1. Spirit Fanfics >
  2. Natsu Dragneel O Novo Deus Supremo >
  3. (Fim do arco 2) Eu... Te amo!

História Natsu Dragneel O Novo Deus Supremo - Capítulo 25


Escrita por:


Notas do Autor


AVISO FAMÍLIA, AVISOOOO!!

Fala quebrada suave?
Enton... Eu tinha feito um erro de cálculo no baguio do arco e tals... Mas já foi corrigido, este aqui é o último do segundo arco bele?
Enfim, outro erro de cálculo é o lance do hentai...

Sei que vocês estavam querendo muito um secsu aqui nessa história, mas tipo, isso vai ficar pro próximo arco, que é o do treinamento dos Deuses e tals, neste com certeza vai ter novos romances, novos poderes, poderes antigos... E sexo, como vocês querem ou não... Eu não sei, não consigo ler mentes ok?

Enfim, se leram o título do Capítulo, sabem que o nosso prota vai dar uma avançada né? Ksksksks

Sem mais spoilers, boa leitura!!!

Capítulo 25 - (Fim do arco 2) Eu... Te amo!


Fanfic / Fanfiction Natsu Dragneel O Novo Deus Supremo - Capítulo 25 - (Fim do arco 2) Eu... Te amo!

Era manhã, o sol estava belo e bastante radiante batendo em seu rosto, Natsu abriu lentamente seus olhos cansados e assim que abriu, viu que estava num quarto feito de quartzo e ouro com dragões dourados Sobre os pilares de quartzo daquele enorme quarto.

Apesar de espaçoso, o quarto tinha poucas coisas, como uma mesinha de escrivaninha ao lado da enorme cama e um guarda-roupa normal apesar do lugar ser luxuoso. No canto do quarto tinha uns equipamentos de academia para treinar e do outro lado tinha uma porta, provavelmente era do banheiro.

Natsu foi direto para o banheiro e tomou um banho rápido, pegou uma peça de roupa que de repente estava na cama branca e a colocou. A roupa consistia num short preto, uma camiseta branca colada que destacava seus músculos bem definidos e um par de chinelos.

Natsu- onde... Estou? - se perguntou confuso enquanto amarrava seu cachecol na diagonal de seu tronco.

???- bem, você está no seu quarto - disse uma voz feminina assustando Natsu. O mesmo se virou rapidamente mas se surpreendeu com a beleza da ninfa na sua frente - e antes que pergunte algo, prazer Natsu-sama eu sou uma Ninfa do Olimpo.

Natsu- hm... então eu estou no Olimpo - o Rosado pensou enquanto a encarava pensativo - bom já que estou por aqui, poderia me levar para o salão principal? - perguntou para vela ninfa que acenou positivo para o Rosado.

Natsu a seguiu a bela ninfa que Depois de 5 minutos, finalmente chegou no salão principal do Olimpo. Quando Natsu viu, sorriu por que finalmente confirmou sua teoria sobre o grande Olimpo. O Olimpo é um templo totalmente dominado pela cor branca e dourada. O templo continha duas fileiras de pilares de mármore com formas de elementos e seres divinos.

Além disto, Olimpo tinha 13 tronos sendo que o último era o mais dourado e estava desocupado. Cada trono que ali tinha, estava com o seu símbolo, porém o mais dourado ali não tinha símbolo ou dono. No chão onde Natsu pisava, tinha um enorme círculo com o que se parecia com um relógio mundial antigo.

Natsu- oh... Então esse é o salão principal do famoso Olimpo! - sorriu maravilhado com a construção antiga, mas resistente que o local tinha. Por um momento o Rosado pensou numa pequenina é inteligente azulada - Se a levy estivesse aqui ela iria ficar sem reação... - Natsu pensou mostrando um sorriso simples, mas foi o suficiente para atiçar uma certa Deusa viciada em "amor" - então... São vocês os doze Deuses do Olimpo. Mas pera... De quem é aquele trono? E o trono de hesita não era pra estar destruído como dizia nas histórias da mitologia grega? - fez várias perguntas a si mesmo confuso.

Zeus- olá Sobrinho! - sorriu se levantando de seu trono e indo diretamente a Natsu que estava reverenciando os deuses ali - então, o que achas do Olimpo?

Natsu- aqui é um lugar extremamente interessante é diferente das histórias dos livros! - sorriu novamente chamando a atenção de uma certa Deusa do amor que não parava de lhe encarar - enfim, por que eu estou aqui?

