História New End - Capítulo 5


Escrita por:

Postado
Categorias Inuyasha
Personagens Inuyasha, Jaken, Kagome Higurashi, Miroku, Rin, Sango, Sesshoumaru, Shippou
Visualizações 45
Palavras 2.607
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Romance e Novela, Shoujo (Romântico)
Avisos: Álcool, Estupro, Heterossexualidade, Homossexualidade, Insinuação de sexo, Sexo
Aviso legal
Alguns dos personagens encontrados nesta história e/ou universo não me pertencem, mas são de propriedade intelectual de seus respectivos autores. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos criada de fã e para fã sem comprometer a obra original.

Notas do Autor


Ola ^^
Espero que gostem

Capítulo 5 - Capitulo 5


SANGO

Sango : Miroku ! espera ! - ele para no meio das escadas 

Miroku : ........ sim , Sango ...... - ele esta de costas para mim , mas posso ver suas orelhas vermelhas dessa posição 

Sango : Você ..... - me sinto insegura , Miroku sempre leva tudo na brincadeira e isso as vezes me tira do serio - Você esta bem ? 

Miroku : Por que não estaria ? 

Sango : Parece estar bravo - ouço sua respiração parar por um segundo - ...........

Miroku : bem ....... não estou - suas orelhas ficavam mais vermelhas a cada palavra que dizia - Era só isso que você queria saber ? 

Sango : .................... Não  - eu falo bem baixo e ando em sua direção , agarrando o seu pulso - Por que está fazendo essa cara então ? 

Sua feição era inexplicavel , parecia alguem que tem algo a dizer mas guarda tanto para si que esta prestes a explodir , apesar de sua boca parecer seria , seus olhos estavam confusos 

Sango : Eu te conheço a muito tempo ...... por que você não é honesto , pelo menos comigo ? 

Ele colocou a mão livre tapando seu rosto 

Miroku : Não me olhe agora ..... - seus olhos estavam fechados

Sango : ............................................................ certo , me desculpa - eu solto seu pulso 

Começo a me lembrar de quando nos conhecemos 

HISTORINHA POR SANGO

Quando eu era pequena , eu não tinha muitos amigos , sempre fui uma garota muita seria , mesmo quando pequena 

Eu conseguia me amar algo , conseguia sorrir , mas a maior parte do tempo não conseguia expressar minhas emoções 

Estava a caminho da escola quando vi um garoto pegar um gato de uma caixa , era o mesmo gato que eu via todos os dias quando ia para escola , eu sempre trago comida para ele , mas acho que a partir de hoje não terei ninguem com quem dividir meu lanche 

Sango : ............ - fico parada o observando , até que ele vai embora e então me aproximo da caixa que o gato costumava ficar - Bye bye gatinho 

Minha solidão foi instantanea , mas então sinto uma sombra sobre mim e olho para tras 

Era esse garoto , ele segurava o gato e agora tinha um arranhado no nariz

O gatinho se soltou dele e pulou no meu colo , se esfregando entre minhas pernas quando me levanto  

?? : Eu acho que ele prefere ficar com você - ele sorriu e então ficou me observando brincar com o gato - Vai leva-lo para casa ?

Nunca tinha pensado sobre isso , acho que meus pais não se importariam em me ter cuidando do gatinho 

Me pego sorrindo olhando para o gato e admirando a ideia 

Sango : ............ - coloco o gato de volta na caixa 

?? : Não vai leva-lo ?

