História Near to you- Shawn Mendes - Capítulo 17


Escrita por:

Postado
Categorias Aaron Carpenter, Cameron Dallas, Camila Cabello, Hayes Grier, Jack & Jack, Mahogany LOX, Matthew Espinosa, Nash Grier, Shawn Mendes
Personagens Aaron Carpenter, Cameron Dallas, Camila Cabello, Hayes Grier, Jack Gilinsky, Jack Johnson, Mahogany LOX, Matthew Espinosa, Nash Grier, Personagens Originais, Shawn Mendes
Tags Ficção, Romance
Visualizações 145
Palavras 466
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Bishoujo, Comédia, Crossover, Drama (Tragédia), Famí­lia, Ficção Adolescente, Hentai, LGBT, Musical (Songfic), Romance e Novela, Shoujo (Romântico), Violência, Yuri (Lésbica)
Avisos: Heterossexualidade, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Nudez, Sexo, Violência
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Notas do Autor


...... Sabe as pessoas cuidam da nossa vida como se fossem médicos. Mal sabem elas que tenho pavor de médico. Não me importo com o que dizem, não é pq saí com saía que peço para ser estuprada. Só quero que saibam, que todos somos humanos e erramos. Última coisa

Não relem no José; -)

Capítulo 17 - 17


Aqueles olhos me olhando, perfurava minha alma.

O vejo vindo até mim em apenas cinco segundos. Suas mãos grandes seguraram meus ombros me olhando sem parar.

-Porque?- perguntou baixo com voz embargada.

Eu queria falar, queria dizer que estaria ao seu lado. Queria o abraçar e sentir seu cheiro amadeirado.

-Você não me ama?- perguntou mais próximo.

Eu não conseguia falar, minha garganta estava no botão de mudo.

-Me responde, você cansou de mim?- perguntou novamente.

Seus belos olhos estavam embargados de lágrimas. Isso me doía. Só pude o abraçar, abraçar com força. Ele chorava igual bebê em meu ombro. Suas mãos apertavam minha cintura para seu corpo.

-Não saia com ele, fica comigo. Eu prometo largar ela, eu deixo ela e fico com você- disse em meu ouvido.

-Se for pra te ver sorrir, eu não saio com ele- sussurrei de volta.

-Me promete? Promete que não vai me deixar?- perguntou saindo de meu ombro.

-Shawn...-suspirei- eu prometo- vi seu sorriso.

Shawn se aproximou de meu rosto segurando o mesmo com duas mãos. Seus olhos revizavam entre meus olhos e meus lábios.

-Posso?- perguntou bem próximo a mim.

Só consegui assentir que sim. Seus lábios colam aos meus, em um beijo calmo e doce. Segurei seu ante braço, ficando um pouco na ponta do pé. Sua língua pediu passagem, e cedi na hora. Era novo aquilo, igual no dia da piscina.

Seus olhos estavam entre abertos, me olhando. Aquilo fez meu corpo inteiro arrepiar. Seria essa sensação de borboletas no estômago?

Shawn foi quebrando nosso beijo com leve selinhos e no fim mordeu meu lábio.

Sua respiração estava ofegante assim como a minha. Sentia saudades de seus lábios.

-Se te beijar fosse uma droga, acho que eu morreria de overdose- disse sorrindo.

-Acho que estou feliz de ouvir isso- sorri junto a ele.

Seria cliché, mais eu amo estar ao lado dele, amo sentir o carinho dele e seu calor.

-Tô atrasado, tenho aula de música. Te vejo no intervalo- me deu um último Beijo.

Eu segui toda boba pra sala, boba por ele.

                      .....

As aulas passaram rápido, quando já vi era hora do intervalo.

Cameron, Lox e Nash foram pegar seus lanches. Enquanto eu, Taylor, Hayes ficamos na mesa falando de algo aleatório.

-S/N, porque o irmão da Pratice foi falar com você?- Nash perguntou se sentando na mesa.

-Ele foi pedir uma ajuda, não achava a sala do diretor- menti.

-Aham- Cameron apareceu ao lado de Lox.

Comemos e brincamos. Sentia um olhar em mim, então procurei na cantina inteira vendo a asiática me encarando. Cujo nome é Pratice.

Disfarço e volto a comer.

                       ....

Já na penúltima aula, era educação física. Aquele short era muito curto. Dava pra ver até o útero se duvidar.

Meio raceosa vou até a quadra recebendo olhares desagradáveis. Metade era meninos.

Depois da aula, fui ao vestiário, retirei aquela blusa de meu corpo tomando uma ducha.

-Que bonito, S/N- sinto braços fortes entrelaçarem minha cintura.

-....


Notas Finais


Que tal um hot?
Hot românico comentem 1
Hot pesado comentem 2

Valeu e desculpem a demora♡


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...