1. Spirit Fanfics >
  2. Neighbor Crush >
  3. Playground Party - Part 1.

História Neighbor Crush - Capítulo 3


Escrita por:


Notas do Autor


Oi rsrs
Voltei!
Gente, me perdoem pela demora, andei muito ocupada com a faculdade e agora que estou de férias vou tentar escrever com mais frequência. Mas só tentar, não prometo nada.
Enfim, leiam aí! <3

Capítulo 3 - Playground Party - Part 1.


Tiffany:

 

                Mandei mensagem para Yuri e para Jessica, mas não obtive respostas, o que acabei por concluir que: as duas estavam obviamente transando. O que era esquisito, porque Jessica me disse muitas vezes que não gostava muito de transar com Yuri, por ela ser “sensível” demais nestes momentos e que gostava mais de fazer comigo por ser mais...acho que já deu pra entender, não é?

                Por volta das 16h, minha mãe pediu para que eu fosse no mercado comprar algumas coisas pro jantar, assim que pus meus pés para fora do meu bloco, pude ver Yuri chegando com o paletó do uniforme em volta do pescoço, cruzei meus braços, esperei que a mesma se aproximasse e ela iria passar reto por mim, até que eu puxei o paletó que cobria seu pescoço.

 

- Tá escondendo o que? – brinquei e afastei o cabelo dela. Yuri odiava quando marcavam ela em lugares muito aparentes.

 

- Tiffany, não to pra brincadeira, me devolve isso. – ela disse um pouco irritada.

 

- Ei, calma aí. Quem te marcou assim foi a Jessica e não eu. – devolvi o paletó.

 

- Que seja... – rolou os olhos.

 

- Que transa foi essa que em vez de você voltar tranquila, voltou foi puta? – continuei brincando, ela apenas olhou seriamente pra mim e eu levantei meus braços em rendição. – Ok, vou seguir meu rumo e não vou mais cutucar a onça com vara curta.

 

- Isso é o melhor que você faz. – dito isso ela seguiu o caminho dela para sua casa.

 

                Quando estava me aproximando da portaria, vi Taeyeon beijando seu namoradinho e se despedindo dele. Alguns segundos depois ela virou pra mim e sorriu largo, acenando, logo se aproximando.

 

- Parece que vocês se resolveram mesmo, né? – comentei rindo soprado.

 

- É... – ela riu toda boba.

 

- Bem, preciso ir no mercado... – comentei já andando.

 

- Posso ir com você? Preciso comprar algumas coisas também.

 

- Ah... – sorri. – Pode sim... – dito isso saímos.

 

Nesse momento, recebi uma mensagem de SooYoung, a mesma dizia: “Vamos pro playground hoje, às 20h, vamos beber um pouco com a galera”. Antes de confirmar minha presença, lembrei que Taeyeon iria pra minha casa por volta desse horário, então olhei pra ela e logo ela retribuiu o olhar.

 

- Alguns amigos meus vão se reunir no playground, tá afim de ir comigo? Mas se você não quiser podemos ficar na minha casa mesmo. – soltei.

 

- Hm... – falou pensativa. – Não é uma má ideia. Podemos ir!

 

- Sério? – perguntei animada, ela apenas assentiu sorrindo. – Vou confirmar aqui com a galera.

 

- Provavelmente vou ficar um pouco deslocada, mas preciso conhecer mais algumas pessoas daqui. – ela comentou soltando uma risada anasalada.

 

- Fica tranquila, a galera é muito de boa. Tenho certeza que você vai se enturmar fácil. – a tranquilizei.

 

                Ao chegarmos no mercado, pegamos uma cesta cada e fomos aos poucos pegando os produtos qual precisávamos. Percebi que Taeyeon sempre que pegava um produto, ela lia o rótulo atrás do mesmo e fazia uma carinha muito fofa, totalmente concentrada no que lia, fazendo um biquinho e franzindo levemente o cenho. Acabei por soltar uma risada que chamou sua atenção.

 

- O que foi? – ela perguntou já dando uma risada, por perceber que se tratava dela.

 

- Você sempre lê o rótulo das coisas antes de decidir comprar? – perguntei.

 

- Ah, sim! Meus pais têm esse costume, porque meu irmão e eu tínhamos muitas alergias quando bebês, acabei pegando mania de ler os rótulos também. É um pouco esquisito, né? – coçou a nuca, voltou a andar, pegou um outro produto e colocou dentro de sua cesta sem olhar o rótulo.

