História Nem a morte, nem a vida, ou os poderes, podem nos separar... - Capítulo 9


Escrita por: ~ e ~christangrey16

Postado
Categorias Bangtan Boys (BTS)
Personagens J-hope, Jimin, Jin, Jungkook, Rap Monster, Suga, V
Visualizações 29
Palavras 2.081
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Ação, Aventura, Comédia, Drama (Tragédia), Famí­lia, Fantasia, Festa, Ficção, Ficção Adolescente, Ficção Científica, Hentai, Magia, Mistério, Romance e Novela, Saga, Shoujo (Romântico), Shoujo-Ai, Shounen, Sobrenatural, Suspense, Violência
Avisos: Adultério, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Nudez, Sexo, Suicídio, Tortura, Violência
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Notas do Autor


Ooiiiieeee pessoal, então, esse episódio é o começo da segunda fase da Fanfic, agora as coisas irão ficar mas intensas para todos...
Boa Leitura...

BEIJOS DE LUZ

Capítulo 9 - A Festa de Aniversário do Jimin


Fanfic / Fanfiction Nem a morte, nem a vida, ou os poderes, podem nos separar... - Capítulo 9 - A Festa de Aniversário do Jimin

3 dias se passaram depois do sítio. 13 de Outubro, sábado, aniversário do Jimin. A festa dele tinha tema e era "A Chaves da Felicidade", todos deveriam estar bem vestidos, tipo para um casamento.              

 Nataly: On

 Estava terminando de me arrumar estava com um salto Preto e um vestido Preto com uma fenda na perna direita e três rasgos em cada lado a cima da cintura, assim que sai do meu quarto Namjoon estava na sala com um terno Preto e uma gravata cinza. Assim que ele me viu ele se levantou e me deu um beijo:

 - Nath você está linda.

 - Obrigado Mor!

 - Mas, com esse vestido você não vai. 

- Como assim eu não vou? Nem está tudo isso.

 Ele pegou a chave da porta e me trancou. 

 - Se você não tirar o vestido, você não vai.

 - Para Namjoon! Abre a porta! Ele abriu e eu peguei a chave e sai.

 - Você não vai tirar? 

- Não!

 - Ótimo então. 

- Para de encher o saco e vamos logo, se você não vim comigo eu vou sozinha. 

 Sai e fechei a porta, logo escultei a porta batendo com força. Olhei para trás e vejo Namjoon com os olhos ver melhor. Ele veio em minha direção e segurou meu braço com força e me arrastou até o estacionamento do prédio, meu braço estava doendo:

 - Para Namjoon, você está me machucando, para! 

- Vamos logo! - 

Para!

 Ele literalmente me jogou dentro do carro, não trocamos uma palavra se quer até a festa.                    

  Nataly: Off                  

   Ingrid: On 

 A maior parte de escola, estava na mansão. Jungkook me disse que alguns parentes dele estariam na festa um irmao e alguns primos. Ele me disse que assim como Namjoon e Jimin o Seokjin e irmão dele também, agora Hoseok, Taehyung, Yoongi, são primos.

Ele me falou que eles são de pais diferentes. O Jungkook era para ser um nefilim normal, só que ele puxou tanto o pai dele que a maior parte dos seus traços são Angelicais, por isso das asas e da imortalidade. Namjoon e híbrido o pai dele era Bruxo. Jimin e Jin são do mesmo pai Lobisomem ea mãe dos quatro e tipo tudo o que se pode imaginar so que maior parte e vampira, Jungkook eo único que não tem nada que lembre ela. A história dos primos dele, ele não quis me contar so falou que era muito obscura q que nenhum deles escolheu ser o que é até hoje. Eu estava no quarto do Jungkook tinha me arrumado na mansão deles, estava com um vestido vermelho com as costas meio transparente e algumas partes da manga também. Ouvi alguém bater na porta: 

 - Posso entrar? 

Era Jungkook: 

 - Entra. 

- Olha so, que linda. 

Ele me abraçou por trás e beijou meu pescoço. Senti minha pele se arrepiar assim que ele encostou seus lábios em mim:

 - Você não acha que está muito curto? 

Virei e fiquei de frente para ele:

 - Hm não, e eu gosto de chamar atenção.

 - Nossa! 

- Você chama mas atenção que eu, ainda mas entre as meninas.

 - Vamos descer? 

- Lógico, conhecer a sua família, ne.                  

Ingrid: Off               

Narrador: Pov's 

 Metade da escola estava na mansão Hyung, estavam todos la as meninas, Namjoon, Jimin. Ingrid entrou de mãos dadas com Jungkook. Namjoon estava distante de Nataly, Jimin apresentava Stefani para seus primos, Ingrid foi falar com Nataly: 

 - Nath? 

- Oi? 

- Aconteceu algo? 

- Não, e so que, é o Namjoon..

 - O que ele fez?

 - Brigamos por causa do meu vestido.

 - Nossa, por causa do seu vestido?

 - Sim. 

