História Naruto: Tales Of Ninja - Capítulo 1


Escrita por:

Postado
Categorias Naruto
Tags Mc Forte, Mc Inteligente, Mc Prodígio, Naruto, Romance, Shounen
Visualizações 227
Palavras 1.772
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Ação, Aventura, Harem, Luta, Romance e Novela, Shounen
Avisos: Spoilers
Aviso legal
Alguns dos personagens encontrados nesta história e/ou universo não me pertencem, mas são de propriedade intelectual de seus respectivos autores. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos criada de fã e para fã sem comprometer a obra original.

Notas do Autor


Este capítulo não foi editado ainda:

Capítulo 1 - Capítulo 01 - Engano


Fanfic / Fanfiction Naruto: Tales Of Ninja - Capítulo 1 - Capítulo 01 - Engano

Capítulo 01 - Engano


Em um local muito distante da terra, um Deus encarregado de cuidar daquele setor do universo, olhava de maneira preocupada para uma certa bola de cristal em sua frente. 


Nela era possível ver o corpo de um jovem adolescente japonês caído no chão, ele aparentava estar morto. 


"MORTEE!! SE APRESENTE AQUI!! AGORAAAA!!!" Gritou o ser todo poderoso.


Após alguns nano segundos, um ser misterioso apareceu na sala, ele estava coberto de preto dos pés a cabeça e emitia um aura tenebrosa que faria qualquer humano desmaiar de medo.


"S-senhor... E-eu realmente não sei como isso pode ter acontecid..." Falou a morte com uma voz trêmula. 


Mesmo sendo a própria encarnação da morte, em frente a um ser tão poderoso como o Deus desse setor do universo, não poderia fazer nada além de tremer com medo.


"CHEGA!! " Gritou o Deus, interrompendo a morte.


"... Desculpe senhor, eu lamento pelo meu erro e asumo total responsabilidade". 


"*suspiro* está bem, temos coisas mais importantes para tratar, agora... O que iremos fazer com a pobre alma desse ser" Perguntou enquanto olhava para a bola de cristal.


A morte vendo a reação de Deus ficou com medo do castigo que irá receber, mas ouvindo sua pergunta, ele teve uma ideia brilhante.


'Com isso talvez minha pena seja aliviada um pouco' Pensou a morte.


"Senhor... Eu tenho uma ideia". 


"Uhm, mesmo? Qual seria sua ideia, temos que indenizar esse pobre ser adequadamente" Disse enquanto olha para a morte com um olhar de curiosidade.


Ele como um Deus era mais que capais de ler a mente da morte, mas ele prefere não fazer isso, pois ter a oportunidade de conversar com alguém era algo raro para ele.


"Senhor, eu vi como ele viveu sua vida, sei de seus gostos e desgostos, então sei exatamente o que ele iria querer como indenização para isso" Comentou a morte.


"Tem certeza?". 


"Sim, meu senhor ele era órfão e não teve muitos amigos em vida, por isso ele comemorou seu aniversário em seu quarto sozinho, então dar a ele uma nova chance de recomeçar seria ótimo" Argumentou a morte, tentando ao máximo fazer seu castigo ser esquecido.


"Esse é seu grande plano? Dar a ele uma nova vida?" Perguntou Deus incrédulo. 


Porque isso não era novidade nenhuma para ele, pois toda vez que a morte comete um erro desses, ela fazia isso.


Ele já havia avisado, que não toleraria mais esses supostos "erros" dele, e mosmo assim, aqui estamos nós, conversando de novo sobre o que faremos com mais uma pobre alma azarada.


'Se ele acha que pode sair impune dessa vez, haha ele achou errado!!' Pensou Deus.


Vendo o engano de seu superior a morte ficou em pânico, e tentou se explicar. 


"N-não senhor, eu já sei que não deveria cometer um erro desses novamente, por isso eu irei gastar um terço dos meus poderes, para renascer ele no mundo do seu anime favorito, com um corpo do seu "agrado" além de lhe dar talento e algumas habilidades especiais" Disse ele com extrema convicção.


Deus ficou realmente surpreso, 1/3 dos poderes de um Shinigami, principalmente ele que era a personificação da morte, era muito poder.


