1. Spirit Fanfics >
  2. Neighbors >
  3. Mudanças

História Neighbors - Capítulo 2


Escrita por:


Notas do Autor


Bom dia ,queridos leitores ,espero que gostem destes capítulos-

Capítulo 2 - Mudanças


Tinham passado exatamente dois dias depois do episódio com o Jungkook e tenho falado com ele, mais ele do que eu, que quer sempre saber se estou bem e se o Jimin já voltou para casa. Devem estar a pensar “O Jimin ainda não voltou para casa?”, e a resposta é sim. Desde aquele dia, ele ainda não deu sinal de vida, só soube, pela secretária dele já agora, que ele foi numa viagem de negócios a última da hora. Muito pouco original, mas uma boa desculpa, e como eu não queria interromper a viagem decidi tratar de tudo até a chegada dele. 

E de tudo, estou a falar da nossa separação. Fartei-me de dar oportunidades, quando ele nem se dá ao trabalho de pelo menos esconder que me trai. Obviamente estou triste por terminar um casamento que achei que seria para sempre com o amor da minha vida, mas acho que os contos de fadas só existem nos livros. Mas bom, naquele momento encontrava-me na minha casa a arrumar umas coisas para me mudar, já que não queria ficar naquela casa cheia de memorias. A campainha tocou, e era o meu advogado/melhor amigo, Kim Taehyung ,que me veio falar do caso e ajudar-me noutras coisas. 

-Como estas Lo? 

-Estou a tentar sobreviver-aquilo até que era verdade, mesmo depois de ser traída, eu amava o Jimin- Mas ainda não quero falar sobre isso, podes me ajudar a arrumar algumas coisas? 

-Claro. Bem sobre o caso de divorcio, já tenho os papeis todos, mas só quero confirmar uns detalhes contigo-ele dizia aquilo enquanto arrumava umas roupas minhas. Somos amigos de infância por isso aquilo não era estranho, mesmo que o Jimin achasse estranho aquela intimidade toda. O Jungkook continuava a mandar mensagens -Lo, estas a ouvir? 

-Sim...-devia dizer ao Jungkook para pararmos de falar, mas... 

-Prontos, então não queres mesmo ficar com nada nem uma parte do dinheiro? 

-Já disse que não quero nada dele. Tenho bastante dinheiro e não preciso da pena dele. 

-Eu concordo, mas sabes que tenho de perguntar .Quando queres que envie os papeis? 

-Pode ser hoje por mim, ele só volta para a semana e não quero estar à beira dele quando ele souber. 

-Ok, então vou arranjar tudo. Já agora, para onde te vais mudar? 

-Ah, esqueci-me de te contar. Vou para o centro da cidade, lá remodelaram uns apartamentos recentemente e comprei um. Podes ver pelo meu computador. -era um apartamento grande com três quartos numa zona movimentada da cidade, à beira de restaurantes e shoppings o que para mim bastava. 

-Uau, este apartamento é incrível, se soubesse também tinha comprado um! 

-Hahaha, não é nada de especial. 

-E precisas ajuda com as mudanças? 

-Uma equipa já está lá a mobiliar tudo, só falta eu levar as roupas . 

-Prontos, então eu ajudo a levar as malas –ele dizia isso enquanto levava umas quatro malas nas mãos- Meu deus, quantas roupas é que tens? 

-Não me julgues. Se ainda quiseres ajudar há mais malas no quarto... 

-O que eu faço por ti... 

                                                                                                // 

Passado uma meia hora esta vamos a levar as coisas ao meu novo apartamento, e depois de umas cinco viagens de elevador e das queixas do Tae, estávamos dentro da minha casa. 

-Lo, vou me mudar para aqui. 

-Com todo o gosto. 

-Vais mesmo ficar bem sozinha? -ele veio me abraçar e eu respondi com um abraço ainda mais forte 

-Vou tentar. Mas vai logo, que vais ter um encontro hoje com aquele homem. Como se chama... Yoongi! 

