História Naruto: Tales Of Ninja - Capítulo 2


Escrita por:

Postado
Categorias Naruto
Tags Mc Forte, Mc Inteligente, Mc Prodígio, Naruto, Romance, Shounen
Visualizações 76
Palavras 1.554
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Ação, Aventura, Luta, Romance e Novela, Shounen
Avisos: Spoilers
Aviso legal
Alguns dos personagens encontrados nesta história e/ou universo não me pertencem, mas são de propriedade intelectual de seus respectivos autores. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos criada de fã e para fã sem comprometer a obra original.

Notas do Autor


Este capítulo não foi editado ainda:


Estarei aceitando críticas construtivas, críticas ofensivas ou apenas me xinguem se quiserem.

Mas pelo amor de Deus, deem suas opiniões sobre minha história 😢

Capítulo 2 - Capítulo 02 - Nova vida


Fanfic / Fanfiction Naruto: Tales Of Ninja - Capítulo 2 - Capítulo 02 - Nova vida

Capítulo 02 - Nova vida



Três anos depois... 


Em konoha logo de manhã era possível ouvir sons de gritaria. 


"Acorde, acorde ... ACORDE GAROTO IDIOTA!!" Gritava uma mulher gorda de meia idade. 


Ela era uma das cuidadoras do orfanato de Konoha seu nome era Moyo. 


"Eu já avisei para acordar!!"


"Vou te chutar da cama, estou lhe dizendo" 


Disse a velha gorda enquanto gritava com uma jovem criancinha loira que não parecia ter mais que três anos. 


Está pobre criança estava muito magra e com alguns ematomas espalhados pelo corpo. 


Mesmo após tantos gritos a criança não estava acordando. 


Depois de chamá-lo mais algumas vezes, Moyo chutou o pequeno garoto no estômago, o que fez a criança voar da cama velha qual estava e bater na parede. 


Claramente após isso a criança acordou.


"Por que você fez isso vovó?" Disse a criança enquanto lágrimas saíram do canto dos olhos por conta da dor. 


O nome desta criança era Naruto Uzumaki, ou ao menos este é o nome que ele recebeu há três anos, antes disto ele costumava ser um jovem adolescente normal de outro mundo, um mundo onde os ninjas com habilidades de Chakra ou besta de caldas eram só coisas da cabeça de um certo Masashi Kishimoto, mas inesperadamente ele renasceu nesse mundo. 


Enquanto fingia ser inocente por fora, em sua mente era bem diferente. 


'Como você pode fazer uma coisa dessas!! Sua velha bruxa!! Como você se atreve?! Me chutando quando estou durmindo!! ..." Pensou o Naruto cheio de raiva. 


Mas claro que não seria doido de falar isto em voz alta, pois isso só o faria apanhar mais.


Este tipo de agressão não é uma coisa estranha para ele, afinal desde o dia que chegou neste orfanato ele é agredido, humilhado e principalmente espancado, quase todos os dias. 


A razão disto era óbvia, ele era o novo jinchuuriki da temida raposa de nove caldas, a mesma raposa que destruiu grade parte de Konoha e matou centenas de moradores da vila. 


Muitos destes entes queridos de sertos aldeões, os quais odeiam Naruto nas profundezas de suas almas. 


Então muito menos ser um "herói" como seu pai queria que os moradores o tratassem, ele tem muita sorte por eles não o terem o matado ainda. 


Revidar não era uma escolha para ele, pois o corpo de uma criança de três anos ainda era muito fraca, principalmente neste mundo onde quase todas as pessoas adultas têm algum domínio sobre o Chakra, ainda bem que suas feridas se curavam rapidamente. 


Cortes ou ematomas que levariam meses para sarar se curam em apenas algumas horas. 


Depois de quase meia hora de um espancamento unilateral, a velha bruxa parecia ter se satisfeiti e apaou de bater nele


Ela então pegou o Naruto agora quase sem forças para se levantar e o levou para o lado de fora do orfanato. 


Chegando lá, ela jogou ele no chão. 


"Sua aberração, eu não quero mais ver você por aqui, vá embora e nunca mais volte!!" Gritou a velha Moyo 


Por um estante o Naruto ficou desesperado, não por que ele gostava de ficar naquele orfanato, ele não tinha amigos e nem ninguém que gostasse do lado dentro do orfanato, na verdade nem do lado de fora... 


Mas o que realmente o assuntou foi o fato de não ter como se alimentar, no orfanato eles davam pelo menos um prato de comida de vez enquando, mesmo que algumas vezes fosse com comida estragada, ao menos ele não morreria de fome. 


"Por que você está fazendo isso vovó, se a senhora está com raiva, prometo que não vou ..." Naruto disse com um tom suplicante apenas para ser novamente chutado.


"Cale sua boca garoto Fodido, Eu já teria jogado você fora há muito tempo, mas o Hokage não me deixou, Hahaha mas gora que ele me avisou que deu a você garoto raposa um apartamento para ficar, não preciso mais fingir me importar com você, entao irei dizer mais uma vez, SAIA DO MEU ORFANATO E NUNCA MAIS VOLTE!! "A velha bruxa disse friamente.


"Você não pode estar falando sério, o que eu irei fazer? O que irei comer?" Naruto disse quando "lágrimas" começaram a cair dos seus olhos enquanto olhava para a velha senhora.


Claro que eram lágrimas de crocodilo, pois ele queria vez se fazia a velha sentir um pouco de pena dele. 


