1. Spirit Fanfics >
  2. Naruto e Hinata: E o depois? >
  3. Assunto delicado.

História Naruto e Hinata: E o depois? - Capítulo 8


Escrita por:


Capítulo 8 - Assunto delicado.


Fanfic / Fanfiction Naruto e Hinata: E o depois? - Capítulo 8 - Assunto delicado.

Naruto e Hinata ganharam uma semana de folga para a lua de mel durar bastante. Durante essa semana, o casal aproveitou muito um do outro, conhecendo um ao outro. Naruto, que achava os olhos de Hinata a característica mais linda de sua aparência, agora, descobrira que no fim das costas de sua esposa, haviam duas covinhas, na qual ele sentia água na boca toda vez que as via. Por outro lado, Hinata, que via o sorriso de Naruto como a característica mais bela de sua aparência, descobriu cicatrizes de batalha nas costas de seu marido que o deixava extremamente sexy. 

Naruto e Hinata se amavam dia e noite durante a lua de mel. O hotel que Shikamaru parou para eles, que tinha piscina, eles sequer aproveitaram direito... o quarto era mais interessante para eles.

Porém, a melhor semana de suas vezes havia se passado e lá estavam eles, andando de mãos dadas na direção do escritório do Hokage, para informarem ao Kakashi sobre seu retorno.

Naruto bateu na porta e, assim que ouviu a voz de Kakashi permitindo sua entrada, cuidadosamente, ele soltou a mão de Hinata e abriu a porta, se deparando com o Hatake na mesa, com pilhas de papéis e documentos.

- Naruto... Hinata... - Kakashi se animou ao vê-los. - Que bom vê-los aqui. - ele se levantou de sua cadeira.

- Voltamos, Kakashi-sensei. - Naruto anunciou, coçando a parte dr trás de sua cabeça com uma de suas mãos

- Como foi a lua de mel? - Kakashi perguntou, apoiando os cotovelos na mesa e juntando suas mãos para dar apoio ao seu queixo, encarando-os.

Hinata arregalou os olhos e corou levemente e virou-se para olhar para Naruto, que estava ao seu lado, coçando a cabeça envergonhado, com um sorriso torto no rosto e os olhos desviados do olhar de Kakashi.

- Bom é... - Naruto começou hesitante.

- Foi ótimo, já entendi. - Kakashi fez um gesto com as mãos, para que Naruto nem dissesse nada.

Nem foi a intenção de Kakashi constrangê-los, foi apenas uma pergunta inocente para iniciar uma conversa casual. Mas viu os rostos corados de Naruto e Hinata e resolveu transformar aquilo em uma reunião formal.

- Bom, Naruto... - Kakashi chamou a atenção de seu ex aluno. - Amanhã iremos iniciar suas atividades de estudos burocráticos, está bem? - ele anunciou.

- Certo! - Naruto assentiu.

Naruto iniciaria seus estudos burocráticos para que pudesse, finalmente, ter sua formação de Jounnin e, enfim, tornar-se Hokage quando Kakashi se aposentasse dali à alguns anos

- E... Hinata. - Kakashi chamou a atenção da Hyuuga e ela o encarou. - Em breve, você voltará para as missões, está bem? - ele anunciou.

- Certo, Kakashi-sensei! - Hinata assentiu.


...


Saindo da sala de Kakashi, Naruto e Hinata foram na direção do velho apartamento de Naruto, onde morou durante toda sua infância e sua adolescência, para deixarem suas coisas lá e partirem para seis deveres que pretendiam fazer no dia. Agora, casados, Naruto pretendia se mudar dali com Hinata. Eles ficariam no velho apartamento de Naruto até encontrarem uma nova casa, mas Hinata se recusava a ficar com Naruto no distrito dos Hyuuga. Não que ela não quisesse estar com seu pai ou sua irmã, mas Hinata queria ter privacidade com seu marido.

Assim que Hinata guardou suas coisas, partiu na direção da casa de Kurenai, sua ex sensei, afim de conversar com ela, já que prometera à ela passar a tarde juntas assim que voltasse da lua de mel.

Quando chegou na casa de Kurenai, Hinata encontrou na varanda da casa de sua ex sensei, Shikamaru sentado em uma cadeira com Mirai em seu colo. Ela observou a cena que a impressionou. Jamais imaginara Shikamaru tendo jeito com crianças e a cena aqueceu o coração de Hinata e a fez sorrir. Assim que percebeu a presença de Hinata ali, Shikamaru parou sua brincadeira com Mirai e a encarou.

- Oi, Hinata. 

- Olá, Shikamaru-san. - Hinata sorriu e o reverenciou rapidamente.

- O que faz aqui? - Shikamaru perguntou, balançando sua perna para brincar com Mirai que estava sentada em seu colo.

- Vim ver Kurenai-sensei. - Hinata disse e, em seguida, encarou Mirai no colo do Nara. - Não sabia que você levava jeito com crianças. - comentou.