"Você... Tem certeza do que está me dizendo?".


"Sim senhor!!".


"*suspiro* pois bem, faça isso e depois pode voltar ao seu trabalho normal, perder tanto poder, já é castigo o suficiente para você".


"Sim!! Imediatamente!!" Disse a morte alegremente, enquanto corria para fora da sala.


'Uffa!! É muito melhor perder todo o meu poder do que levar um bronca desse velho' Pendou a morte.


Vendo isso Deus não tinha muito o que falar, ele conhecia bem a morte e por isso tinha certeza que ela iria cometer mais erros futuramente. 


"*suspiro*... Crianças" Suspirou ele, e depois voltou a supervisionar o universo, pois essa era sua função. 

.....


Em algum local de Konoha, uma batalha poderia ser vista sendo travada entre uma raposa gigante de nove rabos e um casal de ninjas. 


"Minato! Minhas correntes não iram suportar por muito tempo" Gritou uma mulher ruiva enquanto tentava impedir que a besta de calda se move-se.


"Kushina, temos que aguentar, caso não, konoha será destruída, nos... Teremos que selar a besta" Disse um jovem loiro.


... 


Enquanto toda essa confusão acontecia, perto dali um certo bebê estava deitado sobre um cobertor no chão.


Ele era adorável com grandes olhos azuis e cabelos amarelos, além de ter pequenos "bigodes" de raposa em suas bochechas.


Se um bebêzinho normal estivesse no lugar dele, já estaria chorando por medo da raposa gigantesca em sua frente. 


Mas muito diferente disto, esse pequeno bebê estava olhando para tudo em sua frente com um olhar de incrédulo. 


O que era estranho, de você leva-se em conta que ele acabara de nascer a alguns estantes atrás.


... 

POV: MC


'O que... Está acontecendo aqui?' Pensou o pequeno bebê enquanto olhava para a raposa de nove rabos e as duas pessoas "anormais" que estavam batalhando em sua frente.


Tentando se levantar percebeu que não só não conseguia se mover com também seu corpo era minúsculo. 


'Eu virei um bebê?'


... 



A batalha entre um raposa gigante de nove caldas e jovem casal ainda estava acontecendo.


"Minato... Eu não sei quanto mais eu aguentarei" Falou uma mulher ruiva.


Estranhas correntes estavam saindo de suas costas e cobriam a imensa besta laranja.


"Kushina... Eu também estou quase no fim" Respondeu um homem loiro.


Era realmente notável que mesmo enfrente a uma fera tão tenebrosa como a "Kyuubi" eles ainda pode-sem estar e tão calmos.


Mas eles realmente não tinham escolha, pois logo atrás deles estava seu filho que acabará de nascer.


Após mais alguns minutos de uma intensa batalha contra a Kyuubi tanto Minato quanto Kushina estavam sendo vencidos pelo cansaço.


Suas reservas de Chakra não poderiam se comparar com as de uma besta de calda, mesmo que um deles fosse um hokage e a outra uma descendente do, quase extinto, clã Uzumaki.


"(ROOAARRR!!!)" Rugiu a besta em fúria.


Ficar décadas aprisionada em um selo realmente a deixou furiosa.


Minato já sem esperanças de ganhar esta luta, finalmente opta por um plano arriscado.


"Kushina... Eu terei que selar a Kyuubi"


"O QUE?! Você não pode estar pensando em..."


"Kushina! Eu não tenho outra escolha, se não fizermos isso logo konoha pode ser destruida" Falou Minato com extremo pesar.


Mesmo ele sendo uma pessoa boa e justa ele nunca seria capaz de transformar seus próprios filhos em Jinchuurikis, mas infelizmente quando ele recebeu o manto de hokage as responsabilidades vieram junto.


Kushina como qualquer mãe não iria permitir que seu filho corresse perigo e foi contra.


"Minato como você pode ser capaz de dizer isso? Ele é nosso filhinho! Se você usar esse jutsu proibido você irá morrer... Eu também já estou chegando ao meu fim, quem cuidará do Naruto? As pessoas da vila eram maltratar ele... Assim como fizeram comigo" Disse Kushina enquanto lágrimas caíam dos seus olhos.


