História Nem o tempo separa - Capítulo 4


Escrita por:

Postado
Categorias Adir Pontes (Matsudaira)
Tags Manu Rios, Mia Kalifhe, Sah Assal
Visualizações 24
Palavras 806
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Comédia, Drama (Tragédia), Festa, Ficção, Ficção Adolescente, Romance e Novela, Violência
Avisos: Álcool, Drogas, Estupro, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Nudez, Sexo, Tortura, Violência
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Capítulo 4 - 4 - Encontro parte 1


Pov's Matheus Luan 

cheguei no complexo do alemão Rio de Janeiro  e vi vários homens parado com os fuzil na mão 

- nossa sua cidade ficou muito boa - Leonardo falou e sai do carro indo em direção a entrada da favela . Eu sou traficante dono desse moro e logo história, sai do carro e andei devagar não tinha presa pra nada. Entrei na favela e todos que estava fora de suas casas me olhou adoro chamar atenção logo escutei sussurros tipo " quem é eles ?" ,"nossa que gatos " isso é outras coisas que eu não tive a paciência de escurta , subi o moro até a minha nova casa que no caso era a mais bonita , entrei e na mesma e vi Maria limpado a casa , andei até ela achando estranho já que era noite e ela tava limpado a casa.

- oi Maria - andei e parei de anda ela me olhou e sorriu - há quanto tempo 

- nossa Luan como você tá lindo - ela andou deu alguns passos e me abraçou. Senti saudades dela já mais queria ir embora sai do meu país mas essa história e loga que ao passa do tempo eu vou explicando - veio passa quanto tempo aqui ?- ela perguntou com o sorriso lindo dela como sempre. 

- vim pra ficar - disse e soltei ela, que logo vez uma cara triste isso partiu o meu coração. 

- você tá ciente que Andresa mora aqui no Rio ?- balancei a cabeça concordado, não sei porque todos acha que eu vou embora.  O que eu tive com Andresa já passou ficou pra trás agora eu tô seguindo a minha vida sem ela .o meu celular vibrou eu peguei o mesmo e vi mesagem no whats da Bárbara 

Whats oh

- vamos almoçar amanhã no restaurante , vou manda o endereço (22:34pm)

- beleza (22:35pm)

Whats off

- vai discanca vai - Maria disse e isso eu fiz


 Pov's Andresa 

- quero isso - disse e peguei a carne que a Joana tinha colocado na mesa - e carne de quer ?- perguntei. 

- e bisteca - ela disse e as meninas começou a ri - só vai comer isso ?- ela apontou pro meu prato que tinha apenas um pouco de arroz e com feijão sim só isso é agora a carne.olhei pra meninas e vi que a Bárbara tava nervosa .

- aconteceu alguma coisa ?- perguntei e ela balançou a cabeça concordado com a minha pergunta. 

- queria falar só com você depois poder ser - ela falou e eu corcondei .- joana eu quero salada - ela disse e joana deu a salada pra ela .

- vamos fazer o quê  amanhã? ,vamos sai pra algum lugar ou ficar em casa- Camila perguntou a todas nós amanhã e domingo e nenhuma de nois trabalha nem mesmo a larrisa que trabalha no hospital. 

- vou ficar em casa - Duda falou - vou espera o Janson - Janson e namorado dela sim ela namora .

- vou sai com o Ryan - disse Larissa 

- vou no shopping - Ludmila disse- vou ver um gatinho 

- vou ficar o dia no quarto - Laura disse .

- vou sai ver uma pessoa que a muito tempo eu não via - Bárbara disse anima até fiquei curiosa pra saber quem era mais não ia pergunta quando ela quisese ela mesmo diria sem ninguém perguntado nada.

- e você Andresa? - Camila perguntou. 

- vou sai com o menino que eu conhece na boate - disse e todos me olhou 

- nossa ele te procurou - todas falorom juntas .balancei a cabeça concordado. 

Depois de conversamos sobre o menino que nem o nome eu sei ,eu fui pro meu quarto e deitei na cama querendo que chegasse o outro dia , e nem eu sei por que .A Bárbara entrou no meu quarto sem bate na porta e isso me irrita um pouco.

- antes de você falar o que eu já sei ,vou me adiantado me desculpa por não bate na porta - ela sentou na ponta da minha cama .- vou ser rápida so vi da um aviso - ela levantou e foi até a porta e parou .

- e o que ?- perguntei 

- o Luan está aqui no Rio - ela disse e me olhou ,não sei como tava a minha face so sei que eu tava normal por dentro - Andresa encurtou o que eu falei .

- sim escurtei- disse - eu não tenho nada a ver onde o Luan ta ou não tá - falei e levantei da cama andando até ela - eu não vou para minha vida pra sofre por ele não ,então ele que fique no Rio ,são Paulo etc... so não quero ver ele ,entendida - falei e ela concordou




Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...