História Neighbor - Capítulo 1


Escrita por: ~

Postado
Categorias Bangtan Boys (BTS), Black Pink, Got7
Personagens BamBam, Jackson, Jennie, J-hope, Jimin, Jin, Jisoo, Jungkook, Lisa, Mark, Personagens Originais, Rap Monster, Rosé, Suga, V, Yugyeom
Tags Ação, Escola, Jikook, Romance
Visualizações 15
Palavras 1.340
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Ação, Aventura, Comédia, Crossover, Festa, Ficção Adolescente, Luta, Romance e Novela, Suspense, Violência, Yaoi (Gay), Yuri (Lésbica)
Avisos: Adultério, Álcool, Bissexualidade, Drogas, Heterossexualidade, Homossexualidade, Incesto, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Mutilação, Sadomasoquismo, Tortura, Violência
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Notas do Autor


Voltei❤❤❤, morri 😇

Capítulo 1 - Mudança


Com o rosto sereno, de bom sono, respiração suave, seus olhos levemente  fechados; era assim que Park Jimin durmia no carro eles estavam indo para a casa nova, mesmo na frente das suas quatro irmãs caçulas: Lisa, Jennie, Rosé e Jisoo; que passavam a viagem inteira cantando e tagarelando no banco de trás, a paz reinava sobre o corpo sonolento ruivo.
   - I don't want boy, i need man - as quatro estavam cantando as músicas que compunham.
   - Nem pensem nisso - interferiu o senhor Park fazendo as garotas começarem a rir - Vocês são as minhas bebês - fez biquinho.
   - Já estamos bem crescidas - falou Jennie fazendo o pai bufar.
   - Qualquer coisa, qualquer lugar, só se for com o Jimin junto - fez as filhas resmungarem.
     - ANÃO - negaram em uníssono.
     - Jimin vive na nossa cola - falou Lisa.
     - ANÃO É MENOR QUE EU - gritou Jimin que tinha acabado de acordar assustando todo mundo.
     - Vai pro teu canto - falou Rosé dando um leve empurrão no ombro do ruivo, que logo voltou a dormir.
   - Quanto tempo mais vai demorar para chegarmos? - perguntou Lisa entediada.
  O pai abriu um sorriso de orelha em orelha - chegamos - falou animado.
   No susto Jimin acordou - chegamos? - perguntou sonolento.
     - eieiei eieiei - Chamou Jennie - olha aquele gatinho - apontou para um garoto alto que usava uma blusa branca e uma calça jeans rasgada no joelho - olha que fofinho ele regando as flores.
      - aaaaah - se derreteram.
   - Ele vai ser nosso vizinho - falou Jisoo animada.
      - Quem pegar primeiro fica - falou Rosé.
   Jennie abaixou o vidro e então as quatro começaram a acenar, o rapaz acenou de volta fazendo todas novamente se derreterem.
   Ao estacionar o carro na garagem todos desceram, e então rapidamente as meninas foram na casa ao lado onde morava o tão bonito rapaz.
      - Jimin - falou o pai furioso - Vai lá - o ruivo apenas concordou e seguiu as irmãs.
      - Oiiiiii - as quatro falaram em uníssono.
      - Olá - deu seu sorriso de coelho.
   - São os novos moradores? - perguntou vendo as meninas confirmarem com a cabeça.
     - Da pra agilizar o papo - perguntou Jimin entediado, vendo o olhar negro das suas irmãs recaírem sobre ele.
   - Ah me desculpe - se curvou - Vocês querem vir à uma festa que irei dar na minha casa? - viu Jimin revirar os olhos - Você também pode ir.
   - Vou por obrigação - falou o ruivo friamente.
  - OK - estou ansioso pela sua vinda você - Corrigiu - pela vinda de vocês.
     - Tanto faz - desviou os olhos - Vamos logo puxou as meninas.
   As quatro foram bufando até chegar em casa.
     - Pai - Rosé chamou o senhor que estava na sala, sentado no sofá - o Jimin estragou tudo - Viu o pai fazer um sinal de positivo com a mão - aff - subiu a passos pesados sendo acompanhada pelas irmãs.
    - Foi uma boa idéia comprar uma casa mobiliada - se sentou ao lado do pai.
     - AÍ MEU DEUS - Gritaram as meninas de um quarto no andar de cima, fazendo o pai e o irmão subirem desesperados.
     - O QUE FOI MENINAS?! - Perguntou o pai arfando desesperadamente pela velocidade que teve que subir.
     - ESSE QUARTO ESTÁ COM A SACADA LITERALMENTE ENCOSTADA NA DA DO QUARTO DO VIZINho gato - Lisa diminuiu o tom devido a perda de fôlego.
     - Jimin - o pai chamou o menor - esse quarto é seu - falou normalmente.
     - NÃO - Negaram.
     - Se reclamarem vão dormir no porão - viu as filhas saírem bufando.
     - Por que? - perguntou confuso.
     - Não quero um garoto paquerando minhas filhas no meio da noite - falou serio.
    - E se ele me paquerar? - perguntou Jimin inocentemente.
   - Não vou - falou o vizinho que até então escutava a conversa praticamente do lado de tão coladas que são as sacadas.
     - intrometido - falou o pai com desgosto.
     - Boa tarde também - falou o castanho.
     - Não te mete - apontou para o rapaz - Qual teu nome?
      - Jeon Jungkook - respondeu o maior.
    - Jeon Jungkook...Jeon Jungkook. Tá vendo Jimin? Já dá pra ti casar - viu jungkook rir.
   - Eu? Por que não o quarteto atirado? - viu o pai arquear uma sobrancelha.
  - Não vou deixar ele tirar a inocência das minhas filhas - Cruzou os braços.

