalho seu porra - Cruzo meus braços encarando meu irmão,Zeref cabelos espetados escuros e olhos igualmente escuros,ele realmente puxou nosso pai enquanto eu puxei nossa mãe


- Entrevista Natsu,tem diferença - Suspiro - Valeu pela ajuda,cara


- Sempre que precisar - Eu e Zeref temos uma boa relação entre irmãos e depois que ele veio para magnólia as coisas ficaram até que boas além de Erza tem ele agora da família - Eu to com fome,fez alguma coisa para comer?


- Tem Bacon,ovos é só escolher - Erza apareceu com um copo na mão que provavelmente era refrigerante que tinha ali


- Erza? - Ela estando aqui só falta mais alguém aparecer


- Você realmente demorou no banho - Ela sorri e dá um gole no copo


- Eu cheguei junto com ela - Zeref se levanta e pega o celular respondendo alguém e o guardando rápido


- Não é reclamando,mas o que vocês estão fazendo na minha casa? - Olho pra Zeref e em seguida para Erza


- A ruivinha aí tem algo para nós contar - Zeref cruza os braços,eles se conheceram um pouco antes de eu conhecer o Zeref mas ele também a considera uma irmã assim como eu


- É que vem,digamos que é eu ah - O que está menina aprontou dessa vez?


- Que merda você fez agora? - Levanto a sobrancelha


- Quem faz merda aqui é você - Ela cruza os braços e me encarou séria


- Os dois podem parar - Tem vezes que ele fala que lembra o tom do nosso pai - Fala logo Erza


- É bom vocês saberem logo né,estou saindo com um garoto então não vão surtar e querer ameaçar ele - Digamos que talvez eu seja super protetor


- Ele não te magoando - Zeref boceja e anda até a cozinha


- Quem é o cara? - Ela junta as mãos


- Jellal - Não estou surpreso alguma hora esses dois iam acabar saindo,Jellal nunca conversei com ele só o observei,fazer o que? é meu jeito - Natsu não vá fazer merda



- Relaxa ruiva - Coloco a mão na cabeça dela e sorriu - Só não quero te ver magoada


- Uau, cadê aquele Natsu super protetor? - Ela sorri brincalhona - Quem é você e o que fez com ele?


- Quer que eu vire o super protetor agora? - Ela logo balança as mãos e a cabeça,Erza é com certeza a mais esperta e forte entre nós mas neste assunto eu sempre ganho pois não quero ver ela magoada


- Vamos comer - Ela se vira e anda até a mesa


Nós comemos e jogamos conversa fora,Zeref perguntou sobre Jellal e Erza respondeu e eu apenas fiquei comendo com a minha mente em outro canto,"O que está fazendo agora,loirinha?" estou passando a colher sobre a comida e viajando em pensamentos, pensamentos sobre ela,um longo suspiro sai da minha boca.


- O que foi,Natsu? - Erza tinha acabado de comer e Zeref estava lavando a louça


- Espero que esteja preparado esta é a última vez que lavo a louça seu rosado de merda - Zeref reclama desde que ele chegou tenho botado ele para lavar a louça


- Só pensando em algumas coisas - Respondo Erza


- E todos esses pensamentos tem nome? - Sei o que ela está insinuando mas antes de responder meu celular toca vendo quem está me ligando "Gray"


- Fala ae cara - Atendo


- Foi mal te ligar agora Natsu é que estou precisando de uma ajuda,tipo uns conselhos - Ou seja Juvia


- A azulada te deu um pé na bunda? Relaxa Mano você supera - Ouço ele ficar braço


- Não idiota, se pode vir ao bar do Laxus? - Respondo que sim e logo nos despedimos


- Vou ir dar uma ajuda para o Gray - Me levanto e ando até meu quarto voltando de lá com uma camiseta de manga comprida preta - Não destruam a casa crianças - Ouço Erza e Zeref me chingarem


Subo na minha moto e vou direto para o bar de Laxus,sobrinho do nosso amado diretor da escola,Gray e eu temos uma amizade forte,ele me acompanhou nos piores momentos e depois que eu me afastei da Lucy ele me ajudou,ele sabe dos meus problemas então quando ele me chama porque precisa nunca vou hesitar, não demorou muito e cheguei na porta do bar e as iniciais LX de Laxus,entro e o lugar não está lotado, tem algumas pessoas e uma música ambiente tranquila,olho para o balcão e vejo ele sentado com uma caneca de cerveja sobre o balcão.


