História Never Be The Same - Camren - Capítulo 94


Escrita por:

Postado
Categorias Camila Cabello, Fifth Harmony
Personagens Personagens Originais
Tags Camren, Comedia, Drama, Luta, Romance, Surf
Visualizações 1.138
Palavras 1.274
Terminada Sim
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Ação, Aventura, Comédia, Crossover, Drama (Tragédia), Esporte, Famí­lia, Festa, LGBT, Luta, Romance e Novela, Shoujo (Romântico), Violência
Avisos: Adultério, Álcool, Drogas, Homossexualidade, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Nudez, Sexo, Tortura, Violência
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Notas do Autor


Bom dia cambada.

Capítulo 94 - Luta Camren


P.O.V  Camila

Pego os pedidos com os clientes e volto para dentro do quiosque, prendo o papel no prendedor deixando a vista para as meninas, Dinah levava os outros pedidos para as pessoas que tinham pedido antes, Ally olhou o papel e começou a preparar uma enorme porção de frango frito, Normani fritava uns bolinhos de carne e a Lucy preparava a massa para ir entregando a morena. Eu peguei o maracujá para fazer um suco natural, bato-a no liquidificador com gelo e encho um enorme copo, coloco um canudinho e um guarda-chuva pequeno como enfeite. Deixo o copo em cima da bandeja junto do pedido do cliente, agora vou preparar uma batida com álcool.

Senti mãozinhas em minhas pernas e olho para baixo vendo a Angelina sorrindo sapeca, mando um beijo para ela, a mesma apenas pressiona os lábios como se tivesse me mando um beijo também da maneira que ela podia. Solto uma risada com isso, minha filha tratou de se sentar no chão e pegou uma panela, começando a brincar com aquilo. Lauren está na areia treinando com a Vero, mesmo que a minha esposa não lute mais porque agora é responsável, ela ainda treina porque quer ficar em forma ou vai que aconteça um imprevisto.

- Oh coisinha linda da titia – Normani se agachou ficando de frente para a minha filha.

- Ti! – Angelina estendeu a panela para ela.

- O que eu faço com essa panela? – Normani perguntou.

- Assim ó – Angelina colocou a panela na cabeça e sorriu.

- Menina maluquinha – Normani deixou um beijo em sua testa.

- Angel – A chamo, a mesma me olha sorrindo – Cadê sua chupeta?

- Não sei – Angelina deu de ombros.

- Neném não sabe onde está? – Indago e a mesma nega – Não pode perder a chupeta.

- Chupeta – Angelina se levantou do chão e esticou os pezinhos querendo ver o que eu fazia – Que é?

- Suco – Acaricio seus cabelos – Depois eu faço um para você.

- Quelo.

- Amor – Lauren senta na cadeira – Cadê a nossa princesa?

- Serve essa – Ergo a Angel e a mesma solta um gritinho.

- Serve muito – Lauren ri – Adivinha o que eu achei?

- Chupeta? – Angelina esticou as mãozinhas.

- Isso mesmo – Lauren enfiou o objeto na boca da nossa pequena – Hum que chupeta gostosa.

- Pepeta – Angel disse abafado, ela começou a morder a borrachinha da chupeta.

- Não faça isso, filha.

Já comprei tantas vezes chupetas de tanto que a Angelina morde e acaba rasgando, agora que os dentinhos dela está crescendo, ai que ela adora morder as coisas. Minha filha saiu correndo após estar com a chupeta na boca, ela foi até a Lauren e esticou as mãozinhas, a surfista pegou-a no colo e ficou ninando-a contra si. Termino de preparar os pedidos e a Dinah foi leva-los para os clientes, saio de dentro do quiosque e vou até a minha esposa, solto uma risada ao ver que a Angelina não iria dormir, ela está muito concentrada em brincar com o desenho na blusa de Lauren.

- Você não vai dormir, neném da mama?

- Não – Angelina me olhou por um segundo e voltou a se concentrar na blusa.

- Ei gente – Zara apareceu sorrindo – Oi princesinha da titia.

- Za! – Angelina esticou as mãos querendo colo e a loira a pegou – Titi!

- Titia – Zara pronunciou – Que coisa fofinha.

- Claro que é fofa, estamos falando de minha filha – Lauren se gabou e abraçou a minha cintura.

- Você não vai lutar mais não? – Zara perguntou para a branquela – Está tendo cada luta que estou promovendo.

