1. Spirit Fanfics >
  2. Neo My Hero: Armaggedon >
  3. O Primeiro Ataque dos Deuses

História Neo My Hero: Armaggedon - Capítulo 4


Escrita por:


Notas do Autor


O Cap tá de arrepiar hein, prestem bem atenção
Lembre-se pessoal: Passem álcool em gel, bebam água, bocejem, e batam palmas enquanto piscam, e leiam enquanto estão deitados (Assim vocês absorvem mais a história...ksksks)

Capítulo 4 - O Primeiro Ataque dos Deuses


Fanfic / Fanfiction Neo My Hero: Armaggedon - Capítulo 4 - O Primeiro Ataque dos Deuses

 

 

 


[Musutafu, Central de Polícia] 
[11:29 - 01/04]



(Todos na Sala) T-TODOROKI?!? - Dizem todos um uníssom, vendo a grande cicatriz recente em seu olho, ele começava a andar até sua cadeira, aparentemente com dificuldades. 



(Midoriya) V-você tá bem Todoroki? Parece bem machucado. - Diz o esverdeado, claramente preocupado com o amigo. 



(Bakugou) Para de ficar histérico seu nerd! Não tá vendo que ele tá inteiro? - Diz o loiro o ameaçando. 



(Todoroki) Eu não diria isso. 



Ele levanta da cadeira com dificuldades, e com cuidado, levanta a barra direita da calça, e ao invés de ter uma perna ali… tinha um pedaço de metal reluzindo com  a luz branca da sala, deixando todos de boca abera. 



(Todoroki) Ah, agradeçam a Hatsume por mim, ele fez a prótese, mas não antes de me apresentar 13 modelos diferentes. - Diz ele sentando novamente com  cuidado.



(Naomasa) Bom, exceto por Tsukuyomi, Suneater, Creati, Ingenium e Hebe, estão aqui, todos os membros da Break Alliance. 



(Shinsou) Bem, não foram reunidos 9, dos 14 membros atoa, qual é a situação? Não é preciso ser um gênio que algo que aconteceu com o FrostBurn. 



(Kaminari) Pera ae, não era pra você estar de volta há umas duas semanas? - Diz o loiro confuso, e outro loiro chega se inclina perto dele e dá um tapa na cabeça dele. - Aí! 



(Bakugou) Se você deixar o merda do Meio-A-Meio falar, a gente vai saber ô carregador ambulante. - Diz ele sentando de volta na cadeira 



(Todoroki) É uma longa história, mas, eu estou torcendo para estar errada.





[Musutafu, U.A.]
[ 07:04 - 01/04]


(Jirou) Não fiquem de pé aí o dia todo, é o primeiro dia de vocês, mas temos muito o que fazer. Vamos, sentem-se, acho que sabem seus lugares – Diz ela sem expressão facial, ela realmente parecia Aizawa nos tempos de professor.



O garoto dos cabelos ruivos, se senta na cadeira 17, já a garota rosada, se senta na cadeira 1, enquanto o garoto esverdeado, se senta na 14. 



(Jirou) Bem, sem querer perder muito tempo, eu sou Kyoka Jirou, mas acho que me conhecem como EarphoneJack, e vou ser a professora geral de vocês, e também, a responsável pela turma 1-A. - Ela ia continuar falando, mas uma garota de olhos de cores diferente levanta a mão – Ahnnn, sim? Você? O que quer? 



(Garota Bicolor) Com licensa, Jirou-sensei, mas não devíamos ter alguma chamada de introdução, afinal, isso é o comum de se fazer. Na verdade, também devia ser explicados os horários de aulas, como funcionarão os sistemas de dormitórios, já que nossos pertences estão lá, não tivemos cerimônia de abertura, apresentação ao professores  sem mencionar que.. - Ela ia continuar, sabe-se lá quanto tempo, se a roxeada não tivesse a interrompido. 



