História Nem todos os adultos são iguais - Capítulo 2


Escrita por:


Notas do Autor


Genteeeee..... Eu decidi que vou continuar essa história, eu sinto vontade de continuar ela sei lá, só espero que gostem da minha decisão. Eu tô até que tendo bastante de ideias aqui. Isso vai continuar eu vou dar meu melhor. Me desculpe os meu erros ortográficos. Agora não passa mais se só um simples one-shot, rs.
Fiquem com o capítulo =)

Capítulo 2 - Pensamentos e decisões.


Mike on:

Hoje realmente vejo que preciso ver o Freddy de novo, já se passam 2 semanas que não o vejo. Eu não sei, tudo aconteceu tão rápido... Eu não posso dizer que estou apaixonado, estou? Para alguém que queria me matar eu acho isso tão estranho, como quero ficar do seu lado de novo. Por que será ele não me matou naquele dia? Se eu o amo, isso é confuso. Será se ele sente o mesmo? Acho isso difícil, ele é um robô, robôs e humanos não são os mesmos... Eu não entendo nada. Eu estou apaixonado por um Animatronic?  Pode isso?
...
Perdido em meus pensamentos nem vejo o tempo passando.  Eu preciso de um novo emprego. Estou na casa da minha mãe por enquanto. Mas eu não quero dar este trabalho todo a ela. Eu queria estar na Freddy Fazbear's Pizza de novo.

- Mike?  Tudo bem filho?  Estava te chamando a um tempo.  -  Disse ela enquanto me encarava com um semblante preocupado na porta.

- Ah, sim mãe, eu só estava pensando, desculpe- me. - Passei a mão em minha cabeça. 

- Você parece triste, oque te incomoda? É sobre trabalho?

- É tipo isso, eu não quero imcomodar a senhora, eu preciso achar um emprego. Só que..... Eu quero que seja na Pizzaria que eu trabalhava a 2 semanas atrás.

- Você não me atrapalha em nada, que isso filho... Por que quer que seja lá?  A maioria dos trabalhadores de lá Sempre... Somem, aparecem mortos, desaparecidos. Há rumores ruins daquele lugar, acho que você deu sorte. Fiquei com tanto medo que algo te acontecesse...- Fala ela entrando no quarto e passando a mão sobre meu rosto. 

- Dei sorte mesmo... - Sussurro. - Eu acho que lá seria um bom lugar pra mim, eu me sinto bem, nada de ruim me aconteceu. Mesmo que o salário seja pouco, eu posso conversar com o gerente sabe?  Eu quero muito trabalhar lá....

- Isso fica estranho Mike, como não aconteceu nada com você? Lá tem o título de  um "Lugar assombrado" e você simplesmente quer voltar? 

-  Eu sei mãe, mais mesmo assim.... Eu quero.

- E se algo te acontecer?.... Não quero que ele te encontre... - Ela fala com preocupação em seu rosto, e sussurra uma parte que não ouvi direito com sua cabeça abaixada.

- Fica tranquila mãe, eu tô dizendo que é seguro pra mim.

- Tudo bem Mike. Faça oque você achar melhor, sempre te apoiarei.

-  Obrigado, sabia que entenderia. Mãe... Posso te fazer uma pergunta? 

- Sim.

- Quem foi o meu pai?

- Oque? Eu.... Mike o seu pai, ele... Ele, ele não foi uma boa pessoa sabe... - Disse ela meio disfarçada  de cabeça baixa.

- ... 

- Eu vou indo ok? - Ela sai meio rápido, como se não quise tocar no assunto. 

- Ok. Isso sim foi estranho...

De qual quer forma eu preciso trabalhar lá novamente...

Mike off/

°•NA PIZZARIA•°

Autora on:

A Freddy Fazber's Pizza hoje estava com bastante movimentação, muitas crianças correndo por toda a parte. O Lugar estava agitado.
Lá no palco se encontra Freddy cantando para as doces crianças. Ele estava meio triste,  e tentava não demonstrar isso. Sua mente estava totalmente ocupada com  certo humano de cabelos castanhos. 
Mesmo que Freddy tentasse esconder sua tristeza, Bonnie logo percebe. 

"Freddy está meio inquieto e triste esses dias... Oque está acontecendo? Vou falar com ele mas tarde..." Pensou Bonnie.

...
O tempo passa e logo a noite cai, onde a pizzaria é fechada. 

Bonnie percebe Freddy sentado cabisbaixo no palco e vai ter com o amigo. 

- Freddy, tudo bem amigo? Você não está tão animado como sempre foi. Oque te incomoda tanto? - Disse Bonnie preocupado.

- Ah, eu tô bem sim Bonnie...Não é nada.

- Certeza que você não quer me dizer algo não? Eu sou seu amigo, vou te apoiar. É sobre oque aconteceu no passado? - Disse ele sentando-se ao meu lado.

- Não, na verdade é meio difícil oque está acontecendo comigo. Eu não sei muito sobre isso... É estranho, eu sinto algo diferente perto dele, ele não é como os outros... Eu não consegui matar ele... Porque... Porque... 

- Você fala do antigo guarda noturno, o  Marck... Mi... Mike! Você não conseguiu matar ele Freddy!? Logo você, oque mais odeia adultos....

- Então eu... Eu não entendo isso também, eu não sei oque passou comigo naquele dia... Eu não fui eu mesmo, eu não queria machucar nem assustar ele... Eu só queria, proteger ele. Eu senti isso quando o vi chorar.... Eu quero estar do lado dele agora, eu quero estar com ele, não quero que ele seja substituído. Com ele eu aprendi que... Que nem todos os adultos são iguais.