 

- Não! Não queria te constranger, pode ler os rótulos com tranquilidade, eu só achei fofo. – ri e percebi que ela ficou ainda mais constrangida.

 

                Terminamos de pegar o que precisávamos, fomos até o caixa, pagamos o que devíamos pelas nossas compras e deixamos o mercado. Taeyeon era muito no mundo da lua, vez ou outra ela se perdia nos próprios pensamentos enquanto olhava pros lugares, parecia muito uma criancinha visitando um lugar diferente, que olha pra todos os lados e em todos eles pareciam ter algo super interessante. Estava praticamente hipnotizada observando, discretamente, a pureza no rosto de Taeyeon, quando meu celular vibrou em meu bolso, me dando um breve susto.

 

De: Jes(nake)sie

Você viu a Yuri? Ela falou com você?

 

- Eu sabia que elas tinham brigado... – acabei falando em voz alta, já abrindo a caixa de resposta.

 

- Quem? – Taeyeon perguntou.

 

- Yuri e Jessica... – suspirei já digitando. – Yuri tava meio braba pro meu lado hoje.

 

- Hmmm... – assentiu. – Não é da minha conta, então não vou perguntar o motivo. – ela deu de ombros e eu acabei rindo.

 

Para: Jes(nake)sie

Sim e não.
Quer dizer, ela falou quando chegou, mas foi meio grossa. Então não estiquei conversa.
Vcs brigaram de novo? Qual foi dessa vez?

 

De: Jes(nake)sie

Sim, brigamos. Foi um mal-entendido, me resolvo com ela depois.

 

Para: Jes(nake)sie

Jessica, vc sabe que ela odeia que deixem chupões em lugares visíveis. Pq vc fez isso? Os pais dela são pessoas complicadas.

 

De: Jes(nake)sie

Ai, aconteceu. Na hora ela não reclamou.
Enfim...nos falamos depois, vou continuar tentando falar com ela. Caso contrário, hoje à noite me resolvo pessoalmente com ela.
Você vai pro rolê no playground, né?

 

Para: Jes(nake)sie

Então tá, né?!
Lógico que vou, nos vemos mais tarde.

 

                Taeyeon e eu subimos até o nosso andar e nos despedimos ao chegarmos de frente às nossas portas, gritei um “MÃEEEEEEEE, CHEGUEI!” bem...sutil(?) e deixei as coisas sobre a mesa de jantar. Fui para o meu quarto, liguei meu notebook, coloquei algumas músicas no Spotify e deitei em minha cama, colocando os braços abaixo de minha cabeça e fechando os olhos, ficaria por ali até dar a hora de me arrumar pro pequeno rolê do playground.

 

Jessica:

 

- Você é uma imbecil! Por que você tem que ser assim? Meus parabéns, Jessica! – falei ao olhar meu reflexo no espelho. - Vamos, pense em algo. – falei andando de um lado para o outro. Até que finalmente me veio uma ideia. – KRYS! – corri até o nosso quarto.

 

- Que é? – ela respondeu com cara de poucos amigos.

 

- Preciso do seu celular. – informei. – É urgente.

 

- Vai ligar pra Yuri? Ouvi os gritos de vocês duas daqui e não eram gemidos. – perguntou e eu assenti. – Você é inacreditável... – ela riu. – Eu nem precisei fazer nada pra estragar a tua foda, porque tu é capaz de fazer isso sozinha.

 

- Jung SooJung, não pedi pra você opinar, você só precisa me entregar seu celular. – respirei fundo. Odeio quando ela tinha razão. Poxa, ela só tem 13 anos!

 

- Pega! – bufou me estendendo o celular que vibrava sem parar.

 

- A Amber, tá meio desesperada aqui. Tá passando das 50 mensagens... – segurei o riso.

 

- Isso não é da tua conta. – Krystal me fuzilou com os olhos. – Faz o que você tem que fazer e me deixa quieta.

 

- Tá, né? – dei de ombros e fui até a escada, me sentando no primeiro degrau da mesma. Digitei o número de Yuri e iniciei a chamada, roí as unhas enquanto esperava. Ela não tem o número da Krys, então provavelmente ela vai atender, pensei. Dito e feito!

