1. Spirit Fanfics >
  2. Nat e Steve >
  3. Volta pra mim

História Nat e Steve - Capítulo 21


Escrita por:


Capítulo 21 - Volta pra mim


Fanfic / Fanfiction Nat e Steve - Capítulo 21 - Volta pra mim


Pov Steve 

Já haviam se passado dois messes e o Bucky não melhorava, e eu precisaca dele pra encontrar a Nat,  nós procuravamos em tudo e não encontravamos ela, e nenhuma pista. Eu já havia voltado de Wakanda,  eu não podia continar protegido lá enquanto a Nat Estivesse aqui desprotegida, só de pensar no que aquele maluco estava fazendo com ela me deixava muito nervoso. 

Sam - Steve - disse entrando em nosso esconderijo, um galpão velho que ficava no porão da Nat.

Steve - oi Sam

Sam - T'challa me mandou uma mensagem o Bucky está bem, e está vindo pra cá.

Steve - obrigada Sam.

Sam - Steve descansa um pouco até o Bucky chegar, tem dias que você não dorme direito.

Steve - eu não consigo, isso é tudo culpa minha Sam, se eu tivesse assinado o tratado nada disso estaria acontecendo.

Sam - você não tem culpa de nada, tudo acontece por uma razão Steve. E nós poderiamos estar presos de qualquer jeito,  a gente não concorda com nada com o que o general Ros fala, e olha só pra Nat e o Vísão, assinaram o tratado e não se deram bem.

Steve - não se deram bem porque tiveram que lidar conosco.

Sam - isso não é verdade.

Sam tentava me animar enquanto Sheron entrava.

Steve - você deu o endereço do esconderijo pra ela?

Sam  - ela só esta tentando ajudar desencana cara.

Sharon - eu trouxe comida e remédios.

 Steve  - obrigado. - disse sem olhar pra ela.

Sharon - Steve olha pra mim!

Steve - Sharon eu não quero ser grosseiro com você,  vai embora!

Sharon - você está assim comigo tem dois meses só porquê eu não te contei que a Natasha estava grávida? Eu já te expliquei que a situação era tensa Steve.

Steve - tensa pra quem? Pra você? Você deveria ter me falado, e deixar eu decidir se era tenso ou não. Agora a Nat pode estar morta.


Pov Natasha 

Eu já havia perdido as contas de quantos dias o Ivan estava me mantendo naquele lugar. Eu e Yelena tinhamos ficado próximas,  ela era só uma jovem com sonhos que o Ivan manipulou. E eu estava usando isso ao meu favor é claro.

Na sala de Ivan

Yelena - quando eu vou ser a próxima viuva negra?

Ivan - em breve!

Yelena - você já está falando isso tem tempo.

Ivan - você deveria dar graças a Deus, você acha que você tem condições de subistituir a Natália?

Yelena  - eu me esforço muito, faço tido o que você pede, até transei com você simulando ser a Natália.

Ivan - é  e foi horrível.

Yelena - é talvez o problema seja você!

Ivan deu um tapa na cara de Yelena e depois a socou no estomago.

Ivan - me respeita,  se não você vai voltar a ficar com o resto das viuvas.

Yelena saiu dali com muita raiva e foi até Natasha reclamar sua frustação quanto a Ivan.

Nat - não fica assim! Os homens São todos iguais, só querem nos usar. E é por isso que nós temos que nos ajudar.

Yelena - como que você fez pra ser tão boa no que faz Nat?

Nat - eu parei de deixar as pessoas me manipularem e passai a manipular as coisas ao meu favor.

Yelena -  você tá certa é isso! eu vou manipular as coisas ao meu favor, eu vou te ajudar a sair daqui.

Natasha abriu um sorriso de trunfo.

Yelena - temos que planejar uma fulga.

Nat - não! Eu estou grávida,  e tem muitos soldados e reprodução de viuvas negras aqui, não vai dar certo. Eu preciso que você ache uma pessoa pra mim, eu preciso de uma equipe pra sair daqui. Tá pronta pra usar suas habilidades de super espiã?

Yelena - sim!  - Disse empolgada. Quem é a pessoa?

Nat - Steve Rogers.

Yelena  - o capitão América?

Nat - sim, eu quero que você diga a ele onde eu estou e que preciso de ajuda.

Yelena - tudo bem, eu vou, você e seu bebê vão  finalmente poder sair daqui Nat.

As duas riram com um ar de cumplicidade.


Na casa de Nat 

Sam - eu ouvi um barulho.

Sharon  - alguém está entrando...

Steve  - Sam fica em vigilância.

Bucky  - medrosos. - disse entrando.

Steve - Bucky,  graças a Deus! Como Você esta amigo?

Bucky - novinho em folha. 

Steve - eu preciso da sua ajuda.

Bucky - o Clint  me contou tudo durante a viagem, vamos atrás da Nat, eu já até imagino onde ela esteja.


Nós nos preparavamos pra sair quando uma moça loira apareceu,  ficamos em posição de luta.

Yelena - eu vim em paz.

Bucky  - e esse traje?

Yelena - precaução.

Bucky - o que você quer.

Yelena - eu sei onde a Nat está.


 O semblante de Steve mudou se transformou em alívio só de ter a certeza que Natasha estava viva. Yelena disse do que eles precisariam pra tirar Nat da fortaleza das viúvas.

Steve - Clint chama o Vísão e a Wanda,  vamos precisar de reforço.

Yelena  - a com certeza vão!

Na estalagem.

 Ivan entra no quarto querendo mais atenção de Natasha que o ignorava transitoriamente.

Ivan  - eu estou falando com você? Responde, eu já sei que você tá gravida, mas quem é  o pai? Como isso foi acontecer?

Natasha permanecia calada e com medo.

Ivan - sua piranha! Você não se controla mesmo né, eu não posso te deixar sozinha nunca?

Nat - eu te odeio.

Ivan - é mas eu te amo, e amo muito. - disse passando a mão em sua perna.

Nat - não encosta em mim! 

Ivan - se não você vai fazer o que? Vai fazer igual quando você tinha treze  anos e jogar óleo quente em mim?

Nat - vou fazer pior.

Ivan - não se esqueça que eu posso matar esssa criança Natália, basta uma erva injetada.

Nat - me deixa sair daqui por favor.  - suplicou.

Ivan - com essa cara fica dificil negar algo pra você linda, eu posso até atender seu pedido, mas em troca eu quero uma noite com você.

Nat - não,  eu não consigo! Você é como se fosse um pai pra mim.

Ivan - por isso mesmo, uma noite é uma forma de me agradecer por tudo que eu fiz por você.

Nat - não dá,  eu não consigo!

Ivan - Então eu vou matar seu bebê,  e você vai apodrecer nesse lugar.

 

Saiu batendo a porta.









Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...