História (Naruhina) Como tudo começou... - Capítulo 58


Escrita por:

Postado
Categorias Naruto
Personagens Boruto Uzumaki, Himawari Uzumaki, Hinata Hyuuga, Inojin Yamanaka, Naruto Uzumaki, Sarada Uchiha
Tags Borusara, Inohima, Konohana, Naruhina, Saino, Sasusaku, Shikatema
Visualizações 54
Palavras 3.529
Terminada Não
LIVRE PARA TODOS OS PÚBLICOS
Gêneros: Ação, Aventura, Comédia, Drama (Tragédia), Famí­lia, Romance e Novela, Saga, Shoujo (Romântico), Universo Alternativo
Avisos: Álcool, Drogas, Violência
Aviso legal
Alguns dos personagens encontrados nesta história e/ou universo não me pertencem, mas são de propriedade intelectual de seus respectivos autores. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos criada de fã e para fã sem comprometer a obra original.

Notas do Autor


Hoje eu estava inspirada, espero que gostem e tenham uma boa leitura, as músicas vão estar nas notas finais 😊😊

Capítulo 58 - ST Cap 18 - Ataque em Konoha parte 4 (final)


Autora on

 

Quando Safira caiu inconsciente no chão seu sensei a pegou no colo e levou para o hospital, um ninja médico médico pegou e levou para a sala de cirurgia, do outro lado do hospital Yuri estava sendo operado, seu estado era grave, havia perdido muito sangue, e o corte em sua garganta era profundo, Tusnade havia sido chamada para cuidar dele, Naruto estava lutando contra alguns ninjas inimigos até que um ANBU aparece

 

-Naruto! Pegaram Hinata.

 

Ele entrou em choque

 

-C...Como?

 

-Não sei, um ninja muito forte invadiu sua casa, acabou com todos os anbus so sobrou a mim, e ele a sequestrou.

 

-Para onde ele foi? - Perguntou Naruto desesperado

 

-Para o Norte.

 

-Obrigado. - Naruto ativou o modo kurama e saiu de la em um piscar de olhos - (Não a preocupe Hime... eu irei te salvar)

 

Hinata encontrava-se inconsciente, estava sendo levada por um ninja de Menma, ela seria a isca para atrair a kyuubi, o ninja foi até o Vale do fim onde Menma se encontrava, e largou Hinata no chão, que acordou e tentou sair dali mas foi pega

 

-Bom trabalho Bhoter... Amarrem-na. - Mandou Menma Robisu a amarrou - Agora so esperar... 3... 2... 1... Oi irmãozinho. - Falou Menma se virando para Naruto que acabará de chegar

 

-Menma! Eu ja devia saber que tinha dedo seu nisso. Solte minha esposa.

 

-Oh... desculpe mas isso não será possível, ela será de grande importância para meu plano. - Naruto foi para cima de Menma mas foi parado pelo líder da Akatsuki, e o atingiu na nuca, o fazendo cair inconsciente, ele o amarrou e o pegou

 

-Nosso acordo acaba aqui Menma, agora adeus. - Eles saíram dali 

 

-Naruto! - Hinata o chamou em meio as lágrimas vendo seu amado ser levado dali

 

-Oh... não chore cunhadinha, ele não vai morrer... eu acho, você será de grande ajuda no meu plano. Vamos! - Eles saíram dali e Hinata chorava

 

No hospital de Konoha Yuri havia acabado de acordar da sua cirurgia, se sentou e começou a se lembrar do que havia acontecido, Tsunade adentrou o quarto e a assustou ao vê-lo acordado era para ele acordar daqui a duas ou três semanas

 

-Tsunade! Onde está Safira-chan? - Ele perguntou desesperado, a última lembrança que tinha e vela caída no chão muito machucada, seu peito estava apertado

 

-Yuri... fizemos o possível, ela estava em uma situação grave, mais que a sua, tinha várias lesões no corpo, machucados seu braço esquerdo fora arrancado, perdeu muito sangue... mas conseguimos salva-la e eu fiz um outro braço para ela, mas... - Ela desviou o olhar e sua voz vacilou 

 

-Mas?

 

-Ela está em coma... e não sabemos se ela irá acordar ou não... eu sinto muito.

