História Neagle Life - Capítulo 11


Escrita por:

Postado
Categorias Neagle
Personagens Victor "Eagle" Trindade
Tags Arthur, Eagle, Filipe, Jade Picon, Neagle, Neox, Romance, Victor Trindade, Viros
Visualizações 163
Palavras 1.066
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Ação, Aventura, Comédia, Drama (Tragédia), Esporte, Famí­lia, Fantasia, Festa, Ficção Adolescente, Lírica, Literatura Feminina, Mistério, Romance e Novela, Suspense
Avisos: Álcool, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Nudez, Sexo, Spoilers
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Notas do Autor


Desculpem a demora! Sabem como é... Carnaval, família reunida e tudo mais... Acabei não tendo tempo pra escrever, mas finalmente consegui postar outro episódio.
Boa leitura meus amores, espero que gostem! <3

Capítulo 11 - Tags and challenges


Fanfic / Fanfiction Neagle Life - Capítulo 11 - Tags and challenges

- Adoro suas surpresas. — ele sorriu enquanto me olhava nos olhos, suas mãos seguravam minha cintura.

 

- Esse foi para descontrair, mas não se esqueça de nosso trato. — disse à ele, ainda quero que as coisas fluam lentamente.

- Fique tranquila, mas não passe vontade se quiser repetir essa surpresa... — ele riu.

- Seu bobo. — dei um tapinha em seu braço. — Boa noite. — mordi meu lábio.

- Boa noite, linda. — beijou minha bochecha.

Estou mil vezes melhor por saber que a situação está em meus controles. Antes de saber sobre a ex namorada dele eu me sentia em perigo, e agora a sensação de paz retornou.

Ela deve estar em outro país uma hora dessas, e isso me tranquiliza muito.

Entrei para dentro de casa e todas as meninas estavam reunidas na sala.

- Eai, como foi? — disse Júlia.

- Conta tudo! — implorou Vanessa.

- Tô triste por ser a única que não sabia que iam sair hoje. — disse Cristine fazendo bico.

- Desculpe Cris, foi de última hora. Massss... — sorri para elas. — Estou muito feliz de ter saído com ele.

- Te pediu em namoro? Aí meu Deus vou ter um infarto. — Júlia fez um drama e todas riram.

- Não! — me sentei no sofá. — Eu não consigo ficar sério e muito menos namorar alguém que mal conheço. Ele topou ir devagar com as coisas, eu diria que somos amigos coloridos.

- Entendi. — disseram em uníssono.

- Agora tenho uma pergunta pra vocês, topam gravar uma tag de conhecendo minhas amigas?

- Gravar à essa hora? — perguntou Cristine.

- Sim! Por favor... — implorei. — Dormimos a tarde toda e eu tive que sair com Eagle, então não deu tempo de gravar nada...

- Eu topo. — disse Vanessa.

- Eu também. — concordou Júlia.

- Tá bem, eu aceito. — cedeu Cristine.

Subimos para meu quarto e sentamos na cama. Me baseei em um vídeo de uma Youtuber que eu havia visto.

Eu fazia uma pergunta e quem acertasse ganharia um ponto, as meninas faziam a mesma coisa sucessivamente.

Quem tivesse mais pontos ficaria sem ajudar nas tarefas domésticas por duas semanas, e quem perdesse teria que cumprir um desafio escolhido pelas três.

[Câmera ligada]

- Fala galerinha, vocês pediram vídeos com as garotas e aqui estão elas... — abracei elas de lado. Todas disseram oi para câmera. — Essas são Cristine, Vanessa e Júlia. — apontei para cada uma. — e hoje vamos fazer uma tag de perguntas. — expliquei o que aconteceria basicamente e fiz minha primeira pergunta. — Como me conhecem à pouco tempo, vou fazer uma que vocês tenham como adivinhar. Qual a marca de roupa/tênis que eu mais gosto?

- Vans. — disse Cristine convicta. Fiz sinal de não com a cabeça.

- Approve... — dessa vez foi Vanessa. Discordei também.

- Adidas! — Júlia gritou.

- Caraca gente, olha minha blusa e meu tênis... Tava na cara. — falei pra elas, as meninas se sentiram tolas. — Ponto para Jú.