Sango : Na volta - olho para o chão e continuo meu caminho 

Na sala me pego pensando em como vou cuidar do meu irmão e do gato ao mesmo tempo 

E então a professora entra em sala 

Professora : Bom dia crianças , hoje temos um novo amiguinho para nossa classe , pode entrar - chama alguem que parecia estar na porta , ele entrou e sorriu para todos

Era o mesmo menino de hoje cedo 

Professora : Este é Miroku , seu novo colega - ela toca em seus ombros e ele não parece nada incomodado em ser tocado por uma desconhecida 

Miroku : É um enorme prazer conhecer a todas ....... - ele sorri - e todos , é claro 

Todos pareciam animados com o aluno novo , faz sentido , afinal ele é bonito e parece ser legal 

Eu o olho diretamente e nossos olhos se encontram 

Miroku : ãn ... eu posso sentar ao lado dela ? - ele pergunta olhando para a professora e apontando para mim 

Professora : Ao lado da Sango-chan ? bem ..... - todos acham que eu não sou muito sociavel , então eu entendo a hesitação , mesmo ainda doendo um pouco - Não prefere sentar ao lado da Yuri-chan ?

Yuri é uma das garotas populares da sala , os professores amam ela , e bem , eu não tenho nada contra ela 

Miroku : Não , eu quero sentar ao lado de Sango - falou tão diretamente que me fez corar , as pessoas não costumam querer sentar perto de mim 

Professora : Bem , então tudo bem - Miroku andou até o meu lado 

Miroku : Muito prazer , eu sou Miroku , por favor cuide bem de mim - ele sorriu 

Sango : Muito prazer , eu sou Sango , farei o meu melhor - tento um sorriso que parece não sair muito certo , pois todos da sala estão me olhando apavorados , menos ele , esse menino tão estranho 

Miroku : Sim ! - ele sorri e se senta ao meu lado 

Em menos de um dia ele ja havia se tornado amigo de todos da turma, na hora do recreio ele ficara cercado por varias pessoas 

Estavamos no patio e de onde eu estava conseguia ouvir tudo , não era um lugar tão grande afinal 

Yuri : Por que não quis sentar perto de mim Miroku ? 

Miroku : Eu não te conhecia até poucos minutos Yuri-chan 

Yuri : Mas - ela olhou para mim e tentou sussurrar - Sango é tão fria , sempre parece estar irritada com todos , os sorrisos que ela dá são assustadores - vejo varias crianças concordarem em volta dele 

Essa ....... essa não era minha intenção 

Miroku : Isso é mentira , o sorriso dela é o mais bonito que eu já vi - ele sorri para as crianças e vejo Yuri ficar corada , mesmo ja tendo suas bochechas naturalmente rosadas 

?? : Mas então por que ela é sempre tão fria com todo mundo ?

Miroku : Por que não perguntam a ela ? - todos se calam e me olham

?? : Por que não brincamos de alguma coisa ?

Yuri : Pique-esconde 

Miroku : Eu vou chamar a Sango  - ele vem até mim - Quer brincar ?

Ele pega minha mão e a aperta delicadamente

Sango : .......... - me pego olhando nos olhos dele e corando - Ta bom ... 

Eu brinquei com todos , mas sempre me escondia com Miroku , ele não soltava a minha mão 

Então o dia terminou , foi um bom dia , eu estava feliz e ficou ainda melhor quando cheguei em casa e meu pai deixou eu ficar com o gato  

Se passou varias semanas , Miroku falava comigo todos os dias , ele sempre expressava o que queria dizer em seu rosto 

Miroku : Sabe , faz um tempo desde que eu vi você sorrindo , seu sorriso foi tão bonito que eu fiquei hipnotizado - eu corei e abaixei a cabeça - Agora eu sei por que eles não são seus amigos - ele coloca as mãos em meu rosto e o levanta - É por que ele ainda não conseguiram ver como você é de verdade 

Sango : Miroku ...... eles não querem ser meus amigos , por que eu sou grossa e malvada com eles 

Miroku : Você fez algo a eles ?

Sango : Não .... mas , eu nunca tentei me explicar tambem 

Miroku : Por que não tenta ? 

Sango : Eles não ouviriam 

Miroku : Verdade , não prestariam atenção no que escutam , com tamanha beleza diante de seus olhos 

Sango : ............. Você não perde uma né ? 