Apolo- é pai... Por que um mero mortal esta dentre os seres divinos? - perguntou sério em seu trono dourado. O Deus do sol e da música estava com o cotovelo sobre o braço do trono enquanto a mão apoiava em seu rosto. Pela sua expressão, ele aparentava estar entediado e revoltado.

Hades- para de ser chato Apolo, o garoto é um semi-deus retardado - respondeu ao seu sobrinho que ficou meio irritado com o jeito que seu tio lhe chamava a atenção - você sabe desde o momento em que ele pegou aquela coca. E não só por isso, ele é filho de Anna Dragneel e Madara uchiha ou seja, ele literalmente sempre foi um semi-deus.

Apolo- tsk hai hai, ele é um Semi-Deus então, parabéns - o Deus do sol não havia gostado nem um pouco do Rosado que estava naquela discussão com uma poker face.

Poseidon- então filho, estamos pensando em te fazer uma ótima proposta - disse sério e Natsu ficou confuso - você quer treinar conosco para ficar mais forte?

Natsu- S-s-serio?! - disse surpreso pela proposta irrecusável, mas, ele ainda tinha algumas perguntas e estava confuso.

Poseidon- sim! Nós podemos te ajudar a controlar melhor o seu poder Amaterasu, suas Devil Slayer God Slayer e Dragon Slayer e te tranformar num Slayer elemental - disse com a mão sobre o ombro de Natsu que estava com os olhos brilhando - vejo que isto é um sim - sorriu vendo seu "filho" Se animar a ponto de balançar a cabeça em positivo freneticamente.

Natsu- eu... Aceito lógico, mas... - disse vendo o sorriso que surgiu a uns segundos sumir - eu queria saber... Por que me escolheram...?

Athena- não é óbvio? - a Deusa da sabedoria pela primeira vez se pronunciou - precisamos de uma pessoa bondosa... Que tenha a mais pura alma... E você tem esses requisitos! - a Deusa da sabedoria surpreendeu Natsu com suas palavras sinceras.

Ela sabia muito bem quem ele era, além de saber de tudo pelo que ele passou, ela sempre observou os seus passos e, pelo visto não só ela que estava observando-o.

Artemis- aliás... jovem, você é interessante e bastante imprevisível! - a Deusa da caça fora quem lhe surpreendeu dessa vez com suas palavras - em milênios, eu nunca vi alguém como você, seu pai Madara e o Akashi Seijuuro.

Akashi Seijuuro? Natsu já ouviu esse nome em algum lugar, lhe era bastante familiar a sonoridade que aquele nome tinha e isso o deixou sério por um momento, mas o mesmo só estava sério pelo fato de que ele estava tentando se lembrar onde ouviu esse nome.

Áries- Ser imprevisível e teimoso... São as suas melhores armas! - o Deus da guerra se pronunciou sorrindo.

Os Deuses estavam bastante amigáveis entre si. Se fosse como nos livros, os Deuses deveriam ser inimigos um dos outros, violentos, arrogantes, orgulhosos, gananciosos e etc. Com base nisso, o Rosado ficou um pouco preocupado com andamento dessa história. Se os Deuses forem realmente como os livros dizem... Natsu deve estar preparado para qualquer situação.

Natsu- Oh... Valeu pelos elogios Deuses! - o Rosado abriu um enorme sorriso sincero. Aquele simples e grande sorriso causou batimentos mais fortes e acelerados nos corações de Artemis, Athena e Afrodite. Já para os Deuses, eles retribuiram o sorriso com uma face sem graça ou de orgulho - então, antes de aceitar essa oferta de vocês... Eu gostaria de propor um acordo.

Zeus- diga meu filho - o Deus dos Deuses respondeu sorrindo.

Natsu- O acordo é: eu quero que meus amigos façam parte do treinamento comigo!

Zeus- hm... Por mim Tudo bem, eu aceito o seu acordo mas! - o Rosado sorriu, porém, com um misto de surpresa e raiva, segundos depois o sorriso dele sumiu. a face séria de Zeus lhe mostrava que aquilo não era brincadeira - você só pode trazer 5 pessoas contigo, nada mais. entendido?!

Natsu- valeu pai! - sorriu olhando para Poseidon que tinha um pequeno sorriso no rosto, o motivo de tal alegria era por que Natsu chamou Deus dos mares de pai e o abraçou. 

Com isso, Zeus ficou um pouco emburrado, afinal a decisão foi dele. O Deus dos Deuses. O ser absoluto. Mesmo estando emburrado, o mesmo sorriu. Aquilo lhe lembrava dos tempos em que o mesmo era um pouco ingênuo.