- Eai cabeça de gelo - Ando até ele


- Eae esquentadinho - Nós comprimentamos e eu me sentei


- Primeiro o Gray e agora Natsu,nossa vai cair uma chuva forte para um caramba - Aquela voz feminina que não escuto a muito tempo,a namorada de Laxus,Mirajane,longos cabelos brancos e olhos azuis,ela está vestida com uma camiseta e uma calça jeans,Mirajane é bem simpática e legal mas compete com a Erza quando quer ser assustadora


- Ei Mira - Aceno com a mão enquanto ela enche a caneca com cerveja para mim


- Laxus saiu para comprar algumas coisas,estou cuidando de tudo - Ela me entrega a caneca


- Coragem em,cuidar desse lugar - Gray fala enquanto toma um gole de sua caneca


- Eu gosto daqui,é bem tranquilo - Ela sorri - Bom meninos vou deixar vocês conversarem,até mais se precisar só me chamar - Ela sorri e entra em uma porta que parecia levar até uma cozinha


- Aconteceu algo,Gray? - Olho para ela agora já que Mira saiu


- Estou confuso,Natsu - ele está com os braços apoiados no balcão e com as mãos juntas fazendo a cerveja ficar no meio de seus braços


- Sobre a Juvia - Ele me olha com uma cara de surpreso e eu bebo um pouco e cerveja "Aah que bom" - O que foi? - Pergunto para ele


- Você acertou,é que você costuma ser bem idiota então pensei que a Juvia seria seu último chute - Ele ri


- Repete seu idiota - Encaro ele


- O que? Você é mesmo um idiota - ainda ri


- Bom aqui só pra isso ou você vai logo me falar o que tá rolando? - Agora ele fica mais de boa e coloca a mão no bolso tirando de lá uma caixinha azul e colocando em cima do balcão,eu a abri vendo uma aliança,aliança de namoro - Nossa,você Gray comprando uma aliança de namoro - Olho para ele que encarava a caneca


- Eu não sei bem,Natsu - Ele suspira - Quando percebi eu já tinha comprado - Ele passa as mãos nos cabelos


- Eu e Juvia estamos nessa de ficar a um tempo já,desde as férias e desde o início ela mexeu comigo Natsu - Ele fecha os olhos - O beijo dela tirou a graça dos outros e ela agora é o que faz meu mundo girar,eu estava com medo que esses sentimentos fossem reais e eu ia me afastar dela mas,não consegui - Gray com medo de sentimentos


- Você gosta dela? - Ele assentiu - Então relaxa Mano,sei que está com medo de que tudo possa dar errado e que o sentimento não seja recíproco ou essas merdas todas porém,tu tem que tentar vocês dois já são praticamentes namorados só falta assumir - Coloco a mão no ombro dele - Você merece ser feliz então,aproveita agarra uma felicidade cara,marca de sair com ela e não exita velho - Ele pensa por alguns segundos e logo assentiu e puxou o celular discando um número


- Oi Ju - Ele sorri bobo ao receber a resposta do outro lado - Tô bem sim,eu to ligando porque quero saber,você vai estar ocupada mais tarde? - Ele olhava para o balcão enquanto Juvia respondia - Vamos sair então,te pego na sua casa as 20:00 - Ele sorri e fecha os olhos,Gray está realmente apaixonado - Tchau beijos


- Então é hoje - Ele assentiu e virou a caneca


- Valeu por ter vindo,Natsu - Balanço a cabeça


- To sempre aqui,Gray - bebo mais um gole


- O mesmo vale pra ti - Ele sorri e eu encaro o lado de fora por causa de um breve silêncio o único barulho escutado era o da música tema do lugar


"Namoro ah" fecho os olhos e viajo em pensamentos









Notas Finais


E foi isso por hoje
To com sono acho que vou ir dormir kkk
Me desculpem qualquer erro blz
Espero que tenham gostado do capítulo me falem o que estão achando
Eu mostrei um pouco do relacionamento de Erza e Natsu e o Zeref também
Proximo capitulo vou começar a incluir os outros casais na fanfic começando por Gruvia blz
Bom foi isso gente até a próxima buenas noches


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...