História Never be the same - Capítulo 1


Escrita por:

Postado
Categorias Histórias Originais
Tags Amoroso, Depressão, Escolar, Triangulo
Visualizações 3
Palavras 2.234
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Ação, Crossover, Drama (Tragédia), Ficção Adolescente, Romance e Novela, Saga, Suspense, Violência
Avisos: Adultério, Álcool, Bissexualidade, Drogas, Estupro, Heterossexualidade, Insinuação de sexo, Intersexualidade (G!P), Linguagem Imprópria, Nudez, Sexo, Suicídio, Tortura
Aviso legal
Todos os personagens desta história são de minha propriedade intelectual.

Notas do Autor


nada a dizer a não ser boa leitura e espero que gostem

Capítulo 1 - Welcome to Washington


Fanfic / Fanfiction Never be the same - Capítulo 1 - Welcome to Washington

SOFIA P.|O.V

Olá,bom meu nome é Sofia,hoje é o dia de volta ás aulas,eu estou meio ocupada arrumando as minhas malas(que não são poucas)pois o meu colégio é internato,e eu não estou nem um pouco preparada pra começar o ano de novo,eu estou mais animada pois eu vou ver todos os meus melhores amigos;Sean e Paula principalmente,meu pai é um homem bastante ocupado com o trabalho mais sempre tem um tempo pra mim,minha mãe morreu quando sofreu um acidente de carro quando eu era menor,eu não gosto de falar muito nisso,eu moro em New York e o meu colégio é saindo da cidade,é em  Washington leva 6 horas de viajem e são 600 km,o ônibus escolar da rota sai ás 10:00 AM e chegamos lá ás 15:00 PM ás vezes o meu pai me leva, mas já é de costume eu ir no ônibus que nos leva direto pra lá, é tipo como se fosse uma rota,na verdade é, eu vou mais vezes no ônibus porque eu me sinto mais livre e fico conversando com os meus amigos,não que eu não goste de ir com o meu pai,pelo ao contrário, é super legal,mas não é a mesma coisa ;hoje é a festa de inicio de ano,eu sempre vou mas hoje eu não tô muito no clima de ir,eu quero ficar no meu quarto (que eu ainda vou conhecer)e ler algum livro,assistir TV,ouvir música,decorar o quarto,ficar no twitter ou no instagram ou eu sei lá.

Todas as festas eu sempre fico bêbada,mas como eu já disse eu não muito no clima, nas festas é livre tudo em todo lugar (e quando eu digo tudo é tudo mesmo, como por exemplo:bebidas drogas,sexo,briga (ou melhor treta),porrada e tudo mais...,a festa sempre é livre em todo lugar como:piscina,refeitorio,corredores,sala do diretor,sala do jornal,sala dos professores, banheiros, jardins, campos,quadras e o quartos nos dormitorios principalmente,tem gente que fica nos quartos só pra fazer sexo,mas eu não vou ficar pra isso não OK?,bom agora eu vou passar na casa da Paula pra nós não perdermos a rota e irmos juntas a rodoviária.

 

(quebra tempo)

Fecho as minhas malas(que são muitas) e desço o elevador da minha casa.Logo vejo o meu pai e o abraço.

Pai: Vou sentir saudades sabia?

Sofia: Eu também

Pai: Eu te amo filha,sabe disso né?

Sofia: sim,e eu também te amo muito - digo limpando as lagrimas e separando o abraço.

Pai: quer que eu pegue suas malas?

Sofia: sim por favor.

Pai: eu vou pegar as suas malas,passar na casa da Paula,pegar as malas dela e deixar vocês na rodoviária estar bem?

Sofia: Perfeito!!!