 

Os olhos de Yuri estavam marejados

 

-Isso e uma pegadinha ne? Você está brincando não é?

 

-Infeliz mente não Yuri... eu sinto muito... e a propósito, como você já acordou, você ja está de alta... ah... Seus tio e Tia foram sequestrados por Menma... Desculpe lhe inundar de mas noticias... Espero que voce fique bem, eu sei que eles eram importantes para você...

 

-PARE DE FALAR COMO SE ELES TIVESSEM MORRIDO! - Ele esbravejou em meio as lágrimas que desciam em seu rosto, o coração estava em pedaço, Tsunade se virou e foi embora, os olhos de Yuri estavam inchados e vermelhos, ele se levantou da cama, e trocou de roupa, lavou o rosto, e foi embora, a vila estava um caco, várias casas destruídas, vários corpos sendo levados para serem enterrados - Eu juro... Meu pai irá pagar por isso. - Ele falou com ódio na voz, foi para casa, e ela estava vazia, havia a lembrado do que Tsunade havia lhe falado... ele so vou a parede com raiva, e foi Lara seu quarto, e pensou como iria se vingar de Menma, como ele iria salvar seu tio e  sua tia, mas seus pensamentos mudaram para Safira, ao lembrar-se dela deu um pulo e saiu pela janala, não havia a visitado, ele foi ao hospital e perguntou a recepcionista onde estava ela, a moça havia falado que ela estava no quarto 13-B, ele deveria seguir a linha vermelha e assim o fez, andou até achar o quarto, abriu e lá estava ela... ligada a uma máquina, com vários curativos, ela estava tão frágil, ele se aproximou relutante, e se sentou ao seu lado, não pode deixar de chorar, era muito doloroso para ele... 

 

-Safi-chan... eu prometo, vou te vingar, matarei meu pai, me desculpe por ser fraco e não ter conseguido te salvar... eu sinto muito, me perdoe Safira... me perdoe... - Ele segurou sua mão e pós se a chorar,  logo limpou suas lágrimas e saiu dali, ao abrir a porta para ir embora ele a olhou, e sentiu seu peito doer, ao sair dali foi para sua casa, que agora era vazia e sem vida... suspirou e foi para seu quarto, ele queria se vingar de seu tio, mas não tinha um mestre, ele queria ser mais forte, ele resolveu que iria treinar, com alguns clones, até achar um mestre que ele julgua-se ser forte e foi assim por quatro semanas, ele acordava ia visitar Safira, e treinava até desmaiar de exaustão

 

Ele se levantou oela manhã, e ao se lembra que dia era hoje seu peito apertou mais uma vez, hoje era o  aniversário de Safira, ele foi tomado por uma tristeza enorme, ela iria fazer 15 hoje, não poderia participar do seu aniversário, seu sonho era ter uma festa de quinze anos tema baile de máscaras, infelizmente isso não seria possível, Yuri ficou mais triste ainda, lágrima ja rolava por seu rosto, ele havia mudado desde que Safira entrou de comandos e seus tios foram sequestrados, se tornou mais triste e solitário, todos tentavam o animar até Akira, até que ele ouve batidas na porta

 

Ele limpou sua lágrimas e foi até la, era seu sensei, Maya e Akira

 

-Yuri, hoje nos vamos ir a um karaokê, junto com Cho, Yumi, Teylor, Taylor e Cristyna - Substituta de Safira - Estamos te convidando para ir.

 

-Não vou, obrigado pelo convite. - Quando ele foi para fechar a porta Ichigo o impediu

 

-O que deu em voce? Vice nem parece mais aquele garoto sorridente e alegre que eu conhecia, agora é dó um esboço do que voce ja foi, você anda por ai triste, olheiras profundas das noites mal dormidas, sempre desanimado, sempre treinando... nem se diverte mais.

 

-O que deu em mim? - Ele riu fraco - Eu perdi tudo, meu tio, tia, namorada... eu treino para acabar com meu Pai, irei vinga-los, meu pai já tirou muitas coisas importantes de mim, e ele tirou as três coisas mais importantes que eu ja tive...agora Não tenho tempo para ir em karaokê.... tenho que treinar e... - Ele foi interrompido por um tapa no rosto, desferido por Ichigo

 

-Você acha que o caminho da vingança e o melhor caminho a seguir? O ódio que vice está sentindo irá te consumir, você pode se arrepender no futuro, e eu te peço agora comos eu sensei para vice ir hoje no karaokê com a gente.... você tem que a divertir.