 Os olhos de Nataly, se encheram de lágrimas : 

 - Nataly, não precisa chorar por causa disso ne?

 - E so que foi o que ele fez, ele foi tão agressivo, meu braço estar com a marca da mão dele.

 - Cadê?

 Ela mostrou seu braço direito para Ingrid. Stefani chega e pergunta o que aconteceu, Nataly explica para ela e: 

 - Meninas já volto.

 - Onde você vai Stefani?

 - Você vai ver.          

 Ingrid:

 - Stefani olha bem o que você cai fazer. 

- Tá. 

 - Agora Nataly, vem comigo. 

- Para onde?

 - No carro do Jungkook, meu estojo está lá.                   

  Stefani: On 

 - Namjoon? 

- Oi Ste 

- O braço da Nataly, esta com a marca da sua mão. 

- Ela procurou. 

- Você  acha que tem necessidade fazer isso com ela por causa de um vestido? 

- Eu disse para ela que estava curto, e ela não quis trocar.

 - Namjoon ela mandou fazerem o vestido, não tinha como ela trocar.

 - Aluga-se outro na loja. 

- Para de machismo, você acha que ela tem que andar igual a uma freira? Seu idiota você machucou e não só emocionalmente mas fisicamente, o braço dela está roxo.

 - Eu não queria machucar ela, mas é que, foi ciúmes. 

- Seu ciúmes machucou ela! 

- Eu vou falar com ela, ta legal?

 Ele saiu e pegou um copo de Whisky. Vi uma mulher se aproximar de Jimin e cumprimentar ele com um beijo no rosto, foi muito estranho aquilo era como se eles fossem muito íntimos.                  Stefani: Off               

   Ingrid: On 

 Eu pedi para Nataly me espera na sala que não tinha ninguem. Fui encontrar Jungkook no salão, assim que o encontrei ele estava perto do banheiro abraçando uma mulher so fiquei observando, assim que ele me viu, disfarcei e fui em direção ao freezer pegar uma garrafa de Heineken, quando fechei o freezer e me virei para trás, dou de cara com Jungkook, nossos rostos estavam muito perto um do outro: 

 - Onde você estava? 

- Te procurando... 

- Para o que? 

Ele me envolveu em seus braços 

 - Me empresta a chave do seu carro? 

- Qual deles e para que?

 - O Jeep, meu estojo o outro de maquiagem, está lá.

 - Hm... No meu quarto em cima do criado-mudo. 

- Posso fazer uma pergunta? - Pode. 

- Quem era aquela mulher que você estava conversando? 

- Quero que você conheça ela. 

- Tem que ser agora?

 - Depois que você terminar de fazer o que tem que fazer.

 - Tabom, já volto... 

 Entrei na sala e vi Nataly deitada no sofá: 

 - Nataly vem!             

  Stefani: 

 - Espera onde vocês vão? 

- Na garagem, mas primeiro no quarto do Jungkook.

 - Vou com vocês.. 

 Abri a porta do quarto e Stefani ja foi se jogando na cama de Jungkook.             Nataly: 

 - O menina atirada, sai dai, só quem pode se jogar nessa cama assim e a Ingrid.               

  Ingrid:

 - Cala a boca e não enche.

 - Como se vocês não tivessem feito nada nessa cama.

 - Sou virgem sua idiota. 

- Ata, Tabom.                      

  Stefani:

 - Depois dessa vou até sair daqui. 

Quando descemos as escadas, Jungkook, Jimin e Namjoon estavam com quatro homens e uma mulher. Jungkook me abraçou:

 - Quero que vocês três, conheçam Jin meu irmão e do Jimin e do Namjoon, essa ea nossa cunhada, Aline. Os dois viera em nossa direção cumprimentando eu, Stefani e Nataly.               

  Aline: 

 - Não via a hora de ver vocês de novo.          

  Nataly: 

- Você ja conhecia nos três?

 - Se eu conhecia? Vivi com vocês três muitos anos atrás, antes de tudo aquilo acontecer. Ela me cumprimentou:

 - Você deve ser Ingrid, reencarnação da Clarisse. 

Ela olhou para Stefani.

 - Você ea Stefani, a reencarnação da Tifany.

 E por ultimo:

 - Você ea Nataly, a reencarnação da Júlia. Nós quatro mora vamos na Geogia em Savahnna. Talvez, vocês possam sentir uma forte ligação entre nós:                    

 Ingrid: - Você falando e como se tudo que a Clarisse viveu eu tivesse participado. 

- Você é ela...

 Jin se aproximou

 - E um prazer conhece las.

 Ele passava um dos braços em volta da cintura de Aline.                    

Jimin:

 - E Esse são nossos primos Yoongi, Taehyung e Hoseok .                   

Taehyung: - Oi!              

 Aline:

 - Acho que atrapalhados vocês. 

Aline olhou para a chave na minha mão.              

 Stefani: 

- Imagina, foi um prazer conhecer vocês.          

