História (Natsu x lucy) eu te amo... - Capítulo 2


Escrita por:

Postado
Categorias Fairy Tail
Personagens Aquarius, Erza Scarlet, Gajeel Redfox, Gray Fullbuster, Happy, Jellal Fernandes, Laxus Dreyar, Levy McGarden, Lucy Heartfilia, Natsu Dragneel
Tags Colegial, Fairy Tail, Lucy, Natsulu, Romance, Terror, Yandere
Visualizações 120
Palavras 1.125
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 16 ANOS
Gêneros: Ação, Aventura, Bishoujo, Comédia, Drama (Tragédia), Ecchi, Esporte, Famí­lia, Fantasia, Festa, Ficção Adolescente, Harem, Literatura Feminina, Luta, Magia, Mistério, Poesias, Policial, Romance e Novela, Suspense, Terror e Horror, Violência, Yaoi (Gay)
Avisos: Adultério, Álcool, Linguagem Imprópria, Mutilação, Nudez, Spoilers, Suicídio, Tortura, Violência
Aviso legal
Alguns dos personagens encontrados nesta história e/ou universo não me pertencem, mas são de propriedade intelectual de seus respectivos autores. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos criada de fã e para fã sem comprometer a obra original.

Notas do Autor


Iai mores!! Desculpa se o cap tá curto ou pelos erros de escrita ta bem!!♥♥

Capítulo 2 - Lucy com problemas e natsu perde algo!!


Fanfic / Fanfiction (Natsu x lucy) eu te amo... - Capítulo 2 - Lucy com problemas e natsu perde algo!!

Lucy esse e o meu nome!!


*Lucy on*


Depois do atropelamento, entrei na escola e fui direto pra diretoria pra ver se tinha um quarto vago, e pra o meu azar não havia nenhum mas: havia um no andar de cima que era de uma cozinheira que foi viajar por um tempo e enquanto ela não chegasse, eu poderia usar o quarto. Subindo dois lances de escada, chego a uma porta velha de madeira e ao empurrada ela se abriu querendo dizer que qualquer um tem acesso a esse quarto, entrei e escorei a porta e olhando ao redor vejo uma cama de solteiro, um guarda-roupa, e outra porta que ao abri lá dou de cara com um banheiro. Como eu estava sem fome resolvo tomar um banho então pego a toalha um pijama qualquer e um sabonete, entro no banheiro e tiro as roupas encharcadas ligo o chuveiro e deixo a água fria cair no meu corpo que reagi se arrepiando graças ao frio que senti, mas do nada meus olhos começam a se encher de lágrimas que não poderiam ser contidas, e junto delas: memórias do meu passado, e de tudo que havia acontecido comigo durante esses últimos dias, no desespero caio de joelhos no chão, agradeçendo por não ter uma colega de quarto que queira se enxirir na minha vida, pois os únicos amigos que tive na vida foi meus livros e eu mesma e isso nunca iria mudar! ! 



"Pelo menos foi isso que eu achei"


*no outro dia*


Acordando um pouco tarde por ter chorado quase a noite toda, eu me arrumo rapidamente quade não me vestindo corretamente, pego minha bolsa qie estava cheia de livros por eu não saber o hórario, e corro rapidamente na esperança de não me atrasar no meu primeiro dia de aula coisa que foi cortada já que eu nunca estive em uma escola antes... pois sempre estudei em casa sozinha com os livros que minha tia que e professora deixou pra mim, então eu estava perdida não conheço ninguém e não tomei café da manhã. Mas meus pensamentos são cortados ao eu esbarrar em alguém


-ai!! Tome mas cuidado! -sei que eu era a louca correndo no corredor


-eu tomar cuidado? -ao olhar pra cara fo safado vendo uns poucos fios rosa em dua testa lembrei do atropelamento de ontem- quem você acha que é em loirinha??


