História NEVER BE ALONE - Shawn Mendes Fanfic - Capítulo 17


Escrita por:

Postado
Categorias Shawn Mendes
Personagens Personagens Originais, Shawn Mendes
Tags Fanfic, Old Magcon, Shawn Mendes
Visualizações 688
Palavras 472
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 16 ANOS
Gêneros: Ficção, Romance e Novela
Avisos: Álcool, Bissexualidade, Linguagem Imprópria, Nudez
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Capítulo 17 - 17.Luna


Não poderia abrir o meu WhatsApp.

Não poderia ir para a escola.

Não poderia ver o Shawn. Não do jeito que eu estou.

Minha depressão me derrubou com tudo. Me fez criar paranóias sobre o Shawn e eu. Me fez ficar vulnerável com a pessoa que me faz querer ser forte.

Além disso minha psicóloga me diagnosticou com Ansiedade e disse: ‘no estado que ela está poderá ter crises de pânico á qualquer momento’. Ótimo. Mais um problema para minha lista de problemas.

Ler aquele amo você que Shawn mandou me fez sorrir, confesso. E eu também amo ele. Mas como dizer á ele um turbilhão de coisas que passo, que sinto e tenho que viver, sem assustá-lo? Isso obviamente o faria fugir de mim, e com razão.

Quem iria querer algo com uma garota com depressão, ansiedade e que poderia ter a merda de uma crise de pânico á qualquer momento? Exatamente. Ninguém.

Não quero destruir um garoto como Shawn. Ele é fantástico e incrivelmente..incrível. Desde que o conheci passei 3 semanas sem ter nenhuma crise ou algo do tipo, mas nesses últimos 3 dias, quando percebi que realmente o amava venho tudo á tona. Ficar trancada no meu quarto, deitada - sem ânimo para nada.

Ouço batidas na porta do meu quarto e então murmuro um ‘pode entrar’, fazendo com que a silhueta de Aaron entre no quarto.

- Como você está? – Ele pergunta dando um beijo leve na minha testa.

- Dentre tudo, razoavelmente estável. – digo.

- Shawn perguntou de você... umas cinqüenta vezes... por dia. – ele diz e eu dou um leve sorriso.

Fico calada e logo Aaron começa á dizer.

- Luna, pode me odiar ou me expulsar daqui, mas me ouve primeiro. Shawn é o amor da sua vida. Eu sei disso, você sabe disso, ele sabe disso e o mundo todo sabe disso. Você não tem noção do quanto o seu olho brilhou quando eu disse o nome dele. Sei que está doendo, mas Luna são experiências anteriores. A vida é esse jogo mesmo. Perdeu? Volta pro início e joga novamente. Não perde esse garoto. Pega seu celular e manda uma mensagem, explica tudo que você está passando. Se ele realmente te amar, vai entender e estar ao seu lado. – Aaron diz e se levanta indo em direção á porta.

- Onde você está indo? –pergunto pro garoto branquelo.

- Embora. Não vai me expulsar daqui ?– ele diz meio confuso.

- Não. Eu precisava de um empurrão, e foi esse. – digo e nós dois sorrimos sem mostrar os dentes.

- Aleluia Senhor, Deus é pai não é padrasto não né?! – Aaron responde e eu sorrio dele, o que resulta em uma risada.

- Se não der certo, você vai me ajudar com meus caquinhos? – pergunto.

-Cada um deles. – Aaron diz, me abraçando em seguida. 



Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...