-Nem me lembres, estou uma pilha de nervos  

-Calma, como é possível não gostar de ti? 

-Queres lhe dizer isso a ele? 

-Vai logo embora de uma vez- dizia isso enquanto o empurrava até a porta-Depois quero detalhes. 

-Xau fofa, qualquer coisa me liga que venho a correr. 

Disse depois de me dar um beijo na testa e entra no elevador. Eu depois entrei, e fiquei a olhar, encostada a porta, para o meu novo apartamento e a me mentalizar que ia viver sozinha. Nunca vivi sozinha, eu sempre vivi com os meus pais, na universidade tinha colegas de quarto e depois casei-me. Era uma nova fase da minha vida e ainda não sabia se estava a pronta. Quando suspirava a pensar no montão de roupa que tinha que arrumar ouvia campainha a tocar e quando abri, fiquei demasiado admirada, talvez mais do que deveria mostrar. 

-Jungkook... 

-Olá... 

Fiquei um bom tempo, que talvez foi de mais, a olhar para aqueles olhos profundos a espera que ele me disse alguma coisa ou fizesse alguma coisa e foi naquele momento que percebi o que ele estava a olhar. Ao seguir o movimento daqueles olhos, vi que ele olha para mim, como é obvio, mas mais especificamente para o que eu tinha vestido. Como ia ficar o dia em casa, decidi vestir uma camisa de malha com gola grande que me dica muito acima das coxas e umas botas pretas até ao joelho. Quando estava com o Tae nem me importei com que tinha vestido, a não ser se estava bem vestida senão ele matava-me, mas com o Jungkook sentia-me complemente diferente. Estava a sentir uma vontade quase palpável de me esconder, ou pelo menos de me cobrir m um casaco, porque ele estava a olhar para mim de uma forma demasiado intensa. 

-É assim que recebes a visitas? 

-E se for? 

-Quero te visitar todos os dias. -corei no momento e desviei a cara para que ele não reparasse. -Posso entrar? 

-Ah?...claro-ele entrou sem deixar de olhar para mim e quando ouvi a porta a fechar recebi uma ansiedade. -Queres alguma coisa? 

-Por acaso vim aqui para te convidar a jantar. -o quê? -Mas pareces ocupada. Se quiseres eu posso ajudar e depois vamos a algum sítio comer. 

-Jungkook-suspiro- eu agradeço, mas acho melhor não... Se estas aqui só para me vigiares ou porque o Jimin te pediu... 

-Achas mesmo que o Jimin me pediu para levar a mulher dele a jantar, só nós os dois? -ele devia aquilo com uma cara de provocação, que só o deixava mais sexy. 

-Bom, vendo dessa maneira... 

-Fazemos assim eu ajudo-te a arrumar as coisas, e depois cozinho algo de jantar. 

-Pode ser. -disse aquilo enquanto me comia com os olhos mais uma vez. 

Posso dizer que foi das melhores noites que já tive a bastante tempo. Demoramos umas boas duas horas a arrumar tudo que deu para encher o meu closet, e enquanto, comer hambúrgueres, e eu já nem me lembrava o que era ter alguém a cozinhar para mim.  

-Quero, a tua opinião de chef. 

-OK-provei e estava uma delícia- Está muito bom. 

-Vou tentar acreditar. 

A medida que íamos comendo acho que bebi demasiado, pois há um lapso de memória sobre o resto da noite. Só sei que acordei na minha nova cama com uma dor de cabeça horrível. Tentei me levantar, mas algo estava a me segurar. Tinha alguém a abraçar-me por trás, enão podia ser a pessoa que eu achava que era. 

-...Louise...-o Jungkook disse num sussurro. 


Notas Finais


O que aconteceu ontem a noite?
Espero que tenham gostado, até a próxima.


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...