História Never Give Up On Love - Capítulo 16


Escrita por:

Postado
Categorias Arrow, Supergirl, The Flash
Personagens Alex Danvers, Barry Allen (Flash), Cat Grant, Cisco Ramon (Vibro), Detetive Joe West, Dr. Harrison Wells, Dr. Martin Stein (Nuclear / Firestorm), Dra. Caitlin Snow (Nevasca / Killer Frost), Eddie Thawne, Eobard Thawne (Flash Reverso), Felicity Smoak, Hartley Rathaway (Flautista - Pied Piper), Iris West, Jay Garrick, John Diggle, Kara Zor-El (Supergirl), Laurel Lance, Leonard Snart (Capitão Frio), Mick Rory (Onda Térmica), Oliver Queen (Arqueiro Verde), Personagens Originais, Raymond "Ray" Palmer (Átomo), Ronald "Ronnie" Raymond (Nuclear / Firestorm), Sara Lance (Canário Branco), Wally West (Kid Flash)
Tags Arrow, Aventura, Drama, Karamel, Multiverso, Olicity, Romance, Saga, Snowbarry, Supergirl, The Flash, Universo Alternativo
Visualizações 243
Palavras 879
Terminada Sim
Aviso legal
Alguns dos personagens encontrados nesta história e/ou universo não me pertencem, mas são de propriedade intelectual de seus respectivos autores. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos criada de fã e para fã sem comprometer a obra original.

Capítulo 16 - The Finale : Parte 1


Fanfic / Fanfiction Never Give Up On Love - Capítulo 16 - The Finale : Parte 1

— Estou pronta Cisco, pode começar. — Frost falou deitando na maca ao lado de Caitlin.

Cisco acentiu já pegando o soró para aplicar na mesma, quando Ralph adentrou a enfermaria com pressa.

— O que pensa que está fazendo?— gritou com a voz embargada e se aproximando da maca.

— Ralph..

— Não Frost, não vou aceitar essa sua decisão. Não posso te perder!— falou segurando a mão da mesma, que suspirou pesadamente.

— Essa decisão já foi tomada!— respondeu olhando para o teto.

— Nem por cima do meu cadáver!— Ralph aumentou seu tom de voz pronto para pegá-la no colo.

Porém Cisco foi mais rápido e apareceu atrás do mesmo, aplicando um sedativo em seu organismo e fazendo com que Ralph enfraquece-se.

Frost acariciou o rosto do companheiro pela última vez antes que ele desmaia-se e sussurrou.

— Me perdoe!


[•••]


Já se passavam das 23:40 dá noite quando Barry apareceu no laboratório encontrando Cisco e Ralph discutindo, os dois estavam nervosos e gesticulavam rapidamente e por difícil que fosse Barry sabia exatamente o motivo daquela discussão.

Infelizmente seu dia tinha sido cheio e não teve como participar da junção que o latino faria em Frost no corpo de Caitlin, apesar do cansaço evidente ele não conseguia parar de pensar em sua noiva, ele estava preocupado e ansioso por notícias.

— O que está acontecendo aqui?— perguntou ao se aproximar dos dois homens e em seguida Ralph passou por ele furioso.

Cisco respirou fundo e se sentou, parecia cansado.

— Ralph saiu do time depois que acordou e não viu Frost em seu antigo corpo.

Cisco apontou para a enfermaria onde Barry pôde ver o corpo não mais habitado pela sua amiga gelada.

— Então deu certo a junção?— perguntou esperançoso e o latino sorriu apontando para o outro lado da sala.

— Veja com seus próprios olhos.

Barry seguiu o olhar para o outro lado da sala e seu coração acelerou ao encontrar um par de olhos castanhos o observando com um grande sorriso no rosto.

Sem pensar duas vezes o velocista correu de encontro a sua amada, a pegando nos braços e lhe beijando com saudades.

Finalmente ele a tinha de volta em sua vida e dessa vez nada impediria o casal de construir sua família ao lado da pequena Nora.

            

               > UMA HORA ANTES <


Ralph acordou ainda zonzo e olhou o latino em sua frente que tinha uma expressão de tristeza em seus olhos, então como se tivesse levado um choque de realidade ele percebeu que a junção tinha dado certo.

Nessa mesma hora ouviram um barulho vindo da enfermaria e correram para o local vendo Caitlin despertar do coma e olhar para os dois com um sorriso fraco no rosto.

Cisco se aproximou abraçando a amiga com força, matando a saudade que havia sentido de sua melhor amiga, em seguida notou que Ralph continuava calado olhando para os dois e resolveu deixá-los a sós.

Assim que o latino saiu da sala Ralph soltou o ar dos pulmões se aproximando de Caitlin que o encarava triste.

— Oi Ralph..

— Ela está aí?— perguntou em um sussurro com a voz embargada.

Caitlin sabia que o amigo queria chorar e isso a machucava por dentro, porquê também podia sentir a tristeza de sua amiga dentro dela.

Então fechou os olhos e em questão de segundos Frost tomou o controle de seu corpo, assim que Ralph viu sua amada desabou em lágrimas a abraçando com força.

Frost sentiu seu coração despedaçar mas tentou se manter firme para explicar seus motivos, Ralph fungou limpando às lágrimas e se afastou olhando profundamente para aqueles olhos azuis.

— Porque você fez isso? Porque me abandonou?

— Você sabia que era a única forma de trazer a Caitlin de volta.— Frost respondeu em um tom de voz calmo e Ralph riu com ironia.

— O Allen sempre fica com às garotas.

Frost franziu o rosto com reprovação e segurou a face do mesmo.

— Pare de agir como um idiota. Barry nunca imaginou que isso fosse acontecer.

— Você sempre abrindo mão de sua felicidade por causa deles dois. Quando vai parar pra viver sua própria vida?— Ralph aumentou seu tom de voz deixando às lágrimas descerem pelo seu rosto.

Frost respirou fundo ela entendia o que ele estava sentindo naquele momento, porém Ralph não sabia, mas ela também sentia falta dele. Mas aquilo era sua vida e não podia ser egoísta com Caitlin, mesmo que para isso ela tivesse que sacrificar seus próprios sentimentos.

— Um dia você vai entender o porquê dessa minha decisão. — Frost acariciou o rosto do rapaz e sorriu fraco.

— Eu sinto muito Frost, mas nunca vou entender suas escolhas.

Então Ralph se afastou para ir embora, mas Frost o chamou fazendo com que ele olhasse para trás uma última vez.

— Aonde você vai?— perguntou com a voz embargada.

— Embora, não vou suportar ver a garota que eu amo com outro cara.

Frost suspirou abaixando a cabeça, seu coração já estava totalmente destruído naquele momento e ela sabia o que ele iria dizer em seguida.

— Um dia você vai entender o porquê dessa minha escolha.— Ralph sorriu uma última vez para sua amada  e então se afastou indo embora.

Frost soltou o ar que nem sabia que estava segurando e deixou às lágrimas descerem pelo seu rosto, novamente ela se encontrava sozinha.

" Tenta entender ele Frost "

Caitlin falou em sua cabeça a consolando e ela sorriu fraco acentindo.

— E eu o entendo amiga.



Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...