1. Spirit Fanfics >
  2. NeaReal - Quase Real >
  3. A voz do silêncio

História NeaReal - Quase Real - Capítulo 2


Escrita por:


Capítulo 2 - A voz do silêncio


Fanfic / Fanfiction NeaReal - Quase Real - Capítulo 2 - A voz do silêncio

- Rápido, temos que ver se ficamos na mesma sala! - Falou Jimin ao se virar e perceber que ele e Jungkook haviam se separado.

Kook colocou os fones de ouvido. Andou lentamente assim como a música que ouvia "Nocturne op.9 No.2", seguindo seu ritmo enquanto observava com descaso seus passos. Teve certeza no seu subconsiente da imprecisão da direção que andava, apesar de não ser aquele pensamento que estava presente em sua mente. Contudo, naquele momento, estava tão imerso nas vibrações que atingiam seu tímpano, que não percebeu: estava indo na direção oposta a de Jimin.

Andou até a música terminar, naquele mesmo momento em que a última nota tocou, esbarrou em outro aluno. Mesmo não tendo velocidade seu corpo estava pesado e sem equilíbrio, acabou caindo, mas de uma forma tênue que não chamou atenção dos outros alunos, apenas daquele em que havia se esbarrado, que ficou surpreso com o acontecido. Os fones de Jungkook caíram e logo seus ouvidos foram preenchidos com os ruídos diversos que habitavam aquele corredor. O outro aluno então se agachou, lentamente se aproximou de Jungkook e pegou os fones que estavam no chão, encaixou no seu ouvido esquerdo e soltou pequeno riso seguido de um sorriso descontraído.

- É um gosto peculiar para alguém da sua idade, porém não incomum. - Pegou gentilmente uma das mãos de Kook e devolveu os fones.

Jungkook entendeu a situação e ficou sem reação. Não sabia o que responder, o outro aluno percebeu que Kook ainda estava nas nuvens então estendeu sua mão para ajudá-lo a levantar. Kook a segurou, àquela mão longa, pálida e gélida, uma bela mão, ao contrário das suas que eram normais e quentes. Aquela mesma mão que o ajudou a levantar o puxou novamente à realidade cinzenta, mas era diferente, aquele encontro onde o simples toque de suas mãos, que havia possibilitado uma troca de calor corporal se cessou em poucos segundos, mas havia durado tempo suficiente.

- Desculpa... e obrigado - Disse Kook, colocou os fones e seguiu o seu caminho que desconhecia.

- Você tem certeza que vai por ai? - Disse o outro aluno. Kook queria fingir não ouvir e simplesmente ignorar, mas de alguma forma seu corpo não obedeceu. Olhou para trás e acenou com a cabeça que sim, uma mentira pois não tinha certeza de quase nada naquele instante, somente que deveria encontrar Jimin.

- Eu também! - O outro aluno exclamou andando apressadamente em direção a Kook, que o encarou com uma expressão indefinida, invadido pelo pensamento que ecoou em sua mente " eu nem o conheço ".

- Prazer, meu nome é Kim Taehyung, qual o seu?

Não hesitou em responder:

- Jeon Jungkook... me desculpe novamente - Aumentou o som no seu celular e apressou seu passo, a razão finalmente voltou a tomar conta de seu corpo e seguiu em frente sem olhar para trás. Virou alguns corredores e logo avistou Jimin, que estava acenando de longe com o rosto um pouco abatido.

- Cookiee.. ficamos em salas diferentes - Disse Jimin com uma voz triste. Jungkook então segurou o ombro de Jimin e disse:

- Seja forte - Em um tom de sarcasmo porém com um fundo de verdade.

- Ya, nós acabamos de nos reencontrar, e nem ficamos na mesma sala... o universo é tão injusto... vamos vou lhe mostrar a sua sala. - Observou Kook e notou que suas roupas estavam um pouco amassadas, pelo menos diferentes de mais cedo, então brincou:

- O garoto nem chegou direito e já foi se aventurar por ai, pelo menos dê o trabalho de se arruma depois de fazer alguma coisa suspeita - Soltou uma leve risada, Jungkook ficou vermelho mas percebeu que eram provocações então retrucou:

- Yaa, pelo menos minhas roupas ainda estão no lugar, diferente daquela vez no 6° ano que você vestiu suas roupas ao contrário e passou a aula inteira sem perceber - Disse Kook rindo.

