História Narcotic Man - Capítulo 42


Escrita por:

Postado
Categorias Bangtan Boys (BTS)
Personagens Rap Monster, Suga
Tags Bangtansonyeondan, Beyondthescenes, Bts, Drugs, Guns, Máfia, Namgi, Namjoon, Rapmon, Suga, Sugamon, Yoongi
Visualizações 209
Palavras 887
Terminada Sim
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Ação, Comédia, Drama (Tragédia), Famí­lia, Festa, Luta, Mistério, Policial, Romance e Novela, Shoujo-Ai, Suspense, Violência, Yaoi (Gay)
Avisos: Álcool, Drogas, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Tortura, Violência
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Capítulo 42 - Reason


Naquele momento Suga virou-se para trás vagarosamente, com os olhos arregalados, os lábios entreabertos e uma expressão muito surpresa. Monster não ficou sentando no sofá por muito tempo, logo fez um esforço para levantar apesar da dor e andou até ele.

No fim do trajeto, olhou profundamente nos olhos do Hyung e sem cerimônia, esticou os braços e puxou-o para si em um ato fora de controle, foi algo que simplesmente não pôde evitar, porque cada vez que via o mais velho se preocupar tanto consigo, sentia o coração ser dilacerado pela culpa.

Um lapso daquela noite atingiu a sua mente, foi então que ele o abraçou mais forte. Sentia o corpo do menor meio trêmulo junto ao seu, talvez tenha sido por isso que ele gostou muito de segurá-lo firmemente.

-M-Monst-

-Hyung, eu só preciso que fique aqui, tá?

Ele disse mais uma vez e por fim suspirou, desfazendo-se do abraço apenas para pegar a mão do chefe e puxá-lo até o sofá de uma forma bem simples, o fez se sentar e logo ficou ao seu lado, usou um dos braços para apoiar a cabeça e o encarou novamente.

-Não precisa se preocupar, uma hora ou outra, acabamos com esse filho da puta.

-Se depender de mim, não vai demorar muito.

Suga ainda não estava totalmente calmo, porém pelo menos havia desistido da ideia de sair dali, afinal concluiu que devia mesmo ficar com o mais novo.

-Você cuidou disso?

Agora ele se referia as marcas de violência expostas pelo rosto e braços do traficante, que por sua vez balançou a cabeça e deu de ombros.

-Tomei banho e passei algum remédio, vou melhorar logo.

Novamente o mais velho suspirou e balançou a cabeça, aquele cara conseguia provocar sentimentos muito intensos em si, era difícil ser abalado assim por causa de outra pessoa, mas agora era inquestionável o seu motivo para tal. Não percebeu a hora em que fixou os seus olhos nele, mas notou que parecia muito tarde para desviar e de repente desejou estar mais próximo dele com todas as suas forças.

-O que foi? Tá afim de mim?

Namjoon perguntou em um tom claramente brincalhão, em uma tentativa de quebrar o clima meio pesado que havia se instalado ali, há um bom tempo atrás costumava a fazer esse tipo de brincadeira, porém com tudo o que vinha acontecendo, mal tinham um pouco de paz para fazerem cena por coisas bestas.

-‘Tô...

Porém a resposta que Yoongi lhe deu não foi a que esperava exatamente, podia jurar que ele ficaria irritado, até podia adivinhar do que ia ser xingado dessa vez, só que nunca imaginou aquela reação que lhe pareceu tão séria e verdadeira, o Hyung fitava-lhe de um modo intenso demais para ser discutido.

-F-Foi uma brincadeira Hyung.

-Foda-se, Namjoon.

Nesse momento o chefe simplesmente fez o que tinha que fazer, usou o braço esquerdo para puxá-lo para si e acabou de vez com aquela distância que já o irritava. Sempre foi alguém de atitude, quando queria algo, simplesmente conseguia. Naquele momento não se importava com o depois, sequer com o mundo em torno de si, apenas sentia o calor daquele outro corpo como se nada mais pudesse tirar a sua atenção daquele beijo.

---X---

-Fiquei curioso sobre uma coisa...

O homem disse enquanto apreciava uma das bebidas mais caras do bar, fitou algumas pessoas dançando na pista e por fim voltou os olhos ao outro que estava á sua frente, concentrado na tela brilhante do tablet que segurava.

-Antes não prestei muita atenção nesse amigo novo do “chefe”.

Ele disse a ultima palavra com um tom de desdém que era notável.

-No início, também cheguei a pensar que era só mais um idiota.

Arne revelou, de fato quando aquela amizade estranha começou, ele achou apenas que Monster era apenas mais um que tentaria se aproveitar do poder do Suga para se sair bem, afinal não passava de um garoto esperto que sabia como traficar e negociar, no fim das contas ele lhe dava certo trabalho.

-E o que acha agora?

Ouviu a pergunta, deixou o eletrônico em cima da mesa e cruzou os braços, depois de um suspiro semicerrou os olhos e virou o rosto para a pista.

-Se aproximaram muito rápido, fiquei com a guarda baixa nesse tempo porque tive uma impressão errada sobre ele.

-Está me dizendo que ele conseguiu ser amigo do moleque sem muito esforço?

-Algo parecido com isso, não sei direito como, mas acabaram criando uma coisa admirável.

Nesse momento os dois ficaram em silêncio por alguns segundos. O homem terminou a sua bebida e por fim, levantou-se colocando as mãos nos bolsos.

-Então as coisas começam a ficar interessantes!

Ele disse e deu uma risada, puxou um cigarro e o colocou entre os lábios, acendendo-o em seguida, assim deu alguns passos para descer as escadas do espaço VIP em que ficaram durante um bom tempo.

-Podemos destruí-los agora, só mostrar alguma coisa sobre o acidente de Yoogeum, não?

Arne fez essa observação, mas notou que a reação do outro ainda era a mesma depois de tanto tempo, só de ouvir falar no nome do filho mais velho daquela família ficava totalmente perdido. De qualquer forma, tinha as suas razões.

-Ainda não, vamos brincar mais um pouco, te garanto que o final vai ser muito divertido...


Notas Finais


Gente...
KYAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAHHH!
Como eu AMO VOCÊS!
Fiquei mesmo feliz com os comentários, AAAAAAAAAA (bugando em 3,2,1...)
Por isso deixei esse presente, espero de verdade que estejam gostando!

Kissus!


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...