 

Yuri suspirou derrotado

 

-Que horas vai ser?

 

-As 20:00.

 

-Ok... eu estarei lá.

 

Eles comemoravam, mas Yuri fechou a porta na cara dele, e foi comer bolo de morango, e foi assistir Dr.House na netflix

 

{Quebra de tempo - 19:30}

 

Yuri se levantou do sofá e foi tomar banho, vestiu uma calça jeans preta, uma blusa branca, por cima uma blusa de frio preta aberta e um tênis All  Star, Yuri saiu da casa e foi para o Karaokê, chegando la avistou seus amigos em uma mesa, eles acenaram para ele e o mesmo e ele se sentou

 

-Cara estava pensando que voce nem iria vir mais. - Falou Cho 

 

- E eu não queria. - Todos olharam para ele - O que? Dó falei a verdade. 

 

-Muito bem quem vai ser o primeiro a cantar? - Perguntou Ichigo

 

-Eu! - Falou Yumi.

 

-Ok. Vai la.

 

Yumi subiu no palco e a música começou 

 

-Mi alma te ama

Tú eres la luz de mi primavera

De mi primavera ay ay ay

 

Tú no ves, tú no ves

Ay mami, ay mami, tú es

Mi cielo, mi luna

Mi única fortuna

 

Ay, bonito, papito, mi alma, te ama

Papito papito papito papito

Dame dame dame tu alma

Bonito, papito, mi alma te ama

 

Papito papito papito papito

Dame dame dame tu alma

 

Choco choco choco choco choco chocolata

Choco choco choco choco choco chocolata

Mami, mami, ay mami mami mami

Choco choco choco choco choco chocolata

Choco choco choco choco choco chocolata

Mami, mami, ay mami mami mami

 

Escúchame mami

Escúchame mami mami, mi corazón

Los palabras de mi corazón

Corazón, corazón

 

Tú no ves, tú no ves

No mami, mami tú es

Ay mami, ay mami

Tú eres mi alma

 

Ay, bonito, papito, mi alma, te ama

Papito papito papito papito

Dame dame dame tu alma

Bonito papito, mi alma, te ama

Papito papito papito papito

Dame dame dame tu alma

 

Choco choco choco choco choco chocolata

Choco choco choco choco choco chocolata

Mami, mami, ay mami mami mami

Choco choco choco choco choco chocolata

Choco choco choco choco choco chocolata

Mami, mami, ay mami mami mami - Quando ela terminou todos aplaudiram, ela canta bem, Cho não tirava os olhos dela... 

 

-Minha vez! - Falou Kira ele se levantou e foi para o palco e a música começou 

 

-Eu... já... adimiti... que... Eu não... sei mais... partrir, ir de bar em bar, terminei no mar, e encontrei minha ressaca, ir de bar em bar, qual e o meu lugar? Se eu me solto voce me arrasta... E agora eu não quero mais manter a minha paz, eu gosto do caos que voce me traz, e agora eu não quero mais manter a minha paz eu gosto do cais que voce me traz... Ohhh ohhh ohhh ohhh, eu... já... me... proibi, de pedir perdão, de me sabotar, de me arriscar, tentar me redimir, ir de bar em bar terminei no mar, e encontrei minha ressaca, ir de bar em bar qual e o meu lugar? Se eu me solto voce me arrasta, e agora eu não quero mais manter a minha paz, eu gosto do caos que voce me traz, e agora eu não quero mais manter a minha paz, eu gosto do caos que voce me traz, ohhh ohhh ohhh ohhh, me diz em qual bar você vai estar, como é que eu vou voltar pra casa? Me diz em qual bar vou te procurar, quando eu me solto voce me arrasta, e agora eu não quero mais manter a minha paz, eu gosto do caos que voce me tráz, e agora eu não quero mais manter a minha paz, eu gosto do caos que voce me traz, e agora eu não quero mais... minha paz... e agora eu não quero mais, e agora eu não quero mais... - Quando ele terminou todos bateram palmas cara ele canta muito bem Jesus

 

-Agora eu vou. - Disse Maya ela subiu no palco e a música começou - Sorry, I ain't got no money

I'm not trying to be funny

But I left it all at home today

You can call me what you wanna

I ain't giving you a dollar, this time I ain't gonna run away

 

You might knock me down

You might knock me down, but I will get back up again

You can call it how you wanna

I ain't giving you a dollar, this time I ain't gonna run away!

