História Never Be The Same - Capítulo 19


Escrita por:

Postado
Categorias Alexis Ren, Cameron Dallas, Magcon, Matthew Espinosa, Nash Grier, Nate Maloley, Sam "Wilk" Wilkinson, Shawn Mendes
Personagens Alexis Ren, Cameron Dallas, Jack and Jack, Jack Gilinsky, Jack Johnson, Nash Grier, Nate Maloley, Personagens Originais, Sammy Wilkinson, Shawn Mendes
Tags Alexis Ren, Cameron Dallas, Franciny Ehlke, Nash Grier, Shawn Mendes
Visualizações 155
Palavras 1.545
Terminada Sim
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Ação, Aventura, Crossover, Famí­lia, Festa, Ficção, Ficção Adolescente, Romance e Novela, Violência
Avisos: Adultério, Álcool, Estupro, Heterossexualidade, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Necrofilia, Nudez, Sexo, Tortura, Violência
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Notas do Autor


Oiee
Boa leitura❤🙇

Capítulo 19 - Luz


Narradora P.O.V

Já fazem duas horas que Angel e Shawn estavam na sala de cirugia para tirar as balas do corpo, Cameron tambem foi socorrido e fez um currativo em seu braço, mas ainda todos esperavam nervosos e anciosos para noticias de ambos.

A policia estava no hospital recolhendo depoimentos de todos, Maycon iria a julgamento.

Max P.O.V

Então, Maycon deu você para uma enfermeira e a mesma vendeu você para essa pessoas? - perguntou o policial.

Sim, Angel estava na hora que ele confessou, quando ela sair da cirugia vai confirmar tudo a você! - falei, ele assentiu e disse que eu poderia sair, quando voltei a recepição, meus "pais" estavam lá.

Max! - falou minha "mãe" vindo ate mim, ela me abraçou e eu fiquei parado, todos pararam pra olhar - como você esta? Esta ferido? - perguntou passando as mãos pelo meu rosto e cabelo.

Para com isso! - falei ignorante e ela se afastou confusa.

Max! - repreendeu meu "pai", ri com sarcasmo - ela é sua mãe! - disse e eu fui tomado pelo odio.

Ela não é minha mãe.... - falei fechando meus punhos.

Do que você esta falando?! - perguntou ele ficando exaltado.

PARA DE MENTIR PRA MIM! - gritei e as pessoas do Hospital nos olharam - VOCÊS NÃO SÃO MEUS PAIS! VOCÊS ME COMPRARAM ENQUANTO EU TINHA APENAS ALGUMAS HORAS DE VIDA! - gritei e começei a sentir meu rosto molhar - MINHA VIDA É UMA MENTIRA! EU SOU TOTALMENTE DIFERENTE DE VOCÊS! O CABELO, O ROSTO TUDO!

Max vamos conversar em casa por favor! - falou Cristina tentando me pegar pelo braço.

EU SÓ VOLTO PRA PEGAR MINHAS COISAS! - gritei chorando.

QUER SABER? COMPRAMOS MESMO VOCÊ! - gritou Tylier nervoso - EU PAGUEI UMA GRANDE CONTIA PARA AQUELA ENFERMEIRA VADIA QUE VENDEU VOCÊ! EU IRIA PEGAR A ANGEL TAMBEM! EU IRIA VENDE-LA PARA UM CASAL NO EXTERIOR, MAS DEU TUDO ERRADO! - virei de costas - E ADIVINHA? ELA SOFREU AS CONSEGUENCIAS E FOI ESTUPRADA, HUMILHADA! NÓS TE SALVAMOS MAX! EU TE SALVEI! - quando eu me vi, estava enchendo o rosto dele de socos, meu punho estava vermelho e o rosto dele deformado, tinha gritos pedindo pra mim parar, mas eu só enchergava odio na minha frente.

ME LARGA! - gritei para Cameron que me segurava pela cintura.

CALMA MAX! - gritou ele, parei de me debater, Hanna veio ate mim e me abraçou.

Os dois estão pressos! - falou o policial dando ordem de prisão para Cristina e Tylier; os dois sairam algemados do hospital, afinal era trafico de crianças, senti uma mão em meu ombro e era Megan, minha mãe, ela estava chorando e me abraçou.

Prometo nunca mais me soltar de você! - disse e eu assenti sentindo os olhos molharam denovo.

Parentes de Angel Lancaster? - perguntou um medico eu e Megan nos viramos - por favor me acompanhem! - fomos com ele ate o quarto onde ela estava dormindo - a cirugia foi um sucesso, mas ela ficara em observação durante alguns dias já que estava bem fraca quando levou o tiro.

claro! Obrigada! - falou nossa mãe, o medico saiu e a gente se aproximou de Angel.

Ela respirava tranquila, sem ajuda de aparelhos, sua pele estava mais branca que o normal, mas suas bochechas sempre avermelhadas assim como seus labios, e seu cabelos preto ganhavam destaque, me olhei por um instante no espelho e tinha a mesma aparencia que a dela.

São tão iguais.... - disse nossa mãe passando as costas da mão pelo seu rosto - soube no primeiro instante que os vi juntos na sala de aula - disse olhando pra mim, coloquei minhas mãos no meu bolso da calça.

Eu.... eu sempre me achei direfente deles... - falei me sentando na poltrona - cristina é loira e tem olhos azuis, enquanto Tylier tem cabelos castanhos e olhos incrivelmente verdes!

Os dois puxando pra mim; meu cabelo é naturalmente preto, mas esta ruivo por conta que tinha que me esconder... - Falou e eu assenti.