Miroku : O que eu tenho a perder se não estou com você ? - eu começo a rir e derrepente sinto varios olhos em cima de mim 

Sango : .......... 

?? : é verdade 

?? : Eu achei que ele estivesse mentindo 

?? : Eu tambem 

Sango : O que foi ? - pergunto a Miroku 

Miroku : Perceberam que seu sorriso é tão bonito quanto você 

Sango : Não é hora para brincadeiras - o repreendo 

Miroku : E então como esta seu gato ?

Sango : Esta bem ... apesar de ela ainda não ter um nome ... 

Miroku : hmm ...... 

Sango : Tem algo em mente ? 

Miroku : Que tal Kirara ? 

Sango : Bom nome ......... acho que vai ser esse - eu sorrio 

E assim , logo depois as pessoas começaram a falar comigo 

Ele me ensinou a me expressar 

Ele me deu uma chance 

Mesmo não me conhecendo 

Ele não me deixou , mesmo eu parecendo incomodada 

Terminando de lembrar , agarro a mão com que ele escondia o rosto e a puxa em minha direção 

Sango : Desculpa , por não te deixar em paz 

________________________________________________

RIN 

Hoje cedo quando acordei , decidi que não ia falar nada para Sesshoumaru , sei que parece infantil , mas eu gostaria que ele pelo menos lembrasse de algo ..... eu ainda tenho fé , que bobinha não é mesmo ?

Me pego sorrindo sozinha 

Rin : Shippouuuuuu ..... me ajudaaaa - Eu me apoio nele , colocando os braços em volta dos seus ombros 

Shippou : Você tem que parar de dormir durante as aulas ! Sesshoumaru vai acabar brigando com você 

Rin : Eu sei , é por isso que vamos guardar esse segredinho - pisco para ele 

Shippou : Aish ! Toma - ele me passa as anotações de seu caderno , estão impecaveis 

Rin : Wow ! Incrivel Shippou , você merece aplausos 

Eu e Shippou começamos a nos falar mais , já que no momento , eu prefiro não ir com o Sesshoumaru , e ele é a unica pessoa que eu conheço desse lugar , ja estamos no recreio mas fiquei na sala hoje 

Shippou : Não vai se encontrar com seu amado hoje ? - eu olho para baixo e depois levanto a cabeça sorrindo 

Rin : Talvez ..... depois 

Shippou : Ah ...... desculpe 

Rin : Por que esta se desculpando ? 

Shippou : Por estar sendo intrometido - ele faz uma cara estranha 

Rin : Não tem que se preocupar com isso bobinho , somos amigos ! - eu o abraço 

Acho que eu nunca tinha percebido , mas ......

Rin : Por que esta todo mundo nos olhando ? 

Shippou : Eles estão olhando para você Rin 

Rin : Pra mim ? Por que ? Eu fiz algo de errado dessa vez ? - falei me lembrando da ultima vez que fui a diretoria 

Shippou : É por que você é bonita Rin 

Rin : Eu sei ..... mas você tambem é , eu ouvi umas garotas conversando e estavam falando sobre você 

Shippou : É mesmo ? - ele não pareceu muito interessado 

Rin : Você não gosta de alguem ? 

Shippou : Eu não estou interessado nessas tipos de coisas no momento ..... 

Hum ... Shippou as vezes parece tão distante , como se mesmo se eu gritasse , ele não fosse escutar 

Percebi que ele olhava para a janela , tem um campo de beisebol , Shippou parece sempre olhar para ele .... imagino o por que 

Acabo me pegando olhando para a janela tambem , acabo ficando encantada com seu brilho e me projeto para fora na sala , agarrando o pulso de Shippou 

Rin : Venha comigo 

Acabo o levando até as escadas que vão para o Telhado , ele costuma ficar fechado , mas eu tenho meus contatos e consegui a chave com meu informante 

Shippou : Você pegou a chave com o faxineiro não foi ?