(Jirou) Ei tagarela, isso é uma escola de heróis, essa burocracias cansativas são para depois. - Diz ela, calando a garota, que volta a sentar, em sua cadeira. - Bem, antes que me interrompam de novo, vamos fazer um pequeno exercício de começo de ano, sabem, pra entrar com o pé direito, e pra isso, é crucial que vocês nem se conheçam direito, principalmente, suas individualidades. - Ela diz caminhando pra fora da sala. - Ah é, vocês encomendaram isso, então, é melhor usarem. - Diz ela apertando um controle na mão, e saem maletas, da parece direita da sala.



[U.A. Campo de Simulador de Treino]
[ 07:20 ]



Não era possível acreditar no tamanho do que era pra ser um simples campo de treino, todos os alunos da Nova Geração da 1-A admiravam maravilhados, até que a voz de sua professora, os tiram desses devaneios. 



(Jiro) Dentro de alguns minutos, vamos começar o treino de combate 1 contra 1, vai ser apenas uma luta comum, e não terá limite de tempo, só acaba quando um dos oponentes imobilizar o outro, ou um deles não estiver mais capacitado pra lutar.  - Ela é interrompida por uma garota com cauda de escorpião. 



(Garota Escorpião) Mas, porque assim, do nada? Nem sabemos nossos nomes. - Diz ela coçando a ponta da cabeça com a cauda, antes que Jirou pudesse responder, um garoto de cabelos cinzas responde 



(Garoto Cinza) Provavelmente pelo fator surpresa. - Ele diz, e a sala parece não entender – É que, não nos conhecemos, e durante um resgate, ou luta, não vamos saber os poderes de nossos oponentes na maioria das vezes, então eu deduzo que essa aula é um treino de luta, para nos treinar a como lidar com situações inesperadas, creio eu também que os cenários de luta, vão ser escolhidos aleatoriamente, assim como os oponentes, pode ser injusto, mas se lutas fossem justas, não seriam chamadas de ''confrontos''. 



Ele termina de dizer, e deixa a sala toda de boca aberta, era uma análise perfeita, feita em pouquíssimo tempo, e Jirou sorriu, sabendo que esse moleque provavelmente seria o representante ou algo do tipo. 



(Jirou) Bem, agradeço por ter me poupado o trabalho de explicar. - Ela fala esticando os braços, se alongando. - E como eu sei que muitos de vocês vão extrapolar os limites, quero chamar um grande amigo meu, para parar a luta a força se necessário, vocês devem conhecê-lo, como o herói número 5. - Ela termina de de dizer, e toda a sala fica eufórica 



Alguns alunos viajando, ou ainda distraídos, pois não são todos que lembram coisas como posição de rank de herói. 



(Garota Escorpião) Que parada é aquela ali? - Diz ela apontando pro teto do campo de treino. Algo estava pendurado ali, de ponta cabeça, e por instinto, todos olham também. 



(Jiro) Aí, não acredito que ele vai dar esse showzinho de entrada triunfal. - Diz ela bufando, e massageando a nuca 



Em questão de 1 segundo, a figura se desprende do teto, e com uma rapidez insana, desaparece, e reaparece na frente dos seus alunos, com seus olhos vermelhos os encarando, e com seu sobretudo de costume, com uma aura totalmente sombria. 



(Tokoyami) Saudações jovens…



(Izato) É o herói Jato-Negro, Tsukuyomi!! - Todos ficam animados por verem um Pro-Hero do Top 5 na frente. 



(Tokoyami) Obrigado pelas recepções calorosas, mas não estamos aqui pra isso certo? Estão aqui para serem heróis, então, por ora, parem com essas coisas de crianças. - Ele diz dando as costas pros alunos, ele tinha uma presença perturbadora, parecia, que se ele quisesse, ele derrubaria qualquer um ali. 



(Dark Shadow) Hahaha! Ele só banca o durão pirralhada hahaha!! Deviam ver o quanto ele ficou animado quando foi chamado pra ser o professor de ''heroísmo'' da escola hahaha!!! - Diz a sombra saindo das costas do pássaro. 



