História Never Say Forever. - Capítulo 14


Escrita por:

Postado
Categorias Histórias Originais
Personagens Personagens Originais
Tags Aluno, Briga, Fofo, Pegação, Professor, Professorxaluno, Yaoi
Visualizações 7
Palavras 907
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Aventura, Drama (Tragédia), Famí­lia, Festa, Ficção Adolescente, Hentai, Lemon, Romance e Novela, Violência, Yaoi (Gay), Yuri (Lésbica)
Avisos: Adultério, Álcool, Bissexualidade, Heterossexualidade, Homossexualidade, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Nudez, Sexo, Suicídio, Violência
Aviso legal
Todos os personagens desta história são de minha propriedade intelectual.

Notas do Autor


Vocês pediram e aí está, a continuação U.U

#LeiamAsNotasFinais !

Capítulo 14 - Eat me


Fanfic / Fanfiction Never Say Forever. - Capítulo 14 - Eat me

l┏━━━━━ೋ💮🐼❄ೋ━━━━━┓

   Diga-me como um sussurro, diga no meu ouvido, não seja como uma presa, seja suave como uma, como uma serpente.


                 -Park Jimin.-

l┗━━━━━ೋ💮🐼❄ೋ━━━━━┛



-Ro...Ross... Po...Por fa...AWN...favor!


Pov's Dylan Off.

Pov's Ross On.


Após um bom tempo, logo vejo seu corpo implorar por aquilo, e logo se rende. Caminho até ele retirando o vibrador e a caninho de sua fenda, levo meus lábios a seu membro começando a fazer um vai e vem lento desde a glânde até a base de seu membro ele gemia alto, enquanto eu raspava meus dentes sobre seu membro. Pude ouvir ele chamar por mim, como um sinal de que seu limite estava próximo, o espero se derramar sobre meus lábios pego tudo logo o beijo, deixando ele sentir seu próprio gosto.

-Bom menino, o que acha de me ter entrando em você com força agora?

Falo levando minha mão aos vibradores em sua entrada os puxando lento querendo saber se ele iria aceitar.

Enquanto eu retirava os vibradores de sua entrada um por um, ele tinha violemtos espasmos sabia que ele não iria negar, a situação que eu havia posto ele faria com que ele aceitasse sem reclamação alguma.



-P...Por Favor!

Foi a única coisa que ele conseguiu falar.Sorrio ao ver seu corpo querendo mais de meus toques, tanto que retiro com força os vibradores restantes de dentro dele, escutando um barulho alto acompanhado de um alto gemido que escapou dos lábios de Dylan.

-Sim, eu vou te fuder com força !

Digo em um sorriso, logo tirando toda a minha roupa, pego as suas pernas as levando para a minha cintura, e em poucos segundo entro com força dentro dele.

-Você continua apertado !

Começo a me mover, mesmo com ele me apertando como nunca.


Pov's Ross Off.

Pov's Dylan On.



Sinto os Vibradores serem todos retirados de mim de uma só vez, arrancando-me um alto gemido que mais parecia um grito, sua frase me causou calafrios, logo me sentir sendo invadido pelo membro de Ross, arrancando gritos e mais gritos, meu interior se contraía cada vez mais, apertando o membro do mais velho, arrancando do mesmo alguns gemidos, que eram totalmente cobridos por meus gritos que insistiam em continuar cada vez mais, meus músculos mais uma vez se contraíram pude sentir ainda mais as cordas que insistiam em me imobilizar.*

-R...Ross... AWN... Por favor, me de...desamarre AWN!

Sua estocadas pararam por alguns segundos, o tempo que Ross demorou para libertar-me, contudo logo elas retornaram, todavia, estavam mais rápidas e fortes. Havia sido uma péssima idéia pedir para ele me desamarrar, pois, somente quando o fez, que percebi que não tinha forças o suficiente para me manter, tentei ficar de quatro, contudo aguentei poucos segundos caindo novamente, logo sinto a respiração de Ross em meu pescoço me dando novos arrepios.