Ele me dá um sorriso sacana e depois anda sem mas me dá atenção, coisa que fiz o mesmo pois tinha que encontrar minha sala, mas pra minha sorte ou conhecidencia encontro a coordenadora que me leva até minha sala, depois de agradecer entro na mesma me deparando com o idiota de cabelos róseos sentado em cima de uma banca rindo como uma hiena junto de outros caras que estavam ao seu redor, ele ao me perceber no começo da sala: fecha a cara, fazendo com que seus "amiguinhos" olhem pra mim, engolindo em seco vou até a última banca mas afastada lá no final da fila, coisa que pelo jeito chamou atenção de várias pessoas que devem ter pensado: "ela vai ficar la atrás?... não quer fazer amigos?!"   cochichos se acumularam bastante, pessoas olhavam pra mim com um sorriso sarcastico, outras jogavam papéis e bilhetinhos em mim e eu já pensei "mal comecei meu dia e já estou sofrendo bullying!" Coisa que só piorou quando bateu o sinal querendo dizer que já era hora do intervalo, e como todos estavam apressados sairam correndo deixando uma grande fumaça e bancas desorganizadas pra trás, mas ao me levantar e guarda meu caderno na bolsa me viro e vejo três garotas: uma ruiva sentada em cima da mesa do professor, uma morena escorada na porta e uma loura que estava alguns metros a minha frente


-hora...hora...-a loura andava até mim e ao chegar a minha frente começa a andar em círculos enquanto me olhava de cima abaixo- o que uma riquinha faz aqui??


enquanto ela falava suas amigas davam altas risadas:


-aposto que está se perguntando: " oque essas meninas querem comigo??"-ela continuava com um tom de deboche e tristeza ao mesmo tempo-pois bem Lucy... você já deve ter visto muitas vacas e animais na sua fazenda certo??


A olhei sabendo que a popularidade da fazenda do meu "pai" e muito grande pois passa em jornais e em revistas:


-sim!!... e eles são identicos a você!- seu sorriso debochado foi retirado da cara quando sua mão vei em direção ao meiu rosto fazendo um barulho graças a bofetada.


-me respeita garota! Acha que estou brincando??-seu tom ficava cada vez mas rude enquanto eu colocava a mão no lugar atingido- agora vamos as negociações...


Eu atinjo seu rosto com um soco, a fazendo calar a boca e cair no chão com a bochecha inchada e vermelha:


-fique sabendo que ninguém bate em mim!!- abro um sorriso bobo nos lábios demostrando um pouco de minha raiva-OU VOCÊ QUER TENTAR DE NOVO PRA VER O QUE ACONTECE??


suas amiguinhas se assustam pela minha reação então elas  saem da sala correndo enquanto a loura começa a chorar largada no chão.


X......................x....................X


*Lucy off*


*autora on*


Enquanto lucy se encontrava ocupada prestando contas com uma garota um garoto de cabelos róseos andava por toda a  escola olhando dentro de armários, debaixo de bancas e mesas gritando sempre a mesma coisa:


-HAPPY!!....HAPPY CADÊ VOCÊ?? EU TENHO SARDINH...


-oque você tem natsu??- a coordenadora aparesce do nada assustando o rosado-não me diga que trouxe de novo aquele animal pra escola? Sabe que e proibido?!


-não e que... E um  novo amigo imaginário meu...ISSO!! um amigo imaginário!!!


A coordenadora por si sae dali pra ter certeza se burrisse não e contagioso enquanto natsu voltava a procurar o seu "amigo imaginário" pela escola.


Mas como uma autora digna que sou nasci pra fazer o mal também! !


Enquanto isso*


Um gato azul está em uma árvore no andar de cima, avistando uma janela aberta de um banheiro e pulando dentro, andando até debaixo da cama de solteiro e em seguoda fechando os olhos pra tirar um longo cochilo.


*quebra de tempo*


Lucy andava no resto do intervalo pelo pátio até que para ao escutar algo dentro de uma lata de lixo, ela para assustada e começa a olhar a lata que parescia ter algo dentro, então ela pega uma vassoura que estava por ali jogada e começa a dar vassouradas naquele bixo que ao sair não tinha ficado nada contente com aquilo


-EI OQUE ACHA QUE EST...ahh...e a loirinha de antes - o rosado sai da lata de lixo parando em frente a loura-por que fez isso??


Lucy por sua vez só o olha um pouco abismada com aquilo então depois sai sem responder ao rosado qie não gostou da aritude da mesma.


-nossa!! Que mal educada!! Ae!! HAPPY CADÊ VOCÊ?? HAPPY!!


Seu olhar ainda segue a loira até ela sumir em meio ao pátio, e de novo o sinal tocar.


Continua...






Notas Finais


Iai oque acharam devo continuar??....


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...