- E a minha inocência? - perguntou vendo o pai rir.
     - Que inocência? - Riu - essa daí você já perdeu quando nasceu - Viu Jungkook rir e Jimin fazer biquinho - lembra - apontou para Jungkook - longe das minhas filhas.
      - Bem...Hoje tem uma festa na minha casa e eu convidei elas - viu o Sr. Park fazer uma cara de ofendido.
     - Jimin...- foi interrompido.
     - Ele vai - sorriu Jungkook
     - Por obrigação - completou Jimin.
     - Não se preocupe, eu irei proteger o Jimin - viu o pai sorrir.
   - É mais fácil eu te proteger - Jimin disse fazendo o pai cair na risada junto com o Kookie - O que foi? - perguntou inocentemente.
     - Do jeito baixinho que você é, até um anão de jardim ia querer comprar briga - o pai riu hienamente.
     - Mas um anão de jardim não é saradão igual eu - levantou sua blusa surpreendendo Jungkook e seu pai - olhem cada gominho - falou orgulhoso.
     - Caraca, tô duro - brincou jungkook fazendo Jimin corar.
      - e...É... tá bom né? Se não vocês vai ficar cegos de tanta beleza - falou abaixando a camisa.
     - Olha o meu - sorriu de um jeito infantil levantando a blusa, era quase do mesmo nível do Jimin.
      - garotos que isso? Querem me matar? Não sou mais tão jovem para aguentar tanta beleza - tampou os olhos - Tchau - saiu.
     Se perceber, Jimin acabou colocando sua mão no abdômen do castanho, o alisando.
    - Ji..Jimin - corou - o que você está fazendo? - tirou o ruivo de seus pensamentos indecentes.
    - m...me desculpe - gaguejou pela vergonha.
     - Bem... eu já vou entrando, preciso arrumar a casa - abaixou a camisa - Tchau.
    - Tchau - se despediu vendo o castanho entrar e trancar a sacada, em passos lentos, o ruivo saiu da sacada e então esbarrou em alguém - M...meninas o...oque estão fazendo aqui?
     - SAFADO - gritou Rosé - ERA POR ISSO QUE QUERIA FICAR AQUI - Falou chocada
     - EU NÃO, FOI O PAPAI - tentou - e sobre aquilo, minha mão escapou - mentiu.
     - Uhum, sei - mudou de assunto - se arruma, a festa do Kookie vai começar daqui a pouco - avisou Lisa.
     - Como você sabe? Ele não nos falou - arqueou a sombracelha esquerda
     - Ele nos deu o número dele - levantou o celular mostrando o contato, por "precaução" pelo menos é isso que ele dizia na mente dele, Jimin memorizou o número.
   - Quando? - Viu a irmã dar um sorriso safadinho.                                                                       -  Não sei - deu de ombros e riu junto com as irmãs - Tchau - saiu do quarto.

   Jimin fechou as cortinas, então foi em direção ao seu guarda-roupa e pegou uma camisa preta e uma calça jeans rasgada bem apertada e usou um tênis todo preto, começou a se vestir colocou a calça, quando ia vestir a camisa, ouviu a porta da sacada ser aberta.
   - CARAMBA É UM LADRÃO, CADÊ O MEU BASTÃO CHEIO DE PREGOS - pensou.
   Jimin sentiu se sendo empurrado com força contra a parede, e então algo tocar seus lábios, era quente e melado, foi aí que a ficha caiu.
   - Eu não me segurei - falou o estranho homem ao se separar do Beijo, era ele Jeon Jungkook, Jimin reconheceu a voz na hora
   - SAFADO - Sentiu algo lhe cutucar - não brinca



Continua...






   




    


Notas Finais


Espero que tenham gostado❤❤❤


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...