1. Spirit Fanfics >
  2. Naruto Shippuden - Capítulo 10: A Cúpula dos Cinco Kages >
  3. Karin IV

História Naruto Shippuden - Capítulo 10: A Cúpula dos Cinco Kages - Capítulo 16


Escrita por: Max22mdXD012

Capítulo 16 - Karin IV


Fanfic / Fanfiction Naruto Shippuden - Capítulo 10: A Cúpula dos Cinco Kages - Capítulo 16 - Karin IV

-Sasuke...Seus olhos...- Ela fala, ajoelhada ao lado dele.

-Sim eu sei...- Sasuke, ainda com a mão sob o olho direito, ele desce do teto, aterrissando no pátio perante eles. Darui permanecia apoiado na pilastra acompanhado do outro ninja da Nuvem. “Ele também é sensorial e médico... Hu... Será um problema se ficarmos aqui...” pensou. -O Raikage da Vila da Nuvem... Ouvi falar que vocês são cabeças duras e de sangue quente. Me confirme então se será necessário realmente lutar com você? –

-Não precisaria se você ficasse longe daqui! -O homem loiro diz, irritado, enquanto cuidava do companheiro.

-Cee, acalme-se. – O Kage fala.

-Sim... Raikage-sama. – O homem mais velho olha intensamente nos olhos de Sasuke, com ira. Puro ódio. O olhar gêmeo ao dele.

-Confirmarei o fato, esmagando sua cabeça garoto. Por Bee... Por Yugito e por Yukai...Vocês todos pagarão pelo que causaram aos melhores ninjas que nasceram em nossa honorável Nação. –

-Hu... Honorável? -Sasuke zomba. -Uma nação construída com sangue de crianças inocentes, forçadas a servir um país que elas não escolheram nascer, marginalizando os seus diferentes! É essa a honorável Nação da Vila da Nuvem? –

-Moleque! Fale mais alguma besteira e farei com que sua morte seja dolorosa! Cale-se e será melhor pra ti. –

-Patético... Um homem que pisa em seu povo e depois se diz orgulhoso dele. –

Quando terminou de falar, o Raikage surge ao lado dele. Sequer conseguiu vê-lo se mover, apenas piscou e lá estava ele, preparando o soco na direção do rosto de Sasuke.

Sacando a espada, ele se protege, mas é lançado contra a parede mais próxima, explodindo-a por completo. “Esse chakara...” Karin começou a analisá-lo. “É como se... tivessem descargas elétricas dentro do corpo dele. Mais do que o normal... O coração dele tá acelerado... Os músculos estão mais enrijecidos por conta delas... Que jutsu é esse?”

-Vamos acabar logo com isso... -O Raikage fala, estralando o pescoço e as costas em um só movimento, fazendo o selo do Coelho. -Liberação Yang do Estilo Relâmpago: Acelerar...-

Sasuke saia dos escombros desnorteado, somente para ver o Raikage, com o chakara fluindo ao redor de seu corpo. Os pontos de chakara ricos em energia, trovejavam de poder, cobrindo o corpo dele com um manto de eletricidade tão denso que nem mesmo a espada de Sasuke cortaria. “Liberação Yang... entendo... É isso que ele tá fazendo... A Liberação Yang se trata da energia do corpo, o qual permite o usuário aumentar a vitalidade e resistência. Esse cara então é especialista em taijutsu, combinando a Liberação de Relâmpago para melhorar seu corpo. Provavelmente assim para evitar os riscos de usar os Oito Portões... Um soco desse cara e será morte na certa... Se ao menos eu conseguir imobilizar ele...”

O Raikage então contrai os joelhos, ficando em posição de avançar. Sasuke se preparava, fazendo os selos do Jutsu Bola de Fogo. O Raikage avança.

O chão explode a cada passo que ele dá. Quando Sasuke ia fazer seu jutsu, é obrigado a desviar do ataque, que passa rente a ele. O mais velho soca a parede atrás, fazendo-a explodir por completo e gerar uma grande massa de poeira e vento, cobrindo por completo a arena. “Minha chance! Ele nem irá ver!”