Mãe... - murmurou Angel acordando - Max... - fui ate ela.

Angel! Você esta bem? - perguntei me aproximando dela.

Angel P.O.V

Senti meus sentidos voltarem, abri meus olhos e estava em um hospital, Max e minha mãe estavam conversando.

Mãe.... - falei sentindo minha garganta seca - Max..... - o chamei e ele se aproximou.

Angel você esta bem? - perguntou e eu assenti.

Cade o Shawn? O Cameron? - perguntei - eles tambem foram..... foram baleados.... - disse e senti uma tontura passageira.

O Cameron já fez um currativo filha... - disse ela passando a sua mão por meu cabelo - mas o tiro que o Shawn levou foi mais..... mais grave, ele ainda está em cirugia. - disse ela e eu assenti.

Max.. o que houve com sua mão? - perguntei, ela estava toda vermelha.

Cristina e Tylier vieram aqui, e ele acabou falando coisas que eu não estava preparado pra ouvir.... - ele começou a contar o que aconteceu, desde que ele nasceu ate agora pouco, o medico veio aqui e me disse que talvez só amanhã eu iria receber alta; e depois dois policiais apareceram; um homem e a Sky.

Como você esta? - perguntou ela pra mim.

Bem melhor.... agora tudo acabou! - falei sorrindo, ela sorriu e depois começou a falar.

Bem, quase meu anjo... - disse ela se agachando ao lado da cama.

Primeiro, vai precisar depor contra Maycon, assim como Max, eu e a tenente Sky... - explicou minha mãe.

Exatamente! Mas não vai ser agora, primeiro você e Shawn vão se recuperar - falou Sky passando a mão no meu cabelo - com todos os depoiementos que ja temos, Maycon vai ao julgamento, então você vai precisar depor para o juiz - explicou.

Então... depende da gente agora pra ele ir preso? - perguntei e ela assentiu - claro... eu posso fazer isso - disse e ela sorriu.

Claro que pode! - falou sorrindo, então ouvimos batidas na porta e Cameron a abriu, meu coração acelerou.

Oi... - disse ele sem graça por minha mãe, Max, Sky e o policial estarem lá - eu voltou outra hora....

NÃO! - gritei e todo me olharam - n-não, você pode ficar.

Ta legal, é a hora da gente sair! - falou minha mãe, dei uma risada fraca, eles sairam e Cameron entrou fechando a porta.

Oi... - falou denovo se aproximando de mim.

Oi... - falei com o coração disparado.

Me desculpa.. - falou e eu o encarei confusa - por não ter percebido antes que Maycon abusava de você.... e que você estava.... sofrendo.. - disse ele finalmente, e abaixou a cabeça, ele ia chorar?

Cameron não é culpa sua! - disse levantando seu rosto, seus olhos estavam vermelhos - Maycon me ameaçou! Eu não podia deixar ninguem saber; Shawn soube por um acidente e eu implorei pra ele nunca falar nada pra ninguem - falei me sentando na cama, Cameron tinha seus olhos vermelhos - se ele sonhasse que alguem soubese disso, ele iria me machucar mais, ou pior: machucar vocês.... - falei, ele me abraçou e eu conrrespondi, sentir o toque do Cameron era como se tudo ficasse bem.

eu te amo... - falou juntando nossas testas.

Eu tambem te amo... - falei e o beijei.

hãã.... licença! - falou Max abrindo a porta, Cameron olhou pra ele com um olhar mortal - pra que essa cara? É a minha irmã mais nova! - falou indignado, dei uma risada baixa - enfim, Shawn acabou de sair da cirugia.

Emma P.O.V

Arrastei a poltrona ate a cama de hospital onde Shawn dormia sereno após 3 horas de cirugia.

Seu cabelo, sempre ondulado ate mesmo quando leva um tiro, Shawn consegue ser lindo, seus bochechas rosadas e sua pele branca, passei a mão por sua cicatriz em sua bochecha.

como ele esta? - perguntou Karen, a mãe dele entrando no quarto.

Sereno, parece um anjo dormindo... - falei e ela veio ao meu lado.

Ele é um heroi... - disse sorrindo fraco, ela colocou uma mão em meu ombro - sempre soube que um dia vocês iriam ficar juntos.

Porque? - perguntei curiosa.

Você tinha que ver a cara dele quando você mandava mensagem, na epoca do seu intercambio... - disse rindo e eu ri timida - ele é apaixonado por você...

E eu por ele... - disse suspirando, peguei na mão dele, e senti ele apertando de leve.

Emma.... - susurrou com a voz rouca.

Oi meu amor... - falei apertando sua mão - como você esta?

Estou.... estou cansado.. - disse rouco - oi mãe...

Olá meu amor! - disse ela emocionada - tenho orgulho de você, se sacrificou pela Angel... - ela disse quase chorando e ele sorriu fraco.

como Angel esta? - perguntou.

Esta otima, Maycon vai a tribunal, você, ela, e outras pessoas vão depor contra ele... - expliquei passando a mão por seu cabelo - mas não se preocupa com isso agora, primeiro se recupera, os policiais falaram que o julgamento só ira acontecer quando você e Angel ficaram bem.

Emma tem razão Shawn - disse a mãe dele, um medico chegou e examinou Shawn, conversamos um pouco e logo ele estava dormindo de novo.


Notas Finais


Oiee
O que estão achando??
Comentem e favoritem🙇🙇❤
A fic esta chegando ao fim💔
mas estou com ideias pra uma nova historia🙇
Bjsss

Royals and Rebels
https://spiritfanfics.com/historia/royals-and-rebels-14155907


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...