(Tokoyami) DARK SHADOW!! 



(Dark Shadow) HAHAHA! Deviam ter visto ele todo tipo ''Eu vou ensinar a nova geração, eu vou ensinar a nova geração!'' 



(Tokoyami) CHEGA!! VOLTA! - Grita ele puxando a sombra de volta pro corpo.



[Musutafu, Central de Polícia] 
[11:40 01/04]



(Kaminari) Então, resumindo, você acha que essa cara com poderes elétricos, atacou você e a Yaomomo no jato particular, e como você acha que ele parecia ter mais de uma individualidade, e então, isso podia estar relacionado à os sumiços das pessoas, que voltam sem poderes, ou seja, eles sabem alguma maneira de retirar individualidades artificialmente, e junta elas em um ser orgânico, por isso, também pensa que existem outros deles por aí, já que são dezenas de casos de pessoas tendo a sua individualidade roubada. Ah, sem esquecer que ele se auto-proclamou um deus, mais de uma vez.



(Shinso) Eu não acredito que alguém como o Kaminari conseguiu entender tudo, e resumir tão bem. - Diz ele tomando um gole de café, suas olheiras costumeiras começavam a aparecer cada vez mais 



(Bakugou) Mas também, olha o resultado , ele deve ter queimado a porra de todos os neurônios dele– Ele diz apontando pro loiro, se referindo a ele estar do mesmo jeito estúpido que de quando usa 100% do poder. 



(Kaminari) YHEI… YHEI….



(Bakugou) Parecem um bando de bostinhas revoltados com a sociedade, e querem quebrar tudo só por pura birra 



(Midoriya) E é por isso que que eles devem ser parados o quanto antes Kacchan. 



(Kirishima) Mas se a teoria do Todoroki estiver correta tudo se encaixa com os sumiços das pessoas, na verdade, da individualidades delas. 



(Todoroki) Na realidade, há algo faltando, uma única peça que não tem cabimento em lugar nenhum, pelo menos, nos nossos conhecimentos atuais. Aquele homem simplesmente apareceu como um flash dentro do jato, apareceu do nada como um trovão, consegui proteger a Yaomomo, o piloto e o co-piloto, mas antes que eu percebesse, estava lutando com alguém poderoso demais, com poderes de controlar raios além disso, eu desmaiei durante a luta, a dor da perna era tão grande que eu apaguei, acordei oito horas depois com a Yaomomo e cuidando de mim e dos pilotos, se não fosse ela, eu não estaria aqui, ela usou tão repetidamente seu poder sem se recuperar, que quando nos encontraram, ela não conseguia respirar direito de cansaço. Ficamos numa planície perdidos por todo aquele tempo. Nesse momento ela está internada, em coma, tirando isso, a única coisa que falta é... 



(Mirio) Desculpe interromper a Todoroki. Você não tem nenhuma ideia do que eles possam querer com você? Digo, foi uma situação tão específica, que, o que eles poderiam querer? 



(Bakugou) Porra Topetudo, não caiu a ficha ainda? - Diz ela bufando, e cruzando os braços. - Me dê paciência Senhor. - Reclamou esfregando as têmporas 



(Naomasa) Bem, Senhor DynaMight, se você explicasse melhor o que está supondo, nós poderíamos entender também. - Disse o detetive, sem mudar a expressão, Bakugou odiava isso. 



(Bakugou) Quero dizer, que se esses merdinhas são tão revoltados assim, e com delírios tão grande de poder e grandeza, e com esse nível de hipocrisia, se chamando de ''Deuses'', eles querem trazer o medo divino de volta a tona. 



(Nejire) Mas, o que te faz pensar isso? - Ela pergunta com a mão levantada, parecendo uma criança. 