"Não Kushina, nosso filho será chamado de herói, eu tenho certeza, afinal ele também salvou konoha de sua destruição"


Kushina sabia que seu marido e do tipo de pessoa que só vê o lado bom delas, mas ela também sabia que não adiantava mais conversar, se eles não separem logo a raposa não só eles iram morrer como seu precioso filho também.


Então mesmo que relutante ela concordou.


"Faça logo... Minhas correntes não aguentaram muito mais tempo"


Acenando com a cabeça Minato começou a fazer os sinais de mão.


Cobra - Javali - Carneiro - Coelho - Cão - Rato - Pássaro - Cavalo - Cobra ...


"[Jutsu de Selamento: Selo do Ceifeiro da Morte] !!" Gritou ele.


Logo após um enorme ser de face demoníaca apareceu atrás de Minato.


Assim como dizia nas escrituras do clã Uzumaki após a utilização desse jutsu proibido alma de Minato foi parcialmente separada de seu corpo e suspensa por trás dele.


Logo atrás de sua alma estava um Shinigami, que retinha a sua alma com os cabelos.


Somente o invocador é capaz de ver o Shinigami neste após a ativação do jutsu, por isso Kushina não estava vendo o ser demoníaco.


Eventualmente, o Shinigami envolve seu braço esquerdo ao redor de Minato, e começou a ditar cantigos antigos incompreensíveis para todo e qualquer ser humano.


Enquanto o Shimigame usava seus cantigos um selo amaldiçoado apareceu em seu braço.


"Agora!" Gritou Minato con extrema dor.


Ele primeiro separou a Kyuubi em duas, separando seu lado yang do seu lado ying.


"ROOOAR!!" Rugiu a Kyuubi de dor.


Mas logo esse sentimento de dor virou ódio, adio por terem dividido ela em dois e ainda terem a ousadia de quererem selar ela novamente.


Não se importando com as Rígidos da besta de calda, Minato continuou.


"Primeiro eu irei selar a metade yang no Naruto"


Rapidamente após suas palavras uma dos enormes raposas de nove caldas foi selada no pequeno bebêzinho.


Vendo que sua outra metade já havia sido selada o metade Ying ficou furiosa.


"ROOOAR!! ROOOAR!!!"


"MINATO!! EU NÃO CONSIGO MAIS!!" Gritou Kushina desesperada.


Após suas palavras as correntes de Chakra que prendiam a raposa foram quebradas.


As garras da besta foram direcionadas diretamente para o pequeno bebê que estava deitado no chão.


Sem tempo para pensar tanto Kushina quanto Minato se colocaram na frente da garra, mas acabaram sendo perfurados por ela.


Eles já estavam condenados a morte, mas ser atingido por um ataque tão devastador acelerou ainda mais as coisas.


"Kushina... Eu estou começando a perder minha consciência então vou selar a metade ying em mim rapidamente, mas antes disto eu irei selar uma parte da minha alma no selo do Naruto, caso ele precise de minha ajuda no futuro" Disse Minato enquanto continuava a fazer sinais de mão.


"Minato... Sele minha alma também, ele irá precisar de minha ajuda" Disse Kushina já sem forças.


"... Certo"

...

Enquanto tudo isso acontecia Naruto que estava deitado no chão estava sem entender o que acontecia em sua volta, mas parecia ter tido uma breve ideia de quem eram essas pessoas/raposa em sua frente. 


Olhando melhor para a raposa gigante de nove rabos e o casal quase morte em sua frente  uma possibilidade passou por sua cabeça.


'Esse homem loiro... Essa mulher ruiva... ESSA RAPOSA GIGANTE!!... Eu já vi isso em algum lugar...'


A cabecinha do bebêzinho estava quase soltando faíscas de tanto pensar.


Infelizmente para ele Deus não lhe deu tempo suficiente, pois alguns instantes depois o homem loiro em frente parecia ter terminado de fazer seus "estranhos movimentos de mãos".


'O que é isto?.... '


Assim que seus pensamentos chegaram ao fim a enorme raposa laranja de nove rabos havia sumido e junto com ela sua consciência foi se esvaindo.


...



Continua... 



Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...