História Neighbors - Capítulo 29


Escrita por: ~

Postado
Categorias Chaz Somers, Christian Beadles, Demi Lovato, Justin Bieber, Miley Cyrus, Pattie Mallette, Ryan Butler, Selena Gomez
Personagens Chaz Somers, Christian Beadles, Demi Lovato, Jaxon Bieber, Jazmyn Bieber, Jeremy Bieber, Justin Bieber, Miley Cyrus, Pattie Mallette, Ryan Butler, Selena Gomez
Tags Comedia, Drama, Realidade, Romance
Visualizações 198
Palavras 1.169
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Comédia, Crossover, Famí­lia, Festa, Ficção Adolescente, Romance e Novela, Violência
Avisos: Álcool, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Nudez, Sexo, Violência
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Notas do Autor


oi genteee, demorei um pouquinho pq fiquei sem criatividade e quero me desculpar por esse capítulo, pq realmente ele não ficou bom!!
Masss, espero que gostem!
Boa leitura!
Love ya
XoXo

Capítulo 29 - Ex-girlfriend


Fanfic / Fanfiction Neighbors - Capítulo 29 - Ex-girlfriend

Anteriormente...

"- Você tem conversado ou saído com o vizinho? – Perguntou e gelei.

QUE? COMO ELA SOUBE?

PUTA QUE PARIU, EU VOU MORRER AGORA!

- Não! – Menti. – Por quê? – Perguntei.

- Acho muito bom! – Disse aliviada e arqueei minha sobrancelha.

- O que aconteceu mãe? – Perguntei.

- Ele estava na piscina com os amigos e eu já estava deitada na minha cama, ai ouvi que eles estavam conversando e ouvi seu nome sendo citado na conversa. – Ela disse e fiquei curiosa.

- E? – Perguntei.

- E que um dos amigos dele perguntou se ele estava gostando de você e ele respondeu que só queria te pegar mesmo! – Ela falou e desacreditei.

Justin disse isso? Como?

Senti um desconforto em mim...

- Sério? – Perguntei. – Que louco! – Dei uma risada forçada.

- Não quero que você fique de papo com ele, entendeu? – Ela disse séria. – Ele não parece ser um cara legal... – Assenti. – Bom, vou dormir, boa noite, te amo! – Ela beijou minha cabeça e levantou.

- Te amo! – Disse de volta e ela saiu do meu quarto.

Peguei meu celular e abri na conversa com Justin.

“Está tão legal assim que me ignorou?”

Essa é a última mensagem que ele me mandou.

Eu estou com muita raiva dele! Por quê? Bom, pelo jeito que ele falou, parece muito que ele só se aproximou de mim para me “pegar”...

Deslizei sua conversa, a excluindo. Abri nos contatos e fiz o mesmo com seu número.

Não quero mais conversar com ele, não depois de saber disso. Só nos falaremos no Drama Club e somente será por causa das falas.

Fui até minha janela para fechá-la e olhei em seu quarto. Vi Chaz me olhar e cutucar Justin. Ele me encarou sério e fechei a cortina com raiva.

Eu deveria ter ouvido minha mãe..."

Hanna Karamakov P.O.V

Los Angeles, 20 de dezembro de 2016

Eu amo e odeio domingo. Por quê? Bom, porque é fim de semana, mas ai segunda já começa toda a rotina de novo, mas como entrarei de férias, hoje meu domingo será animado.

São duas horas da tarde, já almocei e agora estou jogada na minha cama, assistindo um programa de culinária na televisão. Não que eu saiba algo de culinária, mas amo assistir esses programas.

Meu celular apitou e o peguei. Era um número não registrado, abri o Whatsapp e vi sua foto.

“Tem algo para me contar?” ­– É Justin.

Suspirei e bloqueei o meu celular, o ignorando.

Levantei e sai do meu quarto, indo para a cozinha. Abri a geladeira procurando algo para comer, porém não achei nada.

- Mãe, não tem nenhum doce? – Perguntei indo até a sala.

- Não! – Ela disse assistindo série com meu pai.

Subi as escadas e fui até o quarto de Bryan.

- Está ocupado? – Perguntei e ele negou. – Quer ir ao Subway comigo? Quero comer cookie. – Falei e ele assentiu.

Ele levantou da sua cama e foi se trocar. Voltei para o meu quarto, tirei minha calça do pijama e coloquei um short jeans que estava jogado no chão.

Peguei meu celular e dinheiro, colocando no bolso de trás. Calcei um chinelo e sai do meu quarto.

- Vamos? – Bryan disse fechando a porta do seu quarto e assenti.

