História Nature Green and amethyst Crystals - Capítulo 20


Escrita por: e Crisztyan

Postado
Categorias Novos Titãs (Teen Titans)
Personagens Asa Noturna, Ciborgue, Estelar, Mutano, Personagens Originais, Ravena
Tags Novos Titãs, Romance, Violencia
Visualizações 32
Palavras 915
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Ação, Ecchi, Ficção Científica, Hentai, Luta, Magia, Misticismo, Romance e Novela, Sobrenatural, Suspense, Violência
Avisos: Heterossexualidade, Linguagem Imprópria, Sexo, Violência
Aviso legal
Alguns dos personagens encontrados nesta história e/ou universo não me pertencem, mas são de propriedade intelectual de seus respectivos autores. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos criada de fã e para fã sem comprometer a obra original.

Notas do Autor


Espero que gostem.
Boa leitura!

Capítulo 20 - Sorry Megan


As coisas estavam tensas na torre T, os titãs ainda estavam se recuperando, já fazia uma semana desde que Ravena, Asa Noturna  e Moça Maravilha tinham sumido. 

Garfield estava parecendo um maníaco, ficava 16 horas por dia no computador atrás de Ravena, e Estelar voou metade do planeta atrás de Dick. 

Superboy estava preocupado  com Cassie, pois ela era sua melhor amiga.

Já Megan e Cristyan estavam em uma situação delicada, Cristyan estava indo atrás de Megan para lhe pedir perdão, mas ela parecia se afastar sem dizer nada. 

Ele estava em pé na frente da porta de megan,ele podia ouvir as vibrações do corpo dentro dele.

- olha Megan, me perdoa por favor  - se humilhou, fechando os punhos por estar abrindo mão do orgulho - você sabe que não foi minha culpa, todos os humanos têm luxúria dentro de si, e ele só despertou a luxúria  que eu... - suspirou - queria ter com você, eu gosto de você verdinha  - sorriu - desde de criança sempre admirei os marcianos, a raça deles era minha favorita de toda a galáxia, e agora aqui estou eu - se ajoelhou - pedindo para que você voltasse  a falar comigo, sei que pode ter doído em você ser estuprada daquele jeito, e com certeza doeu, mas juro que eu vou fazer aquele demônio engolir a própria rola   - disse Cristyan fechando os punhos.

Ele suspirou e iria se levantar, pensando que não teria resposta.

Mas a porta de Megan se abre, e ele a encara, a garota de cabelos ruivos sorria e lágrimas desciam de seus olhos, ela estava com uma blusa que cobria todo seu corpo deixando livre apenas as pernas. 

- Megan, eu... - se levantou, mas quando fez isso a alienígena pulou em cima dele e o beijou. 

Ela ficou por cima de seu corpo,  e aqueles maravilhosos lábios verdes estavam colados nos de Cristyan, ele a agarrava pela cintura e desejava que aquele momento nunca acabasse.

Quando seus lábios se separaram devagar, um sorriso brincou no rosto de Megan.

- C-Cristyan - começou a falar  - eu me senti enojada, eu comecei com tudo aquilo - se lembrou de alguns detalhes - eu também tenho luxúria, e senti prazer quando você, bom... - corou furiosamente  - eu pensei que você queria brigar comigo, me humilhar e esculachar, e eu merecia por ter sido tão horrível e...

- Cale-se - disse firme trampando os lábios dela com o dedo indicador  - nunca ouvi tantas mentiras, se você é horrível então eu sou o pica-pau - brincou ele arrancando uma gargalhada fraca de Megan  - você é forte, linda, poderosa e com uma mente jovial, sem pecados ou pensamentos obscuros, você é tudo de bom Megan  - admitiu  - não confessei isso antes por medo de sofrer por amor novamente, mas desde da primeira vez que a vi - disse se levantando e agarrando pela cintura a fazendo ficar em seu colo com suas pernas passando pra cada lado de seu corpo  - eu me apaixonei - ele disse, e logo depois sua roupa foi manchada pelas lágrimas de emoção dela.

Cristyan a beijou de forma confortável, respeitando o limite de Megan, sem ir longe demais.

Uma de suas mãos segurava a cintura fina e definida dela, enquanto a outra apoiava em sua coxa cor esmeralda. 

Aqueles lábios verdes eram tão viciantes, agora ele sabia porque era um prazer para Ravena beijar Mutano, parece que todos os verdinhos são bonitos  e boas pessoas.

Ele estava beijando agora uma garota que podia dizer que sua mentalidade era de 6 anos, ela era tão fofa que as vezes deixava Cristyan sem jeito. 

Mas ela era absurdamente poderosa como mulher e tinha tantos  poderes que Cristyan já tinha perdido as contas. 

Quando se separaram, Cristyan começou.

- Foi como um esqueiro, você acendeu uma chama em meu coração, tentei apaga-la por medo de ser rejeitado pelo meu jeito egoísta, arrogante e sombrio. E também não queria me apaixonar de novo, mas não teve como - ele disse baixando o olhar  e encarando a coxa verde que sua mão estava apoiada.

- Cristyan  - ela levantou seu queixo com o dedo - foi isso que me fascinou, seu jeito orgulhoso e forte, como um guerreiro que não será detido por nada e lutaria até não poder mais - ela sorriu ao dizer  e deu um beijo demorado em sua bochecha saindo de seu colo, ele levantou  e ela continuou - vamos esquecer o que houve aqui, e ter relações verdadeiras no futuro, eu quero você  - ela corou ao dizer, e ele a abraçou pela cintura encostando seu nariz em seu pescoço, o cheiro natural dela era tão bom.

Quem visse tudo que aconteceu diria estar perturbado, quem diria que o guerreiro mais orgulhoso do time se humilhou tanto para ter Megan em seus braços, era uma coisa que nem mesmo ele fez para Helena.

Cristyan era tão duro quanto rocha, não por causa de seus poderes, e sim pela sua infância problemática. 

Seu desejo era sempre ficar mais forte, mas ele mesmo percebeu que um guerreiro não é nada sem uma companheira fiel.

E ele tinha escolhido a parceria certa,  e iria protege-la a todo custo. 

Quando virou Megan novamente e roçou seus lábios nos dela pronto para sentir novamente seu gosto, as luzes da torre piscaram vermelho dando alerta de uma invasão. 

Eles correram até o final do corredor onde tinha uma grande janela, e observaram vários demônios vermelhos subindo. 

- caramba...  - Cristyan disse se afastando e indo avisar Garfield. 






Notas Finais


Bom gente é isso. Espero que tenho gostado desse capitulo, foi possivel ver que o clima dele estava mais calmo, mas é como dissem: "A calmaria vem antes da tempestade".
Obs: É possivel ver que agora existe um revisor na historia... então talvez, quando acabar a fic, se lerem novamente, ela vai estar com uma escrita diferente. (~Crisztyan)


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...