Droga , Fui Descoberta ! 

Rin : ....... foi - não adianta negar de qualquer forma , então apenas me dou por vencida 

Shippou : Mas por que você quer me levar até lá ? 

Eu pego as chaves e abro a porta 

Rin : Por que eu senti que deveria te mostrar 

Ele esta sempre olhando para a janela , imaginei que esse lugar o encantaria tanto quanto a mim 

Shippou : Acho que entendo o porque quis me trazer aqui 

Rin : Sim ........

É simplesmente hipnotizante , sinto que poderia ficar horas aqui , gosto de pensar que consigo refletir o brilho desse céu em meu sorriso , gostaria que fosse tão brilhante quanto 

Mas daqui , nada parece importar , eu me sinto tão pequena , e tão grande ao mesmo tempo , me sinto pequena em relação ao tamanho do universo e sinto a grandeza de querer descobrir o que tem por tras de tudo , qual é a verdade absoluta ? 

Nem mesmo consigo me lembrar das minhas preocupações aqui , é um lugar sagrado demais para eu fazer isso 

Rin : Aqui é tão bonito , queria poder leva-lo comigo por onde eu for 

Shippou : .......... sim , tem coisas que simplesmente não podemos deixar para tras - as palavras dele parecem ter um sentido mais profundo por tras e eu me pergunto no que ele está pensando 

__________________________________________________________

KAGOME 

Depois de Sango sair correndo , eu fiquei com minha poker face observando o que o garoto que estava parado na minha frente iria fazer em seguida , ele parecia que tinha algo para dizer , mas fui impedida de escutar , alguém cobriu minhas orelhas e meus olhos 

Minha primeira reação foi tentar me soltar , mas quando coloquei minha mão por cima das suas , eram familiares , essas mãos pertencem aos braços que me carregaram por todo um caminho , se Inuyasha não quer que eu escute , não tem por que eu querer ouvir , não é da minha conta 

Continuo com as mãos por cima das suas , sinto elas tremerem de raiva e então as aperto ,  em uma tentativa de dizer que estava tudo bem 

Sinto suas mãos se distanciarem e abro os olhos , quando os abro , não tem mais ninguém no corredor além de mim e de Inuyasha 

Kagome : O que você disse para eles ? 

Inuyasha : Disse que não tinha nada para eles verem por aqui - Hmm ....... se foi só isso , por que tapar meus ouvidos e olhos ? 

Kagome : Sei ......... - voltamos para a sala , Miroku e Sango não estavam lá - Onde sera que eles foram ? 

Inuyasha : Eu não sei .... - mesmo falando bem baixo , o professor acaba jogando o apagador em Inuyasha - HEY ! 

Professor : Pare de conversar com Kagome e fique quieto ! 

Inuyasha : Um dia você vai sofrer por esse apagador - vejo chamas em seus olhos e não consigo evitar , acabo rindo e Inuyasha olha para mim 

Kagome : O que foi ? - limpo lagrimas dos cantos dos olhos que surgiram enquanto eu ria 

Inuyasha : ...........Nada ......... 

Tenso foi ter que estudar depois ahhhh 

______________________________________________

SHIPPOU 

Após as aulas , em vez de ir direto para casa , paro em frente ao campo de beisebol , vejo varias pessoas treinando 

Eh ......... Eu acho que eu ainda não tenho coragem para fazer isso 

ahh 

Eu vou em direção ao apartamento mas em vez de virar para o caminho certo , vou em direção ao outro lado e paro na ponte, fico no rio vendo a agua correr 

Eu quero jogar ...... mas , eu não sou bom o suficiente para ter esse direito 

Sinto lagrimas escorrendo , e então endireito meu boné e vou para casa 

Um dia eu vou conseguir  

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

_____________________________________


Notas Finais


Até ^^


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...