1. Spirit Fanfics >
  2. Neopolitan e seu chapéu >
  3. Capítulo Único

História Neopolitan e seu chapéu - Capítulo 1



Notas do Autor


Neopolitan é uma das minhas personagens favoritas de RWBY, talvez a minha preferida. Ela me cativou muito.

Espero que gostem :)
Boa leitura

Ps: mais coisas nas Notas Finais.

Capítulo 1 - Capítulo Único


O chapéu com o tecido gasto e de fita vermelha sem brilho pairava sobre os fios coloridos de Neo. O adereço maculava sua beleza, gerando comentários risonhos, mas Neo fazia-se de surda.

Dona de um dos maiores mercados de dust, criou intrigas com as regionais, gerando até mesmo desconfiança. Neo não aceitaria ordens de mais ninguém: ela agora mandava, e sua conquista abalou mundos. Muda e com uma ficha criminal apagada, poderia andar livremente pelas ruas.

Roman sentiria orgulho dela e diria que preferiria a adrenalina do submundo às mesmices da superfície. Sentia falta do ruivo como ninguém.



Eu não matei seu chefe, garota.



A vingança aflorou sua tristeza. Quem ousa? Contudo sua raiva trouxe mais perguntas do que respostas, e nada naquele maldito mundo traria de volta o ruivo e suas piadas ousadas. O maldito mundo que os uniu.

O leve peso do chapéu trazia à tona o que de melhor viu em Roman, fazendo-a ficar boba porque ele enxergou coisas inimagináveis nela. Sua estima nunca passou de sua parceria, mas desejou ter ao menos acariciado os fios ruivos do rapaz trapaceiro. Tal palavra a lembrou de como perdia para o outro nos jogos de carta.


Não se afobe em conseguir vencer, minha querida. Tenha consigo a arte de esperar e saber executar as melhores jogadas. Tenha sempre uma carta na manga.


Neo nunca conseguiu vencer uma partida, e, quando esteve perto de ganhar uma, Roman virou o jogo, deixando-a embasbacada.



Você chega .



E ela chegou. Com dor nos ossos, cansaço na alma, tristeza no olhar e com seus momentos com o rapaz vividos que a faziam ainda andar sobre aquela terra. Sua ficha não tinha desaparecido do nada, a pessoa que menos pensou que iria ajudá-la fez de bom grado ao ver seu interior revolto.  Queria ter tido voz para dizer as palavras que ouvira algumas vezes:



Não preciso de sua pena.



Embora não fosse pena, mas empatia. E não saberia dizer qual das duas seria a mais dolorida —  tal coisa é imensurável.

Neo abraçava o chapéu, sem amassar, em suas tardes livres do trabalho. O dia ia embora, e ela desejava que a sensação de que o outro dia não viesse se concretizasse para poder se juntar a Roman.

Seus negócios não passavam de execuções do que um dia foram as ordens do ruivo. O ambiente a lembrava dele, e poderia sentir o cheiro do xampu apenas colocando chapéu todas as manhãs para lidar com sua empresa e em como se sentia só sem ele — sua elegância se distorcia um pouco com o chapéu ainda preservado, porém velho.

Sua vingança se desconstruiu ao vento quando esteve perto de perder o único objeto pertencente a Roman. Não viveria mais aventuras perigosas ao seu lado, e Neo finalmente abraçou a ideia de conviver com as memórias que restaram, buscando por pequenas coisas que a fazia viver a mesma adrenalina que sentiu ao seu lado. Mas nada preencheria seu peito do vazio que um dia fora Roman, inundando-a com seu charme, elegância, malandragem e piadas ruins.

Afinal, Neo realmente esqueceu de seu desejo por vingança? Não, ela apenas concluiu que não faria diferença alguma prosseguir com essa cisma e que ainda permaneceria na companhia inanimada do rapaz que a tirou de sua própria solidão.

E pela primeira vez em um tempo borrado diante de seus olhos heterocromáticos, valeu a pena deixar para trás seu eu e se surpreender com o que aprendeu de Roman.

Ele estava dentro dela, e isso importava mais que qualquer vingança.


Notas Finais


Já fazia tempos que eu queria ter escrito algo sobre a Neo e aqui está :3
Quero agradecer a @sweety_girl pela betagem ❤💛
E a @mimi_zi pela capa 😘
Quero agradecer ao projeto também e a equipe em geral. Adoro cada parte dele e são ótimas pessoas para se relacionar.

A pessoa que ajuda Neo nessa fanfic é a Ruby. Nossa compreensiva protagonista.

Espero que tenham gostado da one.
Beijinhos


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...