Todos voltaram para o salão , eu e as meninas fomos para a garagem. Abri o portão eo carro: 

 - Nataly encosta no carro. Stefani abri minha mala e pega base, corretivo, pó compacto, BB Quean, e por ai vai. Começamos a passar no braço dela, so que estava tão roxo, que a maquiagem não resolveu muita coisa. Escutamos alguém entrar e era os meninos.                

    Jimin:

- O que vocês estão fazendo? 

 Os meninos ficaram olhando para o braço da Nataly, e Namjoon desviou o olhar.                   

  Namjoon: 

 - Pessoal tem como vocês saírem para eu falar com a Nataly?                 

Stefani: 

 - Para que? Para você fa.... 

Interrompida:         

Nataly:

 - Vai Stefani, por favor?

 - Tá.                  

  Ingrid: Off               

  Narrador: Pov's 

 Jungkook não parava de perguntar o que aconteceu para Ingrid: 

 - Ai cala a boca!

 - Nossa não pergunto mas. 

- Foi só uma briga deles. 

- O braço dela estava roxo. 

- Foi um acidente. 

- Ah, Tabom!                  

Namjoon:

 - Não sei o que te falar. 

- Você sabe que nada do que disser vai tirar esse roxo do meu braço, ne?

 - Talvez.

 - Porque talvez?

 - Nada não..

 Eles ficaram um tempo calados até que, Namjoon se aproximou de Nataly: 

 - Nataly, olha para mim.

 - Fala... 

- Me-desculpa? 

- Você me assustou. 

-  Não sei, o que deu em mim, para fazer isso com você. Não devia ter gritado e machucado você. Foi uma crise de ciúmes e medo por nada. Não fique com medo de mim, eu só quero te proteger, eu não consigui fazer isso uma vez e não quero cometer o mesmo erro de Novo não com você, porque você ea chave da minha felicidade, você é tudo que eu preciso. E sinto muito deve ter sido muito estranho para você ver esse meu lado e que desde que a Stefani ea Ingrid descobriram a verdade sobre quem vocês eram, são e poderão ser, muita coisa mudou as regras do jogo mudaram, entenda Nataly que Eu Te Amo e vou até o fim por você. 

 Os olhos de Nataly se encheram, ela deu um passo a frente e abraçou Namjoon. Ele enxugou as lágrimas do rosto de Nataly, mesmo aquilo significando um aceito as suas desculpas, ainda sim, sentia medo do que ele poderia fazer: 

 - Eu te amo Namjoon, mas me prometa que nunca mas irá me agredi, porque isso foi um ato de agressão. 

- Eu prometo. 

- Vamos devem estar sentido nossa falta.               

  Jimin: On 

 Vi Nataly e Namjoon, entrarem pareciam ter acertado as coisas. Começou a tocar " A Thousand Years", Ingrid, Jungkook, Nataly e Namjoon, alguns colegas da escola estavam dançando. Parece que o Taehyung se deu bem com uma "*Colega minha a Erica*", ela era o tipo gótica da trevas Fofa porque ao mesmo tempo que ela era Emo ela era fofa demais. Setafni estava sentada de canto, vendo todos dançarem.

 - Não vai chamar sua namorada para dançar?  

 Olhei para trás e era Aline:

 - Namorada? Não ela não é minha namorada. 

 Ela me olhou curioso, tipo ela eá reencarnação da Tifany e você não tem nada com ela? 

 - O que acontece?

 - Vamos dizer que não é so fisicamente mas como psicologicamente ela tem muito haver com a Tifany.

 - Hm! Se faz de difícil? Certo?

 - Certo? Tem que tomar cuidado até com o que fala. 

- Kkkkkkk, so não demore muito para conquista la, lembre-se do que aconteceu da última vez. 

- Nunca vou esquecer.

 - Eu vou dançar com o Jin, acho melhor você chamar Stefani também, não custa nada a tentar. 

- Vou, está certa.

 Me levanto e vou até Stefani; 

 - O que você faz sozinha sem alguém para conversa?

 - Ou Jimin, quer alguma coisa?

 - Um presente de aniversário.

 - Quando a festa acabar você abre o meu. 

- Não é esse presente.

 - Então fala! 

- Dança comigo?

 - Dançar com  Você? 

- Sim preciso de uma acompanhante.

 - Então ta, so porque é seu aniversário. 

- Não é todos dia que se faz 583 anos. 

- Eo que? 583 anos?

 - Exatamente, não imaginaria que ficaria tão surpresa.

 - Não estou e só que é nojento meninas na minha idade ficarem se envolvendo com homens tão velhos.

 - Não sou tão velho, kkkkkkk, tenho a aparência de um adolescente.

 - Só tem cara. Kkkkk

 Eu envolvi a em meus braços, e....                 Jimin: Off       



Notas Finais


Erica conversando com Taehyung, o que ser que está para vim?
Aline, cunhada dos meninos?
Passado obscuro de Yoongi, Taehyung e Hoseok?
O que será que aconteceu com os pais dos meninos?
Até o próximo capítulo...

Ass: D


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...