História Neighbors - Adrinette - Capítulo 2


Escrita por:

Postado
Categorias Miraculous: Tales of Ladybug & Cat Noir (Miraculous Ladybug)
Personagens Adrien Agreste (Cat Noir), Marinette Dupain-Cheng (Ladybug)
Tags Adrien, Adrinette, Alya, Alyno, Marinette, Nino, Plagg, Plakki, Tikki
Visualizações 151
Palavras 932
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Ação, Comédia, Drama (Tragédia), Ecchi, Famí­lia, Hentai, Romance e Novela, Shoujo (Romântico), Violência
Avisos: Álcool, Estupro, Heterossexualidade, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Mutilação, Nudez, Sexo, Violência
Aviso legal
Alguns dos personagens encontrados nesta história e/ou universo não me pertencem, mas são de propriedade intelectual de seus respectivos autores. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos criada de fã e para fã sem comprometer a obra original.

Notas do Autor


19 favs e 10 comentários no primeiro cap? AAAAAAAAAA
EU AMO VOCEIX <3
Vamos a história.

Capítulo 2 - Primeiro dia de aula


Adrien's p.o.v on

Chegamos na escola. Eu era da turma de Marinette, então fui acompanha-la. Plagg era um ano mais velho, e uma turma mais avançada. Então ele seguiu o seu caminho.

- Te vejo no intervalo, loiro azedo - Ele se despede.

Fui com a Marinette para a nossa sala, ela estava lotada. Muitas garotas olhavam para mim, estava até com vergonha. Sentei atrás da Marinette, o único lugar disponível.

- Parece que temos um novo aluno, pois bem, apresente-se! - A moça que eu deduzi ser a professora, é claro, me chamou.

- An... Okay. - Fui até a frente e me apresentei. - Eu sou Adrien Agreste.

- VOCÊ É IRMÃO DO FÉLIX AGRESTE?! - Uma garota perguntou-me. - EU QUERO AUTÓGRAFO!

- Sim. Então, eu vou me sentar. - Voltei para meu devido lugar.

A aula como sempre foi uma chatisse. Horas que pareciam dias deram a sua pausa quando anunciaram o intervalo. 

Decidi procurar pelo Plagg, mas não encontrei ele. Eu também não conhecia ninguém. Quer dizer, quase ninguém.

- Hey, Marinette. - A chamei pela mesma, que estava sentada no banco, ouvindo música.

- O que? - Ela olhou para o alto e me reparou, tirando os fones dos seus ouvidos. - O que quer?

- Viu meu primo? - Perguntei-a.

- Não. - Ela responde.

- Tá... Então, poderia mostrar a escola a mim? Vai que encontro ele no caminho! - Convidei-a

- Tudo bem. Melhor do que ficar no tédio.

Andamos pela escola inteira. Era grande, por sinal. Eu estava certo, encontrei Plagg, escondido em uma cantina vazia. Mas o que ele estava fazendo...

Ele estava agarrando uma menina, literalmente. Estavam tão concentrados naquilo que nem nos repararam. No primeiro dia de aula, sério, Plagg?

- Ah, quer saber? Deixa ele para lá. - Falei a Marinette. - Isso não é lá muita surpresa para mim.

- Mas é para mim. TIKKI QUE CARALHOS VOCÊ TÁ FAZENDO COM ESSE GAROTO? - A azulada gritou, provavelmente a garota que estava com Plagg.

- Mari? O QUE VOCÊ TÁ FAZENDO AQUI? - A menina respondeu.

-E você? Loiro azedo? - Plagg referiu-se a mim.

- DEIXA DE SACANAGEM PLAGG! O FÉLIX NÃO VAI GOSTAR DE SABER QUE VOCÊ ANDA PEGANDO GAROTAS SEM MAIS NEM MENOS! - Gritei para ele.

- Não era nem para você saber. - Enquanto eu e ele discutíamos, Marinette discutia com a garota.

