1. Spirit Fanfics >
  2. Naruhentai: Companheiros >
  3. Capítulo único

História Naruhentai: Companheiros - Capítulo 1


Escrita por: narutinpresida

Notas do Autor


Postei e sai correndo... Dissertem.

Capítulo 1 - Capítulo único


Fanfic / Fanfiction Naruhentai: Companheiros - Capítulo 1 - Capítulo único

Depois de muito treinar, literalmente até sua mão cair, Naruto conseguiu criar sua técnica e a usou para derrotar Kakuzu, o imortal porém, as consequências de usar tal técnica, foram tão prejudiciais ao inimigo quanto para o próprio loiro que ficou com o braço bem deteriorando, realmente a ponto de perder-lo, se não fosse por Tsunade. Com o loiro "inutilizado" digamos assim, a Hokage disponibilizou Sakura para cuidar do rapaz, pensando ela que, como são amigos e companheiros de equipe, seria mais fácil ter um convívio pelo mesmo até o loiro melhora, ao que parece ela não conhecia a relação dos dois direito ou, ela vai algo que Sakura não. A rosada retrucou no início, afinal a última coisa que queria era cuidar de Naruto, mas depois reviu sua postura e percebeu que só estava sendo uma idiota, pois como médica, ela não poderia escolher pacientes.  

Sakura _Seu idiota! Quantas vezes vai ter de se ferir até que entenda? Você está machucado e não pode fazer certas coisas! Viu isso? Isso vai gerar mais alguns dias de repouso, desse jeito você não voltará a boa forma. Idiota! Exclamou entre dentes, muito brava e dando um leve tapa na cabeça do loiro que choramingou manhoso, mas logo gemeu alto quando a mão maravilhosa do haruno, intensificou a punheta em seu pau. Sakura era muito competente, enquanto fazia o curativo na testa dele com apenas uma mão, a outra ela usava para bater uma deliciosa punheta no pau dele que chegava a vibra de desenho, entre seus dedos. _Pare de se mexer, Naruto, assim nunca vou conseguir terminar. Sinceramente, como alguém é tão tapado ao ponto de bater de cara na mesma porta e por cinco vezes seguidas!? Começo a pensar que está fazendo de propósito. Afirmou seria, seu olhar caiu sobre o loiro cheio de acusações, mas Naruto apenas negou todas elas e tentou ficar parado, mas era muito difícil com a mão da rosada trabalhando de um jeito tão gostoso. Sakura sorriu maliciosa, era óbvio que o loiro queria prolongar seu tratamento e para ser bem sincera, ela estava adorando cuidar dele e não queria se afastar tão cedo. Terminado o curativo, Sakura desceu até o pau dele e lhe deu um beijinho, marcando a cabecinha com seu batom vermelho, só para provocar. 

Naruto _OOHHH... Você é tão cruel comigo, Sakura-chan, eu nunca iria fazer algo do tipo... Hhmmm... Eu sei o quanto os ninjas médicos são ocupados... AAHHH... É prender você comigo, Seria muito irresponsável, não acha!? Questionou-a em meio aos gemidos, enquanto a rosada seguia lhe provocando, distribuiu beijinho em toda extensão de seu pau, até chegar às bolas, onde ela lhe deu um selinho mais demorado, fazendo-o urrar rouco de prazer. Sua desculpa até teria algum fundamento, se o loiro não estivesse com um grande sorriso malicioso no rosto, Sakura riu mais uma vez e apertou o pau dele com um pouco mais de força. _Grrr! Certo, certo, eu admito... Aahhh... Mas eu juro, Sakura-chan, foram poucas vezes, na maioria foi mesmo sem querer... Mmmh... Pare de me tortura e coloque logo ele na boca. Pediu desesperado e Sakura riu da cara dele, enquanto seguia passando a língua em toda extensão do pau dele e se divertia com seus gemidos. Ela já tinha percebido a muito tempo que ele estava forçando alguns dos seus machucados, mas o do braço ainda era real e ela agradecia por isso pois sem ele, ela não poderia prová-lo do pau enorme e delicioso do loiro, sem mais enrolar Sakura abriu a boca e o enfiou nela, chupando apenas a cabecinha enquanto ainda provoca o loiro.   