Sinto então o mesmo chupando e mordendo me pescoço arrancando gemidos de mim, mais algumas estocadas e senti seu membro atingindo meu ponto G, meus gritos voltavam e vez ou outra chamava por Ross.
Sinto meu membro pulsar novamente alertando que meu limite estava próximo.

-AWN Ro...Ross AWN V..VOU GOZAR AWN!



Pov's Dylan Off...

Pov's Ross On.


Sorri de lado ao ver que ele, não conseguiria nem se mater de pé, contudo o deixei do jeito que queria, após eu ter achado sua próstata, passei a só acertar ali. Com força.
Pouco depois dele ter falado que estava quase em seu limite, levo minha mão a seu membro passando a mover minha mão de forma lenta ao mesmo tempo que eu entrava e saia de dentro dele lentamente.

-Dylan seja um bom menino e fala que sempre vai estar para me satisfazer quando eu precisar.


Quando lhe disse tal frase minha voz saiu doce, eu me sentia inseguro de alguma forma por mais que aquela frase tenha me atingido percebi que atingiu a Dylan também.

Seus baixos gemidos insistiam em ecoarem pelo quarto aquilo era como música aos meus ouvidos, contudo esses gemidos eram diferentes dos de antes, os gemidos anteriores eram cheios de prazer e lúxuria, esses eram manhosos, implorando por algo e eu sabia o que era esse algo !


-Ro...Ross! -Dylan disse com seu rostingo perfeito.


Vi ele tentando encarar-me, contudo atingi seu ponto G e logo ele fechou os olhos e se desfez em minhas mãos, algumas estocadas depois e foi minha vez de desfazer-me dentro dele.


-Falar isso é vergonhoso !- Falou ele agora corado o que fez meu coração palpitar e derreter-se ao mesmo tempo.


-fale !

Aperto um dos meus dedos sobre o vibrador em seu mamilo. Continuando a morder e a chupar seu pescoço com mais força agora e logo recebi uma resposta do mesmo.


-Ro...Ross eu vo...vou estar aqui para te satisfazer sem...sempre que precisar! - Que palvaras fantásticas!


Sorrio ao escutar ele falando, logo saio de dentro dele vendo um pouco do meu seme e sangue sair de dentro dele.

-Amanhã você não sairá desta cama.

Já que saiu pouco de sangue de dentro dele ele não teria como levantar não tão cedo. Me deito a seu lado o abraçando pela cintura sabendo que ele logo dormiria, o cansaço era visível em seu rosto.


-O...O QUE ? NÃO! - Retrucou Dylan


Eu sabia muito bem que ele não conseguiria suportar a idéia de ficar o dia todo deitado, seria um tédio para ele, mas já havia me preparado para fazer-lhe companhia o dia todo.


-Sim, você não vai levantar tão cedo !

Ponho sua cabeça em meu peito logo começando a fazer carícias em suas costas, levanto seu rosto para o meu o olhando, deixando um sorriso malicioso em meus lábios logo levando uma mão a sua bunda.

-Ou quer uma segunda rodada?


Notas Finais


Pessoal, uma explicação rápida, as capas são feitas por mim ^^.
E elas não estam com o mesmo nome do título pq é como se fosse um sub-título.

Exemplo: no cápitulo anterior o título era: Teste meu corpo. E o sub-título era: Beba meu corpo.

Nesse cápitulo o título é : Me coma .
E o sub-título é : Coma meu corpo.

Enfim, até o próximo capitulo Kissus

Ps: lancei a fic que eu tinha dito (antes de editar esse cápitulo) é sobre BTS amores mais especificamente VJikook (V, Jimin e Jungkook 😍❤️💙)

Espero que gostem!

Link: https://www.spiritfanfiction.com/historia/love-is-so-mad-13944970


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...