História Never Be The Same - Camren - Capítulo 16


Escrita por:

Postado
Categorias Camila Cabello, Fifth Harmony
Personagens Personagens Originais
Tags Camren, Comedia, Drama, Luta, Romance, Surf
Visualizações 2.704
Palavras 1.327
Terminada Sim
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Ação, Aventura, Comédia, Crossover, Drama (Tragédia), Esporte, Famí­lia, Festa, LGBT, Luta, Romance e Novela, Shoujo (Romântico), Violência
Avisos: Adultério, Álcool, Drogas, Homossexualidade, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Nudez, Sexo, Tortura, Violência
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Notas do Autor


Boa tarde bolinhos, tenham uma boa leitura.

Capítulo 16 - Divertido né?


P.O.V  Camila

Assim que termino de me aprontar, paro em frente ao espelho que tem em meu quarto, fico olhando por um tempo tentando ver se está de bom tamanho ou se tem algum erro. Lauren disse que iriamos passar o dia ao ar livre e então optei por vestir um short jeans azul que vai até metade de minhas coxas, uma blusa com as mangas caídas e que deixa metade de minha barriga a mostra, nos pés um par de rasteirinha com pedrinhas brilhantes. Dei uma volta em frente ao espelho vendo que está ótimo o meu look do dia já que a Lauren avisou que não precisava ir extravagante, apenas algo que me agradasse e isso está me agradando.

Escuto a campainha sendo tocada, passo rapidamente um gloss em meus lábios e pego o meu celular saindo correndo dentro do meu quarto. Ajeito meus cabelos enquanto ia apressadamente par o andar de baixo, meus cabelos estão ondulados jogados para trás. Abro a porta central dando de cara com uma Lauren maravilhosa, ela está usando um short jeans branco com pequenos rasgos, uma camisa cavada preta deixando seus braços fortes e branquelos a mostra, um óculos de sol no topo de sua cabeça e nos pés seus inseparáveis coturnos.

- Nossa Camz, você está irresistível – Lauren me olhou de cima a baixo.

- Você está maravilhosa, Lolo – Me estico para beijar sua bochecha – O que é isso na sua mão?

- É uma cesta – Lauren balançou a cesta em sua mão.

- Hum, iremos fazer um piquenique? – Perguntei esperançosa.

- Uhum, você gosta?

- Na verdade eu nunca fiz piquenique.

- Eu também não – Sorriu charmosamente – Já que nós duas gostamos de comida, acho que isso vai ser agradável para nossa tarde.

- Concordo plenamente – Entrelaço meu braço ao seu e assim fomos para o elevador que nos levou para o estacionamento no subsolo – Você não vai mesmo relevar o lugar que iremos?

- Não mesmo – Lauren riu baixinho apertando o alarme do carro para destranca-lo – É uma surpresa.

- Você é tão estraga prazeres – Deixei meus ombros caírem enquanto entrava em sua BMW com o teto solar aberto.

- Eu sou um amor de pessoa – Lauren assim que sentou no banco motorista, esticou o tronco e me deu um selinho carinhoso – Pronta?

- Claro Lolo.

Lauren arrancou com o carro com seus olhinhos verdes focados na rua, liguei a radio deixando em uma estação POP onde o radialista anunciou uma musica da Demi Lovato, Sorry Not Sorry. Fiquei cantando ouvindo a risada da surfista que se divertia com a minha animação, depois de mais algumas musicas, a Lauren estacionava a sua BMW no estacionamento do parque. Mas não é um parque qualquer, esse tem um grande campo com as gramas verdinhas, flores espalhadas para cada lado, um canto com parquinho para crianças e um belo lago que contem patos, gansos e assim vai.

- Como eu nunca vim aqui antes? – Pergunto boquiaberta quando saio do carro.

- Talvez porque você não se permiti descobrir mais coisas de Miami, você vive trabalhando – Lauren respondeu pegando a cesta e vindo ao meu lado.

- Só você mesmo para me fazer divertir – Olho para a surfista – Fazia tempo que eu não saia, eu apenas ficava no quiosque.

- Você tem o direito de sair mais, aquele quiosque está esgotando você – Lauren me puxou com a mão livre para perto de umas arvores.

- Está mesmo, é muito corrido – Suspiro – Mas então, o que você trouxe dentro dessa cesta?

- Já com fome?

- Talvez – Sorrio de lado – Mas aposto que você também.

- Talvez – Repetiu me causando uma risada – Eu trouxe suco natural de maracujá para nos deixarmos calminhas, dois sanduiches, morango picado, um cacho de uva e todinho.