(quebra tempo)

          Meu pai passou na casa da Paula e nos levou para a rodoviária e nós fomos fomos pro ônibus e dormimos, no começo da viagem por um tempo,depois peguei o notebook porque queriamos  assistir Pretty little liars pois eu tinha abaixado uns 10 capitulos  antes de sair de casa,e como eu e ela estamos viciada e na primeira temporada e também muito longe de acabar,nós levamos salgadinhos,salgadinhos de milho,doces e brigadeiros,sanduiches,pipoca e tudo de bom pra alimentar as vermes por 6 horas de viagem,quando acabou os 5 primeiros episodeos acabamos dormindo ouvindo musica, e dormimos até demais,como no final do ônibus de rota e sempre mais escuro e mais frio nós estavamos em sono pesado e os nossos colegas tiveram que nos acordar a gente,vem vindo mais 6 ônibus de andares e um deles vai chegar primeiro porque só é mala,pegamos nossas malas assim que chegamos,depois o a fixa estudantil e cartão de chave do nosso quarto,o prédio dos dormitórios escolares tem 15 andares,eu fiquei com o 11 andar e a Paula no 4,eu peguei o elevador e deixei as minhas malas lá em cima com a ajuda do monitor é claro,são 12 malas grandes,8 bolsas gigantes,5 mochilas, 3 bolsas-malas e mais as minhas maletas de maquiagens,algumas coisas eletronicas, então é claro que essas malas não vão ser carregadas sozinhas,e a fixa me indica o quarto 556 no andar 11.o chato é que tem 5 predios.

fora isso o estacionamento,as quadras,o campo,a piscinas e essas coisas...O meu lugar favorito é a floresta é o lugar atras da biblioteca e do campo, lá é um lugar escuro e um pouco sombrinho que passa perto da estação de trêm, lá é o lugar onde eu me entendo,onde eu vou pra chorar e passar o meu piores momentos de depressão,a onde eu me entendo comigo mesma e se eu não me entendo eu continuo lá,a unica que sabe é a Paula e ninguém mais!!!não quero que ninguém mais saiba,o Sean não sabe pois eu tenho medo que ele faça aquele lugar de motel,eu não sei o que faria se isso acontecesse.Bom já que vcs já conhecem mais ou menos o colégio já está tudo normal.

Meu ou minha colega de quarto ainda não chegou,eu  tenho mais algum tempinho pra m organizar,mas antes eu vou pro refeitorio merendar e ver o Sean,confesso que estou explodindo de saudades!

Desço as escadas porque não quero me estressar com o elevador demorando muito,a primeira coisa que eu vejo é o Sean,me admiro ele não estar com nenhuma garota porquê ele é o mais pegador do colégio.Eu vou correndo em direção a ele , ele abre os braços pra me abraçar,e eu o agarro o mesmo fazendo ele me carregar girando pelo colégio e correndo que nem dois doidos ou melhor? retardados ,nós dois nos divertimos que nem criançinhas de 5 anos,não posso negar que sinto algo forte e especial por ele cada vez que eu abraço,meu coração bate sem parar,toda vez sinto borboletas no estomago, eu não sei sinceramente como isso se chama.Isso eu não posso negar,mas também não posso contar pra ele,por que eu sei que ele me vê só como melhor amiga e nada mais,por que é isso que nós somos,só melhores amigos e ponto final

Sofia:É ai seu tarado,como você tá?

Sean:Bem,e você sua gostosa?como é que vai?

Sofia:melhor agora que eu te encontrei - eu estava preste a abraça-lo quando ele me carrega de novo.

Sofia: Sean me coloca no chão agora se não...

Sean: se não... o que vc vai fazer?

Sofia:alguém ai!!!!!! tem um seguestrador querendo me levar!! por favor me ajude!!! - falo e  ele tampa a minha boca e eu explodindo na gargalhada.

Sean:tá bom,tá bom,mas cala a boca - Ele me diz me colocando no chão envergonhado.

Sean: mas,e ai vc vai vir pra festa hoje anoite?

Sofia:não,eu não tô no clima sabe?

Sean:ai não por favor Sof diz que sim por favor,vai ser legal.

Sofia:eu não tô afim eu já disse Sean,eu não quero.