Sakura _Hummm... Eu já sei de tudo, idiota, desde o corte no dedo com papel... Mmmh... Você é mesmo um pervertido, como o seu sensei, mas você tem mais forte... Hhmmm... Ao invés de bater até a morte, eu vou fuder seu pau. Afirmou serena, encarando os olhos azuis do loiro enquanto passava a língua em toda extensão do seu pau. Naruto gemeu alto e aproveitou que a rosada estava empinada em sua frente, para lhe dar um belo tapa na bunda gostosa, fazendo-a suspirar manhosa e rebolar, como se pedisse por mais e Naruto não hesitou em pular seu vestido, expondo a pele rosinha da bunda farta da mulher e lhe dar outro. _AAHHH... Bate mais uma vez e com mais força... Hhmmm... Seu pau tem um sabor tão viciante... UUHHH... Seu tarado sem vergonha! Eu não disse que podia me tocar aí... Mmmh... Naruto, seu demônio. Afirmou manhosa enquanto fazia um gostoso rebolando, nos dedos ágeis do loiro que escorregaram entre os lábios molhados de sua bucetinha, com facilidade e logo começaram um vai e vem gostoso, atiçando ainda mais a rosada que logo passou a chupa-lo com fome e semaninha para se punheta-lo. Naruto rosnou entre dentes e logo deu outro forte tapa nela, esse ardeu bem mais que os outros e Sakura lhe olhou feio. 

Naruto _Não me olhe assim, você sabe que não gosto desse nome... Hhmmm... Agora chupe bastante e deixe meu pau bem molhado... OOHHH... Você vai precisar, para aguentar sua punição. Afirmou entre dentes, agarrando os belos cabelos da rosada com certa ignorância e a trazendo de volta para seu pau, mesmo surpresa, Sakura não reclamou e logo voltou a mamar gostoso. Naruto não a soltou e continuou empurrando o pau em sua boquinha, fazendo-a engolir-lo até seu limite, quando enfim a soltou e Sakura pode respirar de novo. _AAHHH... Sua garganta está aguentando bem e logo vai poder engolir tudo... Mmmh... Sakura-chan, você me acusa de tarado mas adora chupar meu pau né!? Vira e empina a bunda. Mandou autoritário, dando mais um estalado tapa na rebeta dela que sacudiu lindamente com o golpe e Naruto não resistiu a lhe dar outro, marcando a pele da rosada com seus dedos. Sakura gemeu alto e fez questão de deitar seu rosto na cama e rebolar para ele, o chamando e Naruto atendeu de imediato, Sakura continuou rebolando, cheia de expectativa e gemeu alto, ao sentir a cabecinha do pau dele pincelar seus lábios molhados até seu cuzinho, onde o loiro ameaçou entrar mas recuou, era muito apertado. 

Sakura _Naruto! V-va com calma, seu pau é muito grande... Uuhhh... Põe um pouco na minha buceta, só pra entrar no clima... Aahhh... Depois você pode me punir o quanto quiser. Sugeriu em meio aos suspiros poucos, que eram indivisíveis com Naruto brincando com ela daquele jeito. Ver a rosada tão empinada e submissa daquele jeito, quase fez Naruto mudar de ideia e aceitar porém, lembro da palavra usada pela rosada e sem avisar, ele a penetrou. Sakura gritou de dor e xingou muito o loiro que não estava nem aí e logo deu mais tapas na bunda dela, antes de abri-la e continuar empurrando enquanto fazia um lento vai e vem. _AAHHH... Seu cretino maldito, eu disse que era melhor meter na buceta... Hhmmm... Como isso dói, parece que vou ser partida ao meio... OOHHH... Eu vou te matar, Naruto... Mmmhm... Vai mais rápido. Pediu dengosa enquanto se arrumava na cama e esticou uma das mãos até sua bucetinha, para começar a estimulá-la. Naruto sorriu e suspirou rouco, ao tê-la tão exposta e atendendo seu pedido, ele se enfiou se uma vez dentro dela e já começou um vai e vem gostoso. Sakura não era mais virgem, ele teve a honra, pois é, esses dias foram intensos, e a rosada aguentava a dor como poucos, além de ser deliciosamente apertada.   