Poseidon teletransportou-se junto de Natsu para a sua casa. O Rosado finalmente se tocou que sua casa estava reformada. Apesar de que ainda aparentava ser uma casa comum de dois andares com uma longa e espaçosa varanda que possivelmente daria pra ver as estrelas de noite. Natsu estava deveras animado, estava imaginando como seria por dentro.

O Deus dos mares e terremotos parou de andar para encarar aquela rede que ficava na varanda do Rosado, de repente um sorriso brotou em seus lábios. Rapidamente Poseidon se deitou na rede enquanto se balançava lentamente. O citado anteriormente estava tão feliz que estava sorrindo e cantarolava uma cantiga aleatória.

Natsu (pensamento)- então o velho no fim das contas gosta dessas coisas... Interessante...

O Rosado finalmente entrou dentro de sua casa e viu que parecia ser a mesma de antes, o que estava diferente era a cozinha estilo americana, uma sala simples mas espaçoso, com um sofá enorme e uma poltrona. Natsu subiu as escadas e viu que tinha 5 portas no corredor, seu quarto, o quarto de happy, mais dois quartos de hóspedes e um banheiro no final do corredor.

Natsu estava impressionado com sua nova casa, desceu as escadas e viu que embaixo da escada tinha uma pequena porta, abriu a porta e adentrou o lugar. Quando ascendeu as luzes, viu que era uma sala de treinamento a prova de som e tinha todos os equipamentos que eram necessários para si e seu amigo happy.

(… 25 minutos depois …)

Alguns minutos se passaram e o Rosado pegou no sono deitado na segunda rede ao lado da outra onde se encontrava Poseidon, porém enquanto dormia, mal sabia ele que as duas estavam ali fazendo desenhos em seu rosto. E não eram só as duas que estavam ali, haviam mais 3 pessoas que não estavam em cima do mesmo.

Natsu- hm... Mira...? - o Rosado a chamou um pouco sonolento pela albina que sorriu.

Erza- então mira, vamos acordar ele? - perguntou a ruiva para albina que concordou - Ei Natsu querido, acorda! - chamou balançando o Rosado que se sentou sonolento na rede e esfregou os olhos para ter melhor visão.

Aos olhos das duas, Natsu estava muito fofo sentado na rede com aquela cara cansada. Algo bem retardado das duas.

Natsu- hm... Mira...? Erza...? O que vocês duas fazem aqui? - disse o Rosado bocejando. Enquanto colocava a mão na boca para evitar o mal hálito na cara das duas, mira estava fazendo carinho em sua cabeça, bagunçando as mechas de seu cabelo, deixando o Rosado incomodado - Pode parar por favor...?

Mira- bem, estamos aqui por que Lucy nos disse que você queria falar conosco - a albina disse parando de fazer cafuné no mesmo e iniciou uma séries de cutucadas nas bochechas do Rosado que deu um peteleco em seu dedo - que Dragão Mal...

Natsu- a Luce? Mas eu nem converso mui- o Rosado iria continuar sua fala, porém, suspirou quando pensou melhor - As probabilidades de minha pessoa falar com a loira depois de tempos é baixa, eu nem fui na guilda falar com o pessoal ainda, então... Só me resta uma opção - o Rosado pensou sorrindo.

O mesmo se levantou da rede, olhou para a rede ao lado e reparou que estava vazia. Sem opções, o mesmo entrou em sua casa enquanto era seguido pelas duas que estavam sorrindo atoa. Assim que entrou dentro de casa, viu que happy e gray estavam numa partida bastante disputada de... Dominó.

Natsu- oe... O que vocês dois estão fazendo aqui? Aliás... O que todos vocês estão fazendo aqui na minha humilde residência? - o Rosado começou uma série de interrogatórios deixando os quatro bastante bugados.

Gray- natsu, só cala a boca, no momento eu to concentradasso aqui, se eu perder a concentração agora eu perco! - o moreno respondeu ponto seu dedo indicador nos lábios, simbolizando para o mesmo fazer silêncio.

Happy- é! Desde que você dormiu, foram 3 empates 1 vitória e 1 derrota para nós dois! - o azulado, que em sua nekomata, foi quem pronunciou-se desta vez, seu Tom. sua expressão, tudo nele estava sério - e também... Eu Moro aqui também sabia?!

Natsu- Putz... É verdade. Ok. eu só quero que vocês dois não façam barulho, fora isso, podem fazer o que quiser, mas estão limitados ao primeiro andar da casa. Entenderam? - o Rosado falou e ambos concordaram, os dois tinham uma concentração impressionante para um simples jogo de dominó.

