História Naruto Uzumaki e as Esferas do Dragão - Capítulo 7


Escrita por:

Postado
Categorias Dragon Ball, Naruto
Personagens Goku, Naruto Uzumaki, Sakura Haruno, Sasuke Uchiha, Vegeta
Tags Ação, Akatsuki, Aventura, Dragon Ball, Luta, Naruto, Ninja, Saiyajin
Visualizações 20
Palavras 1.042
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 12 ANOS
Gêneros: Ação, Aventura, Crossover, Luta, Romance e Novela, Shounen, Violência
Avisos: Violência
Aviso legal
Alguns dos personagens encontrados nesta história e/ou universo não me pertencem, mas são de propriedade intelectual de seus respectivos autores. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos criada de fã e para fã sem comprometer a obra original.

Notas do Autor


Boa leitura!

Capítulo 7 - A Vila Oculta da Chuva


O grupo liderado por Naruto e Goku seguiu em frente com a missão. Saíram da Escola Ninja e caminharam até o portão da Vila Oculta da Folha.

— Estamos saindo da nossa vila — Naruto parou perto da entrada. — É a primeira vez que vamos para uma outra vila.

— A Vila Oculta da Chuva, onde sempre está chovendo, como o nome sugere — disse Sakura analisando o mapa. — É uma pequena vila que serve de “ponte” entre a Vila Oculta da Folha e a Vila Oculta da Areia.

Goku e Vegeta olhavam o mapa tentando entender um pouco mais sobre as localizações do mundo dos ninjas.

— Será que sempre podemos contar com um mapa com a localização das esferas? — perguntou Sasuke.

— Se não tivermos mapa, temos o Radar do Dragão — Goku pegou um objeto que guardava na sua armadura.

— Só agora lembrou de usá-lo, Kakarot? — disse Vegeta para Goku.

— O que é isso? — perguntou Naruto, sem saber o que era aquilo que Goku guardava e só pegou naquele momento.

— É o Radar do Dragão. Ele indica com precisão a localização das Esferas do Dragão.

Sakura ficou pensando e depois amassou e rasgou o mapa em vários pedacinhos.

— Então não precisamos desse mapa. Vou destruí-lo para ninguém poder achá-lo. Vamos usar o seu Radar do Dragão.

Ela pegou o radar e começou a mexer nele. Logo aprendeu como o objeto funcionava. Os outros olharam para ele e ali indicava a localização do grupo e a localização de uma esfera, que estava longe ainda.

Eles então saíram da Vila Oculta da Folha e seguiram seu caminho com o Radar do Dragão como mapa na direção das esferas.

Num certo momento durante a caminhada, o clima foi mudando lentamente. O tempo era de sol e começou a ficar nublado. Depois, começou uma chuva fraca que em seguida se tornou uma chuva forte. Enquanto caminhavam depois de uns trinta minutos o tempo já tinha mudado completamente, de sol para chuva. Isso indicava que estavam chegando no seu destino. Sakura aproximou mais a imagem no radar. Mais perto, apareceu um mapa com o brilho que era a esfera. Era um mapa parecido com o outro que Sakura tinha nas mãos.

Quando chegaram mais perto da próxima vila, o chão estava mais molhado parecendo um pântano. Tinha buracos na água onde algumas vezes o grupo afundava o pé, caindo para o fundo de repente sem poderem enxergar claramente as armadilhas. Com dificuldade, passando pelas armadilhas, chegaram no portão de entrada da vila. Caía uma forte chuva que não parava. Era a chuva contínua da Vila Oculta da Chuva.

— Chegamos — falou Naruto.

Eles levaram um pouco mais de trinta minutos de caminhada até chegarem naquele lugar.

Naruto preferiu pegar as esferas e trazê-las com o grupo, para não precisar voltar até Kakashi. Mas isso também era um pouco arriscado, já que alguém poderia querer roubar as esferas colecionadas.

Eles entraram na Vila Oculta da Chuva. A vila realmente era menor que a Vila Oculta da Folha, mas tinha vários prédios. O território ao redor era como um grande pântano. Poucas pessoas circulavam pela área e elas estavam acostumadas com aquele pântano, aquela área úmida, molhada pela chuva que não parava. Era uma vila com pouca população. Vila pequena, população pequena. Mas era um lugar muito bonito.

O grupo parou e ficou pensando em como avançar pela vila. Deram uma olhada no Radar do Dragão. A esfera estava mais perto, segundo a tela. Onde poderia estar? Como avançariam pelas ruas no meio dos prédios? Algumas perguntas passavam por suas cabeças, e a resposta era simples, seguir o radar. Era o que podiam fazer.

Seguindo pelo caminho indicado no pequeno radar na mão de Sakura, eles foram andando pelas ruas pouco movimentadas entre os prédios. Depois de minutos caminhando e se aproximando da esfera, desviando de algumas pequenas armadilhas no pântano, eles chegaram num lugar.

Era um prédio alto e o radar indicava que estava ali a esfera. O maior prédio da vila e também o mais bonito. Parecia uma torre futurística, uma arquitetura diferente do restante da vila.

— O radar indica que a esfera está aqui — avisou Sakura.

Eles pararam para observar a torre.

— Vamos entrar nessa torre — Goku foi o primeiro a avançar para a torre.

— E se for uma armadilha? — Sakura pensou em parar o avanço de Goku.

— Armadilha ou não, temos que pegar a esfera. Ou seja, temos que entrar — Naruto acompanhou Goku, o restante entrou, Sakura foi a última a entrar desconfiada, mas entrar na torre era a única opção.

Então eles entraram na torre.

Lá dentro o lugar estava molhado, parecia que estava chovendo como lá fora chovia. Estava um pouco escuro mas tochas acenderam e o fogo iluminou todo o local. Estavam num corredor que continuava mais para frente, o grupo seguiu por ali mesmo. Andaram por alguns minutos enquanto as tochas continuavam acendendo iluminando o caminho deles. Era escuro e o fogo das tochas era a única luz. Depois, chegaram num lugar onde, mais para frente, um ninja estava parado guardando uma porta.

— Olá.

O homem disse “olá” mas ninguém respondeu. O grupo estava tão suspeito sobre aquele lugar que eles nem pensaram em responder. Tudo aquilo parecia claramente uma armadilha, assim como Sakura pensou, e todos pensaram também. Depois de um curto silêncio, o homem falou mais uma vez.

— Bem-vindos à Torre Perdida. Meu nome é Hizuno e sou o ninja guardião desta porta — ele olhou para a porta atrás dele — a porta que leva ao segundo e último andar, onde meu mestre está.

— Então só precisamos derrotá-lo e chegar no próximo andar, e, também, derrotar o seu mestre lá — disse Sasuke.

— Nada simples. Não pensem que será fácil derrotar o meu mestre no último andar, pois eu não vou deixar.

— Eu fico aqui e luto com ele enquanto vocês avançam — pediu Naruto.

Naruto ficou enquanto os outros avançaram. Sasuke que estava na frente, estava avançando até a porta mas foi parado por Hizuno, que o pegou pelo pescoço e o jogou para trás.

— Não vou deixar ninguém passar.

Hizuno não permitiu a passagem de ninguém. A única maneira de passar seria derrotando ele. Parecia estar confiante de derrotar os cinco e não deixar ninguém chegar até o seu mestre. Uma luta estava para começar.


Notas Finais


Obrigado!


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...