As correntes saem de dentro das costas de Karin, avançando contra o Raikage. As pernas do homem são enroladas e logos chegam na cintura dele. Mas ao invés de tentar arrancá-las, ele pula para o alto.

Karin apenas sentiu o fisgar das correntes nas costas, enquanto o kage subia mais e mais no ar, levando Karin junto.

-ESTRELA RELÂMPAGO!!! -Anunciou ele, deixando a gravidade agir.

O chakara, massivo dele é liberado, descendo mais e mais rápido a cada segundo. Karin seria esmagada por aquele poder gigante. Precisava escapar. Rapidamente ela desfaz o jutsu, soltando as correntes dele e fazendo uma única surgir em sua palma. Ela se prende em uma das vigas mais próximas, puxando-a. Por um milésimo achou ter falhado.

Mas escapou.

O chakara abre uma onda de impacto ao redor. Muros, concreto e tudo ao redor são sopradas como dentes de leão. A poeira sobe tão alta como se uma bomba tivesse caído. O poder, gigantesco joga Karin contra a parede, batendo sua barriga com tamanho impacto que teve certeza de que quebrou duas costelas, cuspindo sangue e rachando seus óculos.

O ar lhe faltou e sentia a cabeça latejar. O corpo estava mole e leve. Mas ainda viva. Apesar de agora preferir o contrário ao vê-lo lentamente se aproximar. Apenas a silhueta, em meio a fumaça. Os raios ao redor do corpo, trovejando e esbravejando, de maneira selvagem e desgovernada. Os músculos se enrijecendo e fortalecendo, as manoplas nos braços, grossas e pesadas, carregadas de poder. O poder de um kage...

-Se quer tanto se intrometer... farei com que seja rápido. -Ele anuncia, levantando ambos os braços sob a cabeça. As pesadas peças de metal brilhavam com a intensidade do chakara. O peso se acumulava nelas. Com apenas a gravidade seria o suficiente para esmagar a cabeça de Karin. Mas com a força dele junto e esse chakara todo concentrado nele...

Era o seu fim.

Ela fechou os olhos.

Sentiu então o calor intenso.

Chamas, negras vindas em direção ao Raikage, que rapidamente desvia. Karin as percebes vindas na sua direção, mas que não a acertaria. Permaneceu abaixada até elas passarem rente à sua cabeça. Elas atingem o concreto. Explodindo e queimando, derretendo a construção tão facilmente e de forma assustadora. Sasuke se aproxima de Karin e verifica se estava bem. Mas logo ela reparou nos olhos dele... “Não...não...”

-Karin... Comigo. -Ele ordena.

-Não... o Mangenkyou não...-

-Hu... Engenhoso garoto... – O Raikage fala. Karin percebe que Darui e Cee estavam afastados, ainda tratando os ferimentos, no topo da torre mais alta mais próxima. A qualquer momento poderiam intervir. -Cobriu a Bola de Fogo com o Amaterasu pra aumentar a explosão do ataque...-

-Enton: Jutsu Bola de Fogo...- Sasuke responde. -E não é tudo o que posso fazer...-

-Oh... Que curioso... Uma pena perder tantas habilidades com a sua morte. – Ele avança contra Sasuke, que joga uma kunai na direção do telhado.

O Mangenkyou é ativado, enquanto o seu companheiro pegava na mão dela. Em um instante estavam no teto do pátio, enquanto o Raikage avançava em direção ao Amaterasu de forma desgovernada, quase não parando a tempo. “Ele trocou nós dois de lugar com a kunai...” pensou Karin. “Que jutsu assustador...”

O mais velho olha sobre o ombro na direção deles, momentos antes de acertar o Amaterasu. Sasuke não perde tempo, ativando mais uma vez o Mangenkyou.

-Enton: -Anunciou, enquanto fazia os selos. – Jutsu da Flor de Fênix! -Bolas menores de fogo negro chovem em direção do kage, que não parecia preocupado. Vendo elas descerem do céu, Karin sente o desespero. O terror. O intenso poder e calor daquele maldito jutsu. “Se ele continuar...”

Karin tosse sangue, sentindo o ar lhe faltar.

-Karin! -Sasuke se ajoelha ao lado dela, reparando no sangue que escorria nos olhos dele. “Não use... por favor...” Não conseguia falar direito. Apenas sentia.