Natsu começou a andar até a cozinha, estava indo beber um pouco de água gelada. Abriu a geladeira com calma e pegou uma garrafa de vidro bebendo o líquido na boca da garrafa mesmo. Apesar de ser uma terra onde a tecnologia não era tão evoluída, todos em Earthland tinham o básico, que era a geladeira e fogão na cozinha, uma TV de 42 polegadas nos quartos e na sala, veículos movidos a magia e etc.

O Rosado subiu as escadas indo em direção ao seu quarto buscar uma muda de roupa simples da qual o mesmo gostava de usar. Aproveitou e tomou um banho gelado e saiu de la usando um colete preto com detalhes dourados, uma camisa branca, uma calça esportiva e um par de tênis preto e branco também esportivo.

O mesmo desceu as escadas indo em direção ao sofá e se sentou se espreguiçando. Natsu percebeu a presença de levy e Juvia finalmente naquela sala, com isso, ele sorriu e deu um suspiro pesado.

Natsu- bem É o seguinte... Eu serei curto e direto no que direi agora - o Rosado falou desfazendo o sorriso de antes causando um silêncio tenso e uma situação séria demais - amanhã eu irei para uma missão de treinamento mas... O tempo é indeterminado! - Natsu realmente foi direto como disse. Com essas duras palavras, todos naquela sala estavam com um misto de confusão e tristeza.

Juvia- eh? O Natsu-Sama vai viajar pra treinar?

Natsu- sim e não.

Levy- ... Então o que seria? - a pequena azulada mais esperta dali perguntou lhe encarando - você vai treinar, mas sim ou não irá viajar... O que isso significa?

Gray (pensamento)- hm... O que você está pensando Natsu? - o moreno parou sua jogatina com happy e encarou o azulado bastante triste com a decisão do Rosado.

Natsu- pessoal calma lá... Eu ainda nem Terminei de falar...

Erza- então fale! Você não disse que seria direto?

Natsu- Hai...

Mira- o Natsu realmente vai me abandonar... - a albina disse sendo coberta por uma aura depressiva.

Natsu- EI Mary Jane, calma lá! Eu nem Terminei de falar! - o Rosado falou fazendo um gesto de silencio, calando a albina que estava emburrada - eu vou sair em treinamento, mas não é permitido falar onde é o local e tals. Porém! Eu só posso levar comigo 4 pessoas escolhidas a dedo! - falou sorrindo. Com certeza teria alguma briga ali pois, naquela sala tinha seis pessoas que lhe encarava surpresos.

Happy- então... Você já decidiu quem vai contigo? Tipo, eu não ligo se eu não for, mas eu quero muito ir saca? - o Nekomata sorriu empolgado, sabia que Natsu iria escolher sem nem pensar duas vezes.

Natsu- Happy, foi mal ai. Eu escolhi pra ir comigo a Juvia, Erza, Levy e o gray, você vai ajudar a mira a proteger a guilda - o Rosado fora muito direto e sério, o que deixou o azulado bastante magoado e pasmo. Com isso, happy se sentou no sofá um pouco Entristecido - você já está forte o suficiente, eu não tenho mais o que te ensinar... A partir de agora depende de você! - o Rosado mentiu enquanto depositava uma grande responsabilidade no Neko azulado - afinal, com grandes poderes vem grandes responsabilidades! 

Happy- mesmo assim... Eu queria ter ido... Mas eu entendo os seus motivos e os respeito! - o Neko azulado sorriu.

Natsu- ok, agora todos podem ir trocar de roupa ou fazer o que quiserem, não me interessa muito saber da privacidade de vocês. Daqui Há 3 horas eu quero todos vocês na minha varanda.

Todos concordaram, mas tinham um pensamento só. seria uma mudança repentina de personalidade essa a do Natsu ou... O mesmo sempre foi assim!? Todos foram saindo um atrás do outro, porém o Rosado segurou no braço de Juvia sem que percebessem e a puxou.

Natsu- Juvia eu preciso falar contigo, agora! - o Rosado falou encarando a azulada que ficou surpresa e corada.

Juvia estava corada por que com um fraco puxão, ambos estavam com os corpos muito colados, a respiração dos dois estavam se chocando de tão perto que estavam.

Happy- hm... Hoje tem... - happy disse enquanto colocava a cabeça por cima das costas do sofá - será que vão fazer muito barulho hoje? Hehe…he?

O Rosado foi muito rápido para os olhos do Nekomata. Natsu estava atrás do happy segurando sua cabeça como se fosse uma bola de tenis. O mesmo começou a apertar a cabeça enquanto a carregava com uma mão em direção a porta.