"Isto não é mais problema meu, agora, saia do meu canpo de visão!! Eu não quero ver seu rosto nem mais por um segundo" A velha bruxa então bateu a porta na cara dele.


Após um tempo Naruto ficou olhando para o céu sem saber o que deveria fazer.


'O que raios o velho achou que eu deveria fazer agora? Por acaso ele acha que eu posso adivinhar meu novo endereço?' Naruto pensou sem saber o que fazer.


Mas para sorte dele, alguns estantes depois um homem vestindo uma máscara de cachorro apareceu diante dele. 


"Siga-me, levarei você para o seu novo apartamento" Disse ele.


Quando o Anbu começou a andar, o Naruto correu atrás dele com suas perninhas, enquanto arrastava as pequenas coisas que ele conseguiu no orfanato.


Em todo o momento ele demonstrava uma cara de extrema tristeza, mas o Anbu nem sequer o ajudou a carregar suas coisas.


'Para um ninja de alto escalão altamente treinado... VOCÊ É UM GRANDE DE UM INÚTIL!!' 


Depois de um tempo eles chegaram a um velho apartamento. 


Mesmo sendo velho ele parecia se bem conservado ele tinha uma sala grande, um quarto de tamanho médio com duas camas um pequeno banheiro e vários móveis diferentes espalhado pela casa. 


'Ao menos agora eu terei onde  colocar minhas roupas e coisas necessárias' Pensou o Naruto. 


Depois de olhar para o apartamento ele tinha apenas um pensamento.


O que ele irá comer? 


Afinal após ele acabou de acordar e logicamente está com muita fome, sem contar o fato de ele ser um Uzumaki e ser o jinchuuriki da metade yang da Kyuubi, que já o faziam um tremendo comedor, ele nem mesmo foi capaz de comer nada ontem. 


Então como o esperado ele estava quase tremendo de fome. 


Sem ficar tímido ou com medo, afinal, isto era necessário para sua sobrevivência, Então ele foi até o Anbu e perguntou


"O que eu irei comer?"


"Não se preocupe com isso garoto, aqui está o subsídio mensal" Disse o Anbu dando um pacote recheado de dinheiro. 


"Eu não quero opinar em sua vida, mas aconselho você a gastar sabiamente, além disso quando você atingir a idade certa a vila cuidará da sua educação escolar e o Hokage-sama cuidará dos seus honorários para a academia"


Após dizer isto ele foi rapidamente embora, sem se importar com as queixas do pequeno Naruto. 


'Sinto muito, mas é um ordem do próprio Hokage, eu não posso cuidar de você ainda, por enquanto vou ao menos garantir que você não corra perigo' Pensou o ninja enquanto desaparecia em uma nuvem de fumaça.


Naruto então ficou sozinho em seu novo lar. 


'Sinceramente... Quem raios nesse mundo teve a brilhante ideia de deixar uma criança de três anos morando sozinha? E ainda tiveram a ousadia de me dar dinheiro!! Como uma criança de três anos ureia saber utilizar todo esse dinheiro com "sabedoria"?!!' Pensou ele. 


Uma criança normal ela gastaria tudo em doces ou brinquedos. 


Mas claro que o Naruto não era uma criança normal, ele é um "reencarnado" ou se não um garoto doido que acha que reencarnou, então ele sabe bem o que fazer agora. 


"*suspiro* Eu realmente preciso usar esse dinheiro com sabedoria"


Naruto disse enquanto contava o dinheiro, no final deu um total de  20.000 yuanes. 


Ele logicamente sabe que isso era bastante dinheiro pois pelo que ele soube a velha bruxa Moyo tinha um salário de 15.000 yuanes por mês. 


Ele já havia pensado em tudo, primeiro ele precisava comprar comida para colocar na dispensa, comprar um novo conjunto de cama e também roupas novas, pois as suas já estavam velhas e desgastadas. 


(Ronco)  


"Mas antes... Eu preciso comer alguma coisa" Disse enquanto acariciava a barriga. 


Ele então guardou maior parte do dinheiro em um cômodo da casa e levou somente o necessário para comer. 


Após isso ele saiu para comer em alguma loja. 


Depois de chegar perto da loja, ele entrou e logo viu um  homem de meia-idade no caixa. 


Ele então foi mais fundo e procurou o que queria, após encontrar, ele voltou para o caixa. 


"Tio, quanto custa uma caixa de leite e um macarrão instantâneo?"


Olhando para o pequeno garotinho fofo em sua frente, o homem sorriu. 


"Aqui garoto, são 180 yuanes"


Ele então entregou os alimentos devidamente embalados.


“Obrigado, tio, aqui.” Naruto entregou a ele o dinheiro e pegou as coisas.


"Qual é o seu nome criança? Eu nunca vi você por aqui ante."


O tio perguntou enquanto olhava para o Naruto, ele tinha certeza que nunca tinha visto um criança tão fofa comprando em sua loja.


O Naruto sorriu é respondeu. 


"Meu nome é Naruto Uzumaki" Naruto se apresentou.


Depois de ouvir seu nome olhar no rosto do atendente mudou repentinamente. 


'Cabelos amarelos, bigodes de raposa e o mesmo nome... Ele não é o garoto raposa?! Não acredito que eu vendi comida pra ele!!!' 


Depois desse pensamento, a raiva parecia ter  tomado conta dele. 


"SAIA DA MINHA LOJA E NUNCA MAIS VENHA AQUI!!" 



"O-o que?!" 



Continua... 





Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...