1. Spirit Fanfics >
  2. Nascida das Trevas >
  3. Time da Casa

História Nascida das Trevas - Capítulo 4


Escrita por: morisaori

Notas do Autor


Espero que gostem do capitulo ^-^

Novamente avisando: quando as personalidades se comunicam entre si eu uso letras diferentes. Itálico é a Bella e negrito é a Beatriz. E nas narrações dos outros menos a Luna, quando o Bella estiver entre aspas significa que é a Beatriz.

Capítulo 4 - Time da Casa


 

Ponto de vista de Beatriz Lestrange: 

A cara das pessoas presentes era cômica, inestimável. O capitão do time que a professora McGonagall disse que se chamava Oliver Wood, lia e relia o bilhete. Realmente Bia, isso sim é hilário. Dou um sorrisinho de canto vendo Wood suspirar em ar de derrota.

Oliver: Então? O que você sabe sobre quadribol? - diz revirando os olhos

Beatriz: Bom, eu sei o básico. São 7 jogadores: 3 artilheiros, 1 goleiro, 2 batedores e 1 apanhador. As bolas são: Goles que é a que marcamos os pontos nos aros sendo que cada gol vale 10 pontos, os balaços que servem para atrapalhar os jogadores e os batedores ficam responsáveis por tirar os balaços da mira de seus times e jogá-las na mira do time adversário e o pomo de ouro, na qual o apanhador fica responsável. Se encerra o jogo somente quando o pomo é apanhado e ele vale 150 pontos. Não é isso? - digo - Além disso tem as jogadas como a Pinça de Parkin, 

Oliver: Onde aprendeu tanto sobre quadribol?

Beatriz: Bom, tive meus meios mas isso não lhe interessa. - grossa - Sou mesmo!

Oliver: O que? - ele me olha confuso.

Beatriz: Nada- digo

Ponto de Vista de Fred Weasley:

Oliver: Então vamos começar os testes. Nós só temos 2 vagas e todas as duas são de artilheiro. Então vai ser o seguinte: cada um vai montar seu time usando os reservistas e alguns dos jogadores oficiais da casa. O time será composto por 3 artilheiros, 1 batedor, 1 apanhador e claro um goleiro. Os dois melhores vão para o time oficial da casa. Vamos começar pelo sr Nick Alas. - ele diz e Nick se aproxima.

~Quebra de Tempo~

O teste de quadribol estava entediante, nenhum se mostrava muito bom. Olíver parecia decepcionado teríamos que usar um dos reservistas, afinal eles não eram lá muito bons. Até que chegou o momento em que Lestrange iria fazer o teste de quadribol, eu estava dividido entre minha raiva e minha curiosidade.

Oliver: Está bem Lestrange, sua vez. Vamos tirar no cara ou coroa para ver quem vai começar tirando os times.- ele pega uma moeda e diz - cara ou coroa?

“Bella”: Coroa - ela diz confiante, Wood joga a moeda pro alto e eu a apanho no ar.

Fred: Deu coroa - disse revirando os olhos - foi apenas sorte Lestrange. Você começa.

Oliver: Vamos começar com os artilheiros.

“Bella”: Eu quero a Angelina Johnson - Angelina vai até Bella claramente desconfortável.

Oliver: Backer Taylor

“Bella”:Bristol Thompson. E já vou aproveitar e pedir para a goleira reservista, Beverly Lewis já que você joga joga como goleiro- ela diz e Wood assente

Oliver: Daisy e Derik William. - ele diz - agora os batedores. 

“Bella”: Batedores - ela nos olha por algum tempo - Acho que o Weasley menos insuportável… se bem que é uma questão complicada. Acho que Jorge Weasley. - Nós olhamos pra ela com um olhar um pouco mais raivoso e Jorge vai ate ela enquanto eu vou até Oliver. - E como só faltam os apanhadores, eu quero o Potter. - ela diz e Harry vai até ela enquanto Carter Hughes vai até o nosso time.

~Quebra de Tempo~

Todos já estávamos em nossos lugares e o jogo foi iniciado. Para a surpresa de todos, Bella tinha parado por um momento. Os artilheiros prosseguiram, os apanhadores observavam pra ver se encontravam o pomo, os goleiros estavam em alerta e eu e Jorge rebatendo os balaços. Mas ela continuava parada. Foi-se dois minutos de jogo com ela parada em silêncio, imóvel.

