História New Choices - Capítulo 3


Escrita por: , hwl0 e toxic_xx

Postado
Categorias Bangtan Boys (BTS), Got7
Personagens BamBam, Jung Hoseok (J-Hope)
Tags Bts, Got7, Ullzang's
Visualizações 37
Palavras 1.202
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Aventura, Crossover, Drama (Tragédia), Famí­lia, Ficção, Romance e Novela, Shoujo (Romântico), Violência
Avisos: Álcool, Linguagem Imprópria, Nudez, Sexo, Violência
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Notas do Autor


Oii meus amores, desculpa a confusão mas eu acabei apagando o outro capítulo e postei esse mais completo.

Enfim, boa leitura!

Capítulo 3 - Memories


Fanfic / Fanfiction New Choices - Capítulo 3 - Memories

JV ON


Sinto alguém beijar minha testa, vou abrindo os olhos lentamente, enxergo meu pai sentado na beira da cama. 

— Ela era realmente incrível. — Disse ele cabisbaixo enquanto olhava atentamente algo que segurava em suas mãos, me parecia uma foto de alguém familiar.

Sento e observo a foto junto com ele, era uma foto antiga da minha mãe sentada em um belo jardim, ela me parecia estar super feliz. E era assim que eu gostava de me lembrar dela, sorridente e feliz mesmo que seus últimos anos de vida não tenham sido tão bons assim.

Olha eu tenho que admitir, no momento em que eu vi minha mãe adoencendo, eu senti muita raiva do meu pai por ele ter nos deixado.

Era mais fácil culpar alguém, mas quando eu fui visitar minha mãe no hospital um dos pedidos que ela fez a mim foi para perdoar o meu pai. E foi o que eu fiz, minha mãe mesmo naquelas condições conseguiu me ensinar muita coisa.

— Incrível e linda. — Falo deitando a cabeça em seu ombro. — E você também é.

— A parte do incrível ou do lindo? — Ele pergunta com uma sobrancelha levantada.

— Os dois. — Respondo sorrindo.

— E é por isso que eu te amo. — Tome, quero que fique com isso. — Ele fala me entregando a foto.

Pego uma moldura vazia, coloco a foto e a posicionou em cima da minha escrivaninha, que fica ao lado da minha cama.

— Perfeito, agora se arrume e depois desça para tomar café. — Disse ele indo em direção a porta.

Me arrumei como de costume e desci para tomar café da manhã junto com meu pai e meu irmão, felizmente hoje deu para eu me alimentar muito melhor do que ontem.

— Bom, eu preciso ir indo. — Meu pai falou dando um último gole no suco, saindo logo em seguida. 

O café da manhã estava realmente muito bom, mas o que eu amei de verdade foram as torradas com ovo e carne elatada. Olhei para a mesa e por sorte havia sobrado só mais uma torrada, não pensei duas vezes e estiquei minha mão para pegá-la. 

Mas Jungkook pareceu ler minha mente e pegou a maldita torrada primeiro que eu, olhei com uma cara de brava para ele. 

— Hey, me devolve isso. — Falei tentanto pegar a torrada de sua mão.

— Só com uma condição, vou te fazer uma pergunta e a sua única resposta deve ser sim. — Assenti com a cabeça. — Tudo bem a Irene vir aqui em casa hoje a noite? 

— Pensando bem, eu nem queria essa torrada mesmo. — Falei cruzando os braços.

— Olha pequena, o que você decidir está feito. — Jungkook falou me entregando a torrada. Eu sabia que a presença dela seria uma coisa inevitável, então aceitei que ela viesse, mesmo sabendo que eu iria me arrepender de tal ato depois.

— Acho melhor irmos então.  — Ele falou enquanto abotoava o seu blaiser. De repente me veio na cabeça o blaiser que BamBam havia me emprestado, subi rapidamente e o coloquei em minha mochila antes que Jungkook pudesse perceber. 

[...] Quebra tempo 

A caminho da escola eu liguei para Hee, perguntei aonde iriamos nos encontrar. Ela me pediu para aguardar na sala, pois na hora da entrada Hee estaria ocupada mostrando a escola para os alunos novos.

