História Never Be The Same - Capítulo 1


Escrita por:

Postado
Categorias Histórias Originais
Tags Camren, Norminah
Visualizações 17
Palavras 483
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Ficção, LGBT
Avisos: Adultério, Bissexualidade, Drogas, Heterossexualidade, Homossexualidade, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Pansexualidade, Sexo, Violência
Aviso legal
Todos os personagens desta história são de minha propriedade intelectual.

Notas do Autor


Heyy galera, essa é minha primeira fic aqui, e eu espero que gostem.

Capítulo 1 - Capítulo 1


Camila's point of view

Segunda-6:00AM

Acordo com o dispertador berrando em meus ouvidos, e obrigo meu corpo a se levantar.

"terei um longo dia hoje..."

 Penso enquanto me arrasto pro banheiro, tomo meu banho e faço minha higiene matinal, saio do quarto e visto uma langerie branca de renda, e um vestido leve e rosa florido, Prendo meu cabelo em um rabo de cavalo com um laço vermelho,  calço minha sapatilha, pego minha mochila e desço para tomar café da manhã onde encontro meus pais e a sofi. 

-Bom dia mama,  bom dia pai e bom dia sofi-falo beijando todos e me sento para comer. 

-Bom dia hija, será que você poderia levar a Sofi hoje para escola para mim?-Pergunta minha mãe. 

-Claro que sim-falo me servindo. 

-Obrigada hija! Bom eu e seu pai já estamos indo, se cuidem, não voltaremos para o almoço. 

-Mama e a Sofi?? 

-A Clara vai ficar com ela hija, então só se preocupe em levar ela pra escola e depois deixa-lá na casa da Clara-Diz ela nós beijando. 

-Tchau hijas-Papai diz nos beijando também. 

Bom meus pais são donos da Cabello Imóveis, uma das maiores redes de imobiliárias do mundo,  e eles quase não param em casa por isso. E eu com meus 18 anos e meio trabalho atualmente em uma Cafeteria,  ai tu me pergunta "Por que você simplesmente não trabalha com seus pais? " E eu lhe respondo "Pelo simples fato de não querer depender deles" Ai tu deve estar pensando que sou uma pessoa burra por isso, mais eu te digo que não sou, eu gosto de ter meu dinheiro e de ser "independente ". 

Termino meu café da manhã e vejo que Sofi também terminou, a mando ir escovar os dentes e pegar a mochila enquanto vou escovar os meus também. 

-Anda Sofia -falo pegando as chavea do carro, minha mochila e meu celular. 

-Pronto Kaki -ela sorri e sai de casa, destranco o carro e ela já entra no banco de trás se arrumando na cadeirinha. 

"Ela só tem 6 anos e é mais esperta que você "

"Cala a boquinha sub"

Entro no carro, jogo a mochila no banco de passageiro,  coloco o cinto e vou a caminho da escola de Sofia. 

Eu tenho uma sorte imensa da escola dela ser no caminho da minha faculdade, bom, estou no primeiro ano da faculdade de arquitetura,  e é uma coisa que eu amo de paixão fazer. Chego na escola de sofi, saio do carro e abro a porta pra ela. 

-Está entregue Mileide-Ela gargalha me dando a mãozinha para mim leva-lá até o portão, pego a mochila dela e a levo. 

-Tchau coisinha, até daqui a pouco! -Dou um beijo na bochecha dela e a abraço

-Thau Kaki- ela diz fazendo o mesmo que eu,  a entrego a mochila e ele vai toda saltitante para dentro da escola, sorrio e vou para o carro a caminho da faculdade





Notas Finais


Bom galerinha, foi isso por hoje, espero que tenham gostado, e bom, isso é apenas o começo, tem muita bola pra rolar nessa história.


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...