Jorge: Lestrange! Se mova! - ele dizia rebatendo mais um balaço que mandei na direção dela. Nossos artilheiros já marcaram 20 pontos no placar. Ela fala muito mas age pouco.

“Bella”: Já que insiste - ela diz indo com toda velocidade até Backer que estava sendo pinçado por Bristol e Angelina e executando uma perfeita pinça de Parker fazendo com que Taylor quase caísse de sua vassoura e deixando todos boquiabertos.

Bella tomou posse da Goles, desviando dos irmãos Willians e seguindo até perto dos aros onde começou a subir com a Goles em mãos. Daisy e Backer a seguiram e quando eles estavam bem ao alto, ela soltou a Goles e Angelina pegou marcando 10 pontos para seu time, foi uma execução perfeita da Manobra de Ploy. Depois de um tempo eles usaram a formação de ataque Hawkshead com Bella na frente. Vejo um balaço e o rebato na direção de Bristol para desestabilizar a formação, o que funciona perfeitamente porque Jorge não conseguiu rebater o Balaço. Mas mesmo assim Lestrange não desiste e faz algo muito arriscado e perigoso: ela se aproxima da área e para por pouquíssimo com a vassoura a 90°. Oliver se prepara para defender mas ela joga a Goles para o alto e a deixa atingir o ponto mais alto de sua trajetória, quando isso acontece ela rapidamente desmonta de sua vassoura e a segura como um bastão e acertando com muita força a Goles, realizando um gol quase indefensável. Ela realizou a porra da Pancada de Fingbourg e Oliver obviamente não conseguiu defender. Puta que pariu essa garota fez a Pancada de Fingbourg. Percebo ela caindo rapidamente mas ela monta em sua vassoura antes de chegar no chão e Harry apanha o pomo, finalizando a partida. Bella voa até uma altura mais próxima do chão e pula de sua vassoura.

“Bella”: Foi muito bom jogar com vocês - grita ela indo em direção a saída- Me avisem quando os resultados saírem.

~Quebra de Tempo~

Estamos reunidos no vestiário, depois de todos os testes. Estávamos exaustos, decidindo quem iríamos colocar. Scarlet Pakin parecia uma das boas opções mas quase nenhuma palavra depois do teste da Lestrange. Por mais que não quiséssemos aceitá-la no time, era quase impossível não dizer que o teste dela foi incrível.

Oliver: Então vamos colocar a Parkin e a Lestrange né?- todos assentiram - ótimo. 

Jorge: Mas também depois daquela Pancada de Finbourg era impossível não colocá-la no time - Jorge diz - Apenas outro aluno em Hogwarts realizou uma Pancada de Finbourg tão perfeita enquanto ainda estudava aqui: Sirius Black. - todos ficamos em silêncio por um tempo. Sirius Black segundo meu pai tinha fugido de Azkaban fazia alguns dias. O silêncio permaneceu por mais algum tempo até Harry quebrá-lo.

Harry: Mas por que ela ficou dois minutos parada? - ele diz - Eu via Fred jogar todos os balaços na direção dela enquanto Jorge os rebatia mas ela nem parecia ligar.

Oliver: Eu não percebi na hora, eu também fiquei confuso mas depois eu percebi. Ela estava nos observando o tempo todo, formulando uma ótima estratégia para jogo. Por isso ela conseguiu atrair Daisy e Backer para a manobra de Ploy. E observou minhas defesas tentando achar um ponto cego. - ele diz com um sorriso - ela vai ser uma ótima artilheira. - todos concordamos com a cabeça.

Angelina: Mas quem vai falar com ela para avisar que ela entrou para o time? - diz ela curiosa enquanto todos olham para mim e para Jorge.

 — Está bem, entendemos - eu e Jorge falamos ao mesmo tempo e saímos em direção à nossa sala comunal na esperança de que Lestrange estivesse do lado de fora já que ela não sabe a senha.