Descemos a escada, avisamos nossos pais e saímos. Caminhamos até o Subway da esquina da minha rua e entramos. Fomos direto para onde estava os cookies.

- Boa tarde! – Disse para a atendente que sorriu para mim. – Quero quatro cookies de gotas de chocolate e quatro de gotas coloridas. – Falei e ela pegou.

- Caramba! – Bryan riu. – Vai passar mal! – Falou e ri.

- Dois para cada um uai. – Disse.

A moça os colocou em uma sacola plástica e paguei. Saímos do Subway e voltamos para a nossa casa.

Vi uns garotos na frente da casa ao lado e tentei disfarçar.

- OI HANNA! – Ouvi Chaz gritar para mim quando eu ainda estava longe.

Olhei para eles e sorri fraco acenando.

- VEM CÁ! – Ryan me chamou e neguei.

- Estou ocupada! – Menti chegando à frente da minha casa.

Olhei para Justin que está sentado embaixo da árvore que tem em frente a sua casa.

- Aconteceu algo? – Ele perguntou e o ignorei.

Bryan abriu o portão.

- Entra logo antes que a mãe ouça e venha ver com quem você está conversando... – Falou e assenti.

- Tchau Han. – Chris disse e os meninos repetiram logo atrás.

- Tchau! – Sorri fraco.

Entramos em casa e fui direto para a cozinha. Tirei os cookies colocando em um prato, levando para a sala.

- Hum, também queria doce! – Meu pai disse pegando um e ri.

Peguei um de gotas de chocolate e mordi. Meu celular apitou e o peguei.

“É sério, eu fiz algo?”

É Justin, de novo.

“Hanna, me responde caramba!”

“Para de me ignorar!!!!”

Ele mandou logo em seguida. Desbloqueei o celular e abri na conversa.

“Que foi?” – Resolvi mandar.

“O que aconteceu?” – Perguntou.

“Nada.” – Menti.

“Hanna, foi alguma coisa que eu fiz?”

“Talvez...” – Mandei.

“Então me fala, pelo amor de Deus! Eu estou me matando desde ontem pensando no que eu fiz para você me ignorar desse jeito.”

Quase sorri com o que ele mandou.

Ah, foi fofo...

“Aliás, também estou bravo com você...”

Mandou e arqueei a sobrancelha.

“Por que comigo?”

“Vi você chamando o Drake de ‘meu amor’ e ele gritando para Deus e o mundo ouvir que te ama...”

Ri baixo.

“Ciúmes Drew?”

“Não é ciúmes, mas sei lá, achei desnecessário.”

“Aham...” – Fui irônica.

“Que ironia é essa, Hanna Banana?” – Perguntou e ri.

“Sabe, até que senti falta de você me chamar assim.”

“KKKKKKKK  falta de eu te chamar assim ou falta de mim?” – Ri.

“Que convencido Drew KKKKKK”

“Quer sair hoje?” – Mandou e pensei um pouco.

Era para eu estar brava com ele, mas eu não consigo ficar sem conversar com ele.

“Sim!” – Mandei.

“Hanna Banana aceitou sair comigo depois de ter me ignorado por horas?” – Ri.

“Olha que eu mudo de ideia ein...”

- Quando será a peça do Drama Club filha? – Meu pai perguntou.

Bloqueei meu celular e o olhei.

- Dia 30 de dezembro. – Falei de boca cheia.

- Quem é o Romeo, você nunca disse... – Minha mãe perguntou e arregalei os olhos.

Olhei para Bryan, pedindo socorro.

- É o Drew, da minha sala. – Ele disse.

Drew... Por que não pensei nisso antes?

- Sim! – Falei. – Ele vai ser o Romeo! – Disse.

- Vai ter ensaio nas férias? – Meu pai perguntou e assenti.

- Com certeza! – Disse.

Justin Bieber P.O.V

Hanna me ignorou durante muito tempo, quase vinte e quatro horas sem me responder. Quando ela me ignorou quando estava voltando do Subway com Bryan, fiquei mais confuso ainda.

Ontem, eu fiquei bravo por causa do Drake, admito, mas por que ela estava brava comigo? Fiquei até surpreso que ela aceitou sair comigo hoje, só preciso pensar em um lugar.

Ouvi meu celular tocando em cima da minha cama e o peguei.

Nicole apareceu no visor.

O que ela quer comigo?


Notas Finais


Eai?? O que acharam?? Sei que não foi muito bom, mas o próximo será!!!
Espero que tenham gostado!
Obrigada por ler!
Até o próximo
Beijones
fahv


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...