- Eu só levo jeito com Mirai mesmo. - Shikamaru sorriu olhando para o rosto da menina e, em seguida, virou-se para Hinata novamente. - Kurenai-sensei está lá dentro. - ele disse, apontando para a porta da casa.

- Obrigada. - Hinata o reverenciou e andou na direção da casa.

Hinata sabia que era bem-vinda na casa de Kurenai-sensei, mas entrar na casa dela sem permissão, ainda assim, era desconfortável, principalmente porque Hinata sempre terá sua raiz tímida dentro de si.

- Hinata? 

Hinata se assustou ao ouvir seu nome sendo pronunciado, quando se virou, se deparou com Kurenai a chamando com um sorriso no rosto.

- Sensei! - Hinata sorriu.

Kurenai começou a ir na direção de Hinata e a abraçou. Fazia tempo que elas não passavam a tarde juntas e conversavam e Hinata sentira falta da mulher que cuidou dela em sua pré adolescência.

- Me conte tudo. - disse Kurenai, pegando na mão de Hinata e apertando levemente seus dedos.

Hinata contou para Kurenai sobre a lua de mel, evitando entrar em muitos detalhes sobre as noites quentes ao lado de Naruto, mas Kurenai sempre fazia insinuações, caretas ou barulhos que fazia Hinata corar envergonhada. Porém, um assunto mais delicado chegou:

Kurenai olhava para o lado de fora observando Mirai na varanda com Shikamaru e Hinata acompanhava o mesmo olhar de sua sensei.

- Quer ter filhos com Naruto, Hinata? - Kurenai perguntou.

Hinata respirou fundo olhando para Mirai. Era um assunto que ela e Naruto não chegaram a conversar sobre e, no momento, não iriam. Naruto iria iniciar seus estudos burocráticos e ela voltaria às missões ninja. Além do fato de que, em breve, comprariam uma casa nova para viver e o assunto "crianças" viria apenas depois.

- Não sei... - Hinata apertou suas próprias mãos. - Eu nunca pensei em ser mãe... - Hinata comentou. - Além disso... temos outras propriedades no momento.

Kurenai encarou o perfil de Hinata. Queria tocar em um assunto mas não sabia se isso seria confortável para sua ex aluna, como esposa de Naruto. Mas se sentia à vontade com ela e resolveu perguntar:

- Naruto sempre quis ter uma família, não é?  - Kurenai perguntou.

A pergunta de Kurenai assustou Hinata, que olhou para sua ex sensei com os olhos arregalados e os olhos, levemente, entreabertos.

- Não queria tocar em um assunto delicado, mas... - Kurenai hesitou um pouco.

- Está tudo bem, Kurenai-sensei. - Hinata a interrompeu. - Este é um assunto delicado e...

- Você não quer magoar Naruto. - Kurenai completou.

- S-sim. - Hinata fechou suas mãos em suas coxas e olhou para baixo, melancólica.

Kurenai se inclinou para o lado, estendendo uma de suas mãos para alcançar a mão de Hinata, que encarou o rosto de sua sensei assim que sentiu o toque dela em sua mão.

- Vocês são casados, Hinata... - Kurenai sorriu, tranquilizando-a. - Vocês devem conversar sobre isso.

As palavras de Kurenai-sensei penetraram na mente de Hinata. Ela estava certa, uma família era tudo que Naruto mais queria e Hinata não negaria formar uma família com seu marido, que ela amava mais que tudo. Apesar disso, tocar nesse assunto, poderia ativar um certo gatilho que Hinata receava em ativar. Mas era uma conversa que precisava acontecer.


...


Assim que chegou em casa, Hinata se deparou com Naruto organizando alguns livros na pequena prateleira que tinha em casa. Eram livros que Kakashi dera a ele, dizendo que era para ele já ir dando uma olhada neles, afim de introduzir os assuntos.

Hinata apoiou-se na parede e ficou admirando seu marido, antes de colocar na cabeça que precisava conversar com ele sobre o assunto de formar uma família.

Não demorou muito até Naruto perceber que Hinata tinha chegado em casa. Ele se virou a olhou com um sorriso no rosto.

- Oi, querida... - bateu suas mãos uma nas outras, afim de limpá-las da poeira. - Já voltou? 

Hinata não respondeu. Seu sorriso admirador se desmanchou e ela começou a se aproximar de seu marido com uma feição séria no rosto, o que fez com que o sorriso de Naruto se desmanchasse

- Hinata? - Naruto a chamou preocupado. - O que houve? - perguntou.

Hinata se aproximou o suficiente para pegar nas duas mãos de Naruto e levantar sua cabeça para encarar os olhos azuis se seu marido.

- Naruto-kun... - Hinata disse, apertando levemente as mãos de Naruto.

- Hinata... você está me assustando. - e disse, rindo nervosamente, desviando o olhar para o lado.

- Precisamos conversar...






Notas Finais


Voltamos com a fic, pois a fic Sasusaku foi terminada. Quem quiser ir lá ler, pode ir❤ chama-se "O amor sobrepõe o ódio".

Assim que essa fic Naruhina terminar, eu vou começar as outras dos casais canônicos


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...