~Quebra de Tempo~

Chegamos até a nossa comunal e a mulher gorda novamente tentando quebrar a merda da taça com a voz. Eu e Jorge apenas reviramos olhos e dizemos a senha dessa semana: “garra de dragão”.

Mulher Gorda: Que grosseria!- ela diz parecendo estar magoada mas abre a entrada de nosso salão comunal. Quando chegamos não vemos muitas pessoas aqui, afinal, a maioria está em aula. Mas tem uma pessoa que pode ajudar a procurar a Lestrange. Descendo as escadas do dormitório feminino estava Gina.

Fred: Gina minha querida irmã - digo bajulando-a

Jorge: Você está linda hoje sabia?

Gina: Tá o que vocês querem? -ela diz impaciente.

Jorge: Sabe a Lestrange? - ela assente 

Fred: Estamos procurando ela. 

Gina: E o que eu tenho haver com isso? 

 — Olha se ela tá lá nos dormitórios. - eu e Jorge dizemos em unissom.

Gina: Está bem - ela diz subindo.

Sentamos no sofá para esperar Gina. Enquanto isso, Jorge cutucou meu ombro com empolgação.

Fred: O que foi? - digo

Jorge: Eu tive uma ideia de como vamos nos vingar da Lestrange e ainda vamos conseguir algumas respostas. - eu o olho curioso. - lembra aquele doce arco-íris que estávamos planejando? - eu assenti- Então, podemos dar um experimental para ela. Sei que vai durar pelo menos umas 4 horinhas e se a madame Pomfrey interferir infelizmente só teremos uma horinha.

Fred: Genial Jorge! Genial! - eu fiquei feliz, muito animado com a ideia 

Jorge: Ainda não terminei de falar, roubamos uma poção veritaserum do estoque do Snape e pronto, vamos conseguir todas as respostas que queremos.

Fred: Você é um gênio maninho. Mas não acha que vai ser muito perceptível? Ela não vai desconfiar?

Jorge: Você está certo, vamos esperar um tempo para usar a veritaserum. 

Fred: Acho que nós depois disso podemos tentar nos aproximar mais dela, sabe? Aí ela vai confiar na gente e provavelmente vamos conseguir as respostas de um jeito mais pacífico.- digo.

Jorge: Vai demorar bem mais, afinal, é da Lestrange de quem estamos falando.- nisso ele tem razão. - Mas se ela não “ceder” por bem.

Fred: Aí usamos a poção oras - ele assente - Vai ser incrível!

Gina: O que vai ser incrível? - ela diz descendo as escadas novamente.

— Nada. - dizemos ao mesmo tempo

Jorge: Mas e aí? Ela está nos dormitórios?

Gina: Não, agora com licença, vou para a aula. - ela diz saindo do salão comunal. Ficamos pensando por um tempo até que finalmente me lembro do mapa.

Fred: Nós somos dois idiotas - digo tirando o mapa do uniforme.

Jorge: Eu juro solenemente não fazer nada de bom - ele diz colocando a varinha no mapa e ele se revela. - Pronto, agora é só a gente procurar a Lestrange.

Ficamos um bom tempo procurando a Lestrange no mapa porque são muitos nomes. Até que finalmente encontramos o sobrenome Lestrange mas o nome que o acompanhava não estava “Bella Lestrange”, estava escrito Beatriz Lestrange. Beatriz? Eu e Jorge nos encaramos um pouco assustados e ainda mais curiosos, mas quando olhamos novamente o mapa o nome está como Bella Lestrange. 

Fred: Eu não entendi o negócio do nome, mas o que importa é que a Bella está na torre da Corvinal. 

Jorge: Na sala comunal dela, mas como vamos descobrir a senha para entrar?

Fred: Acho que vamos precisar daquela garota do segundo ano, aquela que vive com a Gina e que ontem estava junto com a Lestrange.

Jorge: A tal Luna Lovegood, vamos atrás dela - ele diz olhando novamente para o mapa - ela está no Salão Principal.

Fred: Mal feito feito - digo colocando a varinha sob o mapa e Jorge o guarda em seu uniforme e vamos em direção ao Salão Principal.

~Quebra de Tempo~

Chegamos ao salão principal e vemos Luna descalça junto com Gina conversando sobre alguma coisa. Fomos até elas e a conversa parou de repente.