- EU ESTAVA COM SONO ok? - Tentou se defender mas Jimin percebeu que estava apenas alimentando a fera - Aqui é a sua sala e aquela é a minha... boa sorte... não morda a canela de ninguém.

- Ya...- Jungkook ia responder porém Jimin já havia sumido. Entrou na sala e haviam poucos alunos, uns 7 talvez. Viu uma mesa no fundo livre, seguiu em sua direção e sentou. Virou para pegar seu livro e foi surpreendido:

- Olá, meu nome é Lalisa, qual o seu? - Kook se assustou e retornou a posição normal, a aluna sentava em sua frente e o encarava estendendo a mão, ele segurou a sua mão e ela então a balançou - Prazer mas ainda não me disse seu nom... Jung Kook ? - Ele não entendeu e respondeu hesitante:

- Sim... esse é meu nome... como você sabe?

- Está escrito na sua roupa bobo - Riu suavemente - Vamos nos dar bem! - Ele assentiu, sentindo o espírito alegre e vivo de Lalisa.

Começaram a entrar mais alunos na sala. Kook notou que dentre eles havia um rosto familiar e se assustou ao ver que aquele mesmo rosto o encarava. Era Taehyung, que se direcionou à Kook e logo seu sistema nervoso reagiu. O coração de Jungkook acelerava e parava constantemente e sem qualquer padrão, seu corpo esfriou mas estava quente, sentiu-se ansioso e não entendeu o por que, mas no último momento, quando ficou tão próximo, naquele mesmo último compasso da música que ecoava novamente na mente de Kook, ele virou-se e sentou na última cadeira da fileira ao lado

- O que você está fazendo aqui? - Disse Kook surpreso e assustado. Taehyung que estava retirando seu material olhou nos olhos de Kook e respondeu:

- O que você imagina que eu possa estar fazendo? - Disse ele sorrindo de lado discretamente e abaixou a sua cabeça.

- Vocês se conhecem? - Cochicou Lalisa para Kook.

-Mais ou menos... - Respondeu pensando no tamanho daquela coincidência e percebeu que não havia com o que se preocupar, afinal era normal, estavam numa escola e apenas estudavam no mesmo ano e sala.

A aula começou, Taehyung levantou a cabeça e seu cabelo estava assanhado. Kook percebeu mas ignorou, não era como se fossem próximos o suficiente para avisá-lo. Continuou prestando atenção na aula, mentindo para si mesmo acreditando na insistência de Taehyung e seus fios assanhados.

[...]

Era o intervalo. Taehyung baixou sua cabeça novamente, enquanto Kook se levantava e ia em direção a porta, onde de repente Jimin apareceu:

- E ai... como foi o primeiro dia de aula do meu bebê? - Indagou Jimin com uma voz sexy preenchida com humor.

- Nada fora do normal - Respondeu Kook com uma voz cansada - Vamos comer, estou morrendo de fome.

- Comece por mim - Proferiu Jimin, ao ouvir isso Taehyung se levantou e observou os dois, surpreso com aquela resposta.

- Yaa, eu só como carne de qualidade.

- Assim você fere meu orgulho! - Exclamou Jimin rindo.

- Também estou com muita fome, vamos? - Taehyung entra na conversa em um tom confiante.

- E quem é você? - Perguntou Jimin.

- Amigo do Jungkook - Respondeu olhando fixamente nos olhos de Kook.

- Desde quando? - Perguntou Jimin - Nossa, você não é mais aquele garoto tímido ein Cookie...

- Ahn... bem... - Sem saber como responder, pois eles apenas haviam trocado algumas palavras e já eram amigos?

- Nos esbarramos por ai, e agora sentamos ao lado um do outro - Respondeu Taehyung - E então Cookie...que tal eu lhe mostrar uma carne de qualidade?- Pronunciou essas palavras em uma voz natural e viciante.

Kook não soube o que responder aquele tipo de pergunta. Sua garganta ficou seca, engoliu saliva e ficou encarando Taehyung, esperando algo acontecer. O silêncio era o único que falava.


Notas Finais


Se lembre do trecho da "carne", terá uma referência mais à frente.


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...