- EU VOU CONTAR PARA A SUA MÃE! NÃO TO NEM UM POUCO AFIM DE GANHAR UM SOBRINHO! - Marinette falou. Eu também não estava preparado psicologicamente para cuidar do filho do Plagg.

Depois de um tempo, alguém interrombeu nossa briga verbal.

- Podem parar com essa festa aqui! Estamos em uma escola, não na feira! DETENÇÃO PARA TODOS NO FINAL DA AULA! - Algum adulto apareceu.

- Sr. Damocles? - Tikki disse. - E aí, como vai cara, quer dizer, senhor.

- Fica quieta - Marinette sussurrou, baixo para o diretor não ouvir mas alto para o resto de nós ouvirem.

- Não quero saber de desculpas, senhoritas. E vocês, também, os novatos. Devem ser os Agreste. - Ele tirou uns papéis sabe-se lá de onde, uma caneta e anotou. Entregou um papel a cada um de nós.

- Detenção, na biblioteca. - Ele disse, indo embora.

- Que ótimo! Fiquei de detenção por causa de dois pombinhos. - Marinette queixou-se. 

- Deixa de ser chata, Marinette. No dia el que você pegar alguém você não reclama mais. E eu até já arrumei pretendendes para você. - Ela deu uma olhada entre mim e Plagg, e ele riu.

- Ah, é claro, não é, loiro azedo?

- Não, que isso? - o sino toca, anunciando a nossa entrada a sala de aula.

- x -

Depois do fim das aulas, fomos a detenção. Tinha apenas nos quatro: Eu, Plagg, Tikki e Marinette. Não podiamos conversar e nem nada, acho um absurdo! Poderiam nos colocar para estudar pelo menos, que tédio.

Marinette's p.o.v on

Eu odeio primeiro dia de aula.

Eu nunca fui para a detenção. Deveria tirar da lista de "coisas que nunca fiz". 

Depois da aula, Eu fui acompanhado de Adrien e Plagg, pois estava muito tarde para andar sozinha, já que ficamos uma hora a mais na escola.

- Só falta alguém nos assaltar para melhorar esse dia. O Félix vai nos matar por chegamos tarde. - Adrien falava com Plagg durante o caminho.

- E-u n-ã-o e-s-t-o-u n-e-m a-í. - Plagg respondeu, ditando cada sílaba bem devagar.

- Quem é Félix? - Perguntei, curiosa.

- Meu irmão. Um chato, por sinal. Você deveria já ter falado dele, um modelinho de primeira. - Ele afirma, fazendo uma pose como se fosse um gay. Eu e Plagg rimos ao mesmo tempo.

- Aí, a minha casa é ali, thau, meninos. - Já iamos nos despedir quando os nossos celulares vibraram ao mesmo tempo.

Mensagem:

Alya, vaquinha: MIGA, TU NÃO SABE, O LUKA VAI FAZER UMA FESTA DE INÍCIO DE ANO! VAI TODO MUNDO LÁ! VOCÊ TEM QUE IR!

- Tikki me convidou para uma festa. Vocês também foram convidados? - Plagg disse.

- Aham. - Afirmei.

- Também. Nino me chamou - Adrien disse. - Vocês vão.

- É claro que eu vou, loiro azedo. - Plagg disse.

- Eu não sei... Talvez - Chegou outra mensagem.

Mensagem:

Alya, vaquinha: SE VOCÊ NÃO FOR VAI ME DEVER 30 COXINHAS! VAMOS, VAI SER LEGAL

Eu: Tá, não precisa ativar o caps lock '-'

- É, eu vou - Afirmei para os meninos.

- Então onde mora esse tal de Luka? - Adrien perguntou junto com Plagg

- As sete vocês dois me encontram aqui, okay? - Disse a eles. - Eu sei onde ele mora.

- Okay. - Os dois afirmaram. 

Cada um seguiu para as suas respectivas casas, e eu fiquei me decidindo no que ia usar... 

Mas sério, só tenho roupa brega!


Continua...









Notas Finais


Oi :3


Thau :3


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...