Gina: O que vocês querem? De novo.,,

Jorge: Dessa vez não vamos te incomodar - ela suspira aliviada

Fred: Luna, precisamos da sua ajuda - Gina arregala os olhos 

Luna: Por mim tudo bem. - ela diz serena mas Gina nos olha feio.

Gina: Não não! Já basta vocês me meterem em encrencas!

— Calma Gina! Não vamos meter ela em encrenca, nós prometemos. - Gina respira fundo.

Gina: Está bem mas se ela pegar uma detenção eu mato vocês dois. -nós assentimos.

Luna: Então, o que vocês precisam?

Fred: Precisamos que você nos leve até o salão comunal da Corvinal. Precisamos falar com a Lestrange.

Luna: Perdão, mas eu não vou deixar vocês entrarem na minha comunal.

Jorge: Você não precisa nos deixar entrar, ficamos de fora, na entrada, e você chama ela e pronto: a gente conversa com ela - ele diz em um tom animado. Ainda sim iríamos descobrir a senha da comunal da corvinal.

Luna: Está bem. - ela diz nos guiando pra fora do salão principal.

~Quebra de Tempo~

Ela nos levou até os andares mais altos da parte Oeste de Hogwarts. Lá tinha uma longa escada em espiral e subimos dando de cara  com uma porta que não tem nenhum tipo de maçaneta, fechadura ou tranca, apenas uma aldrava de bronze em formato de águia.

Fred: Se você quiser a gente tampa os ouvidos para você falar a senha - digo olhando para Jorge e ele balança a cabeça em negativo enquanto dá um sorriso.

Luna: Não tem senha bobinhos - ela diz sorrindo

Jorge: Não? 

Luna: Não, a gente tem que responder um enigma e se a gente não acertar a gente fica pra fora e tem que esperar o próximo acertar. E é claro que depois de acertado, a aldrava troca o enigma - ela diz indo até a Aldrava enquanto eu e Jorge ficamos apenas observando.

Aldrava: Eu sou algo que as pessoas amam ou odeiam. Eu mudo tanto a aparência das pessoas quanto seus pensamentos. Se uma pessoa cuida de si mesma, eu subo ainda mais. Eu engano algumas pessoas. E para outras, sou um verdadeiro mistério. Algumas pessoas bem que tentam me esconder, mas uma hora, inevitavelmente, eu apareço. Não importa o que as pessoas tentem, eu jamais cairei. A o que eu estou me referindo? - ele passam por isso toda hora?

Luna: A idade, para muitos é um mistério e além de e quando é odiada é porque tem medo dela. Mas se tivermos medo da idade, não viveremos nossa vida como ela deve ser vivida.

Aldrava: Muito bem explicado. - A porta se abre.

Luna: Eu já volto. - ela diz entrando na comunal.

Ponto de vista de Bella Lestrange:

A comunal está vazia e meu corpo está exausto depois do teste de quadribol de Bia, mas pelo menos minha mente ainda está bem. Eu não estava sentindo minhas pernas quando cheguei na comunal agora pouco. Mas por que? Foi tão tranquilo…

Bella: Se você acha que pular da vassoura pro chão depois de fazer uma Pancada de Finbourg tranquilo, mas agora me deixa que eu quero ler!- digo rindo, pegando um livro na biblioteca da sala comunal. 

Sentei no sofá e abri um livro de um autor chamado Newton Scamander, o nome do livro é Animais Fantásticos e Onde Habitam. Eu o achei muito interessante, afinal não conheço muitas criaturas e animais mágicos por viver a vida inteira em Azkaban. Um tempinho depois Luna entrou na sala e olhou pra mim de forma um pouco apreensiva e fiquei preocupada com isso, porque mesmo sendo pouco tempo ela nos ajudou e eu a considero Nós a consideramos.Sim nós consideramos, nossa irmãzinha já que ela está no segundo ano.

Luna: Bel não surta - levanto uma sobrancelhas em tom de curiosidade.

Bella: Por que eu surtaria?

Luna: Os gêmeos Weasley querem falar com você.

Continua...


Notas Finais


Espero que tenham gostado do capítulo e desculpa a demora


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...