- Agora tenho uma linda família – Lauren encarou a pequena e depois a mim – Sou responsável, não faço mais essas coisas.

- Consigo arranjar uma luta ótima a você – Zara insistiu.

- Obrigada, mas não rola – Lauren pisca um olho – Digamos que estou me aposentando dessa vida de briguenta.

- Awn – Aperto suas bochechas e dou-lhe um selinho – Minha briguenta.

- Mas isso não impede dela lutar com a Mila – Vero sorri de lado – Seria engraçado.

- Eu apoio – Dinah disse após se aproximar – Já pensou? A Lauren só defenderia porque não iria conseguir relar um dedo na Chancho.

- É mesmo – Ally concorda.

- Podem lutar? Mas espera, vou preparar uma pipoca – Normani fala prestes a voltar para dentro do quiosque.

- Não vai ter luta – Lauren faz um biquinho.

- Queremos ver – Lucy se intrometeu – Briga! Briga! Briga!

- Vamos Lolo? – A chamo – Quero ver se ainda estou boa.

- Sabe que vai perder né? – Lauren sorri convencida.

- Vamos ver então.

Vero foi até a mochila da branquela e jogou para nós as luvas, coloco cada uma em uma mão, a minha é de cor vermelha e a da Lauren é de cor branca com preto. Nos posicionamos uma de frente para a outra, Lauren me olhou meio receosa mas quando viu o meu sorriso, ela ficou totalmente convencida. Zara berrou que poderíamos começar, ela ainda está segurando a minha pequena. Minha esposa avançou sobre mim e tentou me agarrar como se fosse me imobilizar, me afasto com um pulo para trás e dou-lhe um soco no rosto, arregalo os olhos ao ver o que eu fiz. Lauren apenas sorriu, pelo menos as luvas não deixa que dói tanto, ela se defendeu do meu segundo ataque e voltou a se aproximar de mim, dessa vez agarrando a minha cintura e tentando me jogar no chão. Resultado? Ambas caídas na areia rolando de um lado para o outro, se defendendo ou atacando.

Lauren subiu em cima de mim tentando me imobilizar novamente, desfiro um soco em seu estomago e a mesma se joga para trás. Bato novamente acertando o seu rosto, ela já estava ficando vermelha, minha esposa me olhou com um pouco de raiva e só vi a sua luva vindo direto para a minha cara, fecho os meus olhos esperando pelo contato. Recebi em minha bochecha mas foi algo leve porem um pouco dolorido, Lauren aproveitou para remover as luvas de suas mãos e me imobilizou, eu não consegui mexer nem os pés e nem as mãos, o meu rosto está pressionado contra a areia.

- Venci, baby – Lauren sussurrou – Te machuquei, amor?

- Me solta sua boboca – Tento me mexer mas a mesma apenas me segurou mais ainda.

- Responda-me, te machuquei?

- Não, Lo – Bufo, estou com areia em minha cara.

- Ninguém vence a incrível Jauregui – Zara anunciou.

- Cabello Jauregui – Resmungo.

- É, isso mesmo.

- Isso foi engraçado – Normani pegou um punhado de pipoca e enfiou na boca.

- Da onde você tirou isso? – Lauren perguntou, ela se afastou de mim e esticou a mão para mim – Deixe-me te ajudar.

- Ok – Pego em sua mão e a puxo de volta para a areia – Bem feito.

- Quase engulo areia – Lauren fala entre tossidas.

- Passou um cara vendendo pipoca – Normani respondeu de boca cheia.

- Que nojo – Dinah faz careta – Morena, come primeiro, depois você fala.

- Mila é boa – Ally aplaudiu – Minha amiga só da orgulho.

- Isso mesmo – Vero se ajuntou a baixinha.

- Ei! – Lauren protestou – Eu também arrasei.

- Mamãe – Angelina correu até a surfista.

- O que foi, neném? – Lauren a pegou no colo e recebeu uma bela mordida no braço – OUCH!

- Angel, não faça isso – Repreendo.

- Mamãe bateu na mama – Angelina resmungou emburrada.

- Era brincadeira, meu amor – Lauren murmurou e eu me aproximei beijando a sua bochecha.

- Mas é encantadora mesmo, está até me defendendo – Solto uma risada.

- Isso mesmo filha, tem que defender a sua mama, mas não é pra me morder.


Notas Finais


Lembrando que sexta a fic acabada.


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...