(Bakugou) Presta atenção Smurffet, hoje em dia, são poucas as pessoas que ainda seguem uma religião, mas se olharmos historicamente, as pessoas trabalhavam ''unidas'', através de algum medo de alguma divindade, pega as porras dos faraós por exemplo, era uma paz trazida pelo medo, mas eles só silenciavam os fracos, e os controlavam, e chamavam isso de ''paz'', ou ''piedade divina''. - Ele revela isso tudo, dando um soco nas mentes de cada um ali, era realmente uma grande observação. - Não passam de um bando de merdas, viciados em poder, dizendo que querem paz através da dor, Hunf! Como se a paz viesse com a violência, são apenas uns hipócritas do caralho.



(Naomasa) Bem, como foi dito, se FrostBurn estiver certo, e DynaMight também, temos certeza de duas coisas: Essas pessoas são extremamente perigosas, e que devem ser paradas a qualquer custo.



(Deku) Não… temos certeza de mais uma… - Diz o esverdeado no canto da sala, com raios verdes brilhantes transbordado pelo corpo, e Ochaco segurava sua mão. Ao seu lado, para tentar acalma-lo. - A nossa última certeza, é que vamos parar os planos deles.



[U.A. Campo de Simulador de Treino] 
[07:35]



(Jirou) Ah, antes que eu me esqueça, como numa batalha ninguém sai, digamos ''ileso'', me deixem chamar a ''Curandeira Suprema'', a enfermeira mais forte da U.A., Eri Aizawa, ou como é conhecida, ''Hebe'', a heroína número 10.



Ela diz e todos os alunos da sala vão a loucura de novo, e heroína Hebe é uma lenda, em lutas, missões, e resgates, nenhuma nunca morreu quando ela está presente, ela só não está mais acima no rank, por não fazer parte da linha de frente das lutas, ela é bem conhecida por ser uma das três pessoas que fazem estágio com o Deku, e agora, com os cabelos longos e brancos, e seu chifre no topo na cabeça, que, no momento, está em  ''estado de repouso''
Ela se aproxima, cumprimentando todos, e acenando gentilmente, ela dá um sorriso para Izato, afinal, como ela era pupila do herói número 1, eles já se encontraram várias vezes.



(Jirou) Bem, últimas coisas, Tsukuyomi vai avalia-los, junto comigo, e ele irá intervir a luta, se preciso, e Hebe vai curar- los se se machucarem demais, então, não precisam se segurar muito, não preciso dizer que não precisam matar ninguém né? - Ela diz com uma aura assustadora. - Bom, e então… aqui estão, suas lutas e campos de lutas, escolhidos pelas mãos da sorte….






◼️1 °Luta - Hosuto Kaze VS Fumuki Zokusei 
Ambiente: Montanhoso 

◼️2 °Luta - Ren Akeaki VS Kate Neko
Ambiente: Floresta 

◼️3 °Luta - Fugaku Ten VS Shin Bakugou
Ambiente: Espaço Aberto 

◼️4 °Luta - Misaki Kaminari VS Minoru Tanmatsu
Ambiente: Labirinto 

◼️5 °Luta - Izato Midoriya VS Nima Kankaku
Ambiente: Montanhoso 

◼️6 °Luta - Hatsune Odoku VS Kugo Saigen
Ambiente: Espaço Aberto 

◼️7 °Luta - Akarui Kirishima VS Kento Garasu
Ambiente: Cidade 

◼️8 °Luta - Mizuna Mijume VS Mitsuki Kishi
Ambiente: Cidade 

◼️ 9 °Luta - Shino Hagane VS Naomi Kidou
Ambiente:  Floresta 

◼️ 10 °Luta - Arata Nendo VS Mia Todoroki 
Ambiente: Labirinto


Notas Finais


Gostou? Não gostou? Odiou? Amou? Críticas? Elogios? Xingamentos? Manda nos comentários, eles me ajudam a ter motivação pra continuar

Agora já sabem os nomes deles... fiquem curiosos pra saber as individualidade, ah é, quando todos forem apresentados, eu posto um cap extra com a ficha deles 👍


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...