Sentia o enorme chakara vindo na direção deles.

-NÃO ME SUBESTIME!!! -Gritou o Raikage, atrás do Sasuke. Rapidamente ele vira na direção dele.

O poderoso punho, coberto por raios impenetráveis. Um poder devastador. Vindo em direção a eles. Parecia ocorrer em câmera lenta tudo. Mal conseguiu ver quando foi o impacto. Apenas sentiu o calor ao redor dela, tendo certeza de que era sua morte.

Mas não foi.

O ataque foi parado. As chamas negras, cobrindo por completo a ambos. A armadura de relâmpago do Raikage brilhava tão perto do rosto de Karin que sentia o cheiro da carne queimada. Ao redor, costelas, negras como piche e quentes como lava cobriam ambos, como o peito de um gigante de fogo protegendo-os. Acima, um pescoço levava até uma cabeça flamejante, demoníaca. Macabra. Parecia um sorriso. Ou a manifestação da essência do Sasuke. O ódio, invocado pelas chamas do Amaterasu.

O Raikage se afastou, sem demonstrar preocupação com o braço que queimava. Apenas pegou distância de ambos, levantou o membro flamejante do corpo e soltou as manoplas que queimavam, desfazendo a armadura de relâmpago. Revelando assim a fumaça da pele queimada pelo ferro quente que o protegeu.

-Huhuhu.... -Sasuke começou a rir. -Huhuhuhuhuhu.... Que patético.... HUHUHUHUHU...HAHAHAHAHAHA!!! GRANDE RAIKAGE!!!- A sua risada ressoa por entre as chamas, reverberando pelo pátio. -ESSE É O PODER DOS UCHIHAS!! CONTEMPLE!!!- E então ele mostra seus dentes, enquanto o sangue escorria de seus olhos. -Enton: Susano´o...-

-Você é maluco, garoto...- Ele diz.

Mas logo, seu choque é substituído pela sensação de outros chakara poderosos em sua direção.

-Sasuke. Estão vindo...- Ele olha para Karin, ainda sorrindo. Um sorriso macabro, estranho. Jamais o vira com aquela expressão. Um demônio, contorcendo seu rosto para aquele formato esquisito. Os olhos, vermelhos, saltando para fora, com as bochechas esmagando ambos. A boca, aberta em um largo sorriso torto, com espasmos nos lábios. Aquele não era o Sasuke...não podia ser...

-Não se preocupe Karin... Devorarei a todos nesse mundo corrupto e hipócrita... mas não agora... Farei meus olhos verem a escuridão claramente... No futuro...-

A criatura de fogo se contorceu, enquanto mais chakara de Sasuke era liberado. Um enorme braço surge das costelas, empunhado uma flamejante espada tão grande quanto uma pilastra.

Por um segundo, vindo do buraco, notou os outros kages correrem na direção deles. Mas logo, apenas o fogo tomou conta de sua visão. Sasuke rodopiou o enorme braço ao redor deles, criando uma barreira entre eles e os inimigos.

-Vamos... Karin...-Ele diz, olhando para o telhado, desfazendo o jutsu e pulando sob ele. Ela faz o mesmo. Assustada. Tremendo, sentindo os ossos balançarem em sua barriga, soltos, cortando seus órgãos por dentro.

As mãos, tremendo de adrenalina. O calor do manto, junto do suor escorrendo e fazendo suas roupas grudarem mais. Os óculos, rachados, tornavam ainda mais difícil a locomoção pelas arvores, tendo que ser mais cautelosa, o que não poderia ser pior para duas pessoas em fuga. O desconforto e a dor tomavam conta de seu corpo, junto do cansaço, apenas desejando colocar o máximo de distância possível.

Apenas quando estava longe demais para voltarem, foi que se lembrou de Juugo e Suigetsu. Lamentaria depois... sozinha, a perda de seus companheiros. Da perda dos três... O Sasuke que ela conhecia também estava lá atrás... não na cúpula, mas no Esconderijo dos Uchihas. O antigo Sasuke foi o primeiro a perder... Agora... não sabia quem estava ao seu lado mais. E isso a deixava com mais medo.



Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...