1. Spirit Fanfics >
  2. New dynasty (Hot Kim Taehyung) >
  3. Capítulo 01

História New dynasty (Hot Kim Taehyung) - Capítulo 1


Escrita por:


Capítulo 1 - Capítulo 01


Luxúria é um dos sete pecados capitais, ela é descrita como a atração por prazeres carnais e sexuais. A luxúria se manifesta de várias formas diferentes, a mais provável e fácil forma de fazer a luxúria percorrer pelos nossos corpos é a visualização de um corpo que nos agrada de uma forma tanto visual quanto cerebral, isso significa que quanto mais bonita achamos a pessoa mais ela vai nos agradar já que nossos corpos e mentes são praticamente um só, a única coisa que os diferencia é que muitas vezes não seguimos um raciocínio lógico. Existe um exemplo de como nós deixamos que o nosso corpo se guie por instintos primitivos, este exemplo é de quando nós bebemos um nivel elevado de alcool ou quando estamos sobre efeito de substância ilegal, quando nós estamos sobre este tipo de efeito nosso julgamento não é confiável... nós agimos de forma perturbada e impulsiva, achamos que temos o direito de agir como bem entendermos e muito mais. Quando a luxúria toma conta do nosso corpo existe 30% de chances de algo dar certo e 70% de chances de algo dar errado na vida, ha vezes que a luxúria faz com que famílias cheguem ao fim, este é o caso da família da nossa história. Bom, deixe-me contar um pouco da história da família que fora destruída pela luxúria de dois adolescentes inconscientes;

A nossa história começa quando duas famílias que antes se adoravam começam a se odiar por causa de uma desavença e de uma morte. Nos anos 60/70 a família Kim era unida e amorosa, todos eram um e um era todos, a família podia estar na pior das piores crises que eles ajudavam um aos outros.. naquela época todos da família se amavam, é claro que uns se amavam mais que os outros e outros se amavam de uma forma mais intensa e proibida que os outros. Após mais ou menos 5 ou 6 anos a família foi se dissipando aos poucos após a suposta morte por causas naturais de um dos membros da família, porém até hoje ninguém sabe o que ouve veridicamente. Kim Bon-Hwa, um dos padroeiros da unida família Kim foi assassinado por seu próprio filho, envenenado após ele descobrir que seu próprio sangue o traía e manchava a imagem de sua tão querida empresa mantendo relações não só com sua noona quanto com a primogênita da família Seo (sua rival no mundo empresaria), ele não admitirá uma falta dessas com sua tão amada empresa e por isso ele convocou seu filho e sobrinha para uma conversa calma em seus aposentos, o mais velho por longos sessenta minutos conversou com os que mesmo intitulava de dissimulados, descobrindo como os mesmos chegaram a conclusão de que se amavam... como um bom saeng (Dak-ho) tentará proteger sua noona, causando a fúria de seu pai, já Son-Hee (sua noona) protegerá seu saeng falando que a culpa havia sido sua... o pai do jovem Kim ficou enfurecido e em um ato quase que impensado bateu na jovem com toda a força que tinha em seu corpo no momento, a machucando e por fim adquirindo a fúria do jovem.. Bon-Hwa deu a chance para ambos e apenas advertiu que não deveriam nunca mais se relacionar, seria assim se no mês seguinte a jovem e ingênua Son-Hee não tivesse descoberto uma gravidez não planejada (o que na época se tornava muito perigoso) e contado diretamente para Dak-Ho, fazendo com que o mesmo em um ato impensado se desesperasse ao pensar no que o pai faria e no que Seo Chin-Sun (sua amante) faria ao descobrir este tipo de coisa, por fim fazendo o impensado por todos. Dak-ho não apenas pensou em uma fuga como a planejou por completo, tendo um pequeno contratempo quando seu pai descobriu o primogênito do Kim mais novo e deu a grande ideia de um aborto para os mais novos, para o Kim mais velho o aborto era a melhor opção é para o Kim mais velho a melhor opção era ter o bebê... em um ato de desespero Dak-Ho teve a grande ideia, na qual causou a tragédia na família, de matar Kim Bon-Hwa de uma forma que ninguém suspeitasse de si, Dak-Ho envenenou seu pai aos poucos (antes de Son-Hee ter de fazer o aborto) e assim que seu pai faleceu de causas naturais ele e sua amante "eterna" fugiram da Coreia, tendo seu filho no Sul do Japão. Esse seria um final perfeito para eles não seria?

A sorte mudou para eles no dia do parto, que decidiram fazer em sua própria casa, o jovem casal não queria que ninguém soubesse que seu pequeno "erro" resultou em uma linda filha, o que custou a vida de sua amada Son-Hee. Quando o Kim recuperou-se totalmente de sua perda o mesmo se dirigiu para a Coreia novamente, com sua filha em mãos e a convicção de que não poderia voltar para a família Kim sem mais nem menos... quando o mais novo chegou na Coreia a primeira pessoa que o mesmo encontrou foi Chin-Sun, levando sua primogênita para a mais nova entre eles conhecer, que lhe ofertou paz assim que viu o seu "amado" e a criança que a mesma julgou encantadora e bonita.



Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...