 

- Alô? – ela falou.

 

- Yuri, precisamos conversar. – falei rapidamente. – Olha, me desculpa!

 

- Ah não, Jessica! – falou impaciente. – Eu vou desligar, boa tarde pra você.

 

 - Yuri, é sério! Não foi por querer! Deixa eu me explicar, por favor! – falei exasperada.

 

- Jessica, é o seguinte: eu não ligo. Eu não me importo, de verdade. Era o que você queria ouvir? Se sim, ótimo. Vou desligar agora. – ela disse extremamente brava.

 

- Você complica tudo! – falei nervosa.

 

- Eu não ouvi isso, mano... – riu sarcástica. – Você me chama pra sua casa pra transar, eu não tinha a menor das intenções de fazer algo do tipo, porque eu SABIA que você estava puta com a Tiffany de papo com a menina lá, a tal da Taeyeon. Você me disse o que? “Esquece a Tiffany”, insistiu para termos um momento juntas. Eu, idiota, concordei. E você, que poderia ter esquecido a Tiffany, como me pediu pra fazer, pelo menos naquele instante, simplesmente goza gemendo o nome dela? Porra Jessica! Você estava transando COMIGO, não com ela. – fez uma pausa pra respirar. – Ok, o que nós temos é superficial, não namoramos, mas a gente só dá certo porque dividimos as coisas, o que eu tenho com você é só com você, o que eu tenho com a Tiffany é só com a Tiffany. Você me usou e eu estou sim com raiva e magoada com você. Eu sei que você é apaixonada por ela, mas eu não sou nenhum objeto sexual pra você usar pensando em outras pessoas. – outra pausa. - Eu não sou remédio, Jessica. E é isso que você precisa entender. Você tá fazendo exatamente o mesmo que a Tiffany, não ache que tem moral pra falar mal dela.

 

- Yuri, eu---

 

- Já falei o que eu queria falar. Você me ligou pra resolver as coisas, não foi? Eu não quero resolver nada agora, estou de cabeça quente. Você já ouviu o suficiente. Não me perturbe mais, me dê espaço, ou vou acabar falando mais do que deveria. Não me pressione, não insista. Passar bem! – dito isso, ela desligou.

 

- Eu sou uma acéfala mesmo! – dei um tapa em minha testa.

 

                Levantei, fui até o meu quarto, entreguei o celular de Krystal e me deitei na minha cama, colocando meu travesseiro sobre a cabeça.

 

- Deu errado, né? – perguntou.

 

- Não quero falar sobre isso. – fui breve.

 

- O que você fez? – insistiu.

 

- Krystal, eu não quero falar sobre isso. – falei tirando o travesseiro do meu rosto.

 

- Você que sabe... – deu de ombros.

 

Taeyeon:

 

                Confesso que estou um pouco nervosa, não sei muito bem o porquê de ter aceitado ir nessa pequena reunião. As únicas pessoas que conheço são Tiffany, Jessica e Yuri, mas mesmo assim as conheço muito superficialmente, não sei quem mais vai e nem que tipo de pessoas são. Por estar tão em desespero, fui até a casa de Tiffany e bati lá. Quem abriu a porta foi sua mãe.

 

- Olá, Tiffany está? – falei um tanto acanhada.

 

- Sim, sim. Você é a...? – perguntou franzindo cenho.

 

- Taeyeon! Kim Taeyeon.

 

- Ah, você é a filha do casal aqui de frente, certo? – perguntou e pareceu estar mais aliviada. Apenas assenti rindo. – Vou chamá-la, pode entrar. – me deu passagem, entrei, mas fiquei perto da porta mesmo, balançando o corpo pra trás e pra frente por não saber bem o que fazer enquanto esperava. – Tiffany, querida! – gritou e adentrou um pouco mais a casa, batendo em uma porta. – Tiffany, Taeyeon está aqui. – ouvi a jovem senhora falar abafado pela distância.

 

- Taeyeon? Kim Taeyeon? Sério? Mas já? Eu nem to pronta, meu Deus! ­– ela falou bem rápido.

 

- E-err... Tiffany? – falei um pouco alto. – Não é para descermos agora, eu só queria perguntar algo.

 

- Vai atender a garota, sua mal-educada. – ouvi sua mãe dizer baixinho. Logo vi Tiffany aparecer na sala com um sorriso amarelo.