- Hum, só tem coisas boas – Pego a toalha quadriculada das cores vermelha e branca, ajeito no gramado e finalmente nos sentamos nela – Por onde começamos?

- Comendo sanduiches e tomando suco – Lauren disse toda feliz.

Assim começamos nosso piquenique, comemos primeiro os sanduiches que estavam uma delicia, tomamos o suco de maracujá natural, tomamos o todinho que estava geladinho e agora estamos deitadas na toalha olhando para o céu. Comíamos morangos e uvas, Lauren se deitou de lado apoiando um cotovelo no chão e ergueu a cabeça para me fitar, sorri vendo seus olhos intensos me olhando.

- Abre a boquinha – Pediu, abro a boca pronta para receber uma uva que ela segurava, Lauren esfregou a fruta em meus lábios de um jeito lento e seus olhos fitavam a minha boca.

- Meu Deus Lolo, você é muito safada – Falo pegando de uma vez a uva.

- Que boquinha gostosa – Sussurrou se aproximando de mim.

- Sério, eu nunca conheci uma pessoa mais safada que você.

- Sou única baby – Lauren riu roucamente – Mas você gosta desse meu jeito.

- Gosto – Confessei – Mas só um pouquinho.

- Aham sei esse eu pouquinho, sua safadona.

- Cala a boca e me beija logo.

Lauren riu mas segundos depois inclinava a cabeça para baixo colando nossas bocas, levo uma mão até a sua nuca puxando-a mais para mim. Nossos lábios se mexiam sem pressa alguma, eu já estava me derretendo com aquele carinho e a maciez, a surfista acariciava a minha cintura me deixando confortável com aquele beijo calmo. Chupo o seu lábio inferior plantando um selinho, mas a Lauren faz questão de voltarmos a nos beijar, nossas bocas se encaixaram perfeitamente e dessa vez nossas línguas se ajuntaram, gemi baixinho em satisfação. Nossas línguas se acariciavam transmitindo um paz, o vento batia em nosso corpo dando um clima leve e perfeito para nosso beijo. Lauren deixa dois selinhos em minha boca e se afasta pouquinho, eu ainda sentia sua respiração batendo em meu rosto.

- Linda – Murmurou passando o dedão em minha bochecha – Você é muito linda.

- Eu não, você que é – Roço nossos narizes – Linda demais.

- Bobinha – Lauren me deu mais um selinho – Que tal brincarmos com os gansos?

- Como assim brincarmos com eles? – Questionei sem entender.

- Está vendo aqueles dois gansos andando juntos? – Apontou para perto de um lago.

- Sim, o que tem eles?

- São um casal, quando estão em casal, eles ficam bravos quando passos perto ou provocamos – Lauren se levantou e estendeu a mão para mim – Venha ver, eu vou mexer e eles vão correr atrás de mim.

- Isso não é perigoso?

- O máximo que posso ganhar é uma bicada daquelas – Fez careta – Mas é divertido, olha só.

Segui a Lauren até perto do lago, fiquei ali encostada em uma arvore gigante enquanto a via indo em direção ao casal de gansos que andavam pelo gramado verdinho. A surfista bateu os pés com tudo no chão fazendo os dois animaizinhos abrirem as asas e olhar para a branquela que sorria divertida, não demorou nada que os dois gansos corressem atrás da Lauren que disparou pelo campo.

- AI SOCORRO – Lauren gritou rindo – ESTOU PERDENDO A FORÇA DE CORRER.

- Lo, eles vão te bicar – Aviso preocupada.

- Eles não param mais de correr atrás de mim – Lauren passou correndo por mim e assim fez que os gansos viessem na minha direção – CORRE CAMILA.

- LAUREN CABRUNCA – Saio correndo seguindo a branquela que gargalhava, olhei para trás vendo os gansos ainda tentando me bicar – PELO AMOR, EU VOU MORRER.

- Corre! – Mandou.

- Ai! – Tropeço em alguma coisa e por obra do destino, bato com tudo na surfista que caiu rolando pelo gramado, logo eu me ajuntava a ela – Puta merda.

- Calma, pelo menos os gansos não estão mais atrás de nós – Lauren riu gostosamente e se virou para me fitar – Divertido né?

- Desesperador e divertido – Me ajunto a ela na risada.

- Isso é para você – Lauren esticou o braço pegando um flor azul do campo – Uma flor para outra flor.

- Você é um amorzinho – Beijo seus lábios e cheiro aquela flor – Obrigada Lolo.


Notas Finais


É legal o ganso correr atrás, inclusive, uma vez correu atrás de mim kkkkk A noite estou voltando, então é melhor vocês me encherem de comentarios.


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...