Sean:tá OK eu não vou forçar a barra,se vc não quer,vc não quer,eu te entendo,vc não é obrigada a ir ok?

Sofia:obrigada,bom agora eu vou merendar e vc vem?

Sean:não,eu não tô no clima,eu não sou obrigado a ir,te vejo depois ok?

Sofia:tá ok-ka-ay então - digo vendo ele ir embora

Eu sei que ele ficou chateado,eu conheço ele,se eu fosse pra festa a unica coisa que eu ia ficar fazendo é ver todo mundo se pegando,depois eu ficaria bebada e depois eu iria ficar com qualquer um com certeza,mas depois eu falo com ele.

Sean P.O.V

E confesso que fiquei um pouco chateado porque ela não vai vir a festa,porque poh, é a festa de começo de ano,eu planejava ficar com ela e nenhuma mais,eu planejava fazer ela beber pra ter coragem de dizer pra ela que eu gosto dela de outro jeito e que eu a amo muito por que eu não tenho coragem de dizer a ela isso quando ela tá normal,e na minha oportunidade ela diz que não vai,o que me faz sentir péssimo por isso,eu gosto muito dela,até demais do que eu deveria,é como se ela tive entrando na minha vida outra vez,mas como outra coisa,mas talves ela só me veja como melhor amigo, por quê é isso que nós somos só melhores amigos e só,mas eu sou o maior pegador do colégio,um dia com uma,outro dia com outra,a Sofia não é muito  diferente, ainda mais nas festas,mas de qualquer maneira ela não merece sofrer por mim,ainda mais uma pessoa como ela,talves eu tenha que procurar outra pessoa.Eu sou interrompido dos meus pensamentos  quando uma garota me chama me perguntando aonde é a secretaria,e eu não esculto absolutamente nada o que ela fala,ela é linda,completamente linda,ela tem olhos verdes,igual os olhos da Sof,só não é ruiva,seu cabelo é castanho escuro,eu estou completamente apaixonado por ela,além do mais,ela é muito gostosa,eu tô com vontade de beija-la,mas ela vai me achar um idiota,ela parece ser novata.

garota:oi,oi,você está bem?

Sean:Ah,oi,é,sim,mas,é,o que foi? - digo sem querem gaguejando.

garota:eu perguntei aonde é a secretária.

Sean:ah,claro,mas pra que?

garota:é que eu  sou novata e me deram a fixa com o andar do quarto e o numero dele e eu quero pelo menos achar o elevador,não precisa fazer nada é só me falar onde fica a secretaria pra eu saber aonde é o elevador que eu dou o meu jeito.

Sean:olha deixa eu levar suas malas até o seu quarto que no resto eu te ajudo ok?

garota: ok,obrigada pela ajuda.

Sean: que isso,qualquer coisa eu sempre estou aqui em baixo tá?

garota:sim.

Sean:aonde é o número do seu quarto e do andar?

garota:é no 10º e no quarto 556.

Sean: ok,e a proposito,qual é o seu nome?

garota:ah,é Hayle

Sean:que nome lindo,vc também é linda.

garota:obrigada,você também,qual é o seu nome?

Sean:o meu nome é Sean.

garota:o seu também é lindo.

Sean:obrigada.

 

Entrando no quarto...

Sean: wow,quantas malas,parece que o seu ou sua colega de quarto já esteve aqui.

garota:é deve ser.

Sean:você foi do ultimo ônibus?

garota:sim,como sabe?

Sean:é que eu vi alguns alunos do ultimo ônibus chegando.

garota:hum

Sean:você vai pra festa?

garota:que festa?

Sean:a festa de começo de ano.

garota:acho que sim,isso se eu for convidada né?

Sean:ah,para com isso-digo fazendo ela parar de drama-a festa é de todos os alunos,podemos fazer o que quiser,e tudo

garota:tá eu vou pensar nisso.

Sean:quer ir comigo?

garota:precisa de par?