Naruto _Pare de falar besteira, Sakura-chan... OOHHH... Eu sei que ama e adora meu pau... Hhmmm... Seu cuzinho piscando em volta dele é a prova disso... AAHHH... Você é tão gostosa. Afirmou com a voz rouca, rente ao ouvido da rosada que se arrepiou inteira, ao enfim senti-lo enterrado em sua bunda e rebolou com graça, convidando-o a se mover. Naruto urrou entre dentes e logo voltou a se mover, mas metendo devagar e bem fundo, queria torturar a rosada como ela fizera com ele, mas não aguentou brincar por muito tempo e logo agarrou seus braços e começou a meter com força, enquanto a puxava, aprofundando ainda mais suas estocadas. _OOHHH... Assim, é bem melhor! Seu cuzinho é tão gostoso, Sakura-chan... Hhmmm... Pode gritar à vontade, os vizinhos já não ligam mais, desde aquele dia... AAHHH... Você cavalgar muito bem. Elogiou-a sorridente e Sakura respondeu dando um beliscão nele que continuou a sorrir, enquanto metia numa rapidez alucinante, o choque de seus corpos já era o som maior ali, tirando os gritos de prazer de Sakura que tentava manter a compostura mas era difícil, quando se tinha uma tora enorme lhe atravessado de um jeito tão gostoso. Em uma de suas consultas, os dois se empolgaram demais e um ninja bateu na porta, para averiguar algumas denúncias.   

Sakura _OOHHH... Não venha dar uma de espertinho pra mim, seu duas caras... Mmmh... Você meteu na minha bunda, seu avisar... UUHHH... Com essa sua vara enorme, o que esperava que fosse acontecer!?  Esbravejou, encarando-o por cima dos ombros muito brava, mas Naruto pouco se importou para o olhar dela e meteu fundo, uma só estocada e Sakura gritou gemendo alto de prazer enquanto sua bucetinha espirrava seu delicioso melzinho na palma do loiro que não iria perder essa dádiva e logo levou seus dedos a boca, chupando-os com enorme prazer. Sakura assistiu toda a cena e suspirou dengosa, o pau do loiro ainda atolado em seu cuzinho, estava lhe dando um puta tesão. _Mmmh... Você é desprezível, sabia!? Mas sabe fazer gostoso, eu admito... AAHHH... Você não gozou ainda, vem comer meu cuzinho, Naruto... Hhmmm... me fode, até gozar gostoso, depois vamos na buceta. Advertiu maliciosa, rebolando gostoso no pau do loiro que rosnou entre dentes e lhe deu mais um tapa, a bunda da rosada já estava bem vermelha mas ela não se importou muito, até gostava de algo mais bruto, aprendeu a gostar disso com o próprio loiro que não perdeu tempo e logo a empurrou para a cama e começou a meter com ainda mais intensidade, entrando todo e bem fundo no belo rabo da haruno que gemia alto e sem qualquer pudor, enquanto usava uma das mãos para brincar com a bucetinha. 

Naruto _Ai está ela! Achei que fazia cena o tempo todo... OOHHH... Que tipo de louco eu seria se recusasse uma proposta dessas... Hhmmm... Vamos fuder bastante, Sakura-chan. Afirmou todo sorridente, rente ao ouvido da rosada que se arrepiou de novo e mordeu o lábio enquanto ria maliciosa, sentindo as estocadas fundas do loiro. Naruto gemeu alto, diante o aperto delicioso do rabo da rosada, a virou de frente e voltou a meter com raiva, pega de surpresa, Sakura gritou de prazer mas logo cruzou as pernas na cintura dele, o prendendo a si e Naruto logo gozou, enchendo-a com sua porra. _OOHHH... Sobre o barulho, eu consegui achar um selo anti som no pergaminho dos Hokages... Mmmh... Agora você pode gritar a vontade, Sakura-chan... Aahhh... Acho que me extrapolei um pouquinho. Afirmou coçando a nuca nervoso, enquanto fitava o cuzinho totalmente dilatado da rosada, "cuspindo" sua porra. Sakura suspirou desgostosa, mas não pelo resultado da foda gostosa de agora a pouco e sim, por Naruto ter tirando pau dela, não era a primeira vez que faziam sexo e certamente não seria a última, Naruto nao escondia nem o sorriso orgulhoso na cara. 

