História Never Say Forever. - Capítulo 4


Escrita por:

Postado
Categorias Originais
Personagens Personagens Originais
Tags Aluno, Briga, Fofo, Pegação, Professor, Professorxaluno, Sexo, Yaoi
Visualizações 16
Palavras 829
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Aventura, Drama (Tragédia), Famí­lia, Festa, Ficção Adolescente, Hentai, Lemon, Romance e Novela, Violência, Yaoi (Gay), Yuri (Lésbica)
Avisos: Adultério, Álcool, Bissexualidade, Heterossexualidade, Homossexualidade, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Nudez, Sexo, Suicídio, Violência
Aviso legal
Todos os personagens desta história são de minha propriedade intelectual.

Notas do Autor


Oin povooo, voltei, desculpem a demora é que eu pedir meu celular,mas tô com um novo e vou recompensar vocês, pretendo postar um capítulo por dia, mas, depois do Enem é claro rs.

Bem é isso é nos vemos no fim da história U.U

Capítulo 4 - Bora ser feliz ?


Fanfic / Fanfiction Never Say Forever. - Capítulo 4 - Bora ser feliz ?

┏━━━━━ೋ💮🐼❄ೋ━━━━━┓

          Na guerra do amor a fuga é uma vitória.


-Francesco Petrarca.

┗━━━━━ೋ💮🐼❄ೋ━━━━━┛




As brasas ardentes que se soltavam da fogueira indo ao encontro das estrelas, encerravam aquele dia.


⭐⭐⭐⭐⭐⭐⭐


Pov's Dylan On.


Aquele fim de semana passou mais do que depressa, muitos foram os momentos marcantes , que me seguravam ali naquela cidade, todavia eu necessitava ir, voltamos para o centro de Toronto. E não havia novidade alguma, pelo contrário, logo que desci do carro pude ouvir os gritos vindos de minha casa, que atingiram meu coração como facas atiradas a mais de 60Km/h. Olhei para Dário e percebi a pena que ardia em seu peito, o pai de Dário, me chamou para a janela do carro.


- Se quiser pode ir dormir lá em casa esta noite. - o pai de Dário era o meu segundo pai, que poderia facilmente substituir o meu.

- Obrigado Sr° Will, mas, receio ter que fazer uma viagem esta madrugada.- Olhei para Dário que sorria, ainda com pena.

- Ok, então tenha uma boa viagem.- Completou o pai de Dário.

-Não se esqueça de mandar mensagens, ok ? - disse Dário.

-Pode deixar.- Dei um último abraço em Dário e em Will.


Me virei e caminhei em direção a porta que os gritos não cessavam, passei por eles despercebido e subi as escadas, peguei uma mala vermelha de rodas, e arrumei tudo. Peguei minhas economias e retirei as notas, percebi que havia muito mais do que eu havia economizado. Encontrei um bilhete em meio ao dinheiro. E nele estava escrito:


"Sei que deve está sendo tudo muito difícil, e você precisa de um tempo longe dessa realidade, espero que essa pequena quantia que pude doar a você seja suficiente, não precisa devolver, sou seu amigo, aliás melhor amigo, e me sentiria ofendido caso resolvesse me devolver o dinheiro, portanto, é seu, faça o que bem entender. Só não esqueça de mandar mensagem.


Te amo.

D- Dário.


~Sentirei saudades.~ ".


-Ah Dário! Sentirei muito sua falta.


Peguei uma mala de rodinhas e uma mochila, guardei algumas roupas, umas 3 fotos emolduradas, de raros momentos felizes que tivemos juntos, peguei alguns livros, carregador, fones de ouvido e etc...

Tinha que partir agora, se quisesse chegar não muito tarde lá, ainda precisava achar um lugar para ficar, e dizer a Ross que precisava de um local, estava fora de cogitação.

Quero dizer, mau conheço o cara, vai que ele é um maníaco, tá talvez eu esteja indo para Ottawa por causa dele, mas, para que outro lugar eu deveria ir ? Não conheço ninguém que more no Canadá fora de Toronto, minha família mora fora do Canadá, e não está no meu orçamento uma passagem de avião.

Agora, era a hora do bilhete, eu tinha que deixar um bilhete explicando para eles. Peguei um papel e uma caneta, mas, não sabia o que escrever, vários minutos se passaram até que eu consegui pensar em algo.


Pov's Dylan Off.

Pov's Bilhete On.


"Sei que estão infelizes, e que desejavam com que eu nunca tivesse vindo para este mundo, todavia, vim e se fingem estar tudo bem em minha presença, para não me dizer a verdade com medo de que me machuque, desejo que vocês nunca mais me procurem, guardarei nossos momentos felizes para toda a eternidade, mas, se vocês têm um pingo de consideração comigo não me procurem mais, agradeço.


De: Dylan.


Pov's bilhetes Off.

Pov's Dylan On.


Saí mais uma vez despercebido daquela casa, olhei para a janela do quarto de Dário e lá estava ele arrumando algo, estava de costas para mim, todavia ainda assim acenei, me virei e partir rumo a estação, a pé mesmo, são apenas uns 8 quarteirões de distância de casa.


Pov's Dylan Off.

Pov's Dário On.


Estava terminando de arrumar as coisas para a viagem, quando resolvo olhar pela janela, e vejo então Dylan indo rumo a rodoviária, já sabia o que ia acontecer, mas, mesmo assim as lágrimas foram inevitáveis. Encostei a cabeça na janela e minha mão escorregava pelo Vidro.


-Adeus Dylan!

-Dário ? 


Ouço meu pai chamar pelas minhas costas, então me viro sem ao menos tentar esconder as lágrimas, precisava de um pai, mais importante, um amigo.


-O que foi D.Y. ?-Ah esse apelido, esse maldito apelido que mesmo que ele apronte algo grave, eu o perdôo só ao ouvir esse apelido.

-É o...o Dylan ! - Falava entre gaguejos, que diminuíram ao sentir os aconchegantes braços de meu pai.

-Sei que estão passando por momentos difíceis, mas...-O interrompi em meio a frase.

-Não é isso!

-Então o que é ?

-Primeiro, você deve entender que a vida é dele e ele tem o direito de fazer o que ele bem entender com ela certo ? - Já estava mais calmo

-Certo.

-Ele fugiu - mesmo sem poder ver seu rosto sabia que ele estava surpreso.

- Para onde ?


Pov's Dário Off.

Pov's Dylan On.


Cheguei a estação de trem, comprei uma passagem, e esperei pelo apito ensurdecedor do trem avisando que estava prestes a partir, ele não demorou muito. E as 19:00 h embarquei, a viagem foi um pouco longa, cheguei em Ottawa às 23:30h, quando desço do Ônibus ouço uma voz familiar vindo ao longe.


-Dylan ?


Notas Finais


Oin, pessoal é isso o próximo capítulo sai em breve, kissus amo vocês.


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...