1. Spirit Fanfics >
  2. Never Falls >
  3. Divergência

História Never Falls - Capítulo 2


Escrita por:


Notas do Autor


Voltando mais um dia, mais uma história, fala aí galerinha.

Capítulo 2 - Divergência


Fanfic / Fanfiction Never Falls - Capítulo 2 - Divergência

Tudo derrepente em meu campo de visão desapareceu. 

Apenas a mais completa escuridão poderia ser vista. Não havia nada ou ninguém, nenhum som, até me perguntei se eu mesmo havia deixado de existir em meio aquele caos. 

E então meu corpo começar a latejar, sons de ossos se quebrando e uma dor indescritível que nunca havia sentido em meus piores pesadelos. Era como ter sua carne arrancada de sua pele e ter seus ossos feitos em migalhas, tudo para se curar e reiniciar o processo. 

Foi aí então que a pior parte começou, uma dor de cabeça. 

A pior dor que já havia sentido, meu cérebro era esmagou e esticado de várias formas e jeitos que nem sequer pensavam em ser possíveis segundo as leis da física. E tudo isso com minha mente ainda consciente. 

E aquilo continuou por horas e horas, eu ja não sabia quanto tempo havia passado, nem quando aquilo iria acabar. 

Meus pensamentos estavam nublados, eu não sabia realmente quem eu era ou o que eu era, não fazia nem ideia se eu mesmo existia. 

Foi então que um flash de luz azul, rápido como nunca pensei que seria possível. 

Ele se aproximou e tomou conta do meu olho direito, tudo aconteceu em uma velocidade incrivelmente rápida, mesmo nanosegundos não seriam o suficiente para medir a velocidade do acontecimento.

Logo toda a dor havia parado e minha mente estava em um branco completo, a neutralidade perfeita!

Não havia pensamentos, desejos, ou anseios. Só eu e mais nada.

E então eu dormi assim... 

(...) 

Lentamente senti a luz solar bater nas minhas retinas. Forcei meus olhos e lentamente os abri.

Quanto tempo passou? Dias? Anos? Séculos?

Eu já não fazia ideia... 

Olhei ao meu redor para tentar idênticar em que lugar e ano eu estava e para minha surpresa... 

Eu estava no ônibus, naquele mesmo verão de séculos atrás? Como isso sequer é possível!

Olhei para o meu celular e a data não mentia... 

24/03/2020.

Fiquei surpreso e totalmente em choque por muito tempo, aquilo foi ums discrepância temporal? O que havia acabado de acontecer?

Então sem querer olhei para meu reflexo pela tela do celular. Meu rosto edtava?... Diferente?!

Comecei a olhar para meu próprio reflexo e percebi, meu olho direito estava completamente azul, enquanto o esquerda tinha um tom penetrante de carmesim em contra partida.

Meu rosto estava maduro, agora eu aparentava ter 21 anos, em contra partida com minha aparência de 12 anos anterior.

Eu estava mais alto, minha voz mais grave e meu corpo mais desenvolvido. 

"Nem em meus sonhos mais loucos eu poderia pensar que esse tipo de coisa seria possível" (falei para mim mesmo)

E então eu olhei para meu lado. 

Minha irmã ainda estava lá como da última vez, dormindo e abraçada a mim. 

Senti um alívio interno por descobrir que tudo estava como da última vez. Era muito agradável saber que você ainda teria para quem voltar. 

Então senti um movimento no meu outro braço-

Rapidamente virei meu rosto para ver já em estado de alerta. 

Tudo apenas para olhar para outra garota dormindo. 

Ela tinha seus aparentes 16 anos e era bem alta por volta de 1,75 de altura e seu corpo curvilíneo.

Fiquei encarando ela por alguns instantes até que uma dor de cabeça novamente irrompeu de mim.

Fiquei naquele estado catatonico com informações vindo a minha cabeça. 

Coisas que não aconteceram comigo. Mais aquele realmente parecia eu...

"Você é... Minha irmã? "


Notas Finais


Até a próxima.


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...