- Sou demais né galerinha... — disse ela. — Sua vez Cris.

- Um... Vejamos. — ela pensou por um instante. — Se eu tivesse que sobreviver de uma comida só, qual seria?

- Salada... — respondi meio insegura.

- É perto, mas é algo mais específico. — disse a mesma.

- Brócolis. — falou Vanessa.

- Isso aí garota. — Cristine respondeu.

- Nossa eu não fazia ideia nessa, você come uns troços diferentes... — falou Júlia.

- Minha vez! — falou Vanessa animada. — Das minhas coisas, o que é considerado preferido para mim?

- Maquiagem... — chutei. Ela discordou.

- Pulseiras! — falou Cristine. Vanessa discordou novamente. — Caramba, você adora seus ouros.

- Adoro, mas tem algo que eu gosto ainda mais, e gasto muito dinheiro com isso. — deu uma dica.

- Ah, então eu sei... Sapatos. — falou Júlia.

- Minha menina! — ela abraçou Júlia. — Galera, vocês não tem noção... Tenho 20 pares apenas de sapatilhas...

- Tá bom, tá bom. — disse Cris. — Sua vez Júlia.

- Qual o meu filme favorito? — disse Jú.

- Essa é fácil, 50 tons de cinza. — disse Cristine.

- Acertooou... Amo esse filme! — disse ela sorrindo e olhando pra mim. — Parece que alguém vai ter que fazer um desafio...

- Nãooo... — fingi cara de triste. — Tá... Escolham o desafio. — revirei os olhos. Sai do quarto pra elas escolherem e voltei quando elas me chamaram.

- Você vai invadir a casa do seu vizinho... O qual você sabe quem. — começou Vanessa.

- Vai entrar no quarto dele... — continuou Cristine.

- Vai deitar com ele na cama e filmar sua reação. — terminou Vanessa.

- Isso só pode ter sido ideia da Júlia. Meu Deus eu te mato. — morri de rir. — Então vamos lá... Desafio dado é desafio cumprido.

Saímos de casa e fomos até a janela da lateral que dava para a cozinha, tirei meus sapatos, e entrei pela mesma com a ajuda de um pézinho das meninas.

Subi as escadas em total silêncio. Avistei Neox no computador, o mesmo estava com fones e jogando algo enquanto ouvia música. Dava para ouvir de longe. Filmei ele.

Abri a primeira porta que vi na frente e era um banheiro, abri a outra e era o quarto de Eagle. Ele estava dormindo de coberta. Entrei no quarto e fechei a porta. O quarto estava claro, com luzes azuis, era muito bonito.

Ergui as cobertas e me deitei do seu lado, a cama estalou e ele se virou me abraçando enquanto dormia.

Vi que ele estava sem camisa, fui me ajeitar para deitar corretamente e o mesmo abriu os olhos.

- Tô sonhando? — perguntou pra mim. Soltei uma gargalhada.

- Não, você tá no meu vídeo... — respondi. Ele colocou o rosto no travesseiro e murmurou alguma coisa.

- To com a maior cara de sono, e você surge aqui do nada... Como entrou aqui? — perguntou.

- Pensei que levaria um susto... Invadi sua casa. — ele riu.

- Tinha que ser você... Sempre surpreendendo. — falou.

- Então é isso galera, esse é meu vizinho Eagle. — filmei seu rosto. — Somos amigos e deve ser o motivo dele não ter levado um susto. Vou colocar as redes sociais de todos que participaram do vídeo para vocês seguirem eles. Um beijo da Laís! Curtam e compartilhem com seus amigos! Fuuuui...

[Câmera desligada]

- O que foi isso? — disse ele rindo.

- Vamos lá fora que as meninas explicam tudo para você. — disse me levantando e esperando ele levantar. Ele fez uma expressão confusa.

- Tá né... — ele se levantou e quando eu olhei para ele, ele estava...


Notas Finais


O que será que aconteceu?
Esse será o questionamento do capítulo... Comentem o que acham que aconteceu.
Estão gostando da fic? Se estiverem gostaria que comentassem suas opiniões e o que desejam na fic!
Um beijo amores <3


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...