História New experiences - Capítulo 2


Escrita por:

Postado
Categorias Bangtan Boys (BTS)
Personagens Rap Monster, V
Visualizações 28
Palavras 1.021
Terminada Sim
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Lemon, LGBT, Romance e Novela, Shoujo (Romântico), Violência, Yaoi (Gay)
Avisos: Homossexualidade, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Nudez, Sexo
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Notas do Autor


Postando rápido pq tenho q dormir, amanhã sai capa aaaa

N vai ter continuação tá bbs? Amo vcs❤❤❤🌚

Capítulo 2 - Two


– aish você está ferrado Kim TaeHyung... – falo baixinho e então o deito no sofá, arranco sua blusa de seu corpo, e então assim que ia tirar sua calça, RapMon (meu cachorro) começa a latir, tento ignorar mas o mesmo começa a latir mais alto, ouso a risada do TaeHyung, oque me fez rir também....

– porra RapMon justa hora que você vai nos atrapalhar! – falo olhando para o mesmo que parecia nervoso ao me ver perto do TaeHyung, me levanto e pego RapMon no colo, o coloco para fora de casa (no quintal), e vejo TaeHyung se levantar um tanto rápido e ir em direção às escadas

  – aonde pensa que vai hein? – o pucho pelo braço, ele me olha sorrindo e então eu o beijo, enquanto uma de minhas mãos apertava sua coxa minha outra mão puchava de leve seus cabelos para trás

– vamos para o quarto caralho – ele diz e eu rio

– que boca suja garoto! – rio e o pego no colo e dou um leve tapa em sua bunda, logo subindo para o quarto, o jogo na cama e deixo a porta entre-aberta, subo encima do mesmo e tiro com uma certa brutalidade sua calça junto a sua box cinza, ouso o mesmo soltar um gemido manhoso

– ah TaeHyung... Você vai soltar tantos gemidos hoje... Creio que vais ficar rouco... – rio e assim que ele ia dizer algo, abocanho seu membro e dou uma forte chupada na Glade do mesmo

– aish!! N-N-NamJoon seu filho da puta... – ele geme, oque parecia engraçado, mas tentei ao máximo não rir, me concentro no que estava fazendo e então, começo a fazer movimentos rápidos com a boca, como TaeHyung não resiste ao meu toque, ele já estava gemendo alto. assim que sinto seu pré gozo, paro de o chupar e no mesmo instante o mesmo solta um gemido baixinho em reprovação

– A-awn... P-porque parou Daddy? E-eu... Estava quase lá .. – ele joga a crença para trás e faz um biquinho fofo

– own amorsinho... Foi por querer mesmo, isso não é nem o começo, não iria deixar você terminar isso agora – rio e me levanto logo pegando uma caixa com alguns brinquedinhos

– seu filho da puta – ouso o mesmo dizer algo baixinho, rio e tiro minha calça junto a minha box, pego um vibrador da caixa, como eu sabia que TaeHyung ainda não estava tão exitado, só para o provocar, o beijo sem ele perceber que eu tinha pego o vibrador e logo o penetro rapidamente, sorrio ao ouvir ele gritar de dor e prazer

  – N-namjonnie... E-esta doendo daddy... Ahnn... – ele diz com os olhos marejados

– aigoo baby... Daquia pouco passa... – dou um chupão em sua clavícula. Eu sabia que TaeHyung tinha um lado masoquista, eu e ele somos fissurados em coisas novas, já fizemos tantas vezes com coisas diferentes e lugares diferentes. Não seria por um vibrador que ele fazeria escândalo.
TaeHyung se contorce na cama e agarra os lençóis, mesmo sabendo que ele estava encomodando com o vibrador, começo a fazer movimentos rápidos de vai-e-vem, sei que ele estava sentindo dor, mas quem mandou ele me deixar duro naquela festa ontem?!

  – N-NamJoon... P-p-porque favor... Vá com calma ahn.. - ele diz de olhos fechados

– TaeHyung não seja assim, aish quem mandou me deixar duro na festa ontem? – digo com um sorriso sinico no rosto, o mesmo abre os olhos me olhando incrédulo e diz;

– S-serio que está... Awn... F-fazendo isso por ontem? Você é um desgraçado mesmo... – ao ouvir ele dizer isso, rio e dou um tapa estalado em sua coxa, oque o fez soltar um gritinho de dor

– não esconda de mim que é masoquista – rio – seu bobo! – tiro o vibrador de dentro do mesmo e o pego no colo, TaeHyung fica deitado no meu colo um pouco ofegante, logo ele murmura algo, mas não ouso, e então ele me beija repentinamente.
Logo sinto ele chupar meu membro por inteiro, fazendo movimentos rápidos, TaeHyung conseguia ser uma filho da puta quando estava me chupando, Aquela boquinha e aqueles lábios me enlouqueciam, quando menos espero, sinto meu líquido preencher a boca do menor.

– vamos lá... Quero ver se vou ficar rouco mesmo – ele diz num tom de deboche enquanto chupava todo o meu líquido, o pucho pela cintura e olho em seus olhos

– está duvidando do seu daddy Kim TaeHyung? – digo sério enquanto segurava em seu queixo

*talvez* – ele diz, TaeHyung sabia que quando ele me provocava a esse ponto, eu ficava muito nervoso...

Rio e o deito na cama com sua bundinha empinada para mim, aperto a mesma , vez ou outra dando tapas estalados na mesma, oque arrancavam gemidos altos do Tae mais novo

– gema para mim TaeHyung, não se contenha... – digo e então pucho de leve os seus cabelos para trás

– A-ah K-kim... – dou um tapa na bunda do TaeHyung

– oque ia dizendo *baby?* – pergunto e o mesmo se corrige no mesmo estante

– daddy... Ahh me foda logo own – ele diz e eu sorrio, penetro meu membro em sua entrada oque nos fez gemer alto, aperto a bunda do Tae e começo a o estocar cada vez mais rápido, fazendo com que, nossa cama se chocasse contra a parede

– a-aahh TaeHyung... T-tao apertado... C-caralho! – dou um tapa na bunda do mesmo e sorrio, TaeHyung deita sua cabeça no travesseiro da cama, oque fazia com que seus gemidos abafassem contra o travesseiro, sinto a entrada do Tae se contrair, e então começo a penetrar somente ali, enquanto segurava em sua cintura, sorrio e dou vários tapas em seguida em sua bunda, oque a fez ficar avermelhada

– T-TaeHyung aahhh – aperto sua cintura e logo sinto meu membro despejar meu líquido dentro do mesmo, dou algumas estocadas no TaeHyung e então ele chega ao seu ponto também, nos deitamos na cama e ficamos trocando carícias um ao outro, nós cubro com o cobertor e fecho os olhos, até que sinto alto em meus olhos...

– vai ter volta Sr.Kim... e isto fazerei agora! – abro os olhos e percebo que estava com uma faixa nos olhos, e quando me dou por conta, estava com amarrado também

– Eu não acredito Kim TaeHyung... – digo incrédulo

– segundo round baby...


Notas Finais


N vai ter continuação.... Mas de vcs quiserem só falar :}


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...