Sakura _Selo anti som, é!? Muito bom Naruto, enfim você resolveu utilizar seu cérebro. Pensei que toda sua inteligência tinha ficado com "ele", afinal ele pensa sozinho não é!? Comentou serena, encarando o loiro nos olhos antes de se levanta e agarra seu pau, que já estava duro de novo e banhando em porra, Sakura lambeu o lábio com desejo e logo caiu de boca nele, chupando-o com fome enquanto usava uma das mãos para punheta-lo e a outra para molestar sua própria bucetinha, louca por atenção. Naruto gemeu alto e acabou por rir do comentário dela, que usou as palavras que ele usou, em sua primeira vez, quando Sakura foi passar uma pomada nele e ele ficou duro. _Hummm... Sua porra pôs foda é ainda mais delicosa, Naruto... Aahhh... Que tesão, minha bucetinha está latejando, louca para ter seu pau... Mmmh... Senta na cama, dessa vez eu vou por cima e é bom, não goza dentro como da outra vez, não é um dia seguro. Advertiu séria, seu olhar amedrontador e a mão dela firme em seu pau, deixaram Naruto sem escolhas a não ser sentar na cama e assistir a rosada vir por cima, sem parar de lhe punhetar e tomar seus lábios com pressa, ele correspondeu e foi agarrando a bunda da rosada com força, Sakura gemeu entre dentes e mordeu o lábio dele, antes de se afastar e colocá-lo em sua entradinha, ela estava tão molhada que Naruto escorregou para dentro dela bem facinho e a rosada logo começou a galopar com gosto. 

Naruto _AAHHH... Vai com calma rosada, assim fica difícil não gozar dentro... Mmmh... Que cadelinha safada, sua bucetinha pegando fogo, Sakura-chan... OOHHH... Isso tudo é vontade? Cavalgar gostoso safada. Mandou autoritário, dando um tapa na cara dela que sentou com força e gemeu alto, enquanto enfiava as unhas na carne do loiro e rebolava gostoso no pau dele. Naruto arfou com mais um aperto da bucetinha dela e aproveitou que a rosada parou para descansar, e logo começou a meter por baixo enquanto apertava os belos seios dela que conseguia apenas gemer e rebolar gostoso no pau dele. _Hhmmm... Seus seios são tão fofinhos... AAHHH... Eles são perfeitos para você, Sakura-chan... Mmmh... Merda! Acho que já vou gozar... OOHHH... Tem certeza de que não é um dia seguro? Questionou desgosto, ele não queria parar mas também não queria força-la e para a sorte dele, Sakura também não queria parar e após seu alerta, ela guiou o pau dele de volta para seu cuzinho e recomeçou seu galope intenso enquanto esfregava a bucetinha e gemia alto. Naruto gemeu junto e logo sobrepôs a mão dela já lhe enfiando três dedos em sua e metendo-os com rapidez, a rosada gozou gostoso e Naruto logo em seguida, a enchendo de porra quente, Sakura acabou gozando de novo e despencou em cima dele. 

Sakura _Hhmmm... Isso foi muito bom, talvez possamos fazer igual na próxima... Aahhh... Minha bunda já está doendo, espero que tenha apreciado bastante o "castigo"... Mmmh... Porque eu, vou tomar banho. Afirmou manhosa e a muito contra gosto ela saiu de cima do loiro, rolando para a cama, só para ser atingida por uma dor aliciante em seu quadril, ela podia sentir seu cuzinho marcando pelo pau do loiro e a porra dele escorrendo, e a rosada não sabia se sentia tesão ou pena de si mesma, pois nem conseguir andar direito até o banheiro ela conseguiu, sorte dela ser uma ninja médica e já ter um tratamento específico para tais machucados. _Aahhh... Essa água está uma delícia... Hhmmm... o filho da mãe acabou com minha bunda. Naruto! Não não não, você já se divertiu bastante e eu também, mas eu não aguento mais... Oohhh... Não faz isso Naruto, já chega. Afirmou dengosa, enquanto tentava não gemer com os dedos do loiro, dando lentas voltas ao redor do seu grelinho, inchado de desejo. Naruto sorriu malicioso e abraçou a rosada por trás, fazendo questão de roçar seu pau entre as fartas polpas da bunda dela, fazendo a rosada suspirar dengosa e fazer um lento rebolado, tentando ao máximo ter os dois, seu pau na bunda e os dedos na bucetinha. Ela tentou mas não conseguiu, Naruto sabia muito bem como subjugá-la e logo, ela estava contra a parede do box com o loiro em suas costas, metendo forte.



Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...