 

This time, this time, this time

This time I ain't gonna run, run, run, run

Not this time, not this time

This time I ain't gonna run, run, run, run

Not this time, not this time

Not this time

Not this time - Quando terminou mais aplausos

 

-Minha vez - Falou Cho, ele subiu no palco e a música começou - Yeah, look

 

I mean this with love when I say it

I wanna answer the phone when you call me

The problem is, it's 10 a.m. and you're already drinkin'

You're probably already wasted

What's the point in having conversation with somebody that

Won't remember we had conversation, yeah, we always talk about the same things, we just say 'em different

Try to fix it, crazy, isn't?

You say: Mom was always proud - and played the videos of us as kids, I get it

I think that both of us live in the past, so we take for granted the present

Maybe next time I'm in Michigan, I'll come and visit

We ain't got a lot in common but both of us miss her

We could sit inside your smoke-filled livin' room, and tear up together, that's real

 

I might do some things you don't like

We all make mistakes, that's just life

They might say I changed, that's alright

 

That's alright, that's alright

That's just my life, my life, my life, my life

That's just my life, my life, my life, my life

That's just my life, my life, my life, my life

That's just my life, my life, my life, my life

My life, my life

 

You know my patience is very thin

Wish I was there again

I'm not embarrassed to say that we've always had issues

I'm embarrassed to say that we never took care of 'em, yeah

Pain will always find its way to the surface

No matter how deep you bury him

Growin' up, I felt like no one ever really got me, eventually

I took that out on relationship (woo)

I put my arm around you, and I mean it, I love you to death

These are the moments I know I'ma always hold onto and cherish 'em, yeah

Life's about taking chances, making moves

Not about what you did, it's what you do

Build on what you got and learn from what you lose

And never let people distract you from being you

 

I might do some things you don't like

We all make mistakes, that's just life

They might say I changed, that's alright

That's alright, that's alright

That's just my life, my life, my life, my life

That's just my life, my life, my life, my life

That's just my life, my life, my life, my life

That's just my life, my life, my life, my life

My life, my life

 

That's just my, that's just my, that's just my

That's just my, that's just my, that's just my

That's just my, that's just my, that's just my

(Oh no no no) Yeah

That's just my, that's just my, that's just my

That's just my, that's just my, that's just my

That's just my, that's just my, that's just my

Life

 

That's just my life, my life, my life, my life

That's just my life, my life, my life, my life

That's just my life, my life, my life, my life

That's just my life, my life, my life, my life

My life, my life - Até ele canta bem? Cara... to besta, outro aplauso e ele fez uma reverência exibido 

 

-Agora quem vai? 

 

-Eu. - Disse Crisstina se levantando e indo para o palco, e a música começou 

 

I'm at a payphone trying to call home

All of my change, I spent on you

Where have the times gone? Baby, it's all wrong

Where are the plans we made for two?

 

Yeah, I, I know it's hard to remember

The people we used to be

It's even harder to picture

That you're not here next to me

You say it's too late to make it

But is it too late to try

And in that time that you wasted

All of our bridges burnt down

 

I've wasted my nights

You turned out the lights

Now I'm paralyzed

Still stuck in that time when we called it love

But even the sun sets in paradise

 

I'm at a payphone trying to call home

All of my change, I spent on you

Where have the times gone

Baby, it's all wrong

 

Where are the plans we made for two?

 

If happy ever after did exist

I would still be holding you like this

All those fairy tales are full of shit

One more fucking love song, I'll be sick

Ohh

 

You turned your back on tomorrow

‘Cause you forgot yesterday

I gave you my love to borrow

But you just gave it away

You can't expect me to be fine

I don't expect you to care

I know I've said it before

But all of our bridges burnt down

 

I've wasted my nights

You turned out the lights

Now I'm paralyzed

Still stuck in that time when we called it love

But even the sun sets in paradise

 

I'm at a payphone trying to call home

All of my change, I spent on you

Where have the times gone? Baby, it's all wrong

Where are the plans we made for two?

