1. Spirit Fanfics >
  2. Naruto: redescobrindo-se. >
  3. Certeza

História Naruto: redescobrindo-se. - Capítulo 13


Escrita por:


Notas do Autor


que vcs vivam um amor como o de Naruto e Sasuke, amém

Capítulo 13 - Certeza


Fanfic / Fanfiction Naruto: redescobrindo-se. - Capítulo 13 - Certeza

No caminho para a residência Uchiha, os dois caminharam pelas pequenas ruas de Konoha, as quais estavam tranquilas, como de costume. Pouco tempo depois, chegaram à casa e entraram. Fugaku e Itachi estavam sentados no piso, junto à mesa de refeição.  

- Fugaku-sama, acho que Itachi já falou sobre Naruto. Ele é mais um que estava escondido por aí, lutando pela própria sobrevivência.  

Naruto cumprimentou Fugaku com uma reverência.  

- Bem-vindo, Naruto. - respondeu o pai. 

- Ele vai ficar aqui até encontrar um local em que possa morar...  

- Sem problemas. - Fugaku era sério e, ao mesmo tempo, legal. Mas, por outro lado, era conservador e defensor dos "bons costumes", isto é, totalmente contra relacionamentos homoafetivos. Se descobrisse o caso de Naruto e Sasuke, os dois arranjariam sérios problemas. O Uchiha estava disposto a correr o risco, sem hesitar.  

Os dois caminharam em direção a um comprido corredor, passando por quartos que provavelmente já estavam habitados pelos donos da casa. No fim do corredor, Sasuke abriu uma porta e apresentou o lugar a Naruto. 

- Pode ficar à vontade. Esse é o seu quarto. - disse Sasuke. 

- Incrível! - Naruto estava claramente impressionado. Já não era mais o homem com cara de mau que mostrara a Sasuke no primeiro dia. Ele era, na verdade, um cara emotivo. Bastava as circunstâncias certas para ele manifestar espontaneamente esse lado. 

- O meu fica ao lado. - sussurrou. 

Naruto entendeu o sentido por trás da fala do Uchiha e respondeu no mesmo tom de sussurro: 

- Não espere que eu vá te esquentar à noite. 

- Espero... fiquei excitado só de imaginar. Acho que vou deitar esperando pela tua chegada tarde da noite.  

Os dois sorriram baixinho. Houve uma aproximação de seus rostos causada pela troca de olhar intensa que estava acontecendo. O beijo, àquela altura da intimidade deles, era inevitável. Mesmo diante do risco de fazer isso dentro da residência Uchiha, os dois se beijaram silenciosamente, mas atentos à possível chegada de alguém. Era mais outra situação de excitação e adrenalina misturados. Não existia combinação mais intensa de sentimentos. Naruto sentia a língua de Sasuke mergulhar em sua boca com suavidade e perfeita sincronia. Ficariam ali o resto da noite se pudessem, mas um barulho de vozes os parou.  

- Te espero. - disse Sasuke, afastando-se e mantendo o olhar.  

- Não viaja. - respondeu Naruto com uma expressão divertida e, também, desapontada por não ter a coragem de correr esse risco. Ele queria muito, mas priorizava o respeito pelos outros Uchihas.  

Quando Sasuke saiu, Naruto caminhou pelo quarto a fim de conhecer melhor. Olhou pela janela e avistou Kurama dormindo do lado de fora, dentro de uma casa para cães. "Acho que arranjei mais um para nossa família" disse à Kurama em seu pensamento. Sentiu vontade de chorar, mas desistiu. Não havia motivos. Preferiu se sentir grato por tudo o que vinha acontecendo em sua vida. 

Agora que estava numa moradia decente, na qual havia banheiro em seu quarto, Naruto tomou o melhor banho de sua vida em anos. Já era tarde quando resolveu se deitar. Aguçou sua audição com o intuito de ouvir alguma coisa, mas não havia muito movimento. Todos na casa já estavam descansando e ele também resolveu fazer o mesmo. Pensou, excitado, na proposta de Sasuke. Estava se sentindo tentado a ir até o quarto do outro, sedento ao imaginar estar com ele, beijando aqueles lábios e sentindo aquela língua. Forçou-se a parar com aqueles pensamentos, pois eram torturantes. Não demorou muito até adormecer, já que estava cansado da viagem. Naquela noite, sonhou que estava tomando banho no lago ao lado de Sasuke. Ele se sentia apaixonado.  

Eram quase três da manhã quando Naruto acordou repentinamente ao sentir a aproximação de alguém. Sabia que era Sasuke e não soube o que pensar, sentiu-se preocupado, mas também atraído pela vontade de estar com ele. Ouviu a porta do quarto ser fechada cuidadosamente e depois o sentiu chegando perto. Continuou quieto, como se não soubesse da presença de Sasuke ali. Seu lençol foi puxado e alguém se embrulhou ao seu lado. Carinhosamente, o Uchiha aproximou seu rosto por trás da cabeça de Naruto, como se quisesse chamar a atenção dele. O loiro sentiu os suspiros e os beijos de Sasuke em sua nuca e orelha. Arfou quando Sasuke aproximou seu corpo, pressionando.  

- Não precisamos fazer aqui. Vai mesmo me fazer gritar? - iniciou Naruto, virando-se de frente para Sasuke. A cama era de solteiro, então os dois estavam apertados para caberem nela. 

- Não te resisto mais. Não consigo ignorar o fato de você estar em minha casa. Estou tendo a chance de aproveitar cada minuto e acha que não vou aproveitar?  

Naruto o encarava hipnotizado. Mas, ao invés de beijá-lo, abraçou-o em seus braços quentes, como se estivesse o protegendo. Estavam excitados, mas, naquele dia, sentiram que apreciar a presença um do outro era o que queriam. Sasuke apoiou sua cabeça no peito de Naruto e aproveitou aquele abraço. 

- Saudade do seu cheiro de selvagem limpo. Agora está cheirando a flores. - falou Sasuke, fazendo o loiro deixar escapar um sorriso. 

- Esse é o SEU cheiro. Senti na primeira vez que te vi.  

- Então esse é o cheiro que eu exalo?  

- Sim. Mas, naquele dia, você estava cheirando a rosas e suor. - sorriu. 

- Claro, eu estava numa missão. Não tinha como tomar banho, mas aquele rio me salvou. 

- Ele me salvava todos os dias... 

E passaram o resto da madrugada conversando assuntos aleatórios e trocando carinho. Estavam mais conectados a cada dia e aquilo era uma sensação totalmente diferente de todas as outras. Um desejo profundo de querer estar sempre ao lado de Sasuke invadia o coração de Naruto e ele tinha certeza de que aquilo era o verdadeiro e mais puro amor. 


Notas Finais


apaixonei demais


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...