 

- Perdão eu perdi a noção da hora, pensei que já estivesse na hora de irmos... – se aproximou coçando a nuca.

 

- Você estava dormindo? – perguntei e ela só deu um sorrisinho sem graça. – Ah, me desculpa, eu não sabia. Nem deveria ter vindo...

 

- Relaxa, tá tudo bem! – ela pôs a mão em meu ombro.

 

- Então, eu só queria saber se eu posso trazer uma amiga pra ir com a gente, porque eu sinto que vou ficar um tanto quanto deslocada. – comentei um tanto quanto que sem graça.

 

- Pode sim, nem precisava perguntar. – riu.

 

- Era só isso mesmo, me sinto mais aliviada. – ri sem graça.

 

- Você realmente é muito tímida, né?

 

- Sim, mas considero mais um problema de socialização do que timidez. – dei de ombros. – Enfim, vou embora pra deixar relaxar melhor. Até depois...

 

- Até... – sorriu largo.

 

                Dito isso, saí e voltei para minha casa. Ao entrar em meu quarto, deitei em meu colchão jogado no chão e já fui logo digitando.

 

Para: BigMouth

Yoonaaaaaa!!!
Tiffany me chamou pra ir numa reuniãozinha de uns amigos dela no Playground, só Deus sabe pq eu aceitei, acho que foi de nervosa. Agora venho por meio deste implorar por companhia, não quero ficar sozinha. Vc pode vir????? Diz que sim pfv :c

 

De: BigMouth

Eu tava digitando agora mesmo pra perguntar se vc tbm ia nesse negócio KKKKK
SeoHyun me convidou e eu tbm aceitei, tbm acho que foi de nervosa, não to acostumada com esse povo conceituado falando comigo.

 

Para: BigMouth

Sim!!! Eu tbm não sei lidar com isso, o desespero é real, sofro

 

De: BigMouth

A SeoHyun disse que vem me buscar...

 

Para: BigMouth

Eita, achei melhores amigas.

 

De: BigMouth

Tá com ciúmes é? KKKKKK

 

Para: BigMouth

Jamais, longe de mim. Aproveite sua amizade com essa RUIVA DE MENTIRA!

 

De: BigMouth

E tu? Andando pra cima e pra baixo com essa boto-rosa ambulante, me poupe.

 

Para: BigMouth

Até parece...
Pelo menos eu moro de frente pra casa da Tiffany e você?

 

De: BigMouth

A Seo mora perto tbm

 

Para: BigMouth

Já tão se chamando por apelidos? Hm, ok Yoona. Eu já entendi. VOCÊ ME ODEIA!

 

De: BigMouth

Vai tomar no teu cu, Taeyeon KKKKKKKK parou o drama

 

Para: BigMouth

Tá vendo? Você não me leva mais a sério ;-;

 

De: BigMouth

Caralho, tu tá mesmo com ciúmes, porra?

 

Para: BigMouth

Amada? 4 anos de amizade e você ainda não sabe diferenciar quando eu to zuando de quando eu to falando sério? Agora sim eu to chateada, tomar no cu

 

De: BigMouth

Amiga, pare.
AMIGA PARE, ESTÁ ME DANDO GATILHO!

 

Para: BigMouth

PARA, PARA, ESTÁ ME DANDO GATILHO!

 

De: BigMouth

Caralho, a gente divide o mesmo neurônio, não é possível!

 

Para: BigMouth

Duas idiotas KKKKKKKKK

 

                Fiquei mais algum tempo conversando com Yoona, até dar a hora de nos arrumarmos.

 

Yuri:

 

                SooYoung resolveu fazer o rolê do playground e é óbvio que eu vou, mas também é óbvio que a Jessica e a Tiffany vão. É um belo de um saco ter o mesmo círculo de amizade que seus ficas, porque caso você brigue com eles, eles vão aparecer nos rolês dos seus amigos que você vai só para desestressar e na verdade acaba se estressando três vezes mais.

                Jessica está me dando nos nervos e eu realmente não quero ver ela, provavelmente ela vai ficar lambendo o chão pela Tiffany, mas eu não vou perder a oportunidade de me divertir com minhas amigas por causa delas. Só que, por via das dúvidas, chamei a Hyomin para vir comigo. Eu que não ia ficar assistindo ela beijar mil e uma bocas na minha frente.