Assim que cheguei na escola quis ir direto para sala, mas antes de eu ir, Jungkook queria me apresentar o grupo de amigos que ele e Irene andavam. 

E vocês já devem imaginar como eram, sendo amigos da Irene nada mais justo do que ser como ela, felizmente ela ainda não tinha chegado então eu fui.

Eles eram tão metidos, falavam dos automóveis de luxo que tinham, das viagens, e coleções raras que possuíam. Eu precisava sair dali, do tanto que eu demorei Hee já deveria estar na sala me esperando.

— Bom, eu acho que eu vou indo. Preciso muito falar com uma amiga. — Acenei e todos me olharam sem entender nada, inclusive Jungkook. 

Sai dali disparada em direção a sala onde seria minha primeira aula, imaginei que encontraria Hee furiosa. Mas quando cheguei avistei BamBam sentado na cadeira, conversando com outro menino. 

Ele olhou para mim e deu um pequeno sorriso, sorri também mesmo morrendo de vergonha. 

— Imagino que seja essa a garota que roubou seu coração. — O menino fala indo até a mim, pega minha mão depositando um beijo no dorso da mesma. — É um prazer te conhecer, bela donzela. 

— Para de graça Jackson, assim vai assusta-la. — BamBam fala se aproximando de nós, apenas sorri sem mostrar os dentes.

— Bom, acho que eu vou indo. — Jackson falou indo em direção a porta. — E lembre-se irmão não faça nada que eu não faria. — Piscou para BamBam saindo logo em seguida. 

— Me desculpe por isso, ele se empolga muito de vez em quando. — Falou passando a mão na nuca.

— Sem problemas, ele me parece ser super divertido. Ah, e aproveitando que te encontrei... — Falei enquanto abria minha mochila. — Aqui está o seu blaiser, muito obrigada você literalmente me salvou ontem.

— Não precisa agradecer, faria de novo se fosse necessário. — Ele disse vestindo o blaiser. — E se quiser pode andar conosco no intervalo, prometo que ficará protegida, um de meus amigos leva artes marciais como hobbie. 

— E por acaso, esse amigo seria o Jackson? — Disse me sentando em uma das cadeiras. 

— Felizmente não, acho que Jackson com habilidades marciais não seria uma combinação muito segura. — Rimos juntos.

— Sendo assim, acho que eu vou aceitar então. — Falei colocando o cabelo atrás da orelha.

— Aceitar o que, posso saber? — Me assusto ao ouvir a voz de Jungkook.

— Nada de mais, BamBam só estava sendo gentil. — Falei levantando da cadeira.

— Que tipo de gentileza estamos falando? — Jungkook perguntou com uma sobrancelha levantada.

— Eu apenas disse que ela poderia andar comigo e meus amigos se quisesse. — Ele se aproximou de Jungkook. — Fiz algo de errado? — Falou irônico. 

— Ainda não, mas quem saiba eu possa fazer. — Jungkook falou o encarando.

— Homens. — Penso comigo mesma revirando os olhos. — Eles devem ter um estinto de lobo alfa dentro deles, que os fazem querer brigar e competir por tudo o que veem pela frente, não é possível. 

— Tudo bem rapazes. — Falo os separando. — Ao menos que tenham matemática agora, sugiro que é melhor vocês irem para sala de vocês, já está dando o horário. — Ao ouvir isso eles param de se encarar e saem da sala. 

[...]

Três alunos e o professor já tinham entrado na sala, mas nada da Hee chegar. Aproveitei que a sala ainda estava vazia e fui falar com o professor de matemática, Sr. Chun o qual na aula passada acabei adormecendo. 

— Com licença professor, posso falar com você? 

— Claro, o que deseja? Está com dificuldades em algo? — Ele diz tirando os óculos que estava usando para ler. 

— Não, é que sem querer na sua última aula ontem eu acabei adormecendo, mas eu juro que não vai se repetir. E eu peço mil des... — Sou interrompida.



Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...