- Uau Freddy, você está tendo um sentimento que os humanos chamam de "amor." Isso até que é bonito, mais nunca passou pela minha mente "Freddy apaixonado por um humano adulto."  Talvez você tenha razão de que nem todos os adultos sejam  iguais, mais ninguém sabe oque nós passamos, ninguém sabe oque fizeram com a gente... Eu... Eu  não sei oque dizer, de qual quer forma, como foi que isso começou, esse carinho que está sentindo  por ele agora? 


- Bom ele começou a implorar pela vida, eu estava com raiva, raiva muita raiva mas... Quando ele começou a chorar, todas as vontades de mata-lo tinham desaparecido. Eu começei a me perguntar oque estava acontecendo comigo naquele momento, era tão estranho. Eu nunca tinha poupado a vida de um guarda antes, vê-los chorar não mudou nada. Mas o Mike, eu sinto um coisa diferente por ele... - Nesse momento Freddy pega o chaveiro que Mike havia dado a ele naquele dia e abraça em frente ao seu peito. - Eu quero ele do meu lado agora Bonnie. Ninguém o substituirá.

- Freddy to sem palavras isso foi lindo, você realmente está apaixonado, só que seria meio estranho né... Um humano e um Animatronic... mas, o amor não tem limites né? Eu te apoio amigo. Sabe disso. - Bonnie disse dando uns tapas suaves em Freddy.

- Obrigado Bonnie.

Logo eles levam um susto com Chica e gritando e aparecendo do nada ali.

- AHHHHH QUE BONITINHO FREDDY, VOCÊ ESTÁ APAIXONADO? MEU DEUS EU TÔ SONHANDO MAL POSSO ESPERAR PRA VER O BEIJO DE VOCÊS! ISSO FOI LINDO MENINO, ARRAZOU EM. LOGO O HUMANINHO HAHA. - Chica disse com as mãos nas bochechas.

- AI CARAMBA QUER ME MATAR É? Oque estava fazendo aí? - Disse Freddy com suas bochechas vermelhas constrangido e raiva.

- Aí tá vermelhinho ainda ele em, wow. Eu tava espiando vocês. O assunto tava interessante né Freddy - Disse Chica com as mãos na cintura, olhando maliciosamente para Freddy. 

Freddy vira para o lado com vergonha, "aquela galinha sem penas ainda me paga." Pensou Freddy.

- Sua louca. - Disse Bonnie.

- Sou mesmo haha, Foxy tá aqui também oh. - Disse ela puxando o Foxy.

- Oh droga... Hehe, eai?  - Disse Foxy.

- Haha, não sou a única curiosa daqui.

- Aí vocês né, meu Deus.... - Disse Bonnie balançando a cabeça com negação.

- Então Freddy, será que ele voltará? - Disse Foxy.

- Eu espero que sim, quero o ver novamente... Não importa quanto demore... Eu nem consegui falar com ele naquele dia. Eu não disse uma palavra. 

- LINDO, é isso ai! - Disse Chica.

- Cala a boca Chica, para de gritar nos meus ouvidos caralh... Caramba!- Disse Foxy. 

- Cala tu! Já ia falar palavrão né? Seu besta. Tu não manda em mim não!- Disse ela cruzando os braços. 

- Só que como o Golden Freddy vai reagir? Temos ele ainda... Sabe ele odeia muito mais adultos... Ele é capaz de matar o Mike se ele voltar, ele vai atrapalhar muito isso... - Disse Bonnie preocupado.

- Aí tadinho do Freddy, tá cheio de problema, mal se apaixona, mais o amor é assim mesmo, você tem que quebrar barreiras. - Disse Chica.

- Calma, eu preciso resolver isso vai ser difícil, mas eu vou tentar, pelo Mike. Não deixarei o Golden Freddy machucar ele. - Disse Freddy olhando o chaveiro.

- Ele que te deu isso né? - Chica fala apontando para o chaveiro.

- Sim....

- Meu Deus tá melhor que filme essa sua história que está começando haha. " Em busca do amor." Esse será o nome.

- Menos Chica. - Disse Bonnie.

- Tá pararei, mas vou acompanhar isso até o fim.

- Meu Deus essa Chica é uma comédia né, eu me irrito mas as vezes não tem como não rir. - Bonnie disse rindo. 

- Ela me irrita de qual quer jeito. - Disse Foxy. 

- Eu te pego pirata falsificado!

Grita Chica que vai correndo atrás de Foxy. 

Freddy e Bonnie se olham e ficam rindo dos seus amigos "comediantes". 

...

Em outro lugar na pizzaria, nas sombras um certo urso observava tudo... 

- Humm....


Para continuar....


Notas Finais


Eu sei, tá estranho eu continuando né?
Eu apenas senti muita vontade. Achei que merecia um contínuo, tava sem sentido. Eu tava tendo tantas ideias aqui vou descartar algumas ficar com outras... Em fim, espero só que continuem gostando.
Eu coloquei um pouco da história do FNAF, tipo na parte ali, o Mike é filho do assasino mesmo( William Afton), e muitas tramas vão acontecer, muitas tretas, problemas. A personalidade da Chica é bastante agitada rsrs.
Comente se querem que eu continue mesmo, para eu saber se estou fazendo o certo.
Beijos!! =)


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...