Sean:não, mas se você quiser...como você não conhece praticamente ninguém,eu achei que se você quisesse vir comigo.]

garota:eu adoraria.

Sean:ótimo eu te pego as 17:00 horas tá?

garota:claro.

Sean:agora eu tenho que ir está bem?

garota:sim,tchau,até mais.

Sean:tchau.

 

Hayle P.O.V

bom... eu sou novata aqui nessa escola,o meu pai é um homem muito ocupado,é dificil eu parar em alguma cidade ou algum país,mas eu entendo que isso é importante pra ele,eu já estou acostumada com isso,quando eu chego na escola,eles me direcionam pra pegar a fixa do meu quarto,e eu não sei nem aonde é o elevador,eu só preciso ir até a secretaria,agora,onde é a secretaria? eis a questão

eu resolvo buscar ajuda e encontro um garoto muito lindo,ele me convidou pra ir com ele pra uma festa que tem nessa escola,e obvio que eu disse que sim,ele é muito lindo,espero que sejamos amigos,eu sofri muito e não tenho muitos amigos,desde quando os meus pais se separaram eu não tive amigos,todos me rejeitavam,me tratavam como um lixo,ou até pior,eu fingia ser alguém que eu não sou,e acredite,isso doia mais em mim do que nos outros,pra mim aqueles que se aproximavam de mim,só queriam ver meu sofrimento de perto.

 

Sofia P.O.V

Depois da merenda, eu vim pro quarto da Paula,como eu não tinha nada pra fazer,eu não is ficar sozinha no meu quarto,eu precisava de alguém pra pertubar e encher a paciência,como ela tava dobrando as roupas,eu fiquei escondendo e jogando as roupas dela por todo quarto,depois eu cansei e fiquei quieta com a cara na cama itediada,pois só tava vendo ela se arrumar pra festa.

Paula:vem pra festa Sof,vai ser legal,vamos lá vai?

Sofia:pra que?olha,se for pra eu ficar vendo um monte de gente se pegar,eu não vou tá,prefiro ficar no meu quarto que eu ganho mais.

Paula:ah para com isso,você e a escola toda sabe que você não é quieta e que todo os garotos tão desejando você.

Sofia:tá mais eu não quero ficar com eles tá?além do mais eu não tenho roupa de banho.

Paula:então esse não é mais o seu problema - ela diz jogando a roupa encima de mim.

Sofia:você é irritante sabia?

Paula:você vai ficar inventando desculpa ai e ficar dizendo que me ama,ou vai se arrumar.

Sofia:agora eu vou indo pro meu quarto me trocar antes que eu me arrependa,mas eu tô logo falando que se eu não gostar eu volto ok?e depois quado tiver arrumada passa lá no meu quarto tá?

Paula: uhum.

Quando eu tô saindo,eu deparo com o Sean,ele deve está chateado comigo,mesmo não demostrando,pois ele está sorridente,mas ele nem olha pra mim,talvés seje isso,talvés ele fique melhor sem mim.ele passa por mim e finge que eu sou invisível.

eu entro no quarto e encontro uma garota na outra cama.

Sofia:oi - digo colocando a minha bolsa na cama.

Garota:oi,você é a minha colega de quarto?

Sofia:é eu acho que sim,por que?

garota:não é que eu tava ansiosa pra conhecer você.

Sofia:olha desculpa se eu tratar você com iguinorância,mas hoje o meu dia não tá muito bom,então me desculpa,não quero que você pense que eu sou chata,mas e ai,o meu nome é Sofia,qual é o seu?

Garota: Hayle.

Sofia:o seu nome é lindo,prazer Hayle,espero que nós sejamos grandes amigas.

Haile: obrigada,e o seu também é muito lindo.

Sofia:olha eu vou me arrumar pra festa,e depois nos falamos ok?

Hayle: ok

 

 

 

 

 

o que acharam?


Notas Finais


comentem ai


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...