Natsu- você já fala merda demais, precisa de um ar fresco - o Rosado falou se preparando para o arremesso e lançou o Neko kilómetros por hora. Apesar do Neko saber voar, ele decidiu continuar voando - então, onde estávamos?

Juvia- er... Eu acho que eu deveria ir embora...

Natsu- espere! Fique por favor! - o Rosado falou educadamente enquanto segurava suas delicadas mãos - eu preciso te dizer uma coisa...

Juvia já sabia o que natsu iria falar a seguir, afinal ela já esperava isso por tanto tempo... E agora estava se tornando realidade. Só de olhar para o seu amado ali na sua frente, ela percebeu que o seu calor aconchegante estava se espalhando pela sala.

Natsu- Juvia lockser. Eu... te amo! - natsu disse de olhos fechados e de rosto corado.

Ao dizer as palavras que a azulada tanto esperava, seu coração acelerou num ritmo descontrolado, sua respiração estava prestes a ficar do mesmo modo que o coração. Seus olhos insistiam em deixar as lagrimas grossas cair num ritmo frenético, sua mão estava sobre a boca de tão desacreditada que estava.

Natsu- juvia... Eu te amo desde o dia em que você finalmente chegou na guilda depois da luta da phantom contra a fairy tail! Desde aquela época eu deixei de te ver como uma irmã ou uma garotinha... E comecei a te enxergar como... Mulher! - suas palavras estavam saindo, finalmente, depois de tanto tempo. Ele sempre quis dizer tudo o que sentia a respeito da azulada - sua clara pele... Seus lindos olhos, suas belas curvas, sua boca... Tudo em você me atiça, causa uma aceleração descontrolada no meu coração!

Juvia- natsu... - a azulada estava desacreditada nas palavras do Rosado.

Natsu- quando eu ouço a sua voz eu me sinto estranhamente bem, quando eu te vejo me dá vontade de te abraçar e nunca mais soltar! - o Rosado estava desabafando finalmente com o amor de sua vida, algo que até mesmo ele achou impossível - e também... Algo dentro de mim vive gritando para te proteger, cuidar de você... Eu realmente não sei o que é isso... Mas eu com certeza fui sincero nas minhas palavras e... Eu não sei mais o que dizer... To sem graça agora...

Juvia- eu também...! - a azulada se pronunciou finalmente - eu também te amo Natsu! Eu sempre te amei desde aquele dia...! Você não sabe o quanto meu coração fica quando eu te olho, você també me causa sensações estranhas! - Juvia falou chorando enquanto abraçava natsu que correspondeu também chorando. Ambos estavam chorando de felicidade, os seus sentimentos eram reais e sinceros...!

Naquele dia, no mesmo dia e na mesma hora... Uma voz ecoou pelo subconsciente do Rosado, uma voz que nem mesmo o natsu pôde ouvir, pois estava tão feliz que não queria pensar em mais nada além da sua "namorada" Ao qual estava abraçada.

"- ho... Então ele finalmente tomou iniciativa... E foi mais rápido do que eu esperava... Mesmo assim, isso não muda nada pra mim - disse uma voz rouca e calma no meio daquele breu. O dono da voz estava sentado num trono de ouro cintilante que irradiava aquele local de puro breu - eu já disse antes e não vejo necessidade de falar Novamente mas... Eu sempre fui e serei absoluto, minha força esta retornando aos poucos e graças aos sentimentos fracos que esse idiota esta sentindo... Eu logo logo vou retornar e... VOU MATAR TODOS OS DEUSES. SEJAM ELES DA MITOLOGIA GREGA, NÓRDICA, XINTOÍSTA, JAPONÊSA, CHINESA... TODOS IRÃO MORRER! ESSA É A PUNIÇÃO POR NÃO TEREM SE CURVADO PERANTE A MIM E, TAMBÉM É ESSA A PUNIÇÃO POR ME TRAIREM! - a voz no subconsciente de repente ficou bastante grave e raivosa, esta voz era de ninguém menos que Akashi seijuuro ou como muitos conhecem... END."

Continua? 


Notas Finais


Eai o que acharam...?
Eu sei que curtiram então me digam nos comentarios se realmente gostaram!
E bem... Este é o fim do segundo arco!
O próximo eu espero que seja ótimo né... Ksksksksk
Até a próxima pessoal. Se cuidem bebam água e nunca se esqueçam... Vocês são absolutos, somente as suas ordens importam!

>>>>>> Atualização <<<<<<

https://www.spiritfanfiction.com/historia/the-rank-0-18320257


história nova porém esta sem cap.

Flws


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...