 

If happy ever after did exist

I would still be holding you like this

All those fairy tales are full of shit

One more fucking love song, I'll be sick

Now I'm at a pay phone

 

Man, fuck that shit

I'll be out spending all this money while you sitting round

Wondering why wasn't you who came up from nothing

Made it from the bottom

Now when you see me I'm strutting

And all of my cars start with a push of a button

Telling me the chances I blew up

Or whatever you call it

Switched the number to my phone

So you never could call it

Don't need my name on my show

You can tell it I'm ballin'

 

Swish, what a shame, could have got picked

Had a really good game, but you missed your last shot

So you talk about who you see at the top

Or what you could have saw

But, sad to say, it's over for

Phantom pulled valet open doors

Wiz, like go away got what you was looking for

Now it's me who they want

So you can go and take that little piece of shit with you

 

I'm at a payphone trying to call home

All of my change, I spent on you

Where have the times gone? Baby, it's all wrong

Where are the plans we made for two?

 

If happy ever after did exist

I would still be holding you like this

All those fairy tales are full of shit

One more fucking love song, I'll be sick

Now I'm at a pay phone - Cara a voz dela e linda... mas a da Safira e mais... ai bateu uma bad aqui agora, eu abaixou minha cabeça, e ouvi todos baterem palma

 

-Agora e a vez do Yuri. - Disse Ichigo

 

-Que? Mas...

 

-Mas nada so vai.

 

-Aff... tá bom...

 

Eu me levantei e fui para o palco, o Karaokê estava cheio, estava nervoso e minha primeira vez, eu sempre compus músicas mas nunca cantei em público, so Safira sabe disso, respirei fundo

 

-Bom... eu vou cantar uma música que eu compus - (Finge que foi ele) - Ela se chama In My Blood - Peguei um violao que estava no palco, respirei fundo e comecei - Help me

It's like the walls are caving in

Sometimes I feel like giving up

But I just can't

It isn't in my blood

 

Laying on the bathroom floor, feeling nothing

I'm overwhelmed and insecure, give me something

I could take to ease my mind slowly

 

Just have a drink and you'll feel better

Just take her home and you'll feel better

Keep telling me that it gets better

Does it ever?

 

Help me

It's like the walls are caving in

 

Sometimes I feel like giving up

No medicine is strong enough

 

Someone help me

I'm crawling in my skin

Sometimes I feel like giving up

But I just can't

It isn't in my blood

It isn't in my blood

 

Looking through my phone again, feeling anxious

Afraid to be alone again, I hate this

I'm trying to find a way to chill, can't breathe, oh

Is there somebody who could

 

Help me?

It's like the walls are caving in

Sometimes I feel like giving up

No medicine is strong enough

 

Someone help me

I'm crawling in my skin

Sometimes I feel like giving up

But I just can't

It isn't in my blood

It isn't in my blood

 

I need somebody now

I need somebody now

Someone to help me out

I need somebody now

 

Help me

It's like the walls are caving in

Sometimes I feel like giving up

But I just can't

It isn't in my blood

It isn't in my blood

 

It isn't in my blood

I need somebody now

It isn't in my blood

I need somebody now

It isn't in my blood... - Quando terminei lágrimas ja desciam do meu rosto, o Karaokê ficou em silêncio, loco todos se levantaram e bateram Palma, guardei o violão e fui para a mesa, todos estavam em silêncio e...

 

Continua...


Notas Finais


Espero que tenham gostado, e tido uma boa leitura, obrigada a quemquem eu até aqui e até o próximo capítulo!! Tchau 😊😊!!

---------------------------------------------------------------------

Música da Yumi:⬇⬇
https://youtu.be/wdjZ1eNQAWY

Musica do Kira:⬇⬇
https://youtu.be/hk7TgI0mUQ4

Musica da Maya:⬇⬇
https://youtu.be/qGLbmknWeQ8

Música do Cho: ⬇⬇
https://youtu.be/qGLRLEeeL9s

Musica da Crisstina:⬇⬇
https://youtu.be/UzZkod_txx4

Música do Yuri:⬇⬇
https://youtu.be/6bJdjcRVuSU

---------------------------------------------------------------------


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...