                Sim, sou infantil e imatura a este ponto, algum problema?

 

- Alou manhê, to saindo! – falei ao que Hyomin me enviou uma mensagem me dizendo que já estava na portaria. – Vou sair com as meninas, até mais tarde!

 

- Cuidado! – ela gritou.

 

                Ao chegar na portaria, Hyomin me abraçou e me deu um selinho.

 

- Como você está? – ela perguntou.

 

- Indo... – suspirei e ela acariciou minha bochecha. – E você?

 

- Muito bem. – sorriu largo. – Sua mãe tá em casa?

 

- Sim. – sorri amarelo, ela automaticamente me largou. – Relaxa, pra onde a gente vai ela não aparece. Não teria te chamado se corresse o risco dela ver a gente juntas.

 

- Ainda bem, né. – suspirou aliviada.

 

                Nos guiei até o Playground quase que abandonado e Sooyoung já estava lá com Kyung, seu namorado. TaeYeon e Tiffany vinham chegando um pouco depois de Hyomin e eu.

 

- Taeyeon? – Sooyoung exclamou.

 

- SOO? – Taeyeon também exclamou.

 

- CARALHO QUANTO TEMPO! – Sooyoung correu pra cima da menor.

 

- Minha nossa, que saudades que eu tava de você! – Taeyeon disse se agarrando ao corpo da mais alta.

 

- Você já conhece o Kyung? – apresentou ambos. – É meu namorado.

 

- Sério? – Taeyeon disse surpresa até demais. – Olá, muito prazer. Estudei no fundamental com a Soo, somos amigas de infância, mas acabamos por perder o contato.

 

- Sooyoung me mostrou algumas fotos da infância dela, realmente conheço seu rosto de lá. Não mudou nada! – ele disse sorrindo largo e me estendendo a mão para um breve cumprimento.

 

- Realmente, não mudou nada, nem o tamanho. – segurou um riso.

 

- Cala a boca, Pernalonga. – a mais baixa resmungou.

 

- Grande Yuri... – Tiffany chegou me dando leves tapinhas nas costas. – Boa sorte! – sussurrou e segurou um riso, não entendi muito bem. – E aí Hyomin, tudo bem?

 

- Tudo ótimo, Tiffany! – sorriu largo.

 

- OI GENTE! – Jessica disse ao chegar com um sorriso imenso. O sorriso dela morreu ao ver Taeyeon, mas a feição de Jessica se tornou rígida ao ver Hyomin, as duas não se davam nada bem. – Oi Yuri. – deu um sorrisinho sem jeito pra mim, apenas suspirei e desviei o olhar, ela voltou a olhar Hyomin e continuou. – Hyomin...

 

- Jessica... – o desgosto era mútuo.

 

- SOOYOUNG? – ouvimos uma voz extremamente animada.

 

- CARALHO, OUTRO REENCONTRO! JACAROA! – Sooyoung, mais uma vez, se jogou nos braços da jovem garota. – Yoona, entenda que eu amo você, é isto.

 

- Você é perfeita, se eu gostasse de mulher te dava um beijo agora! – Yoona disse antes de começar a rir.

 

- Epa, isso eu não posso permitir! – Kyung disse rindo.

 

- É o Kyung, meu namorado. – Sooyoung apresentou também.

 

- UM HOMEM? – Yoona gritou.

 

- Amiga, você nunca foi discreta, né? – Sooyoung apertou ela no abraço.

 

- E aí pessoal! – Seohyun falou, todos responderam um grande “OI!”.

 

- Cadê o álcool? – Tiffany perguntou, Kyung levantou a mochila dele.

 

- A JBL tá aqui, alguém coloca Tame Impala pra tocar que a corna quer colocar o chifre pra arrastar no chão até sair faísca. – Jessica disse tirando a caixinha de som branca de dentro da bolsa.

 

- Amooooo! – Taeyeon disse.

 

- Ah, pronto! As cornas indie se encontraram, você tão sentindo a radiação? Vocês são iguaizinhas aquela dupla: Cherno e Byl, conhecem? – Sooyoung olhou com pena pra elas.

 

                A noite finalmente começou ao som de The Less I Know The Better e com Yoona caindo de boca no litrão. É, o rolê do playground não vai ser a mesma monotonia de sempre.


Notas Finais


Espero que tenham gostado e é isso fodase, beijo <3


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...